×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 318

O município de Criciúma já está preparado para receber os atletas da 8ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti). O lançamento da competição estadual programada para os dias 16 a 21 de maio ocorreu na tarde desta segunda-feira (23), no Centro de Convivência da Terceira Idade. O evento ocorrerá em parceria entre a Fesporte, a FME e a Afasc.

 De acordo com o prefeito Marcio Búrigo, o governo está muito feliz por poder receber o evento que irá reunir essas pessoas que muito fizeram pelo desenvolvimento da cidade e do Estado. “Nunca tivemos nenhuma edição do Jasti em Criciúma, por isso em novembro do ano passado acompanhados de várias pessoas a Itajaí, onde fomos congratulados com a vinda deste evento esportivo”, relatou. “O esporte prolonga a vida dos nossos idosos e pedimos para que todos participem, assistindo, dando dicas e interagindo com os atletas de outras cidades”, convidou Marcio.

Criciúma, pela condição de município sede, já tem vaga garantida em todas as modalidades. Ao todo devem participar em torno de 3.000 atletas, de diversas cidades catarinenses.

Para o presidente da FME, Renato Valvassori, o município tem potencial para sediar este evento estadual e já está organizado para receber as equipes. “O Jasti hoje é um dos principais eventos da Fesporte e do Estado de Santa Catarina. Estamos preparados para realizar uma das melhores edições dos últimos tempos. Faremos o melhor porque foi uma grande luta para que esse evento viesse para nossa cidade”, garantiu.

Segundo a presidente da Afasc, Bebel Búrigo, esse é um sonho que está sendo realizado para os idosos da cidade. “Temos vários atletas reunidos no Centro de Convivência. Esperamos que todos que participarem se divirtam. Muitos já estão treinando nas modalidades”, destacou Isabel.

 

Seletiva

 

A seletiva dos componentes da delegação de Criciúma nos Jasti vai ocorre de 14 a 17 de abril. “Temos muitos idosos praticantes das modalidades em disputa que terão a oportunidade de representar o nosso município”, apontou Valvassori.

 

Modalidades do Jasti:

Bolão 23

Bocha

Canastra

Dominó

Truco

Dança folclórica

Dança de Salão A – 60 a 69 anos

Dança de Salão B – 70 anos

Dança Coreográfica

 

 

Informações:

Renato Valvassori/91823283

Texto e fotos: Milena dos Santos

O evento será na segunda-feira no Centro de Convivência da Terceira Idade.Com previsão de reunir 3.200 atletas, a oitava edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) será lançada nesta segunda-feira. A solenidade de lançamento ocorre às 14 horasno Centro de Convivência da Terceira Idade, no Morro Cechinel e a competição está agendada o período entre 16 e 21 de maio, em Criciúma.

Pelo menos 70% dos participantes ficarão hospedados na rede hoteleira do município e região.Os Jastisão uma realização da Fundação Municipal de Esportes (FME) e da Fundação Catarinense de Esportes (Fesporte). Contam ainda com o apoio da Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc).

 Esta será a segunda vez que Criciúma participará da competição estadual. “No ano passado, fomos pegos de surpresa com a competição, quando em apenas um mês treinamos equipes da Afasc para participar do regional em Morro da Fumaça”, comentou a presidente Bebel Búrigo.

Na oportunidade, a Afasc conseguiu a classificação para o estadual em Canoinhas com a dança coreográfica e o prefeito Márcio Búrigo manifestou o interesse em trazer as disputas para Criciúma.

Na condição de sede dos Jasti, Criciúma tem vagas garantidas em todas as modalidades. Como os idosos da Afasc não são os únicos, haverá entre os dias 14 e 17 de abril uma etapa municipal seletiva, incluindo representantes de outras entidades do município.

 

Modalidades do Jasti:

Bocha

Bolão 23

Canastra

Dominó

Truco

Dança Folclórica

Dança de Salão A – 60 a 69 anos

Dança de Salão B – 70 anos

Dança Coreográfica

 

Jornalista 

Jussi Moraes (JP 3733 SC)

Assessor de Imprensa

A comissão de técnicos da Fesporte pertencente à Gerência de Esporte de Rendimento, esteve em São Joaquim nesta terça-feira (17) para avaliar se a cidade tem condições de receber uma etapa regional dos Jogos da Juventude Catarinense (Olesc). A competição será realizada entre os dias 4 e 8 de setembro de 2015.

O município não recebe os jogos esportivos há 21 anos, e para que São Joaquim volte a ser sede, alguns ajustes precisam ser feitos para contemplar os atletas. Os técnicos avaliaram toda a logística e estrutura da cidade, além de vistoriar sete ginásios. De acordo com o  gerente de logística  da Fesporte Dárcio de Saules, os principais reparos deverão ser feitos nas quadras, na parte de iluminação, banheiros e no vestiário dos ginásios.“São Joaquim numa visão geral, tem sim uma estrutura favorável e segurança para alojar os participantes e sediar as provas” ressalta.

Os retoques apontados pelos técnicos deverão ser feitos até o mês de setembro. A vistoria contou com  a presença também dos seguintes profissionais:

Sirlei Macari - Diretora de Esportes da Prefeitura de São Joaquim;

Murilo Fontanella - Gerente de Educação SDR São Joaquim;

Mirian  Schlichting - Integradora esportiva;

Lenoir Carlos Oliveira – Gerente de Esporte de Rendimento da Fesporte.

Participarão da Olesc na cidade jovens atletas de até 16 anos, em quatro modalidades: futsal, handebol, vôlei e basquete.  Segundo o presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, a expectativa é atrair um público que ultrapasse 1.200 participantes. “As fases regionais de classificação vão ocorrer para selecionar as melhores equipes para o estadual e queremos revelar com elas novos talentos para o esporte catarinense” conclui.

 

Mais informações:

Jornalista

Pamela Marin

(48)96192187

 

 

 

 

 

 

O município de São Miguel do Oeste se prepara para receber o primeiro grande evento de 2015 da Fundação Catarinense de Esportes (Fesporte), os Jogos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc). Nesta quarta e quinta-feira, 11 e 12, os técnicos da Fesporte realizam vistoria técnica nos locais de competição do evento que acontece de 25 a 30 de abril.

 Nesta quarta-feira, 11, foram realizadas reuniões com o Secretário Regional de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan e também com o prefeito do município sede, João Carlos Valar, juntamente com técnicos e organizadores. O objetivo é preparar a cidade sede para receber da melhor forma os atletas do evento que se tornou ícone do paradesporto catarinense e nacional.

 “Atletas que irão participar dos Jogos Paralímpicos em 2016 no Rio de Janeiro estarão em São Miguel do Oeste competindo os Parajasc. Precisamos do apoio e a parceria do município e da Secretaria Regional para a realização do evento”, afirma o diretor de esporte da Fesporte, Luciano Heck, que integra a equipe de técnicos que visita a cidade sede.

 Em sua 11ª edição, a estimativa dos organizadores dos Parajasc é que o evento seja disputado por cerca de 2.500 atletas com deficiência física (DF), auditiva (DA), intelectual (DI) e visual (DV). Outros 1.000 técnicos, coordenadores e arbitragem também devem participar. No período disputarão as modalidades de atletismo, natação, tênis de mesa, xadrez, futsal, ciclismo, goalball, handebol em cadeira de rodas, natação, xadrez, basquete para cadeirantes e bocha paralímpica.

 O coordenador técnico dos Parajasc, João Cascaes, afirma que as vistorias estão sendo positivas. “O município já teve a experiência do evento em 2011. Estamos observando os detalhes, principalmente a questão da acessibilidade, para recebermos os atletas com condições adequadas”, afirma.

 Os trabalhos de análise dos locais de competição se estenderão também por toda a quinta-feira, 12.  Também acompanham as visitas: o gerente de esporte de participação da Fesporte, Adriano Ribeiro; o integrador esportivo da 1ª Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de São Miguel do Oeste, Roberto Marangoni; o presidente da Fundação Municipal de Desporto (Fumdesmo), Everaldo Di Berti; o diretor da Fumdesmo, Valdir Fernandes e o gerente de esportes da Fumdesmo, Stefan Wathier.

 

Para informações adicionais:

Gisele Vizzotto 

Secretaria de Estado de Des Reg São Miguel do Oeste 

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  

Telefone: (49) 3631-2901

Técnicos da Fesporte realizarão  a partir desta quarta-feira (11) vistoria técnica nos locais de competição dos Jogos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) em São Miguel do Oeste, a serem realizados de 25 a 30 de abril . A partir da 9 horas da manhã a equipe se reúne com o staff do prefeito anfitrião João Carlos Valar, em seu gabinete,  na prefeitura de São Miguel.

Os trabalhos de análise dos locais de competição se estenderão também por toda a quinta-feira (12). A equipe da Fesporte é formada pelo diretor de esporte Luciano Hec e o gerente de esporte de participação Adriano Ribeiro, além do coordenador técnico do evento, João Cascaes e o integrador esportivo da 1ª  Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de São Miguel do Oeste Roberto Marangoni.

 A estimativa dos organizadores dos Parajasc é que o evento seja disputado por cerca de 2.500 atletas com deficiência física (DF), auditiva (DA), intelectual (DI) e visual (DV). No período disputarão as modalidades de atletismo, natação, tênis de mesa, xadrez, futsal, ciclismo, goalball, handebol em cadeira de rodas, natação, xadrez, basquete para cadeirantes e bocha paralímpica.

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Técnicos da Fesporte realizarão  a partir desta quarta-feira (11) vistoria técnica nos locais de competição dos Jogos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) em São Miguel do Oeste, a serem realizados de 25 a 30 de abril . Pela manhã, a  partir da 9 horas, a equipe se reúne com o staff do prefeito anfitrião João Carlos Valar, em seu gabinete,  na prefeitura de São Miguel.

Os trabalhos de análise dos locais de competição se estenderão também por toda a quinta-feira (12). A equipe da Fesporte é formada pelo diretor de esporte Luciano Heck e o gerente de esporte de participação Adriano Ribeiro, além do coordenador técnico do evento, João Cascaes e o integrador esportivo da 1ª  Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de São Miguel do Oeste Roberto Marangoni.

 A estimativa dos organizadores dos Parajasc é que o evento seja disputado por cerca de 2.500 atletas com deficiência física (DF), auditiva (DA), intelectual (DI) e visual (DV). No período disputarão as modalidades de atletismo, natação, tênis de mesa, xadrez, futsal, ciclismo, goalball, handebol em cadeira de rodas, natação, xadrez, basquete para cadeirantes e bocha paralímpica.

Mais Informações

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

 

Pagina 1 de 68