Canoinhas - Saiu na dança coreográfica, na noite desta quinta-feira (15), o primeiro campeão da 7ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) de Santa Catarina que estão sendo realizados em Canoinhas. E o titulo foi de Chapecó, na dança coreográfica, com a apresentação da obra “Vigília”, do grupo Allegro, que recebeu a nota de 9.72. É a quarta vez que as chapecoenses vencem a competição. Nesta quinta (16) a programação prossegue com a disputa da dança de salão às 19 horas no ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus.

Veja aqui o vídeo da apresentação de Chapecó nos Jasti

 O segundo lugar da dança coreográfica ficou com Agrolândia, que obteve a nota 9.68, com a dança “Festa do Interior”, do Grupo Municipal Dançart. Já o terceiro lugar, com uma nota final de 9.56, foi conquistado por Arabutã com a dança “Apareceu o campeão da cidade”, do Grupo Sonnenstral Wolkstansgrupp.

No pódio muita festa dos campeões. Para a coreógrafa Damiana Melo, de Chapecó, a conquista do título pelo seu município foi uma surpresa. “Confesso que não esperava. Achava que no máximo ficaríamos em terceiro lugar, pois o nível das apresentações das outras cidades eram muito fortes. No final foi uma surpresa positiva”, disse em meio às lágrimas de emoção.

Chapecoenses encantaram com a obra "Vigília" e conquistaram o público (Foto: Antonio Prado)

A competição da dança coreográfica revelou os melhores da modalidade nos dois dias de disputa, segundo os jurados. Melhor coreógrafo: Rosane Simione Fachini, de Ibirama. Melhor bailarino: Inácio Nuss, de Guabiruba. Melhor bailarina: Terezinha Klausmann, de Ituporanga. Melhor figurino: Florianópolis e grupo simpatia, escolhido pelos jurados foi de Agrolândia.

A noite desta quinta-feira (16) a competição prossegue com as disputas de dança de salão às 19 horas no ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus. Serão 31 municípios brigando pelo título. Os Jasti são promovidos pela Fesporte em parceria com a prefeitura de Canoinhas e terminam neste sábado, dia 17. Além da dança os 1.600 atletas de 157 municípios,  com idade a partir de 60 anos, disputam as modalidades de truco, canastra, dominó, bocha e bolão 23.

Informações adicionais

Antonio Prado

(48) 9696-3045

Canoinhas - Desde a abertura dia 13, até esta quinta-feira (15), os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), em Canoinhas, entra no seu terceiro dia de realização. Após este período o coordenador geral da competição Marcelo Kowalski faz uma avaliação positiva do evento. “Desde que chagamos aqui em Canoinhas observamos um comprometimento da prefeitura local e dos moradores em realizar os melhores Jasti da história e creio que essa meta está sendo cumprida”, avalia o dirigente. A competição é realizada em parceria entre Fesporte e prefeitura de Canoinhas e termina neste sábado, dia 17.

Kowalski disse também que a organização dos Jasti está surpreendendo positivamente os integrantes da Fesporte. “Os locais de competições, os alojamentos, tudo está saindo de acordo com que havíamos planejado”, garante Marcelo, que destaca como ponto altos da competição até o momento, a abertura, dia 13, que levou cerca de 3 mil pessoas ao ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus. “Aquilo ali foi fantástico. Vimos as pessoas vibrando, o governador Raimundo Colombo participando e elogiando, enfim, feliz com o evento. E por fim, um show maravilhoso com o cantor Wanderley Cardoso, que agradou em cheio os idosos”.

Marcelo Kowalski, que também é diretor de esportes da Fesporte, esteve nesta quinta-feira nos locais de competições observando o andamento das partidas e ouvindo os participantes. “Ouvi muitos agradecimentos dos idosos. Tem gente de todo o Estrado de Santa Catarina. Alguns deles saindo pela primeira vez de seu município e encantado por conhecer novas culturas por meio do esporte”.

Coordenador geral dos Jasti, Marcelo Kowalski visita locais de competições (Foto Antonio Prado)

Isso, segundo Marcelo, não há dinheiro que pague. “Com os Jasti todos ganham: o município, que incrementa seu comércio local e ganha com o turismo, o idoso, que se sente valorizado ao representar o seu município, e o Estado que exerce o seu dever de proporcionar cidadania por meio de uma ação esportiva”, conclui Marcelo Kowalski.

Os Jasti têm a participação de 1.600 atletas com idade a partir de 60 anos de 157 municípios. São modalidades do evento: dança coreografada, dança de salão, canastra, truco, dominó, bocha e bolão 23.

Informações Adicionais

Antonio Prado

(48) 9696-3045

Canoinhas - Desde a abertura dia 13, até esta quinta-feira (15), os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), em Canoinhas, entra no seu terceiro dia de realização. Após este período o diretor geral da competição Marcelo Kowalski faz uma avaliação positiva do evento. “Desde que chagamos aqui em Canoinhas observamos um comprometimento da prefeitura local e dos moradores em realizar os melhores Jasti da história e creio que essa meta está sendo cumprida”, avalia o dirigente. A competição é realizada em parceria entre Fesporte e prefeitura de Canoinhas e termina neste sábado, dia 17.

Kowalski disse também que a organização dos Jasti está surpreendendo positivamente os integrantes da Fesporte. “Os locais de competições, os alojamentos, tudo está saindo de acordo com que havíamos planejado”, garante Marcelo, que destaca como ponto altos da competição até o momento, a abertura, dia 13, que levou cerca de 3 mil pessoas ao ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus. “Aquilo ali foi fantástico. Vimos as pessoas vibrando, o governador Raimundo Colombo participando e elogiando, enfim, feliz com o evento. E por fim, um show maravilhoso com o cantor Wanderley Cardoso, que agradou em cheio os idosos”.

Marcelo Kowalski, que também é diretor de esportes da Fesporte, esteve nesta quinta-feira nos locais de competições observando o andamento das partidas e ouvindo os participantes. “Ouvi muitos agradecimentos dos idosos. Tem gente de todo o Estrado de Santa Catarina. Alguns deles saindo pela primeira vez de seu município e encantado por conhecer novas culturas por meio do esporte”.

Isso, segundo Marcelo, não há dinheiro que pague. “Com os Jasti todos ganham: o município, que incrementa seu comércio local e ganha com o turismo, o idoso, que se sente valorizado ao representar o seu município, e o Estado que exerce o seu dever de proporcionar cidadania por meio de uma ação esportiva”, conclui Marcelo Kowalski.

Os Jasti têm a participação de 1.600 atletas com idade a partir de 60 anos de 157 municípios. São modalidades do evento: dança coreografada, dança de salão, canastra, truco, dominó, bocha e bolão 23.

Informações Adicionais

Antonio Prado

(48) 9696-3045

Canoinhas - O primeiro dia de competição dos Jogos Abertos da Terceira idade (Jasti) de Santa Catarina, nesta quarta-feira (14), em Canoinhas, foi marcado pela disputa inicial pelo troféu de campeão da dança coreográfica. 25 municípios se apresentaram na primeira etapa classificatória modalidade no ginásio do Colégio Coração de Jesus. Dez se classificaram para a final desta quinta-feira (15), às 19 horas no mesmo local. As apresentações foram marcadas bela beleza plástica e harmonia.

Depois das apresentações os jurados definiram os dez municípios classificados para a grande final desta quinta-feira: Chapecó, São José do Cedro, Joinville, Florianópolis, Ituporanga, Timbó, Balneário Camboriú, Arabutã, Xanxerê e Agrolandia. Nesta sexta-feira será a vez da dança de salão entrar em cena às 19 horas no ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus.

Os Jasti são uma promoção da Fesporte em parceria com a Prefeitura de Canoinhas. Terminam no sábado (17) com a participação de 1.600 atletas com idade a partir de 60 anos de 157 municípios. Além da dança coreografada e a dança de salão estão em disputa dos títulos de canastra, truco, dominó, bocha e bolão 23.

Informações adicionais

Antonio Prado

(48) 9696-3045

Canoinhas - Depois da festa da abertura na terça-feira, a quarta (14) foi de intensa movimentação nos locais de competição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) de Santa Catarina, em Canoinhas. Competições de bocha, truco, canastra dominó dança de salão e coreografada deram o pontapé inicial dos Jasti nas disputas por medalhas. Os Jasti, que são promovidos pela Fesporte e Prefeitura de Canoinhas, terminam no sábado (17) com a participação de 1.600 atletas com idade a partir de 60 anos de 157 municípios.

Faça aqui o download do Boletim 02 dos Jasti 2014

Quem foi ao primeiro dia de competição do truco, dominó e canastra no salão paroquial da Igreja Matriz, pôde ver uma pequena amostra da grandiosidade dos evento: um salão lotado de jogadores, dirigentes e torcedores. Entre os participantes 108 homens e 58 mulheres perfazendo um total de 160 jogadores espalhados por mesas. Nelas, concentração, estratégia e nervosismo.

E acima destes três componentes um sentimento comum a quase todos os jogadores: a felicidade de estar participando de um evento esportivo estadual, não importando se a medalha, no final seria de ouro, prata ou bronze.

O importante é participar

Para o seu Deolindo Gurjato, 69 anos, integrante do time de canastra de Guarujá do Sul, participar dos Jasti significava a personificação da felicidade. “Eu e meu parceiro Odair Perin, ganhamos a primeira partida de Santiago do Sul e perdemos a segunda para Lontras. Não sei o que vai acontecer amanhã (quinta-feira) na segunda rodada, mas só de participar já me considero um campeão”, dizia com felicidade enquanto conferia a tabela dos próximos jogos.

Outra que era o retrato da satisfação era dona Maria da Glória Moreira, de 63 anos, de São Francisco do Sul, que disputou o torneio de dominó fazendo dupla com a irmã Maria da Conceição Marcos, de  62 anos.  “Vencemos duas partidas, de Arroio do Trinta e de Catanduvas, gostei muito de nossa participação. Foi um jogo muito tranquilo e na segunda fase jogaremos contra Rio Negrinho, se vencermos ótimo, se não, ótimo também, pois só o fato de estarmos aqui já é uma vitória”.

Nos primeiros resultados do dia Orleans venceu por 12 a 3 Caxambu do Sul na bocha masculina. Na feminina Laguna passou por Campos Novos: 12 a 9.

 Na canastra, entre os homens, a primeira vitória do dia foi do município de 13 de Maio que fez 3.280 pontos diante de Canoinhas, que só conseguiu 2.580 pontos. Entre as mulheres a vitória inicial da competição veio com Garuva que fez três 3.000 pontos diante de Pomerode: 1.030.

Já no truco masculino Chapecó passou com dificuldade sobre Corupá: 2 a ,1 e no feminino vitória fácil de Fachinal dos Guedes diante de Porto União: 2 a 0.

Informações Adicionais

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Canoinhas - O governador Raimundo Colombo e o presidente da Fesporte Erivaldo Caetano Junior, o Vadinho, participaram, nesta terça-feira, 13, da cerimônia de abertura da 7ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) de Santa Catarina. A cerimônia ocorreu no ginásio do Colégio Sagrado Coração de Jesus. Ao final do evento, que reuniu cerca de 3 mil pessoas, eles falaram da importância dos Jasti.

Veja aqui o vídeo com os depoimentos

Pagina 276 de 281