Publicado em Jasc
Escrito por

JASC 2023: Um recorde que se mantém há 43 anos

Ainda não foi desta vez que o recorde de Evaldo Rosa da Silva, na prova dos 400 metros rasos foi superado durante a 62ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina. O atual técnico da equipe de atletismo de São Bento do Sul, antes da prova da modalidade que está sendo disputada em Timbó, tinha certeza que o atleta Douglas Mendes da Silva, de Balneário Camboriú, que em sua opinião atravessa uma grande fase, poderia quebrar a marca de 47s38 mantida por Evaldo desde o seu período de atleta. Esta é a marca mais antiga da competição: 43 anos. E nos anos que foram se passando, ele repetia a mesma frase: “Acredito que do ano que vem não vai passar”.

A história de Evaldo no atletismo catarinense é antiga. Ele tem no seu currículo uma participação nos Jogos Pan-americanos, na Venezuela, garantindo vaga para as Olimpíadas, em Los Angeles (EUA), no ano de 1983. Mas tudo começos aos 17 anos de idade, após o seu ingresso na Marinha do Brasil e lá se tornou um atleta das pistas. Ainda nas Forças Armadas venceu várias provas, mas depois foi para Jaraguá do Sul. Lá seguiu treinando e, em 1980, conseguiu estabelecer o recorde nos Jogos Abertos, que ele ainda detém. Já se passaram 43 anos e Evaldo ainda mantém o título de recordista.

“Eu fui campeão das Forças Armadas em 1980, na cidade de São Paulo no Estádio do Ibirapuera, e lá eu bati o recorde das Forças Armadas. Uma semana depois eu voltei para Santa Catarina para disputar os JASC, em Jaraguá do Sul, onde quebrei o recorde pela primeira vem com a marca de 47seg38”. A partir daí foram sequencias de competições, mas Evaldo fez questão de traçar um paralelo entra entre os anos. “Recordo que o piso era de carvão, bem diferente que é usado hoje aqui em Timbó, que é o sintético. Além disso, lembro que a sequência de competições que consegui depois de 1981 foi muito boa, pois consegui treinar cada vez mais”, disse. 

E completa lembrando a boa fase: “Realmente foi tão boa que consegui índice para disputar o Pan-americano. Porém, eu podia imaginar que tinha conseguido pegar o índice direto para às Olimpíadas, onde conquistei a medalha de prata no 4x400. Já na Olimpíada não consegui medalha, no Íbero Americano fui terceiro nos 200 metros, segundo lugar nos 400 metros. Já no Sul-americano conquistei a medalha de prata, ouro nos 4x400, e também fui prata nos 400 rasos”, finalizando com tom de saudades.

 

Publicado em Jasc
Escrito por

JASC 2023: Atletismo e Bolão 16 masculino no fim de semana

Acontecem entre os dias 10 a 12 de novembro, no município de Timbó as disputas de duas modalidades da Fase Estadual dos 62º Jogos Abertos de Santa Catarina, o Bolão 16 Masculino que será disputado no Clube Ginástico Guairacás e o Atletismo, que será realizado na pista sintética de Atletismo do Complexo Esportivo.

O público que prestigiar o atletismo poderá estar perto de atletas como de Letícia Oro, recordista dos JASC salto em distância; Matheus Correa, atleta olímpico e do Pan-americano na Marcha Atlética; Vinícius de Brito, recordista sul-americano dos 110 mts com barreira; Ana Cláudia Lemos, velocista dos 100 e 200 mts rasos; além de Liliane Parrela, destaque nos 400 mts com barreiras; além de outros destaques, estarão competindo nesta edição dos JASC.

Para o presidente da Federação Catarinense de Atletismo, Deraldo Ferreira Oppa, que neste ano completa 45 anos de participação nos Jogos Abertos, esta será uma grande oportunidade de ver, torcer e vibrar com as performances de nossos melhores atletas. "Vale lembrar que Santa Catarina, atualmente, vem apresentando ao Brasil atletas de ponta e que já se destacam em competições dentro e fora do Brasil", destacou. 

Rivalidades no Bolão

A modalidade de Bolão 16 masculino será neste final de semana, nas canchas da Sociedade Guairacás em Timbó. O presidente da Federação Catarinense de Bocha e Bolão, Adalberto José Bilíbio, aponta as equipes da casa, no caso Timbó e Indaial como fortes candidatas ao título dos JASC. Porém, ele destacou que as equipes de Florianópolis, Blumenau e Itajaí, por tradição, estão entre os favoritos ao título. As demais cidades participantes são: Pomerode, Brusque, Rio do Sul, Camboriú e Caçador. 

“Itajaí conta com atletas muito experientes, mas outros municípios também têm grandes nomes. Mas, com certeza, teremos ótimos confrontos com muitas disputas ponto-a-ponto. Tudo pode acontecer”, prevê. No total são dez municípios que disputam um troféu no Bolão 16. Os confrontos estão marcados a partir das 15 horas com: Itajaí x Timbó, Florianópolis x Camboriú, Pomerode x Indaial, Caçador x Brusque, Blumenau x Timbó e Rio do Sul x Camboriú.

Os Jogos Abertos de Santa Catarina voltam a sua plenitude após um cancelamento e uma edição com restrições. O evento, cancelado em 2020 por conta da pandemia, foi realizado em São José no ano passado. Porém, precisou ter várias modalidades espalhadas por outros sete municípios para evitar aglomerações, além dos cuidados básicos e regras impostam pela pandemia. Este ano, o evento esportivo será sediado por Rio do Sul, com a participação de mais de cinco mil atletas. 

Competição que revela

Os Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) são a maior competição de esporte amador de Santa Catarina e uma das mais importantes e antigas do país. Ao longo de mais de 60 anos de existência, a competição já revelou inúmeros talentos como Gustavo Kuerten, o Guga (tênis), Luisa Matsuo (ginástica rítmica), Tiago Splitter (basquete), Ana Moser e Nathália Zílio (vôlei), Fabiana Beltrame (remo), Fernando Scherer, o Xuxa (natação), Ivan Mazziero, o Macarrão (handebol) entre tantos outros. As velocistas Tamires de Liz e Ana Cláudia Lemos, ambas atletas olímpicas, são dois dos últimos destaques.

 

Publicado em Jesc12-14
Escrito por

Unesc e Evangélico: os campeões no futebol escolar

O Colégio Unesc, de Criciúma, no naipe feminino e o Colégio Evangélico, de Jaraguá do Sul, foram os grandes campeões da 30ª edição do Campeonato Catarinense Escolar de  Futebol 11 a 14 anos, realizado entre nos dias 02 e 06 de novembro, em Criciúma. 

As Meninas carvoeiras confirmaram o favoritismo e com gol de Beatriz (de pênalti), vencem a escola estadual Rudolfo Luzina, de Nova Erechim, e conquistam o título do Campeonato Catarinense Estadual de Futebol. 

Em um jogo muito disputado e com forte marcação, a equipe do sul do estado, conseguiu marcar o único gol da partida no segundo tempo. 

Com a mesma equipe que conquistou o 5º lugar nos Jogos Escolares Brasileiros 12 a 14 anos (Jebs) na semana passada, em Brasília, o time do sul do estado 

Após a conquista, Beatriz, autora do gol do título, ressaltou a força do grupo e declarou: “esse campeonato foi muito importante, acabamos de retornar dos jogos brasileiros, foi incrível, lutamos todos os jogos e buscamos esse título. Parabéns a toda equipe”.

A escola estadual Padre Antônio Vieira, de Anita Garibaldi, goleou por 6 a 0, a Colégio Girassol, de São José do Cedro. 

 

No masculino o título foi decidido nos pênaltis 

   Colégio Evangélico, de Jaraguá do Sul foi o grande campeão no masculino         Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) 

 

No masculino, a equipe do Colégio Evangélico, de Jaraguá do Sul, sagrou-se campeão do Campeonato Catarinense Escolar de Futebol ao derrotar nos pênaltis a equipe do Colégio Recriarte, de Camboriú, após o empate regulamentar, sem gols.  

Luiz Felipe que cobrou, converteu o último pênalti e garantiu o título para o Colégio Evangélico, enfatizou a grande disputa da final. “Foi uma partida muito acirrada, com chances para os dois lados. Nos pênaltis tivemos 100% de aproveitamento nas cobranças e ficamos com o título”.   

O Colégio Incentivo (Biguaçu) venceu a escola estadual São Miguel (de São Miguel do Oeste) por 1 a 0 e ficou em terceiro lugar.

 

Destaques da Final 

A garota Kesly de Oliveira Barros, do Colégio Unesc, foi escolhida a craque da final. Ela que nos Jogos Escolares Brasileiros marcou 11 gols na edição 2023 dos Jebs 12 a 14 anos. 

O goleiro Gabriel, do Colégio Evangélico, de Jaraguá do Sul, que fez importantes defesas no tempo regulamentar e defendeu um dos pênaltis nas cobranças decisivas, foi o escolhido como o melhor atleta masculino da final. 

 

           Kesly Barros, a "Marry" pousa com a medalha e o troféu.        O goleiro Gabriel, recebeu de Luciano Heck o seu troféu. 

 Josélia Teixeira, coordenadora da competição, fez um balanço do evento: “foi mais um evento de sucesso, com toda a dedicação e empenho do grupo de Fesporte em parceria com a prefeitura de Criciúma. Passaram por aqui nestes dias mais de 500 atletas e seus professores/treinadores e a disputa foi linda”. 

E finalizou, “agradeço ao nosso presidente Paulão, à frente da Fesporte, ao governo do estado, ao nosso gerente Lucimar Dias que está em Brasília acompanhando a delegação de Santa Catarina, ao diretor de esporte, Luciano Heck, ao diretor de políticas públicas, Jorge Davi  e a todo grupo Fesporte". 

O Campeonato Catarinense Escolar de Futebol é um evento promovido pelo governo do estado por intermédio da Fesporte em parceria com a Fundação Municipal de Esportes de Criciúma. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416 

Publicado em CCEF
Escrito por

“Nosso trabalho é acompanhar os jovens no esporte e na vida”

O Campeonato Catarinense Escolar de Futebol (CCEF) já tem a sua história, tanto nas competições quanto na criação de fatos que os anos vão registrando. Uma delas vem da cidade de Biguaçu, município muito próximo da capital Florianópolis. E vem da Escola Incentivo que é muito ligada ao esporte e ao cuidado ‘familiar’. E quatro pessoas parte desta narrativa. A primeira é João Francisco Alcântara da Silva e sua esposa Marinete Vieira, proprietários da Escola Incentivo. Depois Paulo Ricardo de Faria e Ricardo de Faria, técnico e auxiliar da equipe, além de serem pai e filho.

Sobre a história da escola no campeonato escolar de futebol, o técnico Paulo Ricardo conta que a escola já tem tradição na competição. “Em 2003 foi o primeiro ano do projeto do colégio nesta competição. Já no ano seguinte montamos um projeto e começamos a reforçar a equipe. Em 2005 conquistamos o nosso primeiro título estadual, e depois vieram novos títulos em 2016, 2019 e 2022”, lembrou.

“Desde a criação do projeto, aproximadamente sete atletas já foram atuar em clubes profissionais. Mas além desses meninos que se destacam no futebol ou que a gente coloca em clubes, é o CCEF que dá uma grande visibilidade. Mas nosso real objetivo é dar uma bolsa de estudos para esses garotos o que acreditamos ser o mais necessário para eles. Todos eles têm o sonho de ser jogador, mas nem todos possuem condições de chegar lá. Por isso é que acreditamos na bolsa de estudos oferecida, que vai até o 3º ano do segundo grau, desde que não sejam reprovados em nenhum ano”, explicou o técnico Ricardo.

Mas João Francisco, criador da escola, diz que há 34 anos é proprietário da Escola Incentivo, de Biguaçu. “Grande parte dos 20 anos que eu e minha esposa acompanhamos essa garotada, em apenas dois campeonatos não conseguimos a classificação. Além do trabalho feito com atletas de 11 a 14 anos, já iniciamos também o mesmo trabalho com os jovens da categoria sub 17. A Fesporte criou esta categoria há dois anos, e em ambos conseguimos a classificação para o estadual. Eu e a minha esposa já estamos acompanhando essa meninada nos campeonatos há bastante tempo, mas temos que destacar a ação da Fesporte em dar uma boa estrutura para as delegações. Principalmente a questão dos hotéis e alimentação”, destacou.

João Francisco e sua esposa fazem questão de acompanhar as competições, de forma aventureira. Juntos, viajando com o seu motorhome, faz questão de lembrar: “Quem está do outro lado, a essa valorização aos atletas, fica muito satisfeito. Digo isso, porque em anos anteriores, quando ainda era chamado de Moleque Bom de Bola, os alunos ficavam em escolas sem nenhuma estrutura para isso. Trazer esses jovens, tirando eles do conforto de seus lares, para dormir num colchão apenas, às vezes até molhado pelo próprio suor, é muito ruim. Sem falar da alimentação, pois eles não se sustentam com um café da manhã simples, um almoço e um jantar. Eles querem e precisam de mais. E nós trazíamos frutas, pães, leite e sucos, para complementar a alimentação deles. Sempre damos autonomia ao técnico Ricardo para comprar o que fosse necessário para eles, mas hoje já não é mais necessário e isso é digno de elogios pela valorização. Afinal esses são jogos para integralizar os jovens dos municípios, sem fazer com que eles sofram ou tenham necessidades. E hoje, sobre esse assunto, só temos que elogiar”.

E sobre uma mensagem para a juventude, João Francisco ainda disse: “Temos muitos alunos que são carentes. E o nosso objetivo é tirar esses jovens do ostracismo dando oportunidade a eles. Porque, a gente sabe, quando eles estão focados no esporte e nos estudos, não ficam pensando em drogas. Todos nós sabemos que esse problema está em qualquer lugar. E uma das nossas políticas dentro do colégio é a ‘participação em ajudar um aluno’, por que isso vale à pena. Financeiramente tem resultado? Confesso que não... mas nosso real objetivo é gerar oportunidades para esses jovens. A gente sabe que os que estão focados no esporte, não irá se perder na vida”, concluiu.

 

Publicado em CCEF
Escrito por

Catarinense Escolar de Futebol entra na sua fase decisiva

A 30ª edição do Campeonato Catarinense Escolar de Futebol, de 11 a 14 anos, já tem as equipes classificadas para a 2ª fase da competição. Depois de três dias de bola rolando nas categorias femininas e masculinas e com muita chuva, o sol voltou à cidade de Criciúma. As 16 equipes disputam na vaga em partida única e apenas seguem para a etapa decisiva. A semifinal e a grande final de cada categoria serão disputadas no dia 6 de novembro. 

Este evento foi criado em 1992 e, desde então vem promovendo o esporte amador, a educação para a cidadania e o desenvolvimento humano, democrático e integral para adolescentes. É um evento promovido pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) em parceria com as prefeituras municipais.

Ele faz parte da série de eventos esportivos realizados pelo Governo do Estado, através da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e com a parceria das prefeituras municipais. Nesta edição foram disponibilizados mais de R$ 700 mil reais pelo Governo SC, para hospedagem e alimentação de todas as delegações. Esta competição, além de trabalhar com os pilares de políticas de Esportes, ela também busca a promoção da saúde e turismo, pois movimenta as regiões que recebem a competição.

Confira os times classificados para a semifinal:

NO FEMININO

- EBM Almirante Barroso (Pomerode)

- EEB Padre Antônio Vieira (Anita Garibaldi)

- Cemeg (São José do Cedro)

- EEB João dos Santos Areão (Santa Rosa de Lima)

- Colégio Unesc (Criciúma)

- EEB Jurema Savi Milanez (Quilombo)

- EMEF Pe. Mathias Maria Stein (Graramirim)

- EEB Rudolfo Luzinna (Nova Erechim)

NO MASCULINO

- EEB São Migiel (São Miguel do Oeste)

- Colégio Santa Rosa de Lima (Lages)

- Colégio Salesiano (Itajaí) 

- Colégio Evangélico Jaraguá (Jaraguá do Sul)

- EEB Aleixo Dellagiustina (Ituporanga)

- Colégio Recriarte (Camboriú)

- Colégio Incentivo (Biguaçu)

- EEB Alinor Vieira Côrte (Papanduva)

 

Publicado em CCEF
Escrito por

Chuva provoca mudança nos locais de competição do CCEF

A edição de 2023 do Campeonato Catarinense Escolar de Futebol começa a entrar na sua reta final, e já indica as possíveis equipes classificadas para a segunda fase da competição. No entanto, a maior novidade recai nos locais de competição. Devido às fortes chuvas que assolam a região de Criciúma e comprometendo as condições dos gramados, foi realizada uma avaliação técnica com o objetivo de preservar os atletas. 

Assim, a Coordenação Geral da Etapa Estadual do CCEF resolveu alterar os locais de competição deste sábado, dia 4. Os jogos do campo da SATC, que seriam disputados pelo masculino, foram transferidos para o campo do Próspera – Dr. Mário Balsini. Já as partidas que estavam no Próspera, que seriam disputados pelo naipe feminino, foram transferidas para o Campo do bairro São Luiz. Outra mudança aconteceu nas partidas do Estádio do Metropol, que serão levadas para o campo da Mãe Luzia.

RESULTADOS DO DIA 03/11/2023 

FEMININO

- Col. Unesc (Criciúma) 4 x 2 EEB Rudolfo Luzinna (Nova Erechim)

- EEB Jurema Savi Milanez (Quilombo) 2 x 0 CEM Profª Maria de Lurdes/CAIC (Nacegantes)

- EMEF Pe. Mathias Maria Stein (Guaramirim) 0 x 0 Col. Dom Bosco (Rio do Sul)

- EEB Pe. Antônio Vieira (Anita Garibaldi) 1 x 1 Cemeg (São José do Cedro)

- Col. Unesc (Criciúma) 4 x 0 EM Alaberto Bordin (Jaborá)

- EM Rodolfo Dornbusch (Jaraguá do Sul) 0 x 0 EM Alberto Bordin (Jaborá)

- EEB São Luiz (União do Oeste) O X W EEB Luiz Davet (Major Vieira)  

- CPM Feliciano Pires (Laguna) 0 X 3 EEB João dos Santos Areão (Santa Rosa do Sul) 

- EBM Almirante Barroso (Pomerode) 3 x 0 EEB Maura Senna (Pinheiro Preto

MASCULINO

- Col. Recriarte (Camboriú) 2 x 1 EEB Monsenhor F. Giesbert (Armazém) 

- EEB Rodrigues Alves (Saudades) 1 x 2 EEB Alinor Vieira Côrte (Papanduva) 

- EEB Aleixo Dellagiustina (Ituporanga) 2 x 2 EEB Deodoro (Concórdia) 

- Col. Salesiano (Itajaí) 1 x 0 EEB Raul Pompéia (Campo Erê) 

- Col. Incentivo (Biguaçu) 2 x 1 EEB Monsenhor F. Giesbert (Armazém) 

- EEB São Miguel (S.M. do Oeste) 0 x 0 Col. Evangélico (Jaraguá do Sul) 

- EBM Valentim Bernardi (Itá) 1 x 1 GEM Horizonte (Zortéa) 

- Col. SATC (Criciúma) 0 x 4 Col. Santa Rosa de Lima (Lages) 

- Col. Recriarte (Camboriú) 4 x 1 Col. Dehon (Tubarão) 

 

Publicado em Jasc
Escrito por

JASC 2023 já começou: Bolão 16 abriu as competições

Os Jogos Aberto de Santa Catarina, edição de 2023 já está agitando os atletas e o município de Rio do Sul. A modalidade de Bolão 16 feminino agitou o Clube Ginástico Guairacás, na cidade de Timbó, com as disputas marcadas de 3 a 5 de novembro. Serão dez municípios divididos em dois grupos. São eles: na Chave A estão Blumenau, Pomerode, Indaial, Rio do Sul e Lebon Regis. Já na Chave B disputam os municípios de Florianópolis, Joinville, Caçador, Itajaí e Camboriú. No primeiro dia as equipe fazem o primeiro confronto dentro da mesma chave rodada inicial.

Neste sábado acontece, ainda com os confrontos dentro da chave, com os três adversários restantes. 

1º campeão no domingo

O primeiro campeão da edição 62 dos Jogos Abertos de Santa Catarina será conhecido no domingo. O troféu em disputa será na modalidade de bolão 16 feminino. No entanto, o naipe masculino será no mesmo local, mas as partidas acontecem nos dias 11 e 12. 

Além do Bolão 16, a cidade de Timbó também será a sede do atletismo. O local já estava definido mesmo antes das enchentes que assolaram Rio do Sul em outubro. Outras duas modalidades que começam antes dos Jasc são o remo (M e F) e o triatlon (M e F). O remo será na Raia Náutica em Florianópolis. Já o triatlon será na praia de Canasvieiras. 

Confrontos do Bolão 16 no primeiro dia:

Indaial 1335 x 1216 Rio do Sul (chave A)

Joinville 1228 x 1005 Camboriú (chave B)

Pomerode 1141 x 911 Lebon Régis (chave A) 

Caçador 1316 x 1483 Itajaí (chave B)

Blumenau 1440 x 1303 Rio do Sul (chave A)

Florianópolis 1410 x 1460 Itajaí (chave B)

 

Publicado em CCEF
Escrito por

Criciúma reúne os melhores do futebol escolar de SC

A 30ª edição do Campeonato Catarinense Escolar de Futebo, de 11 a 14 anos, já começou a sua fase decisiva. As 12 equipes campeãs de cada seletiva estão juntas para uma grande disputa, ao lado do representante do município sede (Criciúma) e os três times classificados em primeiro no ano passado. As 16 equipes nos naipes femininos e masculinos disputarão o título de melhor de Santa Catarina, na etapa estadual que irá até dia 6 de novembro. Esta competição é conhecida por revelar grandes talentos para o futebol catarinense e brasileiro, com nomes que chegaram a seleção como Douglas, Felipe Luiz, André Santos, Marquinhos Santos, entre tantos outros.

Nesta competição estarão reunidas as três melhores classificadas do ano passado no feminino foram a EEB São Luiz, de União do Oeste (1º), EMEF Pe. Mathias Maria Stein, de Guaramirim (2º), EBM Almirante Barroso, de Pomerode (3º), e a escola-sede é o Colégio Unesc, de Crciúma. Já no masculino foram o Colégio Incentivo, de Biguaçu (1º), Salesiano, de Itajaí (2º), e EBM Valentim Bernardi, de Itá e o colégio-sede é o SATC, de Criciúma.

Este é mais um trabalho efetivo do Governo do Estado, com a realização da Fesporte (Fundação Catarinense de Esporte) e a parceria com a Prefeitura Municipal de Criciúma junto com a FME. Todas as delegações estão em hotéis do município, com almoço e jantar em refeitório exclusivo. Foram mais de R$ 700 mil reais disponibilizados pelo Governo SC, para dar tranqüilidade e segurança às famílias e aos jovens que se deslocaram de suas cidades.

Este evento foi criado em 1992 e, desde então vem promovendo o esporte amador, a educação para a cidadania e o desenvolvimento humano, democrático e integral para adolescentes. É um evento promovido pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) em parceria com as prefeituras municipais.

RESULTADOS DO DIA 02/11/2023 – FEMININO

- EBM Almirante Barroso (Pomerode) 3 X 0 CPM Feliciano Pires (Laguna) 

- EEB Maura Senna (Pinheiro Preto) 1 X 1 EEB João dos Santos Areão (S. Rosa de Lima) 

- EM Rodolfo Dornbusch (Jaraguá do Sul) 0 X 1 EEB Rudolfo Luzinha (Nova Erechim)

- EMEF Pe. Mathias Mª Stein (Guaramirim) 2 X 0 EEB Jurema Savi Milanez (Quilombo) 

- Colégio D. Bosco (Rio do Sul) 1 X 1 CEM Profª Maria de Lurdes/CAIC (Navegantes)

- EEB São Luiz (União do Oeste) O X W EEB Pd. Antônio Vieira )Anita Garibaldi)

- EEB Luiz Davet (Major Vieira) 0 X 3 CEMEG (São José do Cedro)

 

RESULTADOS DO DIA 02/11/2023 – MASCULINO

- EBM Valentim Bernardi (Itá) 0 X 6 EEB São Miguel (S.M.Oeste)

- GEM Horizonte (Zortéa) 1 X 2 Colégio. Evangélico (Jaraguá do Sul)

- Colégio Incentivo (Biguaçu) 3 x 0 Colégio Dehon (Tubarão)

- EEB Aleixo Dellagiustina (Ituporanga) 2 x 1 EEB Rodriguesb Alves (Saudades)

 - EEB Deodoro (Concórdia) 0 X 2 EEB Alinor Vieira Côrte (Papanduva) 

- EEB Raul Pompéia (Campo Erê) 0 X 0 Col. Santa Rosa de Lima (Lages)

- Colégio Salesiano (Itajaí) 4 X 0 Colégio SATC (Criciúma)

 

Publicado em Dança Catarina
Escrito por

Itapiranga abre a edição 2023 do Dança Catarina

A cidade de Itapiranga, no extremo-Oeste de Santa Catarina, foi palco da primeira etapa mesoregional no 22º ano do Dança Catarina. Este evento foi realizado, dia 25, pelo Governo de Santa Catarina, executado pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), e com as parceria das Prefeitura municipais, a Coordenadoria Regional de Educação. Evento é considerado um dos maiores eventos de dança escolar do Brasil, e tem como objetivos fomentar a dança na escola e contribuir com a educação integral da criança e do adolescente na construção da sua cidadania.

Nesta primeira etapa participaram grupos dos municípios da Ameosc (Associação dos municípios  do Extremo Oeste de Santa Catarina). O prefeito de Itapiranga, Alexandre Gomes Ribas, destacou a necessidade de mais incentivos de espetáculos desta grandeza. "A nossa cidade, pela primeira vez, recebe a etapa deste evento tão importante que é o Dança Catarina. A nossa cidade tem uma condição cultural importante, e a gente fica muito feliz em receber eventos trazem um benefício muito importante não só para a sociedade mas principalmente para as nossas crianças e adolescentes".

Já a coreógrafa e coordenadora do Festival, Mapi Cravo, fez questão de expressar sua gratidão e apreço a todos que se dedicaram para tornar o Dança Catarina deste ano um evento extraordinário. "Foi uma jornada repleta de esforço, paixão e dedicação, e é graças ao comprometimento de todos que conseguimos realizar este espetáculo memorável em Itapiranga. Os alunos participantes demonstraram uma incrível preparação, empenho e dedicação. Os talentos brilharam no palco e inspirou a todos nós", concluiu.

Publicado em CCEF
Escrito por

Catarinense Escolar de Futebol em momento decisivo

Acontecem durante todo o mês de outubro, as seletivas para o Campeonato Catarinense Escolar de Futebol 11 a 14 anos em doze sedes: 1.São João do Oeste;  2.Saudades;  3.Ponte Serrada;  4.Peritiba;  5.Videira;  6.São Joaquim;  7.Pouso Redondo;  8.Timbó;  9.Canoinhas; 10.Blumenau;  11.Treze de Maio e 12.Armazém. 

Os doze campeões de cada seletiva se juntarão, ao representante do município sede e aos três primeiros colocados do ano passado. 

As 16 equipes no naipe feminino e masculino disputarão o título de melhor de Santa Catarina, na etapa estadual que acontecerá entre os dias 01 e 06 de novembro, em Criciúma.

O campeonato catarinense escolar de futebol foi criado em 1992 e tem como objetivo, promover o esporte amador, a educação para a cidadania e o desenvolvimento humano, democrático e integral de crianças e jovens.

É um evento promovido pelo Governo do Estado por intermédio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) em parceria com as prefeituras municipais. 

Texto - Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) - (48) 99683 5416 

Publicado em Jasc
Escrito por

Rio do Sul confirma datas para os 62º Jogos Abertos de SC

Depois de passar por dias e momentos de apreensão devidos às fortes chuvas, a cidade de Rio do Sul volta a direcionar as atenções para a grande festa esportiva programada para o final do ano. Foi confirmada, no período entre 29 de novembro a 9 de dezembro, a realização da 62ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina considerado um dos maiores eventos esportivos do país e que envolvem mais de 4.500 atletas disputando em 26 modalidades.

O presidente da Fesporte, Paulão, confirmou na tarde de sexta-feira (20) a notícia com entusiasmo. "Foi um grande trabalho de equipe, onde não foram poupados os esforços para que pudemos dar esta notícia. Agradeço ao Governador Jorginho Mello pelo seu apoio irrestrito para a realização deste grande evento esportivo que é o Jasc. E não posso deixar de lembrar também a luta do secretário Cimadon e a adjunta Patrícia (da Educação), que estiveram ao nosso lado nesta parceria. E, por fim, a nossa grande equipe da Fesporte foi incansável. Não pararam um só dia até que pudéssemos anunciar a realização dos Jasc em Rio do Sul", destacou.     

Já o diretor de esportes da Fesporte, Luciano Nilzo Heck, ressalta que esta foi uma grande vitória de todos os envolvidos. "Vivemos um período de grande apreensão devido às chuvas. E, depois de muitos encontros e decisões, finalmente podemos anunciar a realização dos JASC em novo período mas com o mesmo entusiasmo. Tudo isso foi fruto de um trabalho conjunto, onde não podemos deixar de agradecer a parceria do Governo Estadual, a secretaria da Educação, a toda a equipe da Fesporte e também, sem esquecer, o trabalho da cidade de Rio do Sul para que tudo pudesse acontecer", disse.

Publicado em Parajasc
Escrito por

PARAJASC - Data final para inscrições - etapa estadual

ATENÇÃO:

O período de inscrição dos PARAJASC 2023 se encerra nesta terça-feira - 17/10 - às 18h59min.

Os regulamentos, assim como as fichas para relação nominal, se encontram disponíveis no site da FESPORTE

A FESPORTE se coloca à disposição para auxiliar em caso de alguma dificuldade na realização das inscrições, e a própria página da PLACARSOFT conta também com suporte no horário comercial.

Pagina 2 de 232