As competições já iniciaram, mas cerimônia de abertura está programada para este sábado, 20, às 19 horas, na Arena do Centro Multiuso, de São José. O tema será a história, a cultura, a arte e o povo de São José. A expectativa é grande para os cerca de 3,8 mil atletas de 79 municípios que estarão disputando 26 modalidades esportivas na etapa estadual da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), a maior competição de esporte amador do estado e uma das mais importantes e antigas do país.

“Estamos muito felizes com a realização dos jogos. Quando lançamos os Jasc, em maio, mesmo anunciando um evento sem público, recebemos muitas críticas. Mas sempre acreditamos na realização dos Jasc e trabalhamos sério para este momento. Vamos fazer o evento e agora podemos convidar a comunidade a participar assistindo aos jogos nas arenas esportivas. Gratidão também a São José, que acreditou na idéia e irá fazer um grande evento,” destacou o presidente da Fesporte, Kelvin Soares.

O JASC 2021 é uma competição diferente. A competição retorna depois do cancelamento em 2020, por causa da pandemia. “Estamos vivendo um momento atípico em que tivemos que organizar vários eventos simultâneos, mas nós da Fesporte estamos realizando todo o calendário proposto. Agradeço a todos os dirigentes  municipais  pela compreensão" destacou coordenador Geral dos Jasc, Marcelo  Scharff. 

Serão 26 modalidades: atletismo, basquete, bocha, bolão 16, bolão 23, ciclismo, futebol, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, boxe, jiu-jitsu, judô, karatê, taekwondo, natação, punhobol, remo, tênis, tênis de mesa, tiro, triatlon, vôlei de praia, vôlei e xadrez.

"O município de São José  está  preparado  para sediar uma grande competição  como   os Jasc. Durante todo o período dos jogos estaremos à disposição para servi-los", destacou o diretor técnico da Fundação Municipal  de São  José, Claiton Ribeiro.

Além do que está sendo disputado em São José, oito modalidades terão como sedes outros municípios: Atletismo, bocha e bolão 16 e 23 serão em Timbó; a natação e tênis em Florianópolis; o tiro em Governador Celso Ramos e Blumenau e uma prova de ciclismo, em Brusque.

Para a edição 2021 dos Jasc, 7,5 mil atletas, de 176 municípios, participaram das competições classificatórias desde as etapas microrregionais, passando por nove etapas regionais até chegar à etapa estadual. 

Conquistas já iniciaram

Os donos da casa conquistaram os dois primeiros troféus dos Jasc, no Judô, disputado já no último final de semana. Entre os homens, os josefenses ficaram em primeiro lugar ao somar 68 pontos nos três dias de competições. Itajaí ficou em segundo, com 59, e Tubarão fechou o pódio em terceiro lugar com 42 pontos.

Já entre as mulheres São José somou 103 pontos, seguido de Chapecó, em segundo, com 49, e Videira, em terceiro lugar com 42 pontos.  É o sexto título consecutivo das judocas de São José, mas, segundo o treinador delas, Fábio Moreira Maciel, as conquistas foram ‘suadas’.

Os Jogos Abertos prosseguem nesta sexta-feira, 19 – com as disputas da natação no Clube 12 de Agosto, em Florianópolis, Remo, na Beira Mar de São José, Ginástica Rítmica, no Sesi São José, Ginástica Artística, no Ginásio Barreirão, também em São José. Nesta sexta-feira ainda teremos o início da Bocha e do Bolão, em Timbó. Os jogos seguem até o dia 28, quando será conhecido o município campeão geral dos Jasc.

A etapa estadual dos Jasc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de São José e demais municípios que serão sedes de modalidades específicas.

A chama dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) voltou a ser acesa, em Brusque, nesta terça-feira, 16. O ato simbólico representa o retorno dos Jasc para uma edição que promete entrar para a história, depois de um ano ausente por causa da pandemia, justamente quando chegava à sua sexagésima edição. A chama foi entregue por Eugênia Regina Schlösser Niebuhr Loss - neta de Arthur Schlösser, idealizador dos Jogos, em 1960 - ao presidente da Fesporte, Kelvin Soares, representando o Governo do Estado.

 “Estou muito feliz em participar desse momento. Lembro-me de que lançamos os Jasc num momento delicado da pandemia, em maio, sempre acreditando na realização do evento e trabalhando para isso. Confiávamos na evolução da vacinação, e hoje podemos realizar os jogos, inclusive com presença de público”, destacou Kelvin.

 Mantendo a tradição, a tocha dos jogos sai de Brusque e fará parte do cerimonial de abertura dos Jogos, programada para o próximo sábado, 20, às 19 horas, na Arena São José. O município da região metropolitana da Capital recebe os jogos pela primeira vez. O acendimento da tocha também é um momento para relembrar a história dos Jasc, nas figuras de Arthur Schlösser e Rubens Facchini, ambos já falecidos. Facchini foi o braço direito de Schlösser e principal organizador da primeira edição, em 1950.   

 Também participaram do cerimonial. Edson Garcia, diretor geral da Fundação Municipal de Esportes de Brusque, Alessandro Simas, presidente da Câmara Municipal brusquense, Eliane Buss, secretária de Educação do município, Ivan Jasper, diretor de Turismo, Rodrigo Cesari, Secretário de Comunicação de Brusque, e João Garcia, superintendente de esportes de São José, representando a cidade sede dos Jasc 2021.

 Os jogos acontecem de 20 a 28 de Novembro, com 28 modalidades e cerca de 3.500 atletas.

A partir desta sexta-feira, dia 5, inicia o período de credenciamento de imprensa para a cobertura da etapa estadual da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) a ser realizada em São José de 20 a 28 de novembro.

Para realizar credenciamento será necessário preencher formulário específico neste link:

FORMULÁRIO DE CREDENCIAMENTO

➜ O período de credenciamento se estenderá até o dia 15 de novembro.
➜ A retirada das credenciais será feita a partir do dia 12 de novembro (para quem se cadastrou até dia 11/11) e a partir de 17 de novembro (para os demais) na sede da Fesporte (Rua Comandante José Ricardo Nunes, 79, Capoeiras, Florianópolis).

Atletas catarinenses que participaram das Olimpíadas de Tóquio foram recepcionados pelo governador Carlos Moisés, na manhã desta sexta-feira, 20, na Casa D'Agrônomica, em Florianópolis. Durante o encontro, o chefe do Executivo estadual determinou a criação de um grupo de trabalho envolvendo a Casa Civil, Fesporte e secretarias de Estado da Fazenda e da Educação para elaborar e definir critérios para o Programa Bolsa-Atleta de Santa Catarina. A proposta será encaminhada para a aprovação da Assembleia Legislativa ainda neste ano.

 “Acreditamos na força transformadora do esporte na vida das pessoas. Nossos atletas mostraram muitos talentos, histórias de superação e dedicação. Nos sentimos orgulhosos com o desempenho dos esportistas catarinenses. E são de extrema importância para nós que entendemos o que o esporte e a educação representam. O Governo do Estado vai continuar com o compromisso de incentivar, investir e apoiar as atividades do esporte desde as séries iniciais”, disse o governador Carlos Moisés.

O encontro teve a participação dos atletas: de vôlei, Rosamaria Montibeller (Nova Trento), medalha de prata junto da seleção feminina; de ginástica rítmica, Beatriz Linhares (Florianópolis), que concluiu a olímpiada na 12ª colocação; de skate park, Isadora Pacheco (Florianópolis), 10ª lugar; de marcha atlética, Matheus Gabriel de Liz (Blumenau), 46ª colocação; de salto em distância, Eliane Martins (Joinville), 8ª colocada no grupo B, semifinal; de três mil metros com obstáculo, Simone Ferraz (Ponte Serrada/Jaraguá do Sul), 38º lugar; de atletismo de 4x400 misto, Anderson Freitas Henriques (Caçapava do Sul, RS/Blumenau), 12ª colocado.

Os esportistas receberam do governador uma placa de homenagem por representar Santa Catarina nas Olimpíadas. Rosamaria recebeu o título de “Embaixadora do Esporte Catarinense”.

“Tenho orgulho de onde eu nasci e cresci. Sinto muito amor pelo nosso estado e espero que a nossa participação nas Olímpiadas sirva de exemplo e inspiração para outros atletas e, quem sabe, possam trazer muitas outras medalhas para Santa Catarina. E hoje é uma honra receber o convite para ser 'Embaixadora do Esporte'. É uma responsabilidade que carrego com muita alegria. Espero pode ajudar outros atletas a crescerem no esporte”, disse Rosamaria, que falou em nome de todos os esportistas.

O presidente da Fesporte, Kelvin Soares, destacou que o esporte vive um momento de retomada e é importante criar ferramentas de fomento para o setor. “Os nossos atletas são referências para todos nós. Superação, força e coragem são marcas do nosso povo. Temos muito a avançar e estamos comprometidos com o esporte catarinense.”

Ao todo, foram para Tóquio 21 atletas do estado. Neste ano, foram três medalhas de prata conquistadas em duas categorias: no vôlei feminino com Rosamaria e Natália Zilio Pereira (Joaçaba) e no skate park, com Pedro Barros (Florianópolis). Os atletas que não puderam estar presentes receberão as placas por meio da Fesporte.

Presente no ato, o deputado estadual Fernando Krelling agradeceu ao governador pelo incentivo ao esporte. “Esse é o governo que mais fez entregas, mais acreditou e confiou no esporte. Reafirmo isso por todos os locais por onde passo. Meu sentimento é de gratidão.”

Rio do Sul, Videira e Curitibanos não serão mais sedes dos Parajasc, Joguinhos Abertos e OLESC.

Três municípios anunciaram, nesta quarta-feira, 18 de agosto, que não poderão sediar competições previstas no calendário da Fesporte. Rio do Sul enviou um ofício desistindo de sediar os Parajasc, programados para acontecer em Setembro. Videira anunciou que não terá condições de receber os Joguinhos Abertos de Santa Catarina, programados para Novembro e  Curitibanos confirmou que não vai mais sediar a OLESC (Olimpíada Estudantil).

Nos próximos dias a Fesporte irá decidir se transfere ou cancela as edições dos Parajasc, Olesc e Joguinhos.

Fesporte aprova instalações para os Jogos da Terceira Idade, em Criciúma

A equipe da Fesporte concluiu, nesta semana, as avaliações sobre a visita técnica, realizada em Criciúma, no dia 8 de Julho, para a realização dos Jogos abertos da Terceira Idade 2021. O balanço foi bastante positivo, o que deixou os dirigentes da Fesporte animados para a realização do evento, programado para acontecer entre os dias 2 e 5 de dezembro. “Avaliamos como positiva a visita, pois as instalações estão em ótimas condições para a realização dos JASTI”, destacou Luiz Henrique Bittencourt, representando a Fesporte.

As gerências de Esporte de Participação, Esporte de Rendimento e de Esporte de Base e inclusão, estiveram representadas na visita técnica pelos respectivos gerentes da Fesporte: Luis Henrique Bitencourt, Luciano Heck e Josélia Teixeira. Eles foram recebidos por Luiz Manoel Alexandre Netto, Presidente da Fundação Municipal de Esportes de Criciúma e pela coordenadora dos jogos, Solange Lima.

Foram visitados e aprovados os seguintes locais: Ginásio de Esportes,Teatro Municipal, Centro de Eventos e Parque das Nações – Canchas de Bocha e Bolão.

As inscrições para os JASTI começam no dia 02 de agosto.

Pagina 1 de 3