Quinta, 01 Novembro 2018 01:29

Abertura do Moleque Bom de Bola empolga Quilombo Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(2 votos)
Grupo de Escoteiros Quilombo se apresenta na abertura Grupo de Escoteiros Quilombo se apresenta na abertura Foto: Antonio Prado/Fesporte

Depois de uma rodada intensa com 16 partidas sob chuva durante todo o dia, nesta quarta-feira, 31, em Quilombo,¬† os¬† 576 atletas de 32 equipes ainda encontraram for√ßas para¬† participar da cerim√īnia¬† de abertura da etapa estadual da 27¬™ edi√ß√£o do Campeonato Catarinense Escolar de Futebol, o Moleque Bom de Bola.

A Pra√ßa Municipal H√©lio Faresin, no centro da cidade, foi o ponto de encontro e ficou tomada por estudantes e mun√≠cipes. A abertura empolgou o p√ļblico. A cada desfile de delega√ß√£o os presentes percebiam o orgulho dos atletas de estarem representando suas escolas e respectivos munic√≠pios.

Desta feita, o acendimento do fogo simbólico, pelo aluno de Quilombo Cauê Ferrari, da Escola Municipal Jurema Savi Milanez, só fez aumentar a satisfação de representatividade, assim como o juramento do atleta proferido pelo estudante da mesma escola Bruno Backer Flores.

No quesito apresenta√ß√£o cultural, brilharam os grupos CTG Est√Ęncia do Rinc√£o, que apresentou um repert√≥rio de m√ļsicas ga√ļchas em homenagem a Santa Catarina; e o Grupo de Dan√ßa All Dance, que mostrou todo o seu talento com a coreografia ‚ÄúAo cair das folhas‚ÄĚ.¬†

Já o hino nacional foi executado pelos estudantes quilombenses Bruno e Gustavo, enquanto que a saudação às bandeiras ficou a cargo do Grupo de Dança Afinidade, do Departamento Municipal de Esportes de Quilombo. Por fim, o Grupo de Escoteiros Quilombo deu um toque todo especial para a entrada das bandeiras.

Entre as v√°rias autoridades presentes, dando as boas vindas aos atletas, estiveram o vice-prefeito de Quilombo, Jackson Natal Castelli, que representou prefeito, Silvano de Pariz, ausente por motivos de viagem;¬† a presidente da Fesporte, professora Nat√°lia L√ļcia Petry; e Carla Krug, gerente de projetos esportivos da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, al√©m de Luiz Carlos Fraga, coordenador do Bom de Bola Brasil.¬†

Em seu discurso Castelli pediu que os atletas desfrutassem das belezas naturais e o afeto das amizades¬† constru√≠das¬† em Quilombo. Fraga lembrou que est√° no evento desde as primeiras edi√ß√Ķes. ‚ÄúAprendi a amar isso aqui. Levamos o exemplo de Santa Catarina para outros estados do Brasil‚ÄĚ, lembrou.

J√° Nat√°lia destacou que o Moleque, desde as etapas classificat√≥rias microrregionais, j√° atendeu cerca de 53 mil estudantes de 900 escolas catarinenses. ‚ÄúO esporte √© o complemento da educa√ß√£o; ele proporciona inclus√£o, supera√ß√£o e oportuniza descoberta de novos talentos. Atletas que passaram pelo Moleque Bom de Bola hoje est√£o em equipes de ponta no cen√°rio nacional e at√© na sele√ß√£o brasileira‚ÄĚ, destacou a presidente da Fesporte.

A rodada do Moleque Bom de Bola, que teve in√≠cio nesta quarta-feira, prossegue nesta quinta-, 1¬ļ , com mais 16 partidas no masculino e feminino, com jogos sendo disputados a partir das 9 horas nos campos Gandini, Internacional, Juventude e campo do Quilombo. As finas ocorrem no domingo, dia 4, a partir das 9 horas no campo do SER Quilombo no Centro da Cidade.

A etapa estadual do Moleque Bom de Bola é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da  SOL e Fesporte, em parceria com a prefeitura de Quilombo com o patrocínio do Instituto Bom de Bola.

Texto: Antonio Prado

Lido 1073 vezes Última modificação em Quinta, 01 Novembro 2018 13:44

Deixe um coment√°rio

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.