Publicado em Jasc
Escrito por

Rio do Sul passa Brusque no ciclismo

Lucas Eduardo Borba, de Rio do Sul venceu o downhill, quarta prova da modalidade ciclismo dos Jogos Abertos, disputada na pista de Apiúna, com 1.800 metros no total de percurso, 400 de descida. Lucas fez o tempo de 2min48s.768. Em segundo chegou Lucas Oeschler, de Jaraguá do Sul, 2min50s.667, e em terceiro outro atleta de Rio do Sul, Ronerto Jurk, com 2.55.774.

O campeão recebe carinho da mãe Clarete (Foto: Nataniel Jacomozzi)

Os resultados desta prova, disputada só no masculino, deram à equipe rio-sulense a primeira colocação, com 66 pontos, superando Brusque com 51, um ponto apenas a frente de Florianópolis. Na sequência, até a sexta colocação, valendo pontos para o troféu do ciclismo masculino, estão Jaraguá do Sul (27), Itapema (23),  e Joinville (20). No feminino a liderança é de Florianópolis. A quinta prova Marathon XCM, será disputada amanhã, na rodovia Lauro Pamplona P33. 

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Olímpicos do judô brilham e elogiam os Jasc em Rio do Sul

Quem foi ao ginásio do Instituto Maria Auxiliadora (Ima) nesta sexta-feira, 18, em Rio do Sul, para ver alguns atletas olímpicos que disputam o judô dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) não se arrependeu, isso porque eles fizeram jus ao favoritismo e ganharam medalhas de ouro para seus municípios. Por São José Maria Portela (Rio 2016), por exemplo,  venceu sua final contra Maria Schroll, de Chapecó, na categoria – 70kg.

Rafael Macedo (Tóquio 220, campeão mundial e pan-americano), por sua vez, faturou o ouro  depois de vencer Luiz Rego, de Florianópolis, na categoria – 90kg.

Maria Suélen Altheman (Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020), foi ouro na categoria + 75kg, por Itajaí, ao passar por  Anny Ribeiro, de São José.

“O Jasc é uma baita competição. É minha segunda vez que participo e é sempre uma satisfação participar deste torneio. Fiz uma final bem interessante contra a Scholl, uma atleta forte, que está despontando. Fiquei muito feliz com o resultado da luta e da forma que ela se desenvolveu na final, que foi com a medalha de ouro”, destacou Maria Portela.

Maria Portela (branco) foi ouro por São José (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

“É a primeira vez que participo dos Jasc. Já sabia que se tratava de uma grande competição e agora pude sentir na pele a grande competição que é”, elogiou o campeão mundial Rafael Macedo.

“Foi muito satisfatório pra mim receber o convite para participar dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Estou no processo de encerramento de carrera e  encerrar assim competindo em um torneio forte foi muito importante para mim”, disse Maria Suélen Altheman  .

 Além do brilhantismo das estrelas, outro momento bastante aplaudido para quem foi ao ginásio do Ima foi quando  o atleta deficiente visual, Elias Silva, 38 anos, de São Bento do Sul, entrou no tatame para lutar contra o cubano Yosmel Mena, de Florianópolis, na categoria – 81kg.

Campeão mundial Rafael Macedo com sua medalha de ouro conquistada por São José (Foto: Antonio Prado)

Yosmel aceitou lutar com Elias nas condições do judô paralímpico, ou seja, que cada atleta iniciasse a luta a partir da pegada no quimono com o árbitro levando Elias pelo braço até o centro da tatame. O rápido ippon aplicado por Yosmel em Elias foi apenas um detalhe para publico, que aplaudiu a perseverança e a força de vontade do atleta de São Bento do Sul.

Segundo Elias, ele usou os Jasc como preparativos para as paralimpíadas Paris 2023, já que ele está treinando com o Comitê Paralimpico Brasileiro, com  objetivo de conseguir uma vaga.

Treinador Alan Vieira conversa com seu atleta deficiente visual Elias Silva (Foto: Antonio Prado)

O judô nos Jasc continua neste sábado, 19, com as lutas nas categorias  – 60kg, - 66, -100 e  -73kg no masculino, e ainda no -44kg, -48, -78 e -52kg no feminino. No domingo, 20, a competição finaliza com as disputas por equipes. 

A etapa estadual da 61ª edição dos Jasc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a o município de Rio do Sul.

 

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Liderança dos Jasc está com Blumenau com 142 pontos

No penúltimo dia competição, confira como está o quadro parcial de pontos da 61ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em Rio do Sul na manhã deste sábado

1º - Blumenau – 142 pontos

2º - Itajaí – 127 – pontos 

3º - São José – 108 pontos

4º - Florianópolis – 74 pontos

5º - Balneário Camboriú – 47 pontos

6º - Chapecó – 41 pontos

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Caçador confirma o favoritismo e conquista o ouro no futebol

Na manhã dessa sexta, 18, a equipe de Caçador confirmou o favoritismo, venceu Criciúma na final por 2 a 0 e conquistou a medalha de ouro e o troféu de campeã do futebol feminino da 61ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina. 

Após uma partida muito equilibrada, marcada pelo forte calor, Samhia e Raquel fizeram os gols que deram o título à equipe de Caçador. Com a equipe que disputa o campeonato estadual e brasileiro da modalidade, Caçador veio para os Jasc como favorita ao título. 

Ao longo da competição, a equipe fez uma campanha bastante consistente, terminando a fase de grupos em primeiro lugar do grupo com duas vitórias (Caçador 8 x 0 Florianópolis;  Caçador 4 x 0 Criciúma). Na semifinal, a equipe de Caçador venceu Chapecó por 2 a 0, garantindo vaga na grande final. 

Nessa edição dos Jasc, Caçador marcou 16 gols e não sofreu nenhum, terminando o torneio com o melhor ataque e a melhor defesa. 

        Treinadora Carine Bosetti comemora com a equipe                    Créditos: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

A treinadora Carine Bosetti, valorizou muito a dedicação e o empenho das meninas. “Estou muito feliz pela atuação da equipe durante a competição. Uma ótima conquista para Caçador e para o Avai que é o grande gestor desse projeto”. 

Destacou ainda a união e o foco da equipe, pontos fortes do grupo. “Acredito que a equipe entrou bem focada com bastante intensidade em todos os jogos, conseguindo manter uma regularidade”, finalizou Bosetti. 

Samhia Simão, mineira, autora de um dos gols na final,  estreando nos Jasc e ganhadora do primeiro título com a equipe de Caçador, agradeceu suas companheiras, a treinadora e ressaltou a importância de um trabalho conjunto que vem sendo desenvolvido ao longo de todo o ano. 

“Aproveito para agradecer a Deus, a minha família, minhas companheiras e a treinadora que desde o início do ano está conosco para que possamos desempenhar o melhor dentro de campo”, ressaltou Samhia. 

 

 

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Quadro parcial de pontos dos Jasc nesta sexta-feira

Confira como está o quadro parcial de pontos da 61ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em Rio do Sul na manhã desta sexta-feira

1º - Blumenau – 140 pontos

2º - Itajaí – 127 – pontos 

3º - São José – 108 pontos

4º - Florianópolis – 74 pontos

5º - Balneário Camboriú – 47 pontos

6º - Chapecó – 38 pontos

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Chapecó sai na frente no tênis de mesa

O tênis de mesa de Chapecó começou muito bem a luta para conquistar o troféu de campeão geral do tênis de mesa dos Jogos Abertos de Santa  Catarina (Jasc) nesta quinta-feira em Rio do Sul. Isso porque os chapecoenses conquistaram com louvor a medalha de ouro dupla mista.

Na final a dupla do Oeste catarinense, formada Lucca Kumahara, e Carlos Ischida, venceu na final por 3 a 0 a Jean Streit e Daniele Rauen, de São Bento do Sul, com parciais de 11/6, 11/9 e 11/7.

A medalha de bronze ficou com a dupla Allan Sarmento e Priscila Salvador, de Jaraguá do Sul.

“É primeira vez que jogo com o Carlos e no início é muito difícil, porque jogo em dupla exige muito entrosamento, mas mesmo assim conseguimos encaixar bem nosso jogo e conquistar a medalha de ouro”, valorizou a vitória Luca Kumahara.

O tênis de mesa dos Jasc prossegue nesta sexta-feira com disputas individuais e finaliza no domingo. A etapa estadual da 61ª edição dos Jasc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a o município de Rio do Sul.

 

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Rio do Sul e Timbó são campeões no último dia do tiro

As últimas provas do Tiro Esportivo dos Jogos Abertos foram disputadas nesta quinta-feira, no stand da Associação Caça e Tiro. Na prova armas curtas, Pistola 25 metros (Fogo Central), Rio do Sul conquistou ouro por equipe. Chapecó ficou em segundo e Caçador em terceiro. No individual deu Júlio Almeida, de Rio do Sul, com ouro, Emerson Duarte por Chapecó com prata e  o rio-sulenseVladimir da Silveira com bronze. Na classificação geral, troféu da modalidade Armas Curtas – pistola ar, pistola 50 e 25mts – Chapecó foi campeã, com 5.008 pontps no total, Rio do Sul segundo com 4.979 e Caçador com 4.819.

A campanha de Rio do Sul na modalidade Armas Curtas foi considerada boa pelo coordenador da equipe, Douglas Werner Heckmann. “No geral fomos bem, com algumas inversões de expectativas em prova em que éramos favoritos e não confirmamos, em outra nos superamos”, comentou. 

Nas Armas Longas, as quatro provas do programa – apoiada, seta, ar, deitado - definiram o troféu para Timbó, com Chapecó em segundo e Joinville em terceiro. Pela equipe campeã atiraram José Giovanella, Richard Melnick, Geovana Meyer, Cláudia Rocha. “Esse título é o resultado de muita dedicação. Montamos uma equipe nova, em relação ao ano que passado, pois naquela oportunidade nem ficamos entre os três primeiros. Neste ano treinamos muito para este momento”, disse Giovanella.

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Jaraguá é ouro no futsal e Guilherme é tri no Sesi

A equipe de Jaraguá do Sul vence Blumenau por 3 a 0 e conquista a medalha de ouro e o troféu de campeão do futsal masculino na 61ª  edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina. 

Chapecó ficou com a medalha de bronze ao vencer Saudades na disputa de pênaltis por 5 a 4, após empatarem em 2 a 2 no tempo regulamentar. 

Antes do jogo, a expectativa era fazer um grande jogo, vencer a partida e conquistar o ouro. Depois da partida a alegria e a sensação da vitória. Mais do que isso, a sensação de ser tricampeão no mesmo lugar, no mesmo Ginásio do Sesi. 

Isso mesmo! Guilherme Orofino, atleta de Jaraguá do Sul, se tornou tricampeão no mesmo ginásio. Momentos que só o esporte proporciona. 

         Guilherme Orofino e suas conquistas                            Delamare de Oliveira Filho (/Ascom/Fesporte)

 

Em 2017, Guilherme foi campeão da Olesc por São José; em 2019, campeão dos Joguinhos Abertos por Jaraguá e agora campeão dos Jasc também por Jaraguá. Todas os feitos no mesmo Ginásio do Sesi, palco da final de ontem do futsal masculino da 61º Jasc, em Rio do Sul. 

Ao ser questionado se em algum momento pensou sobre essa possibilidade, Guilherme respondeu com entusiasmo: “é uma sensação incrível. Nem nos meus melhores sonhos eu imaginava passar por isso. É a melhor sensação do mundo, agora é comemorar”.

Airton Luiz Schiochet, o Ito, supervisor de esportes de Jaraguá do Sul, esteve presente nesses três momentos. No primeiro observou Guilherme comemorar o título da Olesc com a equipe de São José. Na segunda conquista, Guilherme estava ao seu lado em Jaraguá do Sul, conquistando os Joguinhos Abertos. 

Após a partida de ontem e o ouro dos Jasc, Ito enalteceu o talento do garoto e expressou a vontade para que o atleta continue em Jaraguá. “Guilherme é um garoto muito dedicado. Eu espero que ele continue em Jaraguá e continue ganhando títulos. Esse ginásio traz boas lembranças para Jaraguá”. Ito também agradeceu a organização e o empenho de toda a equipe que faz os Jasc acontecer. 

Airton Schiochet (Ito) e o atleta Guilherme comemoram a façanha      Delamare de Oliveira Filho (/Ascom/Fesporte)

 

É importante ressaltar também a presença de dois craques da seleção brasileira de futsal no grupo de Jaraguá do Sul. O goleiro Tiago e o capitão da equipe Leco. 

Leco valorizou muito essa conquista e ressaltou a importância do planejamento para a disputa dos Jasc. “O Jaraguá Futsal e a Prefeitura valorizam muito essa competição. Conseguimos um título importantíssimo para nosso projeto. Represento com muita gratidão Jaraguá do Sul”. 

Em seguida, Leco destacou a força e a competitividade do futsal catarinense: “Essa competição é muito importante, pois reúne as cinco principais equipes do futsal catarinense que jogam a liga nacional, Joinville, Blumenau, Tubarão, Joaçaba e Jaraguá. Vencer a forte equipe de Blumenau, treinada pelo Paulinho, representa muito para nós ”. 

Com essa medalha, Jaraguá se torna octacampeã do futsal dos Jogos Abertos de Santa Catarina. O município conquistou o título nos anos de 1999, 2001, 2002, 2003, 2007, 2010, 2011 e 2022.

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Blumenau assume a ponta dos Jasc com 138 pontos

O município de Blumenau amanheceu nesta quinta-feira, 17,  no oitavo dia de competição, na liderança da etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em Rio do Sul. Os títulos conquistados no basquete e no voleibol, ambos no masculino, e o vice-campeonato no handebol feminino e futsal masculino foram determinantes para os blumenauenses assumiram a dianteira na classificação geral dos Jasc.

Itajaí, que até quarta-feira estava na liderança, caiu para a segunda colocação. Confira os seis primeiros colocados, até o momento, na manhã desta quinta-feira.

1º - Blumenau – 138 pontos

2º  - Itajaí – 127 pontos

3º - São José – 108 pontos

4º - Florianópolis – 74 pontos

5º - Balneário Camboriú – 46 pontos

6º - Jaraguá do Sul – 29 pontos

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Blumenau é ouro no volei masculino dos Jasc

 

Nessa tarde de quarta, 16, a equipe de Blumenau conquistou a medalha de ouro e o troféu de campeão do volei masculino da 61ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina, em Rio do Sul. 

Após uma partida equilibrada, Blumenau superou Chapecó por 3 sets a 1, parciais, 25/14; 21/25; 25/17 e 25/18. 

Na disputa pela medalha de bronze, Timbó venceu Xanxerê por 3 a 0 e completou o pódio. 

Para o treinador André, da equipe campeã, classificou a vitória como importantíssima, que consolida todo um trabalho. “E equipe da Apan respeita muito o Jasc e essa competição está sempre me nosso planejamento. Estou muito contente com o que a equipe apresentou, ninguém se poupou e foi uma conquista muito bonita”, destacou. 

O atleta Tiago Brendle, formado na base de Blumenau e que desde a adolescência atua por esse município, sendo campeão da Olesc, dos Joguinhos, dentre outras competições, valorizou muito essa conquista e afirmou que é muito grato por tudo o que vivenciou no volei em Santa Catarina. 

“Eu tenho muita gratidão pelo estado de Santa Catarina, me federei em 1999 e desde então atuei em diversas competições. Vencer o Jasc pela segunda vez é uma satisfação muito grande e tudo isso representa minha gratidão para com Blumenau e com o Estado”, finalizou.  

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Darlan fica em alojamento com atletas de Concórdia nos Jasc

Atleta olímpico e campeão mundial abriu mão de hotel e preferiu dividir alojamento com os atletas de Concórdia e depois foi medalha de ouro no arremesso do peso

Campeão mundial indoor em 2022, Darlan Romani, que foi quarto colocado nos Jogos Olímpicos de Tóquio no ano passado, abriu mão do conforto de um hotel e da casa do amigo, Luís Henrique Schneider para ficar no alojamento de Concórdia. O ídolo da nova geração do atletismo deu autógrafos e posou para fotos. Não bateu recorde na prova do arremesso do peso, mas foi medalha de ouro com 19,61m, seguido de Willian Dourado, de São José, com 18,70m. O medalhista de bronze foi Maurício Machiy, de Tubarão, com 17,59.

Quando chegou no domingo à noite em Rio do Sul, Darlan foi direto para o Colégio Roberto Machado. “A molecada vinha  perguntar se podia fazer fotos”. Os calouros em Jasc, que o atleta define como “marinheiros”, ficaram encarregados de levar as malas para a respectiva sala de aula, local em que o atleta olímpico iria dormir. “É muito importante ficar com o pessoal, recordando da época que iniciei”, destaca o arremessador. 

Darlan Ronani venceu a prova do arremesso do peso (Foto: Alessandro Koizume/Fesporte)

Darlan foi reconhecido quando esteve num supermercado. Não faltaram os pedidos de selfie. “No dia da prova (terça-feira) levei mais de 10 minutos para chegar no estádio”, disse. Ele já se acostumou com esse assédio, mas faz questão de ressaltar que é uma pessoa normal. Depois da sua prova foi a Ibirama e jantou com Luis Henrique e a mulher Luna. No sábado, em Bragança Paulista (SP), tem o “chá de bebê”. Na oportunidade a filha Alice vai saber qual o sexo do irmão (a).

O resultado obtido em Rio do Sul – ouro com a marca 19m61 no arremesso do peso –  foi considerado normal, apesar da meta de todo o atleta é bater o recorde. Darlan explicou que está na segunda semana de treinos (pré-temporada) para 2023. Terá diversas competições pela frente, como os Jogos Sul-americanos, prova que é o atual recordista com 22,66m e o próprio mundial.

Texto: Orlando Pereira

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Conquistas no atletismo põe São José na briga pelo título dos Jasc

O município de São José entrou de vez na briga pelo título dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) 2022. Sede dos Jasc no ano passado, quando ficou com o vice-campeonato, tem feito bonito em Rio do Sul, superando neste momento, equipes tradicionais como Blumenau, Joinville e Florianópolis, na pontuação geral. 

As conquistas de ontem no atletismo, com as vitórias no masculino e feminino, deixaram o município da Grande Florianópolis, na segunda posição geral dos Jasc. Na abertura do sexto dia de disputas dos jogos, 22 pontos separam São José de Itajaí que está na frente na pontuação geral. 

Com 34 medalhas de ouro, São José ainda lidera o quadro de medalhas. Não será fácil, mas o já podemos dizer que São José consolida em Rio do Sul a condição de ser uma das grandes potências do esporte catarinense. A força dos municípios mais tradicionais costuma ser determinante nos últimos dias, com o fechamento das modalidades coletivas.

De qualquer forma, a segunda metade dos Jasc promete ser emocionante, com Florianópolis, Itajaí, Joinville e a sempre favorita Blumenau, disputando cada troféu dos Jogos Abertos de Rio do Sul, com garra e determinação.

Eis os sete títulos de São José até momento

No masculino

Atletismo

Taekwondo

Vôlei de praia

No Feminino

Atletismo

Jiu-jitsu

Taekwondo

Triatlon.

 

Pagina 11 de 232