Publicado em Olesc
Escrito por

Florianópolis conquista o primeiro troféu da Olesc

Na manhã desta quinta, 21, em uma cerimônia realizada no ginásio de esportes Rozendo Lima, no Instituto Estadual de Educação (IEE), a equipe de Florianópolis recebeu das mãos do presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Paulo Jukoski da Silva, o Paulão, o primeiro troféu de campeão da 22ª edição da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), da modalidade de Ginástica Rítmica. Em segundo lugar, ficou a equipe de Joinville e em terceiro, a equipe de Blumenau.

Paulão destacou a beleza, o empenho e as aspirações das jovens atletas. “Em minha primeira Olesc, é muito emocionante sentir o que representa uma medalha para atletas tão jovens, algo que sonham tanto. O sonho começa aqui, jogos escolares, estudantis. É lindo poder ver a entrega, , o choro,  dessa criançada. A Fesporte e o Governo de Jorginho Mello estão aqui para fazer muita festa, não somente para quem vence, mas para todos que participam”.

A coordenadora de arbitragem e diretora do comitê técnico da federação de ginástica de Santa Catarina, Maria Helena Kraeski, fez um balanço da competição e a descreveu assim:  “Para nós da federação de ginástica é uma alegria muito grande ver uma competição com tantas crianças, foram ao todo, 98 atletas de 15 municípios.”

E finalizou, “Ver essas crianças se expor a um grupo grande de árbitros é motivo de muita satisfação. Tivemos um show de apresentações, os municípios e as atletas estão de parabéns e a federação está muito contente com essa evolução da ginástica”.

 

     Cerimônia de premiação aconteceu nesta quinta, 21, no IEE          Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

Participaram na modalidade de ginástica rítmica, 98 atletas de 15 municípios: Biguaçu, Blumenau, Brusque, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Indaial, Itajaí, Itapema, Joinville, Maravilha, Palhoça, São José, Timbó e Tubarão.

Uma das mais emocionadas no momento da premiação foi a treinadora da equipe da capital, que não conseguiu conter as lágrimas, ao receber o troféu de campeã da 22ª edição da Olesc. Evelise Garofalo falou da sensação de ver suas meninas no lugar mais alto do pódio: “Ganhar a Olesc é maravilhoso. É uma emoção enorme, as meninas treinaram com muita seriedade, competiram muito bem, fizeram o seu melhor. Conquistar o título é a contemplação de um trabalho que estamos fazendo há muito tempo, com muito carinho”.

A Olesc é uma competição estudantil promovida pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte em parceria com a Prefeitura Municipal de Florianópolis, juntamente com a Fundação Municipal de Esportes da capital.

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416

 

 

 

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Programação Olesc 2023

A Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) já começou....  Por isso, as torcidas dos municípios da Grande Florianópolis estão convidadas à prestigiar este grande evento esportivo. Em sua 22ª edição, a Olesc vai reunir em sua etapa estadual, cerca de 4000 atletas de até 16 anos, disputando as modalidades de: atletismo, basquete, handebol, vôlei, tênis de mesa, tênis de campo, badminton, judô, karatê, taekwondo, xadrez, ginástica artística, ginástica rítmica, natação, vôlei de praia, futsal e ciclismo.

Publicado em Olesc
Escrito por

Ginástica Rítmica marca o início da Olesc 2023 em Florianópolis

Nesta terça, 19, as competições de ginástica rítmica marcam o início da 22ª edição da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), no complexo esportivo Rozendo Lima, no Instituto Estadual de Educação (IEE), em Florianópolis. 

Atletas de quinze municípios disputam o título da modalidade da Ginástica Rítmica nesta terça, quarta e quinta: Biguaçu, Blumenau, Brusque, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Indaial, Itajaí, Itapema, Joinville, Maravilha, Palhoça, São José, Timbó e Tubarão. 

Luciano Heck, diretor de esportes da Fesporte, prestigiou as belíssimas apresentações e convida a todos os apaixonados por esporte para assistirem as disputas ao longo dos próximos dias. “Quero fazer um convite a todo cidadão para que acompanhe pelas nossas redes sociais, nosso site e demais veículos de comunicação as disputas da Olesc”. 

Destacou também a relevância da competição que conta com um número recorde de municípios: “Nessa edição da Olesc contamos com a participação de 99 municípios e mais de 4000 atletas. Reforço o convite para irem aos locais de competição e torcerem por seu atleta, seu município ou simplesmente se divertir”, finalizou. 

 

Uma estreante na Olesc

Garotinha de Blumenau, Maria Carolina, fez sua estreia na Olesc        Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

Maria Carolina de Moraes, de apenas 10 anos, do município de Blumenau, fez sua estreia na Olesc nesta tarde com uma linda apresentação e ressaltou a importância da competição para ela: “Participar da Olesc é uma oportunidade boa. Fiquei bem nervosa, pois foi minha primeira apresentação com aparelho. A ginástica é muito importante para desenvolver nosso corpo e fortalecer nossa concentração”. 

“A Olesc é a porta de entrada no esporte para muitas destas crianças, e para o futuro deles, é uma competição muito significativa por esses aspectos”, enalteceu Caroline Heloisa da Silva de Moraes, mãe de Maria Carolina. 

 

A 22ª edição da Olesc em Florianópolis 

A cerimônia de abertura oficial da Olimpíada Estudantil Catarinense acontecerá na próxima terça, 25, às 19 horas e 30 minutos no Ginásio Rozendo Lima, no Instituto Estadual de Educação. 

Em sua 22ª edição, reúne em sua etapa estadual, cerca de 4000 atletas de até 16 anos, disputando as modalidades de: atletismo, basquete, handebol, vôlei, tênis de mesa, tênis de campo, badminton, judô, karatê, taekwondo, xadrez, ginástica artística, ginástica rítmica, natação, vôlei de praia, futsal e ciclismo. 

A Olesc é uma competição esportiva de rendimento e educacional, organizada pelo Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) em parceria com o município de Florianópolis. 

 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416 

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Congresso Técnico da Olesc é realizado em Florianópolis

Na tarde desta quinta-feira (14), a Academia de Polícia Civil de Santa Catarina, em Florianópolis, recebeu o Congresso Técnico da 22ª edição da Olimpíada Estudantil de Santa Catarina (Olesc), que acontecerá entre os dias 25 de setembro e 3 de outubro na capital do estado. 

Nessa edição, essa competição contará com mais de 4000 atletas de até 16 anos de 99 municípios catarinenses e estarão em disputas 16 modalidades:  atletismo, basquete, handebol, vôlei, tênis de mesa, tênis de campo, badminton, judô, karatê, taekwondo, xadrez, ginástica artística, ginástica rítmica, natação, vôlei de praia, futsal masculino, futsal feminino e ciclismo.

A equipe técnica da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) realizou os sorteios das modalidades envolvidas nas disputas que iniciam a partir do próximo dia 25 de setembro.

         Integrantes da Fesporte no Congresso Técnico da Olesc                Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

Paulo André Jukoski da Silva, o Paulão, presidente da Fesporte, “a Olesc é uma competição consolidada, criada em 2001 e neste ano pela primeira vez na história acontecerá na cidade de Florianópolis, o que faz com que esta seja uma edição bastante especial. Reitero que o governo do estado de Santa Catarina está trabalhando em conjunto com a prefeitura municipal de Florianópolis na organização da competição para melhor desenvolver o esporte catarinense”. 

Marcelo Melo, presidente da Comissão Central Organizadora (CCO), destacou a importância da Olesc e como estão os últimos ajustes para o início da competição: “A organização de um evento exige muito da CCO. Montamos uma base de hospedagem e de organização em Canasvieiras. Este congresso técnico é o ponto de largada para que a gente tenha uma edição histórica da Olesc aqui na capital do estado”, afirmou Melo. 

A Olesc é um evento do governo do estado realizado por intermédio da Fesporte em parceria com o município de Florianópolis. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416 

Publicado em CCEF
Escrito por

Alteração de data CCEF 11-14 anos

ALTERAÇÃO DE DATAS - CCEF 11-14 anos

Informamos que houve uma alteração na data referente à realização da etapa estadual.

Período de realização da Fase Final:

01/11/2023 a 06/11/2023.

Publicado em Parajasc
Escrito por

Alteração de datas Parajasc

ALTERAÇÃO DE DATAS - PARAJASC

Informamos que houve uma alteração nas datas referentes a fim das inscrições, congresso técnico e Realização da etapa estadual.

- Fim das inscrições: de 22/09 para 17/10 às 18:59h

- Congresso Técnico: de 03/10 para 09/11

- Realização da etapa estadual: de 24 a 29/10 para 05 a 10/12

 

Publicado em Olimpíadas escolares
Escrito por

Atletas de SC são destaques no 1º dia das Paralimpíadas

Atletas catarinenses são destaques no 1º dia, quinta, 7, da etapa regional 3 das Paralimpíadas Escolares, em São Paulo. 

Nicolas Fonseca Coelho, na Natação; Gustavo Tancredo Pavan e Ismael Isac Galdino Pavan, no Atletismo; emplacaram três medalhas de ouro cada um no primeiro dia de competições. 

Nicolas tem 15 anos, é de Criciúma, estuda no Colégio Marista, no 9º ano do Ensino Fundamental e conquistou os três ouros nas provas: 100 metros peito, 100 metros costa e 200 metros medley. 

Gustavo tem 13 anos, é de Xaxim, estuda na escola municipal Dr. Ari Lunardi no 7º ano do ensino fundamental e conquistou ouro nas provas de lançamento do dardo, lançamento de disco e arremesso de peso. 

Ismael tem 17 anos, é de Joinville, estuda na escola municipal Pauline Parucker, no 9º ano do ensino fundamental e as medalhas de ouro foram conquistadas após vencer as provas de: 100 metros rasos, 400 metros rasos e o lançamento do dardo. 

 

Ismael, Gustavo e Nicolas foram os destaques catarinenses no 1º dia das Paralimpíadas  Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

No primeiro dia de competição, Santa Catarina conquistou um total de 95 medalhas no Atletismo, sendo 62 de ouro, 19 de prata e 14 de bronze. 

Já os paratletas da Natação, conquistaram 51 medalhas, sendo 30 de ouro, 14 de prata e 7 de bronze. 

O criciumense Nicolas após as conquistas se mostrou muito orgulhoso em representar o estado e fez a seguinte fala: “Estou muito feliz com meus resultados e estar representando da melhor forma o estado de Santa Catarina, conquistando três medalhas de ouro já no primeiro dia”.

A técnica do garoto Gustavo, Ivanete Zanco, depois das conquistas destacou a importância desse feito. “Para nós de cidade pequena [Xaxim] estar representando Santa Catarina é um grande orgulho”.

Em seguida enalteceu a importância dos profissionais de educação física nesse processo: “Nós professores precisamos buscar estes atletas para que os mesmos tenham possibilidades diversas neste mundo. Muito mais do que medalhas, esses momentos oportunizam uma grande evolução pessoal para cada um que aqui está”. 

 

Rafaela Krol: no esporte não há derrota

 

Rafaela Krol na prova dos 250 metros T54   com cadeira de corrida                     Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

Outro destaque na conquista de medalha, uma prata, e principalmente no pensamento e nas atitudes, foi Rafaela Krol Carraro, de 14 anos, do Cemma, do município de Mafra. 

Rafaela, da modalidade do atletismo, conquistou a medalha de prata na prova dos 250 metros T54 sub 16 com cadeira de corrida. Após a prova, a garota falou da alegria em participar dessa competição. “Adoro participar das Paralimpíadas, é uma das melhores coisas da minha vida. Quero agradecer a todos que torceram por mim e à minha mãe que sempre me acompanha”. 

Ao ser questionada sobre a conquista da medalha, ela fez uma declaração muito madura para uma adolescente de 14 anos: “Fiquei com a prata, e a princípio parece que perdi. Mas no esporte, não perdemos. Sempre aprendemos algo e com esse resultado sei que tenho coisas para melhorar. Foi muito boa a experiência”. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416

Publicado em Olesc
Escrito por

Prazo de inscrições, inclusões, desistências e convocações da OLESC.

Hoje (08/09) é o último dia para inscrições, inclusões, desistências e convocações da OLESC.

O sistema estará aberto até as 18h59.

Publicado em Olimpíadas escolares
Escrito por

Santa Catarina conquista primeiro ouro nas Paralimpíadas Escolares

“A natação mudou a minha vida”. Essas foram as primeiras palavras pronunciadas pela paratleta Vitória Cristina Abranges, após conquistar a primeira medalha de ouro para Santa Catarina na modalidade da natação, nos 400 metros livre, classe 8, na etapa regional 3 das Paralimpíadas Escolares, em São Paulo, nesta quinta, 7. 

Vitória tem 14 anos e é estudante do 8º ano, da escola municipal enfermeira Hilda Anna Krich, em Joinville. A garota começou na prática desportiva em 2018, aos 9 anos, como uma brincadeira, na escolinha paralímpica (chamada carinhosamente de Cepinho), na Univille. 

Com o tempo, os treinadores observaram que Vitória tinha potencial e a convidaram para treinar, visando competições futuras. Aos 12 anos, foi treinar a modalidade de natação, no Centro esportivo para pessoas especiais (Cepe). 

Vitória Cristina Abranges destaca a oportunidade de estar nas Paralimpíadas Escolares, representando Santa Catarina e agradeceu a sua técnica, Camila Correa, e a todos que torceram. “Estou muito feliz em estar aqui e conquistar minha primeira medalha de ouro. Quero agradecer minha técnica Camila e as pessoas que torceram por mim. É isso. Vamos Santa Catarina”. 

 

 A técnica Camila, a paratleta Vitória e sua mãe, Márcia, comemoram o 1o ouro de SC     Foto: Delamare de Oliveira Filho (Fesporte)

A felicidade e o orgulho tomavam conta da técnica, Camila Correa. “Estou muito feliz pela Vitória, pela evolução dela nos processos de treinamento. Essa medalha foi muito importante para abrirmos a competição com chave de ouro”. 

Para a mãe, Márcia Conceição Nunes Abranges, que acompanha Vitória, nas mais diversas competições, falta palavras para expressar tamanha emoção. “É um orgulho poder acompanhá-la e ver nossa filha crescendo e conquistando os seus objetivos. Faltam palavras para expressar o que sinto nesse momento”. 

As provas da natação acontecem nos dois turnos (matutino e vespertino), hoje e amanhã. Esta é a etapa regional 3 das Paralimpíadas Escolares, onde participam paratletas dos estados do: Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. 

Já aconteceram as outras duas etapas regionais, uma em Brasília e a outra em Belém. 

Entre os dias 27 de novembro e 02 de dezembro, acontece a etapa nacional com mais de 1800 paratletas das 27 unidades federativas do Brasil, no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo.  

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Congresso técnico - Olesc

Neste congresso serão repassadas as informações técnicas, definições dos locais e datas das competições, além de também serem discutidos os detalhes do cerimonial de abertura e os sorteio das chaves das modalidades coletivas.

Publicado em Olesc
Escrito por

Criciúma é a campeã da regional sul da Olesc

O município de Criciúma é o campeão da etapa regional sul da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), que aconteceu entre os dias 24 a 28 de agosto, promovido pelo Governo do Estado por meio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), em parceria com a prefeitura de Morro da Fumaça. 

Criciúma conquistou cinco troféus: Volei feminino, Basquete masculino, Futsal masculino, Handebol masculino e Handebol feminino, totalizando 65 pontos, seguido por Tubarão com 29 e Palhoça com 21 pontos. O município ficou em primeiro lugar no quadro de pontos, medalhas e troféus. 

“É uma alegria para nós entregar tantas medalhas e troféus aos nossos atletas e para as comissões técnicas. Sabíamos que todos entrariam em quadra buscando a classificação e dando o seu melhor em cada jogo. Parabéns a todas as modalidades pelo empenho durante a competição. Vamos juntos para a etapa estadual”, parabenizou o presidente da Fundação Municipal de Esporte de Criciúma, Neto Uggioni.

Ao todo mais de 500 participantes, incluindo atletas, treinadores, comissões de arbitragem, comissão organizadora e assessoria de imprensa, de 27 municípios e 63 equipes, passaram por Morro da Fumaça nesses últimos dias. 

Carlos Sweder, coordenador de esportes da fundação municipal de Morro da Fumaça, agradeceu ao Governo do Estado e a Fesporte e pela confiança e parceria na realização dessa competição. 

“Gostaríamos de agradecer ao governo do estado e a Fesporte pela realização desse grande evento em Morro da Fumaça, pela valiosa parceria. Foi muito gratificante recebermos as delegações dos 27 municípios aqui em nossa cidade. Deixamos as portas sempre abertas de Morro da Fumaça para que mais eventos possam acontecer aqui”. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416 

 

Publicado em Olesc
Escrito por

Braço do Norte e Criciúma são ouro no vôlei

Braço do Norte no masculino e Criciúma no feminino são medalhas de ouro na modalidade de voleibol na etapa regional sul da Olimpíada Estudantil Catarinense, realizada em Morro da Fumaça. 

Num jogo que parecia tranquilo, onde vencia por 2 x 0, Braço do Norte sofreu o empate, numa reação surpreendente de Santo Amaro da Imperatriz, mas retomou o controle da partida no 5º set, venceu ao tie-break e conquistou o ouro, com parciais de 25/21; 25/16; 23/25; 18/25 e 15/08. 

O atleta braçonortense, Otávio Schlickmann, após a conquista do ouro, exaltou o trabalho em equipe e a boa participação do grupo, que segundo ele, foram primordiais para alcançarem o lugar mais alto do pódio. “A gente teve uma boa participação, tudo pelo trabalho em equipe, um grupo muito bem formado desde a base. Vamos tentar manter o pódio no estadual”. 

Na disputa do bronze, deu Palhoça que venceu Forquilhinha também por 3 sets a 2, com parciais de 25/23; 20/25; 23/25; 25/16 e 15/7. 

Braço do Norte, Santo Amaro da Imperatriz e Palhoça são os três classificados do volei masculino, da etapa sul da Olesc para a disputa do estadual.  

 

Final de invictas marca o volei feminino entre Criciúma x Forquilhinha

Na final feminina, num jogo de invictas, onde as duas equipes não perderam nenhum set antes da grande final, a campeã foi Criciúma que venceu Forquilhinha por 3 sets a 0 (parciais de 25/14; 25/17 e 25/17)e garantiu mais um ouro para o município carvoeiro.

O terceiro lugar ficou com São José que venceu Tubarão por 3 sets a 0 com parciais de 25/14; 25/19 e 25/14. 

 

 Meninas de Criciúma terminam a competição invictas, sem perder nenhum set e com o ouro    Foto: Jatene Macedo 

 

Partida do Estadual Adulto, movimentou atletas da Olesc

Um dos momentos mais marcantes na competição da modalidade de volei foi segundo o linguajar dos jovens, um “sextou” de forma diferente. Na última sexta, 25, o município de Morro da Fumaça, recebeu uma partida pelo campeonato estadual de volei masculino adulto, entre a equipe da casa e a equipe de Blumenau. 

O confronto, com ginásio lotado, muitos desses expectadores eram atletas que participavam da etapa regional sul da Olesc, Blumenau venceu Morro da Fumaça por 3 a 0. O que chamou a atenção foi o carinho dos atletas com o ídolo da equipe de Morro da Fumaça, Angel Dennis, ex atleta da seleção cubana de voleibol. Ao final da partida muito atletas pediram para tirar fotos com o atleta. 

Ao ser questionado sobre a importância de uma competição como a Olesc para o desenvolvimento de novos talentos para o voleibol, Angel ressaltou que: “é uma grande felicidade ver tudo isso. Eu comecei a jogar voleibol com 12 anos, graças ao esporte rodei o mundo. Hoje estar aqui e poder colaborar são uma grande satisfação. Aprendi muito no voleibol e quero passar todo esse conhecimento a essa gurizada que está correndo atrás de um sonho”, finalizou. 

 

Equipe Adulta de Morro da Fumaça pousa para foto com garotada da Olesc         Foto: Delamare de Oliveira Filho (Fesporte)

 

O coordenador de esportes da fundação municipal de Morro da Fumaça, Carlos Sweder, falou emocionado do ginásio lotado, um jogo de alto nível em seu município e a presença de muitos atletas que estavam participando da Olesc. “Sentimos-nos muito prestigiados com esse ginásio lotado, um projeto novo com o volei adulto que a população fumacense está abraçando conosco”. 

E concluiu, “Um jogo desses no meio da competição da Olesc vem incrementar ainda mais esse grande evento muito bem realizada pela Fesporte. É sem dúvida nenhuma, mais um atrativo para esses jovens atletas se apaixonarem ainda mais pelo esporte”.

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) - (48) 99683 5416

  

Pagina 4 de 232