Heron Queiroz

Quem passa diariamente pela Rua Santos Saraiva, no Bairro Capoeiras, em Florianópolis, observa, nos últimos 15 dias, um visual mais alegre e artístico que vai se formando no grande paredão que constitui o muro da Fesporte. Uma área de aproximadamente 100m² do muro está sendo coberta por imagens grafitadas que representam diversas modalidades como basquete, futsal, atletismo e remo, abrangendo tanto o esporte convencional quanto o paradesporto.

A obra, que teve início na segunda quinzena de julho, deve contar com pelo menos um total de 30 dias de trabalho, com turno de oito horas diárias. Apesar de estar ainda em andamento, já desperta a atenção dos curiosos, muitos dos quais se demoram um pouco mais para apreciar a técnica do artista e a obra, estampada em cores predominantemente vermelha, verde e branca, que se remetem à bandeira do Estado e à marca da Fesporte.

“O trabalho não somente embeleza a cidade e dá mais vida à Fundação e permite aos que por ali passam identificar a instituição prontamente, como também difunde a prática esportiva por intermédio de uma linguagem própria da atualidade, aproximando-se dos jovens, sobretudo por seu valor artístico-cultural”, destacou o presidente Erivaldo Caetano, o Vadinho.

Artista plástico Rodrigo Rizo traz a experiência adquirida com trabalhos realizados em várias cidades do Brasil e exterior (Foto: Heron Queiroz/Fesporte)

A grafitagem tem a assinatura do artista plástico Rodrigo Rizo, reconhecido na capital catarinense por suas ilustrações deixadas nas paredes da cidade, sobretudo por sua principal marca: o camaleão. 

Rizo tem origem paulistana, mas veio para Florianópolis há 20 anos. Aqui desenvolveu o gosto por grafites, mas apurou suas técnicas com experiência em vários países por que passou como Dinamarca, Suécia, Itália, Peru, Chile e Estados Unidos. Em todos pôde deixar a mesma marca que ilustra também vários cantos da capital catarinense: o camaleão, que reflete a capacidade de adaptação aos ambientes, a interação com o meio para estabelecer o uso das cores e a mistura de técnicas que desenvolveu nos mais de 15 anos de profissão.

O grafiteiro destaca que, apesar da experiência e de já haver pintado ilustrações esportivas, o muro da Fesporte apresenta alguns desafios, que vão desde a altura em que tem de trabalhar ao alto nível de detalhamento das imagens.

Calcula-se ainda mais uma semana e meia de trabalho, se não houver mau tempo. Para finalizar, ainda está prevista a aplicação de um verniz para proteger a pintura e impermeabilizar a parede.

 

Texto: Heron Queiroz

(48) 99635-9617 - 3665-6126

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 988027742

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

Os Jogos Escolares de Santa Catarina para estudantes de 12 a 14 anos (Jesc/12-14) e Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc) terão mais de 1.100 atletas em Mafra, nos próximos dias 11 e 12 (sexta-feira e sábado), para as competições de atletismo, judô e tênis de mesa.

Pela programação dos Jesc, acontecerão o judô (única competição que acontece apenas no sábado), no Ginásio Wilson Buch, e o atletismo, na pista da Universidade do Contestado (UnC). O atletismo dos Parajesc ocorrerá paralelamente ao dos Jesc, nos mesmos dias e local. Outra modalidade dos Parajesc também recebida na cidade do Norte do estado é o tênis de mesa, que terá como local de competição a Escola Santo Antônio.

Essas modalidades esportivas foram descentralizadas da sede dos Jesc e Parajesc, São Bento do Sul, em função de uma necessidade de readequação de calendário de eventos.

Outras modalidades dos Jesc, como badminton, ciclismo, futsal, handebol, luta olímpica, voleibol e xadrez, acontecerão em São Bento do Sul e Rio Negrinho, de 17 a 20 de agosto, e o basquetebol e tênis de mesa, também ocorrem em São Bento do Sul, porém de 25 a 27 de agosto. A modalidade de natação já havia sido realizada na cidade de Palhoça, em 7 e 8 de julho.

Serão mais de 1.100 atletas competindo por vagas nos eventos nacionais. Os campeões por modalidade e prova dos Jesc se classificarão para os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) – etapa nacional –, que ocorrem em Curitiba, de 12 a 21 de setembro. Já no paradesporto, a classificação para Paralimpíadas Escolares Nacionais se dá por índice. São 24 vagas, divididas por categorias (A e B) e gêneros (masculino e feminino), para o atletismo, e 8 para o tênis de mesa, divididas nas deficiências física e intelectual, gênero e categoria. Além disso, para os atletas que não se classificarem para o atletismo ou tênis de mesa serão avaliado por classificadores para compor a delegação catarinense nas equipes de golbol e futebol de sete.

Jesc e Parajesc são eventos do Governo do Estado, promovidos pela Fesporte, em parceria com Agências de Desenvolvimento Regional e municípios-sede.

 

Texto: Heron Queiroz

(48) 99635-9617 - 3665-6126

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Mariana Hendler

Zenilda Stein

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 988027742

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

Na manhã do penúltimo dia de Joguinhos Abertos, na decisão do vôlei de praia, que aconteceu nas canchas do Parque Central de Caçador, Balneário Camboriú e Blumenau garantiram o primeiro lugar no pódio e mais 13 pontos no quadro geral.

No masculino, a dupla João Victor e Joshua, de Balneário Camboriú, foi melhor na decisão contra Jaraguá do Sul, de João Vitor e Gustavo, e conquistou o primeiro lugar com o placar de 2 a 0 (21/16 e 21/15). Pedro e Gelson, de São José, ficaram em terceiro lugar.

Já no feminino, no confronto das duplas do Vale do Itajaí, Blumenau, de Luísa e Cristiele, superou Pomerode, de Eduarda e Keila, por 2 a 0 (21/17 e 21/16). A terceira posição no pódio ficou com a dupla Thainara e Maria, de Navegantes.

 

Balneário Camboriú ficou com o título do masculino (Foto: Heron Queiroz)

Os Joguinhos Abertos de Santa Catarina, evento promovido pelo Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, em parceria com a Prefeitura de Caçador, segue até amanhã, 29, quando se definirá o grande campeão da 30ª edição.

Texto: Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Os Joguinhos Abertos chegam ao segundo dia de competição com mais três premiações: ciclismo, com o cross country, caratê e ginástica rítmica, que entregou os primeiros troféus do evento em Caçador. É a segunda modalidade concluída, considerando a natação, que foi antecipada para 15 e 16 de julho, com realização em Palhoça. Das 15 modalidades dos Joguinhos, apenas quatro ainda estão por iniciar: ginástica artística, tênis e vôlei de praia, no dia 26, e o judô, dia 28.

 

Caratê premiou 12 categorias do kumite

No caratê, 12 categorias por peso estavam em disputa. Tubarão levou a melhor, com 5 medalhas de ouro, 2 de prata e 3 de bronze. Na sequência, Blumenau, com 3 de ouro, 3 de prata e 2 de bronze; depois Chapecó com 2 de ouro e 1 de bronze. O destaque ficou com a carateca tubaronense Laura Losekan, que, além da conquista do primeiro lugar no kumite de 55kg a 60kg, já havia conquistado, no dia anterior, duas medalhas de ouro, no kata individual e por equipe.

 

Cross country dá título à equipe de Joinville

Com muitos obstáculos, subidas e descidas, a pista de Cross Country, de aproximadamente 7km, exigiu bastante dos atletas. Com mais preparo físico e disposição, o pódio foi unanime para o município de Joinville. Wolfgang Hipolito conquistou a segunda medalha de ouro nos Joguinhos Abertos de Santa Catarina.

Ainda receberam as medalhas os atletas Vinicius Costa com a medalha de prata e na terceira colocação Vinicius Baum, ambos de Joinvile. Nesta terça-feira, dia 25, será a vez do bicicross. As competições acontecerão no bairro Champagnat a partir das 10 horas.

De estrada para cross country, Joinville repete pódio e recebe as três medalhas (Foto: Josiane Zago)

Ginástica rítmica traz beleza e passos marcados

Blumenau, Florianópolis e Joinville levam as medalhas na Ginástica Rítmica. O título de campeã por equipe ficou com Blumenau, com os acumulados de 56,60 pontos. Na segunda colocação, a equipe de Florianópolis, a qual detinha o título desde 2016. Nas classificações individuais, o destaque ficou para a atleta de Florianópolis, Beatriz Linhares, que conquistou a medalha de ouro, com as melhores notas nos aparelhos: arco e bola.

 

Blumenau conquistou o título de campeão na ginástica rítmica (foto: Heron Queiroz)

 

Modalidades coletivas vão indicando favoritos

No segundo dia dos Joguinhos Abertos, em Caçador, as disputas coletivas começaram a indicar favoritos. No handebol, futsal, voleibol, basquete e futebol de campo, as equipes vem somando vitórias importantes. No handebol, a equipe de Luzerna conquistou a segunda vitória consecutiva, vencendo Joinville e Fraiburgo.

A atleta Greice Alves, de 17 anos , sonha com o título “Nossa equipe está muito unida e preparada e estamos com grandes chances” afirmou a atleta que encontrou no esporte uma ferramenta de ascensão profissional. Ela que ganhou uma bolsa atleta, ingressará na faculdade e começa a traçar os primeiros passos na vida profissional como atleta de handebol.

 

Nesta terça-feira, 25, os Joguinhos têm continuidade. O atletismo inicia as competições na Pista Olímpica, bem como o tênis de mesa que inicia as primeiras disputas. Com chance de medalhas já nesta terça-feira, terá o caratê, o xadrez e o bicicross.

Texto: Josiane Zago e Heron Queiroz

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Caçador – Logo no primeiro dia da 30ª edição dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, em Caçador, as medalhas foram distribuídas. Clique aqui e confira programação e resultados. Em um domingo em que nove modalidades foram disputadas, o ciclismo, o caratê e a ginástica rítmica tiveram os primeiros campeões. Entre as cidades, o destaque nos pódios ficou por conta de Joinville e Tubarão.  
 
As competições prosseguem nesta segunda-feira, 24. Atletas do: tênis de mesa, basquete, voleibol, futebol, futsal e handebol, também iniciam a disputa por medalhas. Da mesma maneira que no primeiro dia de disputa, o ciclismo e o caratê terão definição de pódios por categorias. Além disso, a ginástica rítmica será a primeira modalidade a entregar o troféu à cidade campeã. O programa de disputa dos Joguinhos inicia a partir das 9h.
 
JOINVILLE DOMINA O PÓDIO DO CICLISMO DE ESTRADA 

Um começo de Joguinhos com muita adrenalina. Nas primeiras horas da manhã de domingo, o ciclismo percorreu as ruas centrais em uma disputa que levou em consideração: tempo, disposição e preparo físico. Na prova de estrada, o cenário foi o Parque e a Rua Benedito Ponciano, ambas no centro do município. Em cerca de duas horas de competição, três atletas, representando o município de Joinville, dominaram o pódio. Wolfgang Hipólito ficou com o primeiro lugar, Vinicius Rangel em segundo e Leonardo Farias na terceira colocação.
 
TUBARÃO É DESTAQUE NO CARATÊ
 
O caratê premiou os vencedores em dois estilos: kumite (luta) e kata (simulação de luta). 
No kata feminino individual, a campeã foi Laura Losekan, de Tubarão; no masculino, o campeão foi João Vitor de Oliveira. Na disputa por equipes, Tubarão levou a melhor no feminino, enquanto que Blumenau conquistou no masculino. 
 
No estilo kumite, no individual feminino até 45kg, Juliana Braganá de Oliveira, de Joinville, ficou com o ouro. No masculino, individual até 50kg, quem levou a melhor foi Carlos Eduardo Xavier da Silva, de Tubarão.

 

Tubarão ficou com o ouro no kata por equipe no Caratê dos Joguinhos Abertos. (Foto: Josiane Zago)

PRIMEIRO OURO DA GINÁSTICA É DE FLORIANÓPOLIS 
 
A ginástica rítmica foi outra modalidade que brilhou neste domingo, com a primeira medalha de outro sendo definida. Beatriz Linhares, de Florianópolis, com a nota 26,15 deixou para trás Manoela Galdino (23,35) e Aimee Silva (23,10), ambas de Blumenau, para vencer no individual geral nos aparelhos bola e arco. 
A ginástica rítmica conta com julgadores altamente gabaritados. Afinal, Santa Catarina detém no quadro brasileiro o maior número de árbitras internacionais e, nos Joguinhos, são para elas que as jovens catarinenses desfilam a sua técnica e delicadeza. 
 

Ginástica rítmica definiu as vencedoras individuais. Modalidade segue até amanhã com premiações previstas para as 13h30. (Foto: Josiane Zago)

Primeiro dia atrai a atenção dos moradores de Caçador 

Durante todo o dia disputas coletivas e individuais marcaram a etapa estadual, pulverizando o esporte nos quatro cantos de Caçador. Ainda no período da manhã, a cidade anfitriã estreou dos Joguinhos e encarou, no basquete feminino, a equipe de Florianópolis. 
 
O clima de envolvimento da cidade ficou evidente em todas as competições deste domingo. Além do ciclismo, caratê e ginástica, também foram disputadas partidas de basquete, futebol, futsal, handebol, voleibol e xadrez.

 

 

 

Jogos acontecerão até o próximo sábado, dia 29, movimentando 81 municípios catarinenses.

O município de Caçador será o palco do esporte de 22 a 29 de julho. Ao total, 81 municípios catarinenses estarão reunidos disputando 15 modalidades que vão do handebol a ginástica rítmica, do atletismo ao vôlei de praia e do ciclismo ao xadrez. A abertura da competição foi realizada na noite deste sábado, dia 22, no Ginásio do Sesi em Caçador, contando com centenas de atletas.

Para o diretor de administração da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Marcelo Greuel, no ato representando o presidente da fundação, Erivaldo Nunes Caetano Junior, os Joguinhos Abertos de Santa Catarina têm uma missão muito importante de promover e desenvolver as atividades físicas. “Os joguinhos já lançaram grandes nomes do esporte, a exemplo do nosso Guga no tênis, e nós, enquanto Governo do Estado, mesmo em um ano de economia com dificuldades, mantivemos a execução dessa importante competição. Desejamos bons jogos a todos”, afirmou.

A 30ª edição dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina foi aberta com a presença das delegações participantes. Na oportunidade, atletas de diversas modalidades puderam interagir e se confraternizar. O evento ainda contou com o ascendimento da pira olímpica pelo atleta Julian Cesar Moreira, natural de Caçador.

O juramento ficou por conta do atleta César Carneiro, que também é natural do município-sede.  O prefeito Saolo Speroto desejou boas-vindas a todos: “Acreditamos  no poder do esporte e na capacidade dele de inclusão e melhoria pessoal, por fim, queremos que todos os atletas conquistem mais que medalhas, conquistem o seu espaço”.

O atleta de futsal, Julian Cesar Moreira, fez a condução do fogo simbólico. (Foto: Josiane Zago)         

A cerimônia de abertura ainda contou com a apresentação artística da equipe BikeSession. Natural de Toledo, no Paraná, o grupo brilhou com apresentações de bicicletas com manobras radicais. Com talento reconhecido nacionalmente, os jovens encantaram o público presente.

A equipe BikeSession encerrou a solenidade com apresentação de manobras ciclísticas. (Foto Heron Queiroz)

As competições do Joguinhos Abertos de Santa Catarina já iniciam neste domingo, às 9 horas, com competição de bicicleta no Parque Central. Durante o dia também haverá competições de basquetebol, futebol, futsal, handebol, caratê, voleibol, xadrez e ginástica rítmica. Os jogos acontecem em diversos espaços esportivos do município. 

Os Joguinhos Abertos são promovidos pelo Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, em parceria com a Agência de Desenvolvimento Regional e o Município de Caçador.

Texto: Josiane Zago

Pagina 1 de 20