Segunda, 26 Setembro 2016 22:56

Dia de vitórias de SC e classificação nos Jogos Escolares Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(2 votos)
Escola Estadual Claudino Crestani, de Palma Sola, venceu no handebol nesta segunda Escola Estadual Claudino Crestani, de Palma Sola, venceu no handebol nesta segunda Foto: Wander Roberto/Exemplus/COB

A segunda-feira, 26, nos Jogos Escolares da Juventude, 12 a 14 anos, em João Pessoa, PB, foi positiva para as escolas de Santa Catarina. Dos oitos jogos disputados o estado venceu seis e perdeu apenas duas. De quebra conseguiu classificação antecipada para a fase semifinal o voleibol, nos dois naipes, além do futsal feminino. O basquete masculino, com duas derrotas, não tem mais chance na competição.

Já o masculino do futsal, os dois naipes do handebol e o basquete feminino, com uma vitória e uma derrota, precisam vencer na última rodada desta terça-feira para ter alguma chance. Confira como foi o desempenho das escolas de Santa Catarina nesta segunda-feira: 

Vôlei classificado

No vôlei masculino os meninos do Centro Educacional Cultura, de Brusque, construíram o placar de 2 X 0 sobre o Colégio Nova Geração, de Mato Grosso, com parciais de 25/12 e 25/14   e com duas vitórias garantiram classificação à semifinal. Agora a rodada desta terça é só para definição do campeão da chave. O confronto será contra a Escola Estadual Sidronia Nunes Pires, de São Paulo.

A exemplo dos meninos, as meninas do vôlei de Guaraciaba, da Escola Estadual Sara Castelhano Kleinkau, também fizeram bonito e conseguiram a segunda vitória na competição. Venceram por 2 a 0 o Colégio Evangélico Alberto Torres, RS, com parciais de 25/9 e 26/24. Agora, já classificado para a semifinal, o time joga nesta terça-feira contra a Escola Estadual Cícero Ferreira, de Minas Gerais, para definição de 1º lugar do grupo.

Futsal feminino: dois jogos, duas goleadas

Time de vôlei do Centro Educacional Cultura, de Brusque: dois jogos, duas vitórias (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

O futsal masculino da Escola São Francisco de Assis, de São Lourenço do Oeste, se recuperou da derrota da estreia e venceu por 4 a 1 a Sociedade Educacional São Paio, do Rio de Janeiro, com gols de Mateus Pan (2), Andre Ecke e Pedro Libardoni. O jogo desta terça contra o Colégio BJ, de Pernambuco, será decisivo para as pretensões de classificação à semifinal da competição.

O futsal feminino do Colégio Rogacionista Pio II, de Criciúma, com dois jogos e duas goleadas (5 a 0 e 10 a 0) está sendo a sensação do torneio. No primeiro jogo, na estreia no domingo, fez um 5 a 0 diante  Escola Estadual João Gabo Sobrinho, de São Paulo. Nesta segunda, 26, aplicou uma goleada de 10 a 0 sobre o Colégio Gush, do Rio Grande do Sul. Já classificado à semifinal pega tranquilo, nesta terça, o Centro Educacional Paulo Freire, do Paraná.

Handebol se recupera

O handebol masculino do Colégio Cônsul Carlos Renaux, Brusque, que havia perdido por um ponto para o Rio de Janeiro na estreia, também conseguiu se recuperar nesta segunda ao vencer o Colégio Cardeal, de Pernambuco, por  13x9. Agora define sua classificação à semifinal contra  o Colégio Motiva, da Paraíba.

Derrotado na estreia, o time de handebol feminino da Escola Estadual Claudino Crestani, de Palma Sola, conseguiu se recuperar e venceu por 22 a 19 a Escola Municipal Francisco Gomes Pinto, do Rio Grande do Norte.

Técnico Dinho fez de tudo para levar o campeão brasileiro escolar no basquete feminino, Colégio La Salle Peperi (São Miguel do Oeste) à vitoria, mas não conseguiu (Foto: Antonio Prado-Fesporte)

“Foi um jogo muito equilibrado, pegado, e o time se recuperou do nervosismo da estreia e conseguiu vencer. Agora temos que vencer Sergipe (Colégio  Arquidiocesano ) para nos classificarmos para semifinal”, destacou a treinadora catarinense Rosane Dalle Laste.

No basquete masculino Santa Catarina perdeu a segunda partida no torneio com Colégio Bom Jesus Divina Providência, de Jaraguá do Sul, e não tem mais chance de ser campeão. Desta vez a derrota foi para o SMCE Madureira: 53 a 38.

Campeão brasileiro perde no basquete feminino

Quem também esteve abaixo da expectativa foi o time de basquete feminino do Colégio La Salle Peperi, de São Miguel do Oeste, atual campeão brasileiro escolar. Após vencer o Pará no jogo de estreia a equipe entrou em quadra nesta segunda-feira irreconhecível. E perdeu por  31 a 30 para o IMEC Instituto Metodista do Rio Grande do Sul.

Apáticas, as meninas comandadas pelo técnico Dinho em nenhum momento reagiram diante do placar adverso. “Faltou garra e vontade de vencer”, destacou o treinador, que define sua sorte com a poderosa equipe da Escola Índia Vanuire, de São Paulo, nesta terça e ainda depende de uma combinação de resultados para obter classificação.

O time catarinense é gerenciado pelo Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte. A competição é organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), reúne cerca de 3.500 atletas de todos os estados brasileiros e já se consolidou como o grande evento revelador de talentos para o esporte do Brasil. 

Informações à imprensa

Antonio Prado (48) 8802-7742

Assessoria de Comunicação Fesporte   

Antônio Prado (48) 8802-7742

Heron Queiroz

Mariana Hendler

Tels: (48) 3665 6126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 88027742

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

 

Lido 501 vezes Última modificação em Segunda, 26 Setembro 2016 23:24

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.