Publicado em Joguinhos
Escrito por

Joguinhos: veja a programação completa da etapa estadual

A programação completa da etapa estadual do 30º Joguinhos Abertos de Santa Catarina foi divulgada, na tarde desta terça, 18. A competição, que será realizada na próxima semana, de 22 a 29, em Caçador, teve os horários e confrontos definidos pela Gerência de Rendimento, da Fesporte. 

Para ficar por dentro de todos os detalhes, como locais de competição, horários de cada modalidade e também os duelos entre as cidades, clique aqui. 

Joguinhos Abertos de Santa Catarina, em Caçador 

Diante da programação prevista, os Joguinhos Abertos de Santa Catarina terão a cerimônia de abertura no próximo dia 22 julho, no Ginásio do Sesi. As modalidades iniciam as disputas a partir do domingo, de acordo com o cronograma.

Ao todo, na 30ª edição dos Joguinhos, serão 22 pontos de disputa em Caçador - a única modalidade a seri realizada em outra sede foi  a natação, disputada em Palhoça, entre os dias 15 e 16 de julho. 

Os Joguinhos Abertos de Santa Catarina são realizados pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fundação Catarinense do Esporte (Fesporte), juntamente com a Fundação Municipal de Esportes de Caçador e a prefeitura de Caçador, sede da 30ª edição.

Publicado em Olesc
Escrito por

Olesc: mudanças nas datas de seletivas e inscrição de atletas

A Gerência de Rendimento da Fesporte, anunciou, nesta terça, 18, alterações no calendário da 17ª Olimpíada Estudantil Catarinense, a OLESC. As principais mudanças passam pelo prazo de inscrição de atleta, o período da realização das etapas seletivas e também na data do Congresso Técnico. 

Portanto, fique atento às mudanças:

- Realização das etapas seletivas - 1 a 10 de setembro

- Registro da "relação nominal" dos municípios "pré e automaticamente" classificados, convocação e inclusão de atletas para a etapa estadual - prazo limite 13 de setembro.

- Congresso técnico da etapa estadual - 19 de setembro.

A etapa estadual da Olesc segue com a sua data prevista, sem alterações. De 7 a 14 de outubro, a competição será realizada em Rio do Sul.

Para ficar por dentro do calendário completo da Olesc e demais competições promovidas pela Fesporte, clique aqui.

Publicado em Dança Catarina
Escrito por

Data limite para inscrição ao Dança Catarina é alterada

A data limite para a entrega das Fichas de Inscrição para o Festival Escolar Dança Catarina 2017 foi alterada. Agora os escolas podem inscrever seus grupos até o dia 11 de agosto de 2017.

Leia o regulamente e baixe as fichas de inscrição em Excel e PDF para participar clicando aqui.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Galdino: o servente de pedreiro que virou atleta olímpico

PERSONAGEM DO ESPORTE

Confira a história do marchador Sérgio Galdino na série "Personagem do Esporte"

Aos quatro anos de idade, o franzino Sérgio Galdino saiu do pequeno município de Armazém com a família rumo a Blumenau. O percurso dos cerca de 270 quilômetros foi mais que suficiente para pensar em dias melhores. Trabalhar na lavoura já não dava mais. Era preciso um novo centro para viver. Novas oportunidades. Mas, os primeiros passos na terra da Oktoberfest não foram fáceis. Aos 13 anos, o menino Galdino tinha que conciliar os estudos na Escola Estadual Hercílio Deeke com a função de auxiliar de pedreiro. Ajudava o pai a aumentar a renda familiar.Clique aqui e veja a entrevista em vídeo

Mas, quis o destino que o esporte mudasse a realidade do garoto. Aos 15 anos, seu professor de educação física o encaminhou para a Fundação Municipal de Esporte de Blumenau para a prática esportiva. Lá foi apresentado ao atletismo, e, de primeira, não gostou do que viu. Mostraram-lhe a marcha atlética. “Quando vi que tinha que andar ou correr rebolando daquele jeito disse a mim mesmo que aquilo não era coisa de homem e que não faria jamais”.

Passados 10 anos deste pensamento, o mesmo Galdino, aos 23 anos, cruzava a linha de chegada Estádio Olímpico Luís Companys, na olimpíada de Barcelona em 1992, como o 25º melhor marchador do mundo. Era aplaudido pela torcida, que reconhecera o esforço do catarinense para transpor os 20 quilômetros de prova. “Passou um filme na minha cabeça. Lembrei da minha família, dos meus colegas de colégio. Pensei na zoação dos que diziam rindo em tom de chacota: Tá treinando para olimpíada?, por pensar que a competição era algo inatingível”.

Entre os grandes do esporte

Agora, 10 anos após deixar as pistas, Sérgio Galdino figura entre os grandes atletas catarinenses. No currículo são três olimpíadas; além de Barcelona (25º lugar nos 20km), Atlanta (1996, 26º lugar nos 20km) e Atenas (2004, 26º na prova dos 50km); e 16 títulos de campeão brasileiro.

Somam-se ainda cinco títulos sul-americanos e 16 medalhas de ouro dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Sua primeira participação dos Jasc foi em 1985, em Brusque, ficando em segundo lugar. No ano seguinte, em Joinville, conquistou a primeira medalha de ouro. A última medalha de ouro nos Jasc foi em 2005 em Joaçaba.

Em âmbito internacional, um dos pontos alto da carreira foi quando bateu o recorde brasileiro e sul-americano em 1995 na cidade de Heisenhuttenstadt, nos 20km na Alemanha, com a marca de 1h19min, só batida em 2016. Antes, porém, no mesmo solo alemão, em 1993, Galdino já havia se consagrado como o sexto melhor atleta do planeta, em prova disputada em Stuttgart.

Em 1995 Galdino bateu o recorde brasileiro e sul-americano que perdurou por 21 anos para ser superado (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

O início 

Como se sabe, toda história de sucesso tem um início, e a de Galdino começou como a primeira medalha de ouro na carreira, em 1985, conquistada nos cinco quilômetros nos Jogos Estudantis da Primavera, de Blumenau.  Posteriormente, ainda no mesmo ano, sentiu mais outro gostinho do pódio. Desta vez, na etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc), em Concórdia. Participou dos mil metros da marcha atlética e fechou a prova em 2º lugar.

Até 2007, quando parou, o esporte lhe proporcionou conhecer mais de 30 países representando o Brasil. Nesse período, viveu momentos marcantes. Ora por vitórias, ora por frustrações. Entre os fatos que guarda com carinho especial na lembrança, Galdino enumera: “Ganhar meu primeiro troféu Brasil em São Paulo (1988), meu primeiro sul-americano, em Medelin (1989), Colômbia, vencendo os colombianos Hector Moreno, o Querubim Boeno, na casa deles, sendo eles referências na América do Sul”.

Outro momento marcante do catarinense ocorreu em 1999: “Venci  o sul-americano em Cocha Bamba, na Bolívia, nos segundos finais, já quase desmaiando devido ao efeito da altitude”.

Uma trombose: o maior drama

Já entre os momentos de que não gosta de lembrar, está o de uma quase morte durante uma viagem. “Vinha do mundial de Helsinque, na Finlândia, em 2005 (15º lugar), e no voo longo entre Frankfurt São Paulo, senti um desconforto na panturrilha direita. No dia seguinte, mal colocava o pé no chão de tanta dor. Por conhecer um pouco de fisiologia, procurei um médico. No ultrassom, constatou-se uma trombose profunda na veia poplítea na parte posterior do joelho. Resultado: fiquei internado por cinco dias para tratar da trombose, e meu médico disse que eu poderia ter sofrido uma morte súbita”.

Conta ainda do dia em que chorou no avião pela frustração de realizar uma prova ruim. “Foi nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, na República Dominicana, em 2003. Até os 30 quilômetros, eu estava me sentindo muito bem. Fui preparado para ganhar a prova e, faltando cerca de 15 quilômetros para o final, passei a sentir cãimbras nas pernas. Me deu uma pane física, e acabei em quarto lugar. Chorei feito criança”, lembra.

Mas, entre altos e baixos, Galdino diz convicto que as realizações positivas foram superiores. E, segundo ele, sua participação em três olimpíadas corroboram para essa maneira de pensar. E como não poderia deixar de ser ele elege as três como o ponto mais alto da carreira. “São milhões de atletas talentosos que tentam e não conseguem. Eu consegui. Com muito esforço e treinamentos exaustivos, consegui aproveitar o talento que Deus me deu”.

Texto: Antonio Prado

(48) 9 9696-3044

 

Publicado em Joguinhos
Escrito por

Blumenau e Joinville conquistam natação dos Joguinhos

Blumenau e Joinville foram as grandes campeãs da natação da etapa estadual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, encerrada neste domingo, no Complexo Aquático da Unisul, em Palhoça. Clique aqui e assista aos melhores momentos. Com as conquistas, as cidades somam pontos importantes para a sequência da competição que tem o seu complemento a partir do dia 22 de julho, em Caçador, com as demais modalidades.

No feminino, Blumenau somou 129 pontos e confirmou o título geral depois de liderar desde o último sábado, o começo da disputa. No masculino, com 138 pontos, a cidade de Joinville conquistou o título com vantagem de 20 pontos sobre a vice-campeã, Florianópolis. Esse foi o segundo título consecutivo da cidade do Norte de Santa Catarina no naipe masculino dos Joguinhos.

Confira no vídeo os melhores momento da natação nos Joguinhos Abertos

 

O destaque de Blumenau equipe ficou por conta da nadadora Maria Eduarda Silvana, que venceu quatro provas (50 metros peito, 100 metros peito, 200 metros medley e o revezamento 4x100 metros medley).

- É um título muito importante para a natação de Blumenau. Nós temos ótimos valores, a equipe feminina teve grande atuação nas etapas e conseguimos sair com essa vitória - disse o técnico Paulo Gonzaga, de Blumenau.

Para Joinville, os 138 pontos ganhos passaram pelo nadador Pedro da Rocha Borin, medalha de outro em três provas - 100 metros borboleta, 50 metros borboleta e revezamento 4x100 metros medley.

- É o segundo título consecutivo masculino, estamos com um grupo renovado, tivemos imprevistos na competição, saímos atrás e esse título foi merecido, a garotada se superou - destacou o treinador Ricardo Carvalho.

A natação nos Joguinhos Abertos de Santa Catarina

Em dois dias de competição, foram mais de 120 atletas, entre 15 e 17 anos, na busca pela conquista do título da modalidade. Foram representados treze municípios, no masculino, e 9, no feminino. 

A competição de natação dos Joguinhos foi programada para Palhoça em função do município-sede da etapa estadual, Caçador, não dispor da estrutura técnica necessária para a realização da modalidade. Apesar disso, a pontuação da modalidade contará para a disputa do título geral dos Joguinhos. 

Nos Joguinhos, cada prova tem o seguinte sistema de pontuação: 1º 9 pontos; 2º 7 pontos; 3º 6 pontos; 4º 5 pontos; 5º 4 pontos; 6º 3 pontos; 7º 2 pontos; 8º 1 ponto. 

As demais modalidades ocorrem dentro da programação dos Joguinhos, em Caçador, de 22 a 29 de julho. 

Os Joguinhos Abertos de Santa Catarina são realizados pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fundação Catarinense do Esporte (Fesporte), juntamente com a Fundação Municipal de Esportes de Caçador e a prefeitura de Caçador, sede da 30ª edição.

  

Classificação final da natação dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina 

Feminino

1º lugar - Blumenau - 129 pontos

2º lugar - São Bento do Sul - 108 pontos

3º lugar - Tubarão - 99 pontos

 

Masculino

1º lugar - Joinville - 138 pontos

2º lugar - Florianópolis - 118 pontos

3º lugar - Indaial - 91 pontos 

 

 

 

Texto: Renan Koerich 

(48) 9 8802-7742 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich 

Antonio Prado 

Heron Queiroz 

Zenilda Stein

 

 

Telefones: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Publicado em Joguinhos
Escrito por

Joguinhos: veja o cronograma atualizado

Depois do Congresso Técnico, a Comissão Organizadora da etapa estadual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina realizou alterações no cronograma da competição, prevista de 22 a 29 de julho, em Caçador.

Diante da programação prevista, os Joguinhos Abertos de Santa Catarina terão a cerimônia de abertura no próximo dia 22 julho, no Ginásio do Sesi. As modalidades iniciam as disputas a partir do domingo, de acordo com o cronograma.

Ao todo, na 30ª edição dos Joguinhos, serão 22 pontos de disputa em Caçador - a única modalidade que será em outra sede será a natação, disputada em Palhoça, entre os dias 15 e 16 de julho.

Os Joguinhos Abertos de Santa Catarina são realizados pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fundação Catarinense do Esporte (Fesporte), juntamente com a Fundação Municipal de Esportes de Caçador e a prefeitura de Caçador, sede da 30ª edição.

Fique por dentro do cronograma atualizado. 

 

Publicado em Joguinhos
Escrito por

Mais de 120 atletas caem na água para os Joguinhos

Nadadores entre 15 e 17 anos representam municípios na busca pelo título geral da modalidade no sábado e no domingo

 A modalidade de natação da etapa estadual da 30ª edição dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina será realizada neste final de semana (15 e 16) no Complexo Aquático da Unisul, em Palhoça. Serão mais de 120 atletas, entre 15 e 17 anos, na busca pela conquista do título da modalidade. 

Treze municípios, no masculino, e 9, no feminino, buscam o título de campeão - por equipes e também individual. As atividades iniciam nesta sexta, 14, com a liberação da piscina para os treinos, a partir das 15 horas. No mesmo dia, a partir das 16 horas, o congresso técnico definirá o cronograma da competição, que acontecerá sábado e domingo. No sábado (15) e domingo (16), as provas acontecem a partir do período da manhã. 

Natação é disputada à parte das demais modalidades 

Segundo o coordenador geral do evento, Marcelo Scharf, a competição de natação dos Joguinhos foi programada para Palhoça em função do município-sede da etapa estadual, Caçador, não dispor da estrutura técnica necessária para a realização da competição. Apesar disso, a pontuação da modalidade contará para a disputa do título geral dos Joguinhos. 

As demais modalidades ocorrem dentro da programação dos Joguinhos, em Caçador, de 22 a 29 de julho.

Os Joguinhos Abertos de Santa Catarina são realizados pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fundação Catarinense do Esporte (Fesporte), juntamente com a Fundação Municipal de Esportes de Caçador e a prefeitura de Caçador, sede da 30ª edição.

Texto: Renan Koerich

(48) 9 8802-7742

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

 

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Publicado em Joguinhos
Escrito por

SOL confirma recursos para realização dos Joguinhos

Assinado na quinta-feira, 13, pelo secretário de estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), Leonel Pavan, o contrato de apoio financeiro para a realização da 30ª edição dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. A competição acontecerá de 22 a 29 de Julho em Caçador.

O contrato, no valor de R$ 219,6 mil, será encaminhado para publicação no Diário Oficial do Estado. Como o município-sede é parceiro na realização do evento, o Comitê Gestor da SOL deliberou pela inexibilidade de contrapartida. O recurso será aplicado na adequação da infraestrutura esportiva, como reformas de locais de prova e alojamentos, aluguel de locais de competições e outros itens necessários à execução dos Joguinhos, como banheiros químicos, tendas, arquibancadas, serviços de som e de limpeza.

“Destinamos este recurso para que o evento aconteça de forma satisfatória e seja um dos melhores até agora”, destacou Pavan.

A organização dos Joguinhos é feita pela Fesporte em parceria com a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Caçador e prefeitura do município-sede.

Natação

No próximo fim de semana, 15 e 16 de julho, a modalidade de natação será realizada no Complexo Aquático da Unisul, em Palhoça. Na sexta-feira, 14, a piscina será liberada para treinos às 15h. No mesmo dia, a partir das 16h, o congresso técnico definirá o cronograma da competição. As demais modalidades ocorrem dentro da programação dos Joguinhos, em Caçador.

Pagina 1 de 267