Heron Queiroz

O domingo, 15, agitou o quadro de pontuação da 19ª Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) e fez Joinville disparar na liderança com os primeiros troféus entregues na programação do evento em Videira. Isso porque as modalidades de natação e ginástica artística foram antecipadas, para agosto e setembro, respectivamente.

Seis títulos foram disputados neste terceiro dia de competição, o suficiente para Joinville assumir o topo da classificação, já que fez duas dobradinhas douradas: no caratê e no atletismo, além de um terceiro lugar no ciclismo e outro na ginástica rítmica. Com isso, os joinvilenses chegam a 84 pontos, seguidos por Florianópolis, com 52, e Jaraguá do Sul, com 51.

No ciclismo, Jaraguá do Sul ficou com o título, Florianópolis foi vice, e Joinville, terceiro. Na ginástica rítmica o troféu maior foi para a capital, com Blumenau na segunda posição e Joinville na terceira. No caratê masculino, Joinville em primeiro, Tubarão em segundo e Içara em terceiro. No feminino, Joinville, Blumenau e Içara fizeram a ordem do pódio.

A Olesc é um evento promovido pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizado por intermédio da Fesporte, tendo esta 19ª edição a parceria com o Município de Videira.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Joinville conquistou ouro no caratê masculino e no feminino da 19ª Olimpíada Estudantil Catarinense. Os títulos foram confirmados com o kumite por equipe, realizado na manhã deste domingo, 15, no ginásio do Sesi, em Videira. 

Joinville foi terceiro no kumitê feminino, ao lado de Tubarão, ficando atrás de Içara e do primeiro colocado, Blumenau. No masculino, a equipe do Norte do estado, ficou com o ouro, seguida de Araquari, na segunda posição e Chapecó e Pomerode dividindo a terceira.

Na classificação geral, Joinville atingiu 76 pontos no masculino. Em segundo, ficou Tubarão, com 54, e em terceiro, Içara, com 37. No feminino, os joinvilenses somaram 60 pontos, seguidos dos caratecas de Blumenau, com 53, e os de Içara, com 48 pontos.

A Olesc é um evento promovido pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizado por intermédio da Fesporte, tendo esta 19ª edição a parceria com o Município de Videira.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Florianópolis venceu a prova de estrada do ciclismo da Olesc, mas Jaraguá do Sul é que ficou com o título geral da modalidade, na soma das provas: cross country masculino (8 pontos), cross country feminino (9), team relay (7), bicicross (21) e estrada (8), somando 53 pontos.

O ciclismo de Jaraguá do Sul é bicampeão da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc). O município repetiu o feito, depois de conquistar o primeiro título do ciclismo na última edição, em Indaial. Jaraguá do Sul somou 53 pontos, seguido de Florianópolis, com 38, e Joinville, com 33, completando o pódio geral da modalidade.

A diretora de esporte Cleide Mosca destacou o trabalho desenvolvido com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Esporte de Jaraguá do Sul. “Estamos felizes porque essa belíssima equipe foi bicampeã da Olesc, com um trabalho capitaneado pelo Guilherme Borchardt”, disse ela.

Florianópolis garantiu o vice-campeonato da modalidade com o ouro conquistado por Vinícius Menlak, na prova de estrada, na manhã deste domingo, 15, em Iomerê, município da região de Videira. A segunda colocação ficou com o ciclista Victor Gabriel Coitinho, de Erval Velho, e em terceiro, Ian Franceschini, de Concórdia.

Vinícius Menlak vem se destacando nas provas de velocidade nas competições de ciclismo juvenil. Essa conquista marcou o bicampeonato do ciclista, já que ele havia vencido a Olesc 2018, em Indaial. Neste ano, recebeu medalha de ouro também nos Jogos Escolares de Santa Catarina, de 15 a 17 anos, realizados em São Miguel do Oeste.

“Acredito que o nível dos atletas tenha evolído bastante, tanto quanto o meu. Consegui me empenhar muito mais. Agora é treinar mais para os Joguinhos do ano que vem”, destacou Menlak.

A Olesc é um evento promovido pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizado por intermédio da Fesporte, tendo esta 19ª edição a parceria com o Município de Videira.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

A 19ª Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) completa seu segundo dia de competições, em Videira, trazendo Florianópolis na liderança do quadro de pontuação, com 31 pontos, seguido de Joinville, com 22, Itajaí, com 19, e Jaraguá do Sul, com 15. 

Muito ainda há por competir até o dia 21 de setembro. Das 26 disputas por troféus, 12 estão acontecendo, além das que foram antecipadas: natação e ginástica artística, ambas as modalidades no masculino e no feminino, modalidades estas que definiram a pontuação geral até o momento.

O domingo, 15, promete grande movimentação no quadro de pontuação. É que quatro modalidades se encerram: caratê, ciclismo e ginástica rítmica (as três pela manhã) e atletismo (à tarde). São, portanto, seis troféus em disputa, considerando que atletismo, caratê têm as disputas do masculino e do feminino, enquanto que a ginástica rítmica ocorre apenas no feminino e o ciclismo um só troféu de campeão para o município que somar mais pontos, em ambos os gêneros.

Aliás, a segunda e terceira colocações de Jaraguá do Sul, na prova de bicicross, na manhã deste sábado, 14, levaram os jaraguaenses à primeira colocação geral no ciclismo, ficando muito próximos da conquista do primeiro lugar da modalidade e da respectiva pontuação no quadro geral, podendo subir posições.

No atletismo, Chapecó, Joinville e Concórdia brigam nas três primeiras posições do feminino, e Joinville, Balneário Camboriú e Jaraguá do Sul no masculino. No caratê feminino, brigam pelo título Joinville, Tubarão e Blumenau. Os dois primeiros também estão no topo da tabela do masculino, seguidos por Içara. Na ginástica rítmica, disputam as três primeiras colocações Blumenau, Florianópolis e Joinville.

Acompanhe todos os resultados e programação pelos boletins diários (clique aqui para acessar).

Na segunda-feira, 16, iniciam-se as demais modalidades, exceto o tênis, que começa na terça, 17, e o judô, na quarta, 18. A Olesc segue até o dia 21, próximo sábado. O evento é promovido pelo  Governo do Estado – @governosc – e realizado por intermédio da esporte, em parceria com o Município de Videira.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

 

O atleta Eric Rian Schutz, de Rio do Sul foi o vencedor da prova de bicicross da 19ª Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), em Videira. A segunda posição ficou com Warner de Oliveira Dalcanalli e a terceira com Bruno Lombardi Bizerra, ambos de Jaraguá do Sul. 

Eric lembrou que, na Olesc de 2018, ficou na semifinal por sofrer uma queda e, para este ano dedicou-se bastante nos treinos para buscar o título. “É uma prova difícil, com atletas de alto nível catarinense e brasileiro”, disse ele destacando ainda a emoção e o orgulho do momento.

Trinta e nove ciclistas de 12 municípios participaram da prova, que teve início às 10 horas deste sábado, 14, marcando a reabertura da pista de bicicross do Parque da Uva, em Videira, que sofreu reformas para sediar o ciclismo da Olesc e para os Joguinhos Abertos, para o ano de 2020. 

No domingo, 15, acontece a última prova de estrada, a última do ciclismo da Olesc, a partir das 10 horas, na rua Ademar Mendes, no Centro de Iomerê. A Olesc é promovido pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizada por intermédio da Fesporte, em parceria com o Município de Videira.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Eduardo Malczevski, de Blumenau, e Alana Amorim, de Rio do Sul, confirmaram o favoritismo e venceram nas provas de 100m rasos da 19ª Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), na tarde desta sexta-feira, 13, primeiro dia de competições, nas provas de 100 metros rasos, com direito a quebra de recorde no masculino. 

Eduardo Malczevski, completou os 100m rasos, estabelecendo uma nova marca na competição, com o tempo de 10s81. Vindo de contusão na coxa direita, ele disse que não esperava fazer um tempo abaixo dos 11s. Treinando há um ano e meio para esse tipo de prova Eduardo Já havia quebrado o recorde estadual na categoria, na última semana, em Jaraguá do Sul, com o tempo de 10s68. A marca anterior, de 10s87, permanecia desde 2004. A prova ainda teve em segundo lugar Ryan Ottomeyer, de São José, com 10s95; e em terceiro, Arthur Ruckl, de Joinville, com 11s38.

Alana (branco), de São Bento do Sul, vence os 100m (Foto: Heron Queiroz/Fesporte)

No feminino, Alana Amorim, de Rio do Sul, estabeleceu a marca de 12s60. Ela já havia vencido nos Joguinhos Abertos as provas de 100m rasos, com 12s66, e 200 metros rasos, com 25s71. Em sua última participação na Olesc, Alana falou da dificuldade em correr com vento, mas ressalta a amizade entre as atletas. “É muito bom correr com as meninas, porque a gente é amiga, e passa da competição da rivalidade”, completou ela com felicidade. Em segundo, ficou a josefense Nicole Carvalho, 12s66; e em terceiro, Beatriz Neckel, de Balneário Camboriú, com 13s03.

                                 Assista a prova dos 100m masculino

Além dos 100m masculino e feminino, outras dez provas foram concluídas no programa da segunda etapa da modalidade, no total de seis etapas, que seguem até domingo, 15.

A Olesc é promovida pelo Estado de Santa Catarina ( @governosc ) e realizada por intermédio da Fesporte, em parceria com o Município de Videira. 

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Pagina 1 de 67