Heron Queiroz

Dirigentes municipais de esporte estiveram na tarde desta quinta-feira (8) na sede da Associação Empresarial de Indaial (Acidi) para acompanhar a realização do congresso técnico, que definiu o chaveamento das modalidades de basquete, futsal, handebol, tênis e vôlei da 18ª edição da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc). 

O congresso, coordenado pela Fesporte, também serviu para tirar as dúvidas dos dirigentes e passar todas as informações acerca de logística e infraestrutura disponibilizada pelos municípios-sede (Indaial e Timbó), em especial quanto a alojamentos e praças esportivas, além da obrigatoriedade de os técnicos apresentarem a carteira do Conselho Regional de Educação Física (Cref).

Na abertura do congresso técnico, a presidente da Fesporte, Professora Natália Lúcia Petry, destacou o trabalho de base desenvolvido pelos municípios. “Profissionais de Educação Física e do esporte em geral são peças fundamentais para o desenvolvimento do esporte, que deve começar essencialmente nas bases. Quanto mais comprometido o poder público em qualquer esfera, maior o desenvolvimento socioesportivo e, consequentemente a qualidade de vida”, disse ela.

Presidente da Fesporte, Profª Natália Lúcia Petry, destacou o trabalho de base desenvolvido pelos municípios (Foto: Heron Queiroz)

 

Segundo o coordenador geral do evento, Maurício Scharf, até quarta-feira (14), o boletim do congresso técnico estará disponível no site oficial da Fesporte, em http://www.fesporte.sc.gov.br/consultas/documentos-indice/category/633-estadual-indaial-timbo.

 A Olesc acontece de 30 de novembro a 8 de dezembro. O cerimonial de abertura acontece n0 Ginásio Sérgio Luiz Petters, em Indaial. O evento é uma promoção do Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, em parceria com os Municípios de Indaial e Timbó.

 

Texto: Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

 

Ao completar 12 anos de idade, Júlia Mocelin dos Santos estreou este ano nos eventos da Fesporte e já é um dos destaques do futsal e do futebol da Escola Vidal Ramos Júnior, de Concórdia, conquistando o título do Moleque Bom de Bola feminino de 2018, no mesmo ano em que conquistou o futsal dos Jogos Escolares de Santa Catarina na faixa de 12 a 14 anos (Jesc 12-14), que garantiu a participação nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), em Natal/RN, neste mês de novembro. 

Júlia começou a jogar futebol aos seis anos, brincando com os meninos do bairro, já que não havia time feminino. Ela se inspira no primo, João Ricardo, hoje goleiro do América MG, mas diferente deste, a menina gosta de atacar e fazer gols, sacudindo ao vento seus cabelos cheios e encaracolados. Apesar de estar entre as mais jovens do time, Júlia tem muita personalidade, e sua determinação a levou a ser o principal nome na conquista do Moleque Bom de Bola, fazendo os gols da vitória por 2 a 0 sobre Escola Pe. Mathias Mª Stein, de Guaramirim.

Num dos primeiros ataques da equipe concordiense na partida, Maiara Niehues sofreu falta pela esquerda de ataque, quase na linha de fundo. Sob os olhos da mãe, Jociane Mocelin, e do padrasto Joenir Sordi, a camisa 11, chegou correndo desde a direita, mexendo a cabeleira. Chamou a responsabilidade e ajeitou a bola. “Bate direto, filha”, gritou a mãe. A bola fez uma curva e passou muito perto do ângulo direito da goleira, liberando o habitual “uuuuh” da torcida. A bola não entrou, mas Júlia mostrou às adversárias por que estava ali.

Cinco minutos depois, viria uma chance ainda melhor. Em mais um lance provocado pela amiga, e como ela mesma considera, uma irmã, Maiara sofreu pênalti. Júlia bateu com segurança, bola rasteira, no cantinho, deixando a goleira inerte e balançando a rede pela primeira vez no jogo. “Te amo, filha!”, gritou Jociane. Júlia, comemorando, virou para o alambrado e apontou para a mãe, como se dissesse: “Esse é pra ti, mãe!”.

Faltavam cinco minutos para o fim da partida, quando um lançamento deixou Júlia na cara do gol. Com a mesma calma e competência, a atacante não desperdiçou a chance e confirmou a vitória e o título de bicampeã para a Escola Vidal Ramos Júnior. E lá de longe, do outro lado do campo, mais uma vez, ela aponta para a mãe.

Segundo gol de Júlia consolida a vitória e a conquista do título (Foto: Heron Queiroz)

 

“Sempre incentivei, desde quando ela começou a jogar. O que importa é a felicidade dessas meninas e poder estar praticando esporte, sem deixar de conciliar com os estudos”, destacou Jociane. “Não sei se será a profissão dela, mas vou apoiar sempre”, completou ela, com sorriso transbordando orgulho e felicidade.

Júlia (azul) ao lado da amiga Maiara, com a mãe Jociane Mocelin e o padrasto Joenir Sordi (Foto: Heron Queiroz)

 

“Foi um ano muito bom pra mim. É minha primeira participação no Moleque Bom de Bola. Ganhei também os Jesc recentemente. Dedico essa conquista a todos, a Concórdia e, em especial, à minha mãe”, falou emocionada a atleta, que ainda recebeu o troféu de atleta destaque.

Júlia tem como sonho vestir a camisa verde-amarela. E, convenhamos, pela bola que está jogando e com passadas rápidas de atacante, a seleção fica logo ali, ao menos nas categorias de base, para começar. 

  

Texto: Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

 

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

 

O Coordenador Geral do Campeonato Catarinense Escolar de Futebol (Moleque Bom de Bola) transfere de campo os seguintes jogos abaixo relacionados, conforme tabela: 

 

SER Juventude

15h Colégio Exponencial (Chapecó) X EEB São Vicente (Itapiranga) 

16h15 EM Christa Sedlacek Ibirama X EEB Profª Jurema Savi Milanez (Quilombo)

 

SER Aurora 

15h EEB José Marcolino Eckert (Pinhalzinho) X Colégio São Bento (Criciúma)

 16h15 EEBM Prof. Waldemar Kleinubing (Videira) X EBM Jornalista Caldas Junior (Correia Pinto)

 

Quilombo, 01/11/2018.

 

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

 

Com gramados castigados pela chuva desta quarta-feira (31), o Campeonato Catarinense Escolar de Futebol (Moleque Bom de Bola), teve em seu primeiro dia de competições em Quilombo, no Oeste Catarinense, 16 jogos. Foram oito da versão masculina e outros oito da feminina, na fase classificatória desta 27ª edição do evento.

Os atuais campeões fizeram suas estréias. No feminino, a Escola Vidal Ramos Júnior, de Concórdia, venceu o Cief, de Iporã do Oeste, por 3 a 1, em partida realizada às 13h45min, no estádio da Sociedade Esportiva e Recreativa (SER) Internacional. No masculino, o Colégio Exponencial, de Chapecó, venceu a Escola Christa Sedlacek, de Ibirama, por 2 a 1, às 16h15min, no estádio da SER Quilombo.

O incentivo, de Biguaçu, outro concorrente ao título, vice-campeão em 2017 e campeão em 2016, chegou forte também nesta primeira fase, batendo o Colégio Municipal de Indaial por 4 a 1, no estádio da SER Gandino, às 16h15min.

Para cada gênero (masculino e feminino), são 16 equipes divididas em quatro chaves. Classificam-se duas equipes de cada chave para as quartas de final, que acontecem no sábado (3) pela manhã e depois para as semifinais na tarde do mesmo dia. No domingo (4) ocorrem as decisões finais.

Pelo menos 12 jogos terão transmissão direta pela página da Fesporte no Facebook (www.facebook.com/fesporte). A abertura oficial do evento também será transmitida ao vivo da Praça Municipal Hélio Faresin, de Quilombo, a partir das 20 horas.

Diariamente serão disponibilizados na página da Fesporte os boletins com todos os resultados e programação. Acesse: http://www.fesporte.sc.gov.br/consultas/documentos-indice/category/641-estadual-quilombo.

O Moleque Bom de Bola tem a promoção do Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, em parceria com o Município de Quilombo e com o patrocínio do Instituto Bom de Bola.

 

Texto: Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

A Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) marcará o fechamento do calendário esportivo 2018 da Fesporte. O último evento do ano ocorrerá de 30 de novembro a 8 de dezembro, sendo pela primeira vez em sede conjunta: Indaial e Timbó. A um mês das competições, a equipe técnica da gerência esporte de rendimento da Fesporte e as prefeituras locais já têm definidos praticamente todos os itens de infraestrutura e logística.

Mais de 3.500 atletas de 85 municípios estarão competindo em 14 modalidades: atletismo, basquetebol, caratê, ciclismo, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tênis, tênis de mesa, voleibol e xadrez. As competições acontecerão em 18 locais, em ambos os municípios, além da prova de BMX, no ciclismo, que ocorrerá na pista de Jaraguá do Sul.

O congresso técnico que definirá o chaveamento das modalidades coletivas acontecerá no dia 8 de novembro, na Associação Empresarial de Indaial (Acidi). 

A Olesc é um evento do Governo do Estado, promovido por intermédio da Fesporte, em parceria com as Prefeituras de Indaial e Timbó.

 

Texto: Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

 

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

A Fundação Catarinense de Esporte manifesta profundo pesar pelo falecimento de Paulo Celso di Pilla Montibello, natural de São Paulo, foi técnico de diversas equipes do estado e por duas vezes da seleção catarinense de basquetebol. Foi professor de basquete, ex-diretor técnico da Federação Catarinense de Basketball,  atualmente presidia o CD Independente de São José.

A Fesporte expressa solidariedade a familiares e amigos.

Pagina 1 de 40