Prado

Águas Mornas sedia a partir desta segunda-feira, 22, até sexta-feira, dia 26, a etapa microrregional dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) para estudantes de 12 a 14 anos. Cerca de 530 estudantes de 63 escolas participam do evento. Estão na disputa as modalidades de basquete, futsal, handebol e voleibol.

O xadrez será realizado dia 29 de maio no Clube Xadrez de Florianópolis e o tênis de mesa será dia 30 no ginásio Capitão Waldir Schimidt, também às 13h30 em Florianópolis. O atletismo terá como palco a pista da Ufsc, na Capital, com data ainda a ser definida.

Participam das competições oito municípios: Florianópolis, Palhoça, São José, Biguaçu, Antônio Carlos, Águas Mornas, São Pedro de Alcântara e Rancho Queimado. O evento é uma realização da Fesporte em parceria com a prefeitura de Águas Mornas.

Os campeões de cada modalidade garantem vaga para a etapa estadual da competição que ocorre de 28 de junho a 2 de julho em São Bento do Sul.

Texto: Antonio Prado

Informações sobre o evento

Jéferson Ramos Batista

(48) 9 9967- 7240

 

 

 

Clique aqui e baixe o boletim final com os campeões

Um misto de saudade e gostinho de quero mais contagiou as quadras esportivas de Blumenau neste domingo, 21. É que foi o último dia de competição da etapa estadual da 10ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) de Santa Catarina. As disputas começaram na quarta-feira, 17, com a participação de 2.300 competidores com idades entre 60 a 92 anos provenientes de 172 municípios.

Por ser um evento de participação, os Jasti não têm um campeão geral, mas, de forma individual, Blumenau foi o que mais se destacou ao conquistar três troféus de campeão: o masculino e feminino da bocha e o feminino do bolão.

Durante os cinco dias de competição a briga foi por medalhas e troféus na bocha, bolão 23, canastra, dominó, truco, handebol e voleibol e danças. O evento foi uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Blumenau.

A grande novidade desta 10ª edição dos Jasti foram as transmissões ao vivo de algumas competições pelo Facebook oficial da Fesporte. Só no último dia da dança, mais de 150 mil pessoas acompanharam ao vivo as disputas da dança de salão. Um recorde. Somando todas as visualizações, os números ultrapassaram dos 250 mil pessoas assistindo ao vivo os Jasti.

“Isso mostra que o esporte tem um público cativo, não importando a idade, e tendo uma tecnologia adequada para as transmissões poderemos expandir ainda mais estes números”, destaca o Marcelo Greuel, diretor de administração da Fesporte.

Domingo de decisões

O domingo foi de definição dos últimos campeões dos Jasti. No truco masculino o título ficou com Águas de Chapecó, com o time formado por Arlindo Gnoato, Valdecir e Zeferino Perosso. Eles venceram por 2 a 1 a equipe de Novo Horizonte.

No bolão masculino, Jaraguá do Sul terminou a competição em primeiro lugar, com 697 pontos, seguido de Blumenau, em segundo, com 693 pontos.

Já no bolão feminino, as blumenauenses conquistaram o troféu de campeão com 693 pontos sobre Timbó, que ficou com o vice-campeonato e 684 pontos.

Blumenau também fez bonito na bocha, vencendo no masculino e no feminino. Entre os homens, a vitória foi de 12 a 3 sobre Ireneópolis, e entre as mulheres, o placar foi de 12 a 9 diante de Palma Sola.

Quem também fez bonito foi o município de Antônio Carlos que venceu o dominó masculino por 2 a 1 ao município de Bom Retiro. Time campeão: Bertoldo Elias, Ivens Scherer e Néri Clasen.

O melhor do dominó feminino foi Navegantes que venceu na final por 2 a 0 o município de São Batista. O time campeão formou com Armélia, Jandira e Maria Terezinha.

A canastra masculina teve seu time campeão vindo de Bom Retiro, formado por Aduci Rosa, Laércio Schlempern e Lindolfo Passos. Eles conquistaram 3.010 pontos, contra 2.490 pontos de Palmitos.

Guaramirim com Gertrudes Kamer, Lúcia Fogular e Valzita Sasse conquistou o troféu de campeão na canastra feminina ao somar 3.220 pontos diante de Águas de Chapecó, que ficou com a segunda colocação com 3.040 pontos.

Por fim, para fechar o dia dos campeões, o vôlei masculino consagrou o município de Treze Tílias, que venceu na final Balneário Camboriú por 2 a 0 com parciais de 15/3 e 15/8.

Entre as mulheres o troféu de campeão do vôlei coube a Brusque, após vencer na final a Pomerode por 2 a 1 com parciais de 15/14, 11/15 e 15/8.

Ao fazer uma avaliação do evento, o presidente da Fesporte Erivaldo Caetano Júnior disse que ficou bastante satisfeito com o resultado final. “Os Jasti em Blumenau superaram todas as expectativas. O nível técnico das apresentações da dança e a introdução de novas modalidades como handebol e vôlei foram um diferencial nesta edição. Por isso parabenizo todos os envolvidos na organização deste evento”.

Confira todos os campeões

Bolão masculino: Jaraguá do Sul

Bolão feminino: Blumenau

Bocha masculina: Blumenau

Bocha feminina: Blumenau

Canastra masculino: Bom Retiro

Canastra feminino: Guramirim

Dominó masculino: Antônio Carlos

Dominó feminino: Navegantes

Dança folclórica: Florianópolis

Dança coreográfica: Balneário Camboriú

Dança de Salão 60 a 69 anos: Agronômica

Dança de Salão acima 70 anos: Rodeio

Truco masculino: Águas de Chapecó

Truco feminino: Caçador

Handebol masculino: Balneário Camboriú

Handebol feminino: Itajaí

Vôlei masculino: Treze Tílias

Vôlei feminino: Brusque

 

Texto: Antonio Prado (48) 9 8802-7742

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Fabiano Linhares - (48) 98802-7742

Antonio Prado

Heron Queiroz 

Mariana Hendler

Zenilda Stein

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 988027742

A última noite da dança dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), neste sábado, 20, em Blumenau, consagrou os municípios de Agronômica e Rodeio. As cidades venceram as duas categorias da dança de salão em disputa. A cidade Agronômica conquistou a categoria A, para participantes de 60 a 69 anos sendo bicampeã. Já Rodeio foi campeã da categoria B, para dançarinos a partir de 70 anos. 

A programação fechou as disputas da dança dos Jasti, já que nos dois dias anteriores ocorreram as decisões de dança coreografada e folclórica tendo como campeões os municípios de Balneário Camboriú e Florianópolis respectivamente.

Como nas decisões anteriores, o ginásio Galegão esteve em volta de harmonia e beleza dos casais que estiveram garbosamente vestidos para a dança de salão. Entre valsas, boleros e vanerões cada dupla tentava impressionar os jurados dando o máximo de si, mas, por fim, quem brilhou mais foi o casal Gerson e Márcia Dikow, de Agronômica (9,94 pontos), que conquistou o tão cobiçado troféu de campeão da noite na categoria A, o mesmo ocorrendo com Benvindo Tamanini e Mirian Ochener, de Rodeio, na Categoria B (9,72).

Na segunda colocação categoria A ficou o casal Valmor Rehbein e Geane Schimidt, de Alfredo Wagner (9,68 pontos). O terceiro lugar coube a Brasiliano Duarte e Margarida Gueller, de Videira (9,56). 

Miriam e Benvindo (ao centro) foram campeões por Rodeio (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Já na B, a medalha de prata foi de Venceslau Berck e Maria Damann, de Ituporanga (9,66), e a de bronze foi conquistada por Edgar Querino e Iraci Turati, de Florianópolis (9,54 pontos).

“Este título foi uma surpresa pra mim que não dá para explicar”, dizia ao fim uma incrédula Mirian, de Rodeio. “Esta conquista tem um valor inestimável. Eu não tenho palavras para agradecer a todas as pessoas que contribuíram para esta conquista”, completou um emocionado Gerson, de Agronômica.

Os Jasti, que iniciaram na quarta-feira 17, finalizam neste domingo, 21, com as decisões da bocha, bolão 23, canastra, dominó, voleibol e truco (este no masculino). O evento é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Blumenau. Participam cerca de 2.300 competidores, com idade a partir de 60 de 172 municípios.

Texto: Antonio Prado (48) 9 8802-7742

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Fabiano Linhares - (48) 98802-7742

Antonio Prado

Heron Queiroz 

Mariana Hendler

Zenilda Stein

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 988027742

 

Em 2015, nos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) no município de Criciúma, o título bateu na trave. Veio o vice-campeonato. Em 2016 ela nem se classificou para a etapa estadual. Mas, nesta edição dos Jasti 2017, em Blumenau, dona Zilma Copatti, 63 anos, de Caçador, deu a volta por cima e conseguiu finalmente o título de campeã estadual no truco ao lado da parceira Lorena Putti. IVanilda Colussi, na reserva, completava o time.

Elas venceram na final por 2 a 0 (parciais de 12x11 e 12x8) a dupla de Santiago do Sul formada por Irene Somavilla e Maria Zanco. Para chegarem ao título as duas participantes jogaram sete partidas perdendo apenas um jogo na fase inicial.

A campeã Zilma disse que ficou bastante nervosa durante a competição principalmente na final, mas disse também que sentia muito orgulhosa em poder representar Caçador nos Jasti. “É muito bom ser campeã, pois levo uma grande lembrança daqui de Blumenau, que é este lindo troféu. Não imaginava ganhar entre tantos participantes”, admitiu.

Lorena e Zilma (azul) disputaram uma final nervosa contra Santiago do Sul (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Faxinal dos Guedes terminou o torneio na terceira colocação com Ibraima Baldissera e Lurdes Sperotto.

Entre os homens o truco será decido somente neste domingo, a exemplo do dominó e da canastra, que formam os jogos de salão. Os Jasti, que iniciaram na quarta-feira 17,  finalizam neste domingo, 21. Promovido pelo Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, em parceria com o Município de Blumenau, o evento tem cerca de 2.300 competidores, com idade a partir de 60 anos disputando as modalidades de bocha, bolão 23, canastra, dominó, truco, handebol, voleibol e danças.  

Texto: Antonio Prado (48) 9 8802-7742

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Fabiano Linhares - (48) 98802-7742

Antonio Prado

Heron Queiroz 

Mariana Hendler

Zenilda Stein

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 988027742

Clique aqui e assista o vídeo do baile

Um bom bate papo, espaço para jogos de dominó, truco e canastra com os amigos, aliados a uma boa música ao vivo para dançar sem nenhuma preocupação. São estes ingredientes que fazem o tradicional baile dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) ser um dos momentos mais aguardados do evento esportivo. E nesta edição 2017, em Blumenau, não foi diferente, ou melhor, foi sim, já que o baile teve um toque alemão, por conta da banda Freund Musikanten, acostumada a embalar os foliões da Oktoberfest.

Nesta sexta-feira, 19, como vem acontecendo nas últimas dez edições dos Jasti, o baile foi concorrido, e a dança foi uma espécie de bálsamo para os participantes esquecerem o estresse da competição. O palco foi a pavilhão da Proeb, o mesmo da famosa Oktoberfest. E o que não faltou nas quatro horas de festa foi animação.

Um dos mais animados era o seu Bruno Hellmamm, de 66 anos, de Rio do Oeste, que disputa canastra no torneio e que dançava com uma amiga. “Isso aqui é muito bom. Serve como uma terapia para os idosos”, admite ele, que participa pela primeira vez da etapa estadual. 

“Esse baile é maravilhoso porque além de dançar ele serve para fazermos novas amizades, e com ele estamos fazendo uma atividade física”, completa Orlinda Wosniak, de 65 anos, jogadora de bolão 23 de Caçador.

Os Jasti são uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com o Município de Blumenau. O evento segue até domingo, 21, envolvendo cerca de 2.300 competidores de 172 municípios. Fazem parte da programação as disputas da bocha, bolão 23, canastra, dominó, truco, handebol e voleibol. 

Texto: Antonio Prado (48) 9 8802-7742

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Fabiano Linhares - (48) 98802-7742

Antonio Prado

Heron Queiroz 

Mariana Hendler

Zenilda Stein

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 988027742

 

Clique aqui e baixe as fotos em alta resolução

Uma noite de alegria, mas acima de tudo de beleza, harmonia e leveza. Assim foram as apresentações dos 14 municípios no primeiro dia da dança (categoria danças folclóricas) dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) na noite desta quinta-feira, 18, no ginásio Galegão, em Blumenau. Clique aqui e baixe o boletim 02 com resultados e programação

Após as apresentações Florianópolis saiu consagrado como o primeiro município a levantar um troféu de campeão dos Jasti 2017.  

Com uma apresentação intitulada de “Chacarera”, uma dança do folclore argentino bastante praticada no Rio Grande do Sul, a Capital conquistou o coração dos jurados. “Essa conquista é o resultado de muito esforço, ensaios e felizmente repetimos o feito do ano passado quando conquistamos também o primeiro lugar”, disse o coreógrafo campeão Ronaldo Rodrigues.

Criciúma fechou a noite na segunda colocação com a coreografia “Galopeiras em uma gran fiest”, e em terceiro lugar ficou Itajaí com a obra “Viva o México!” As disputas na dança prosseguirão nesta sexta-feira,19, com as apresentações no estilo dança livre coreografada e fecha no sábado com a dança de salão.

Além da dança a quinta-feira foi marcada pelo início das disputas da bocha, bolão 23, canastra, dominó, truco, handebol e voleibol. Os Jasti são uma promoção do Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, em parceria com o Município de Blumenau, o evento segue até domingo, 21, envolvendo cerca de 2.300 competidores de 172 municípios. 

Texto: Antonio Prado (48) 9 8802-7742

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Fabiano Linhares - (48) 98802-7742

Antonio Prado

Heron Queiroz 

Mariana Hendler

Zenilda Stein

 Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 988027742

Pagina 1 de 131