Na manhã desta quinta, 21, o diretor de esportes da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Luciano Nilzo Heck, juntamente com a integradora educacional esportiva, Thays Meira Hinckel, se reuniram com os representantes municipais de Brusque: André Vechi, prefeito municipal; e Edemar Luiz Aléssio, diretor geral da fundação municipal de esportes de Brusque. 

Na pauta a realização da etapa regional leste/norte dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Ficou acordado que a competição acontecerá entre os dias 1 e 5 de novembro, em Brusque. Um evento do governo do estado, promovido por meio da Fesporte e em parceria com o município de Brusque. 

Para Luciano Heck, “esse foi um momento bastante significativo, haja vista que Brusque é o berço dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Estamos muito contentes com o aceite do município em sediar essa fase regional. Fomos muito bem acolhidos e com certeza temos a convicção que a comunidade brusquense, realizará uma bela competição”. 

Edemar Aléssio destacou as expectativas para esse grande evento: “Conversamos com o prefeito André e ele prontamente aceitou a proposta e esperamos um grande evento em nossa cidade, acolhendo os municípios de nossa região para participar conosco desse momento importante do esporte catarinense”. 

O prefeito municipal, André Vechi, um entusiasta do esporte, foi atleta de xadrez, auxiliar técnico de basquete e nos últimos Jogos Abertos que aconteceram em Brusque, atuou como voluntário na competição de atletismo. Vechi falou com bastante alegria da oportunidade de sediar essa etapa dos Jasc: “Como gestor municipal e apaixonado pelo esporte, estou muito feliz em sediar essa etapa dos Jasc. Será um grande evento para Brusque e região”, ressaltou. 

Além dessa etapa regional leste/norte que acontecerá em Brusque, também serão realizadas as etapas sul, em Tubarão; a etapa oeste, em Concórdia; e a etapa centro-oeste, em Caçador. A etapa estadual em sua 62ª edição acontece entre nos dias 15 e 25 de novembro, em Rio do Sul. 

Reunião para definição da sede da regional leste/norte dos Jasc 2023   Foto: Pref. Mun. de Brusque/Divulgação

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416 

Na manhã desta quinta, 21, em uma cerimônia realizada no ginásio de esportes Rozendo Lima, no Instituto Estadual de Educação (IEE), a equipe de Florianópolis recebeu das mãos do presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Paulo Jukoski da Silva, o Paulão, o primeiro troféu de campeão da 22ª edição da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), da modalidade de Ginástica Rítmica. Em segundo lugar, ficou a equipe de Joinville e em terceiro, a equipe de Blumenau.

Paulão destacou a beleza, o empenho e as aspirações das jovens atletas. “Em minha primeira Olesc, é muito emocionante sentir o que representa uma medalha para atletas tão jovens, algo que sonham tanto. O sonho começa aqui, jogos escolares, estudantis. É lindo poder ver a entrega, , o choro,  dessa criançada. A Fesporte e o Governo de Jorginho Mello estão aqui para fazer muita festa, não somente para quem vence, mas para todos que participam”.

A coordenadora de arbitragem e diretora do comitê técnico da federação de ginástica de Santa Catarina, Maria Helena Kraeski, fez um balanço da competição e a descreveu assim:  “Para nós da federação de ginástica é uma alegria muito grande ver uma competição com tantas crianças, foram ao todo, 98 atletas de 15 municípios.”

E finalizou, “Ver essas crianças se expor a um grupo grande de árbitros é motivo de muita satisfação. Tivemos um show de apresentações, os municípios e as atletas estão de parabéns e a federação está muito contente com essa evolução da ginástica”.

 

     Cerimônia de premiação aconteceu nesta quinta, 21, no IEE          Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

Participaram na modalidade de ginástica rítmica, 98 atletas de 15 municípios: Biguaçu, Blumenau, Brusque, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Indaial, Itajaí, Itapema, Joinville, Maravilha, Palhoça, São José, Timbó e Tubarão.

Uma das mais emocionadas no momento da premiação foi a treinadora da equipe da capital, que não conseguiu conter as lágrimas, ao receber o troféu de campeã da 22ª edição da Olesc. Evelise Garofalo falou da sensação de ver suas meninas no lugar mais alto do pódio: “Ganhar a Olesc é maravilhoso. É uma emoção enorme, as meninas treinaram com muita seriedade, competiram muito bem, fizeram o seu melhor. Conquistar o título é a contemplação de um trabalho que estamos fazendo há muito tempo, com muito carinho”.

A Olesc é uma competição estudantil promovida pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte em parceria com a Prefeitura Municipal de Florianópolis, juntamente com a Fundação Municipal de Esportes da capital.

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416

 

 

 

 

Nesta terça, 19, as competições de ginástica rítmica marcam o início da 22ª edição da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), no complexo esportivo Rozendo Lima, no Instituto Estadual de Educação (IEE), em Florianópolis. 

Atletas de quinze municípios disputam o título da modalidade da Ginástica Rítmica nesta terça, quarta e quinta: Biguaçu, Blumenau, Brusque, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Indaial, Itajaí, Itapema, Joinville, Maravilha, Palhoça, São José, Timbó e Tubarão. 

Luciano Heck, diretor de esportes da Fesporte, prestigiou as belíssimas apresentações e convida a todos os apaixonados por esporte para assistirem as disputas ao longo dos próximos dias. “Quero fazer um convite a todo cidadão para que acompanhe pelas nossas redes sociais, nosso site e demais veículos de comunicação as disputas da Olesc”. 

Destacou também a relevância da competição que conta com um número recorde de municípios: “Nessa edição da Olesc contamos com a participação de 99 municípios e mais de 4000 atletas. Reforço o convite para irem aos locais de competição e torcerem por seu atleta, seu município ou simplesmente se divertir”, finalizou. 

 

Uma estreante na Olesc

Garotinha de Blumenau, Maria Carolina, fez sua estreia na Olesc        Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

Maria Carolina de Moraes, de apenas 10 anos, do município de Blumenau, fez sua estreia na Olesc nesta tarde com uma linda apresentação e ressaltou a importância da competição para ela: “Participar da Olesc é uma oportunidade boa. Fiquei bem nervosa, pois foi minha primeira apresentação com aparelho. A ginástica é muito importante para desenvolver nosso corpo e fortalecer nossa concentração”. 

“A Olesc é a porta de entrada no esporte para muitas destas crianças, e para o futuro deles, é uma competição muito significativa por esses aspectos”, enalteceu Caroline Heloisa da Silva de Moraes, mãe de Maria Carolina. 

 

A 22ª edição da Olesc em Florianópolis 

A cerimônia de abertura oficial da Olimpíada Estudantil Catarinense acontecerá na próxima terça, 25, às 19 horas e 30 minutos no Ginásio Rozendo Lima, no Instituto Estadual de Educação. 

Em sua 22ª edição, reúne em sua etapa estadual, cerca de 4000 atletas de até 16 anos, disputando as modalidades de: atletismo, basquete, handebol, vôlei, tênis de mesa, tênis de campo, badminton, judô, karatê, taekwondo, xadrez, ginástica artística, ginástica rítmica, natação, vôlei de praia, futsal e ciclismo. 

A Olesc é uma competição esportiva de rendimento e educacional, organizada pelo Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) em parceria com o município de Florianópolis. 

 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416 

 

A Comissão Central Organizadora (CCO) comunica que está aberto partir desta segunda-feira (18) o credenciamento de imprensa para cobertura da Olimpíada Estudantil de Santa Catarina (Olesc) que acontece entre os dias 25 de setembro a 03 de outubro em Florianópolis.

Os profissionais de imprensa de todo o estado de Santa Catarina que desejarem realizar a cobertura in loco devem enviar os dados com nomes dos profissionais, função que será exercida durante os jogos e veículo de comunicação para o número de telefone que segue ao fim deste release.

A Comissão Central Organizadora (CCO) irá disponibilizar ainda uma estrutura própria para os profissionais de imprensa e que terá o seu endereço divulgado nos próximos dias.

 

OLIMPÍADA ESTUDANTIL DE SANTA CATARINA (OLESC)

A Olesc é uma competição esportiva de rendimento e educacional organizada pelo Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte e municípios parceiros.

Em 2023 estará em sua 22ª edição e anualmente reúne em sua etapa estadual cerca de 4.000 atletas de até 16 anos disputando as modalidades: atletismo, basquete, handebol, vôlei, tênis de mesa, tênis de campo, badminton, judô, karatê, taekwondo, xadrez, ginástica artística, ginástica rítmica, natação, vôlei de praia, futsal masculino, futsal feminino e ciclismo.

Contato para onde devem ser enviadas as informações dos profissionais: (48) 99190-9994 – Guilherme Brazzalle –  Assessor de imprensa da Fundação Municipal de Esportes de Florianópolis e assessoria de comunicação da Olimpíada Estudantil de Santa Catarina (Olesc)

 

Assessoria de Comunicação Olimpíada Estudantil de Santa Catarina (Olesc):

Enio Parker Novaes - Gerente da Ascom/Fesporte

Delamare de Oliveira Filho - Ascom/Fesporte

Francine Cozzatti – Comunicação Fundação Municipal de Esportes

Matheus Vargas – Comunicação Prefeitura Municipal de Florianópólis

Na tarde desta quinta-feira (14), a Academia de Polícia Civil de Santa Catarina, em Florianópolis, recebeu o Congresso Técnico da 22ª edição da Olimpíada Estudantil de Santa Catarina (Olesc), que acontecerá entre os dias 25 de setembro e 3 de outubro na capital do estado. 

Nessa edição, essa competição contará com mais de 4000 atletas de até 16 anos de 99 municípios catarinenses e estarão em disputas 16 modalidades:  atletismo, basquete, handebol, vôlei, tênis de mesa, tênis de campo, badminton, judô, karatê, taekwondo, xadrez, ginástica artística, ginástica rítmica, natação, vôlei de praia, futsal masculino, futsal feminino e ciclismo.

A equipe técnica da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) realizou os sorteios das modalidades envolvidas nas disputas que iniciam a partir do próximo dia 25 de setembro.

         Integrantes da Fesporte no Congresso Técnico da Olesc                Foto: Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte)

 

Paulo André Jukoski da Silva, o Paulão, presidente da Fesporte, “a Olesc é uma competição consolidada, criada em 2001 e neste ano pela primeira vez na história acontecerá na cidade de Florianópolis, o que faz com que esta seja uma edição bastante especial. Reitero que o governo do estado de Santa Catarina está trabalhando em conjunto com a prefeitura municipal de Florianópolis na organização da competição para melhor desenvolver o esporte catarinense”. 

Marcelo Melo, presidente da Comissão Central Organizadora (CCO), destacou a importância da Olesc e como estão os últimos ajustes para o início da competição: “A organização de um evento exige muito da CCO. Montamos uma base de hospedagem e de organização em Canasvieiras. Este congresso técnico é o ponto de largada para que a gente tenha uma edição histórica da Olesc aqui na capital do estado”, afirmou Melo. 

A Olesc é um evento do governo do estado realizado por intermédio da Fesporte em parceria com o município de Florianópolis. 

Texto – Delamare de Oliveira Filho (Ascom/Fesporte) – (48) 99683 5416 

Nesta quarta-feira (13) o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, confirmou o nome de André Fufuca como novo ministro do Esporte do Brasil. Ele assume a pasta no lugar da ex-atleta Ana Moser.

O presidente da Fesporte, Paulão, esteve na solenidade representando o estado de Santa Catarina. “Estamos presentes para, além de prestigiar, apresentar ao novo ministro os apelos que Santa Catarina e estreitar os relacionamentos para que possamos trazer o que há de melhor para o nosso Estado”, disse.

    Novo ministro do Esporte, André Fufuca, tomou posse nesta quarta                     Foto: Divulgação 

 

Fufuca falou mais sobre os próximos passos, destacando a disparidade entre atletas e esportes, além de afirmar que o esporte brasileiro tem ´qualidade quase zero´. “O principal objetivo da missão dada pelo presidente é poder ter uma revolução no esporte nacional. Quando falo em revolução, eu falo no começo, que é a democratização do esporte.”

E acrescentou: “Não podemos falar numa revolução a partir do momento em que temos disparidade entre o tratamento do esportista masculino e da esportista feminina. Não podemos falar de uma revolução esportiva no momento em que temos um esporte de qualidade quase zero no país”.

 

Texto - Enio Parker Novaes (Ascom/Fesporte)

Pagina 7 de 21