×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 318

Segunda, 19 Maio 2014 10:45

Comércio de Canoinhas festeja semana dos Jasti Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)
Atletas de São Carlos fazem compra na feira de artesanato montada às proximidades do ginásio do truco, dominó e canastra Atletas de São Carlos fazem compra na feira de artesanato montada às proximidades do ginásio do truco, dominó e canastra Antônio Prado

Canoinhas - Foram cinco dias de evento, de 13 a 17 de maio, mas, além das medalhas, troféus e alegria proporcionados aos mais de 1.600 participantes de 60 a 88 anos (idade do mais idoso neste ano), os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) trouxeram dividendos turísticos e financeiros ao município sede, Canoinhas. Segundo o prefeito Beto Faria, a estimativa é de que o evento tenha injetado cerca de R$ 2 milhões na economia local.

“Estes números ainda não estão fechados, podendo haver variação para mais ou para menos, mas acreditamos que seja bem próximo a isso”, enfatizou o prefeito Beto Faria. Além desse estímulo ao comércio local, o prefeito destacou que o maior legado dos Jasti ao município será a marca Canoinhas. “As pessoas que estiveram aqui vão levar a cidade para sempre no pensamento e poderão voltar, incrementando assim nosso turismo”. A imprensa divulgou o município por meio dos jogos e isso tem um valor inestimável”, acrescentou o prefeito.

Durante cinco dias de competição, circularam na cidade cerca de 2.500 pessoas lotando os 15 hotéis espalhados por Canoinhas e municípios próximos como Irineópolis, Major Vieira, Três Barras, Papanduva e Porto União. “Aqui tivemos 100% de lotação”, atestou Jucelma Szczygiel, gerente do Hotel Planalto, que tem 78 apartamentos. “Em dias normais temos de 30 a 70 por cento de lotação”, comparou.

CDL comemora faturamento

Quem também comemora o faturamento no comércio é o Clube de Diretores Lojistas (CDL) de Canoinhas. “Além dos hotéis, tiveram incrementos nas vendas os restaurantes e as feiras de artesanato”, atestou Maria Isabel Munhoz Peixer, secretária-executiva do órgão. Segundo ela, a instituição ainda fará um balanço com os associados para ver o número real em valores deixados no comércio pelos que visitaram a cidade nos dias dos Jogos.

Enquanto os números do CDL necessitam de um tempo para serem computados, essa realidade não se aplica aos donos de restaurante que sabem muito bem quanto foi o aumento no faturamento devido aos Jasti. Jucélia Bueno Bach, sócia-propietária do Restaurante Casa de Café Colonial Doces e Fricotes, que há 20 anos é referência no município no quesito culinária alemã, revelou que com os Jasti o movimento aumentou mais de 100%.

“Em dias normais servimos cerca de 150 almoços por dia, agora, com os jogos, esse número pulou para 330. Tivemos que abrir a casa meia hora antes, aumentar as horas extras dos 55 funcionários e fechar além das 23 horas”, disse. Jucélia explica ainda que durante os jogos houve filas e pessoas tiveram que fazer reserva com antecedência para garantir lugar no café da manhã, almoço ou jantar.

Lojas de artesanato lucram

As vendas também aumentaram para os cerca de 19 artesãos que expõem seus produtos ao lado do salão paroquial da Igreja Matriz, onde foram disputados o torneio de truco, canastra e dominó. “Em dias normais consigo vender uma média de 16 produtos”, com os jogos vendi uma média de 43 a 58 plantas”, disse a vendedora de plantas ornamentais Maria Daiane Skonhtzki, comemorando logo após vender três exemplares de antúrio por R$ 30. Maria faz parte da Associação dos Artesãos do Planalto Norte Catarinense, a Artecriação.

As três clientes em questão, que compraram exemplares de antúrio, foram Apolônia Veit, 68 anos, Beata Eisele, 80, e Wilma Werlang, de 78 anos, atletas de dominó e dança coreográfica do município de São Carlos. “Compramos as plantas porque eram bonitas. Gostei também de Canoinhas e pretendo voltar um dia para passear”, revelou Apolônia. “Esses Jogos foram ótimos, pois conheci muitas pessoas de outras cidades”, concluiu.

Informações Adicionais:

Antonio Prado

(48) 9696-3045

Lido 3693 vezes Última modificação em Segunda, 19 Maio 2014 21:01