Publicado em Jasc
Escrito por

Blumenau é campeã dos Jogos Abertos de SC pela 43ª vez

A cerimônia de encerramento da etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), na noite deste domingo, 28, no teatro do Centro Multiuso de São José coroou o município de Blumenau como campeão geral da 60ª edição da competição. A 43ª conquista da história. Os blumenauenses somaram 248 pontos. Em segundo lugar, na classificação geral, ficou São José, com 171 pontos com Florianópolis completando o pódio em terceiro lugar com 152 pontos.

Os blumenauenses foram campeões  em 10 modalidades: no masculino do atletismo, basquete, futsal, jiu-jitsu  e vôlei, além do feminino do basquete, bolão 16, handebol, jiu-jitsu e xadrez. Os campeões receberam das mãos do diretor de esporte da Fesporte, Marcelo Brigadeiro o troféu de campeão geral denominado  João Kioshi Otuki (ex-presidente da Fesporte), homenagem póstuma ao dirigente vitimado pela Covid em abril deste ano.

Também foram homenageadas as atletas Letícia Fassina Romão (Joinville) e Regina Ribeiro (Blumenau), com a medalha “Rodolfo Sestrem”, premiadas como atleta revelação e destaque dos Jasc 2021, respectivamente. Letícia conquistou três medalhas de ouro na natação, enquanto Regina conquistou seu vigésimo ouro na competição, batendo o recorde de participação em Jasc, estando presente em 34 edições dos Jogos Abertos.

São José, vice-campeão geral (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Em seu discurso Marcelo Brigadeiro, representando o presidente da Fesporte, Kelvin Soares, agradeceu a parceria com o município de São José e os demais municípios na realização dos Jasc  como Florianópolis, Timbó, Brusque e Palhoça, que também receberam competições. Agradeceu o empenho dos funcionários da Feporte na realização dos Jogos em modelo diferenciado em tempo exíguo.

O prefeito de São José, Orvino Coelho, agradeceu ao Governador Carlos Moisés e a Fesporte pela confiança depositada para a realização do Jogos, lembrando que seu município vem em uma crescente na competição nos últimos dez anos.

Já o prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, destacou a tradição de sua cidade em investir no esporte, o que faz, segundo ele, aumentar  a qualidade de vida de seus munícipes. Por fim, Sérgio Luis Schlemper, diretor técnico da Fundação Municipal de Esporte de Rio do Sul, recebeu das mãos de Marcelo Brigadeiro a bandeira dos Jasc, já que o município sediará a competição em 2022.

 Letícia  Romão (Joinville) e Regina Ribeiro (Blumenau): atletas revelação e destaque dos Jasc 2021 (Foto: Antonio Prado)

A etapa estadual dos Jasc ocorreu no período de 20 a 28 de novembro e contou com a participação de 3.800 atletas de 197 municípios. O evento foi uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de São José e municípios que sediaram modalidades específicas.

Confira os campeões por modalidade

Atletismo masculino: Blumenau

Atletismo feminino: São José

Caratê masculino: Tubarão

Caratê feminino: Florianópolis

Basquete masculino: Blumenau

Basquete feminino: Blumenau

Bocha masculino: Caçador

Bocha feminino: Balneário Camboriú

Bolão 16 masculino: Timbó

Bolão 16 feminino: Blumenau

Bolão 23 masculino:Timbó

Bolão 23 feminino: Rio do Sul

Futsal masculino: Blumenau

Futsal feminino: Lages

Ginástica artística masculino: Itajaí

Ginástica artística feminino: Florianópolis

Ginástica rítmica: Florianópolis

Handebol masculino: São José

Handebol feminino: Blumenau

Jiu-jitsu masculino: Blumenau

Jiu-jitsu feminino: Blumenau

Natação masculino: Itajaí

Natação feminino: Joinville

Remo masculino: Florianópolis

Remo feminino: Florianópolis

Taekwondo masculino: São José

Taekwondo feminino: São José

Tiro ao prato: Chapecó

Tiro armas curtas: Chapecó

Tiro armas longas: Jaraguá do Sul

Triatlon masculino : Itajaí

Triatlon feminino: Balneário Camboriú

Tênis de mesa masculino: Concórdia

Tênis de mesa feminino: Concórdia

Voleibol masculino: Blumenau

Voleibol feminino: Brusque

Vôlei de praia masculino: Balneário Camboriú

Vôlei de praia feminino: Itapema

Xadrez masculino: Florianópolis

Xadrez feminino: Blumenau

Publicado em Jasc
Escrito por

Regina e Letícia conquistam Medalha Rodolfo Sestrem

As medalhas Rodolfo Sestrem serão entregues a duas atletas, destaques dos Jasc de São José. A Honraria, visa em seu formato original, na forma de votação por parte dos jornalistas credenciados que fizeram a cobertura dos Jogos Abertos, à escolha do atleta destaque e do atleta revelação entre todas as modalidades da competição. Porém neste ano, em função do modelo provisório de realização dos Jasc, que aconteceram em 8 municípios, a escolha teve um formato diferente. Os nomes foram apresentados pela Assessoria de Comunicação da Fesporte e validados pela área técnica da Fundação.

Obedecendo as regras de escolha da medalha, criada em 2010, com a parceria da Associação dos Cronistas Esportivos de Santa Catarina, foram escolhidos um atleta revelação e outro como destaque esportivo dos jogos. A entrega será feita hoje, as 20h, durante a cerimônia de encerramento que será realizada na Arena Multiuso, em São José.

Atletas agraciados com a comenda: 

Atleta destaque dos JASC 2021

Regina Ribeiro

Formada em Educação Física e professora de Xadrez há mais de 30 anos. Oito vezes campeã brasileira, 20 títulos dos Jasc. Bateu este ano o recorde em participações nos Jasc, chegando a sua trigésima quarta edição e conquistando mais uma medalha de ouro para Blumenau. Dez participações em Olimpíadas de Xadrez, com uma medalha de bronze. Técnica de Xadrez de Blumenau desde 1983. Autora de 4 livros sobre o esporte e líder em vários projetos sociais, dentre eles, o projeto Cuca Legal, apoiado pela Fundação Roberto Marinho.

Letícia (ao centro) conquistou três medalhas de ouro para a natação de Joinville (Foto: divulgação Fesporte)

Atleta Revelação:

Letícia Fassina Romão

Letícia Fassina Romão, conquistou 3 medalhas de ouro na natação, por Joinvile: 200 metros costas, 400 livres e 800 livres, medalhas que contribuíram para Joinville conquistar o primeiro lugar geral na natação feminina.

Atleta de base do esporte catarinense, nos Joguinhos, em 2019, conquistou por Joinville o terceiro lugar geral na natação feminina com recordes em várias provas.

 Nos Jogos Escolares Brasileiros, em 2019, terminou em terceiro lugar nos 200m medley, 200m livre e 800m livre.

Em 2021 na categoria Júnior I, ficou em   primeiro lugar nos 200m costas e medley, segundo lugar nos 800m livre e terceiro lugar nos 400m livre no Campeonato Brasileiro de Inverno.

Quem foi Rodolfo Sestrem?

Foi um dos maiores radialistas de Santa Catarina, com longo histórico de participações em Jogos Abertos de Santa Cataina. Com 36 anos de profissão, Rodolfo Sestrem, faleceu em junho de 2002, aos 54 anos, na cidade de Blumenau, onde fez história como radialista.

Publicado em Jasc
Escrito por

Caratê movimenta o penúltimo dia com lutas em 18 categorias

A temperatura quente do lado de fora do ginásio de Picadas do Sul foi um prenúncio que o dia prometia um caratê  de altas temperaturas no quesito índice técnico dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) neste sábado, 27. E ao entrar no tatame os 175 atletas de 12 municípios entregaram ótimas lutas em 18 categorias.

Entre as disputas mais sofridas, podendo se dizer assim, foi na categoria menos 55 quilos, isso porque Valéria Kumizaki, de Itajaí, entrou no tatame para a final com  VitóriaLeite, de Blumenau, com uma crise de gastrite.

O infortúnio, porém, não foi capaz de diminuir o ímpeto da carateca, que partiu pra cima da adversária. Apesar da vontade, a luta foi bem equilibrada  mas por fim o placar de 1x0 garantiu a medalha de ouro à Valéria, que faz parte da seleção brasileira.

“Foi uma final de alto nível, aliás, o torneio de caratê dos Jasc sempre foi de alto nível. Blumenau sempre tem um time muito bom. A gastrite me atrapalhou um pouco, mas no final consegui esta medalha para Itajaí”, disse ao final a campeã.

Neste domingo, 28, o caratê se encerra com as disputas em equipe, assim como a etapa estadual dos Jasc com a definição do campeão geral  após as disputas dos troféus do masculino do basquete, punhobol e o feminino do bolão 16, futsal, voleibol e o masculino e feminino do tênis de mesa e vôlei de praia.

A etapa estadual dos Jasc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de São José e prefeitura de municípios sedes de modalidades específicas.

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Blumenauenses continuam liderando os Jasc

A etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) entra no antepenúltimo dia de competição, nesta sexta-feira, 26, com Blumenau continuando na liderança dos Jogos, agora com 150 pontos.

Com a decisão do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de desclassificar o jiu-jisu feminino de Itajaí, por irregularidades de atletas e retificação na pontuação do xadrez, além das decisões do troféu de handebol masculino e xadrez, houve ajustes na tabela de pontuação. Confira como está o quadro parcial de pontos.

Confira a tabela de pontos

1 – Blumenau: 150 pontos

2 – São José: 137 pontos

3 – Florianópolis: 102 pontos

4 –  Itajaí: 84 pontos

5 – Chapecó: 59 pontos

6 – Balneário Camboriú: 47 pontos

7 – Joinville: 41 pontos

8 – Timbó: 37 pontos

9 – Tubarão: 36 pontos

10 –  Rio do Sul: 30 pontos

10 – Jaraguá do Sul: 28 pontos

 

 

Eis os campeões por modalidade

 

Blumenau

Campeão:

Atletismo masculino

Basquete feminino

Jiu-jitsu masculino

Ji-jitsu feminino

Xadrez feminino

 

São José

Campeão:

Atletismo feminino

 Judô masculino

Judô feminino

Taekwondo masculino

Taekwondo feminino

 

Florianópolis

Campeão:

Ginástica artística feminino

 Ginástica rítmica

 Remo masculino

Remo feminino

Xadrez masculino

 

Itajaí

Campeão:

Ginástica artística masculino

 Natação masculino

 Triatlon masculino

 

Chapecó

Campeão:

Tiro ao prato

Tiro armas curtas

 

Balneário Camboriú

Campeão:

Triatlo feminino

 

Joinville

Campeão:

Natação feminino

 

Timbó

Campeão:

Bolão 16 masculino

 

Rio do Sul

Campeão:

Bolão 23 feminino

 

Jaraguá do Sul

Campeão:

Tiro armas longas

 

Caçador

Campeão:

Bocha masculino

 

 

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Em final emocionante, São José conquista troféu no handebol

Uma partida com rivalidade e nervos à flor da pele marcaram a decisão do handebol masculino dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) na noite desta quinta-ferira (25) na Arena Multiuso, em São José entre o time da casa e Florianópolis. Entrentanto, apesar de certo equilíbrio, os josefenses consequiram o tão cobiçado troféu de campeão geral ao construir o placar de 25 a 17.

Entre as estrelas do time campeão dois atletas da seleção brasileira: o goleiro Manaus e meia direita Luiz Gustavo. “É uma felicidade muito grande pode ajudar nosso município com a medalha de ouro. Desde 2018 quando começamos a construir este time conseguimos com vários meninos novos conquistar o terceiro lugar duas vezes, 2018, 2019, e este ano conseguimos o primeiro lugar com muito foco, muita luta, nosso papel foi cumprido”, disse Manaus.

São José comemora no pódio o título inédio (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Para o técnico campeão, Chico,  vencer em casa teve um sabor especial. E diante do feito  foi só agradecer. “Ganhar em casa é muito bacana e ganhar os Jasc tem um significado grande. Hoje chegamos onde sempre sonhávamos. A emoção é muito grande. Eu, com 32 anos, consigo conquistar o Estado de Santa Catarina. Sou muito grato a todas as pessoas que me ensinaram, a todos os meus mestres, treinadores a quem me espelho. Sou muito grato aos que desacreditaram no nosso trabalho porque me geraram motivação  para que pudéssemos vencer hoje aqui. Muito obrigado por todos que torceram por nós”.

Os Jasc são uma promoção do Governo de Santa Catairina, por intermédio da Fesporte em parceria com a prefeitura de São José e municípios sedes de modalidades específicas.

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Blumenau assume a ponta no quadro de pontos dos Jasc

Quinto dia de competição da etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), em São José, e Blumenau passa a frente do time da casa no quadro geral de pontos. Agora os blumenauenses somam 134 pontos, contra 119 de São José. Em terceiro continua Itajaí, com 86 pontos.

Os títulos do basquete feminino e do jiu-jitsu masculino e feminino nesta quarta-feira contribuíram para Blumenau assumir a dianteira da competição.Além destes dois troféus o município do Vale do Itajaí conquistou o primeiro lugar do atletismo masculino. 

A computação dos pontos desta quinta-feira com a definição dos troféus do handebol masculino e o xadrez deve acirrar ainda mais a disputa pelo troféu de campeão geral dos Jasc.

Confira a tabela de pontos

1 – Blumenau: 134 pontos

2 – São José: 119 pontos

3-  Itajaí: 86 pontos

4 – Florianópolis: 80 pontos

5 – Chapecó: 62 pontos

6 – Joinville: 40 pontos

7 – Balneário Camboriú: 39 pontos

8 – tubarão: 35 pontos

9 – Timbó: 32 pontos

10 – Jaraguá do Sul: 28 pontos

 

Eis os campeões por modalidade

Blumenau

Campeão:

Atletismo masculino

Jiu-jitsu masculino

Ji-jitsu feminino

Basquete feminino

 

São José

Campeão:

Atletismo feminino

 Judô masculino

Judô feminino

Taekwondo masculino

Taekwondo feminino

 

Itajaí

Campeão:

Ginástica artística masculino

 Natação masculino

 Triatlon masculino

 

Florianópolis

Campeão:

Ginástica artística feminino

 Ginástica rítmica

 Remo masculino

Remo feminino

 

 Chapecó

Campeão:

Tiro ao prato

Tiro armas curtas

 

Joinville

Campeão:

Natação feminino

 

Balneário Camboriú

Campeão:

Triatlo feminino

Timbó

Campeão:

Bolão 16 masculino

 

Jaraguá do Sul

Campeão:

Tiro armas longas

 

Caçador

Campeão:

Bocha masculino

 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Municípios ganham novos prazos para sediar competições da Fesporte

Cenários e uma diversidade de fatores, quer pelas circunstâncias ocasionadas pela pandemia, mas elaborada principalmente dada a necessidade de uma padronização baseada em prazos. É assim que está fundamentada a Resolução Nº 23/2021 editada pelo Conselho Estadual de Esporte (CED-SC) e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) no último dia 23. 

O documento regulamenta o processo de escolha dos municípios candidatos à sede das etapas estaduais das competições do calendário oficial da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte). A “cartilha”, contendo padronizações para cada situação ou competição específica, passa, preliminarmente pelo pedido do município por meio de ofício encaminhado à Fesporte no período de 1º de junho a 31 de julho de cada ano.

Junto com o ofício, o município candidato terá que apresentar o caderno de encargos devidamente preenchido, o plano de trabalho para a realização do evento, o quantitativo de vagas na rede hoteleira que atendam as especificações dispostas nas licitações atuais da Fesporte, bem como outros documentos que julgar importantes para o pleito. 

O município que se candidatar a sediar os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) terá, obrigatoriamente, que assim o fazer com dois anos de antecedência e comprometido a sediar os Jogos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) do ano seguinte. 

O Artigo 5º da Resolução, destaca que em 2021, devido a Pandemia, os eventos que ainda não tenham sede definida pelo CED-SC poderão ser requeridos pelos municípios à Fesporte até o dia 15 de dezembro de 2021 que terá prazo até o dia 15 de fevereiro  de 2022 para encaminhar os processos para análise e sua respectiva homologação.

“Atendendo a uma demanda e a excepcionalidade que vivenciamos, o CED trabalhou na resolução para oportunizar chances para todos, indistintamente”, comentou o presidente do CED-SC Renan Moresco Pirath. Ele lembrou que ficou evidenciado nos últimos meses um grande interesse dos municípios em sediar eventos da Fesporte, porém os pedidos chegaram de maneira informal.

Confira abaixo as demais orientações previstas na Resolução:

a) O ofício em questão terá que ser assinado pelo chefe do poder executivo do município ou pessoa delegada com poderes específicos.

b) Os documentos deverão ser encaminhados à Fesporte que, após vistoriar as condições de infraestrutura do município candidato, serão remetidos pela mesma ao CED-SC até o dia 1º de outubro de cada ano.

c) De posse do parecer da Fesporte, o CED-SC escolherá a cidade-sede preferencialmente durante a realização anual dos Jasc. 

d) Caberá à Fesporte instruir os processos com os documentos necessários para análise do CED-SC e juntar pareceres analítico e conclusivo sobre a situação das sedes, opinando pela aprovação ou reprovação. 

e) Na hipótese da inexistência de postulantes à sedes nos prazos estabelecidos na Resolução, caberá à Fesporte tomar medidas de forma a viabilizar as sedes. Após a definição, ela terá 15 dias para dar conhecimento ao CED-SC que convocará, preliminarmente a comissão específica e posteriormente seu colegiado para deliberar sobre sua homologação. 

f) Os prazos para a desistência dos municípios sedes de eventos serão de, no mínimo, 120 dias antes da data de abertura da etapa estadual da respectiva competição. Sobre a desistência do Parajasc, o prazo de desistência será de 120 dias antes da abertura da etapa Estadual dos Jasc do ano anterior.

Texto: Júlio Castro (CED)

Publicado em Jasc
Escrito por

Após 40 anos, Camargo se despede dos Jasc com título

Foi em grande estilo que o treinador João Camargo se despediu das competições de basquete feminino dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc): campeão da modalidade, por Blumenau. Onze vezes consecutivas, a última na noite desta quarta-feira, 24, no ginásio Nedir Macedo, em São José.
Venceu na final  Palhoça por 78 a 32. O banho de água que as jogadoras lhe proporcionaram no mo momento da entrevista lavaram as lágrimas de emoção do treinador, que agora parte para treinar a equipe do Sesi de Araraquara, São Paulo.
Com passagens como treinador por várias categorias da seleção Brasileira, quem foi ao ginásio pode vivenciar um momento histórico dos Jasc. A despedida de um dos grandes treinadores da história do dos Jogos Abertos de Santa Catarina. 40 anos de história na competição.
“É uma emoção muito grande. São 40 anos dedicados ao Basquete de Blumenau desde a minha vinda em  1981. Neste período conquistei muitos títulos como atleta dos Jasc e como treinador. A partir de 2002 comecei a trabalhar como treinador no feminino a convite do meu querido e mestre Álvaro Portugal e de 2003 até hoje conseguimos fazer todas as finas dos Jasc e hoje concluímos essa trajetória com onze títulos consecutivos . Isso é muito difícil.  Deve-se  ao desafio e ao comprometimento das atletas”, falou um emocionado Camargo.
Por fim concluiu:  “O choro é de muita gratidão às pessoas que me apoiaram para ser um treinador vitorioso. O basquete meu deu tudo: emprego, família, amigos e conheci muitos lugares por meio deste esporte”, concluiu.

Pagina 1 de 460