Sexta, 28 Julho 2017 01:14

Joinville é campeão no atletismo dos Joguinhos Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Joinville venceu também o revezamento 4x100m Joinville venceu também o revezamento 4x100m Foto: Josiane Zago

Com 216 e 267 pontos o Joinville levantou duas  vezes os troféus  de campeões no Atletismo dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, no feminino e masculino respectivamente. O pódio ainda foi formado, no feminino, pela equipe de Tubarão, com 170 pontos, e São José com 114.

No masculino, além de Joinville no pódio, também estiveram as equipes de São José com 133 pontos e de Tubarão com 120 pontos. O resultado final por equipe foi divulgado na tarde desta quinta-feira, 27, último dia das competições no atletismo dos Joguinhos Abertos.

Arremesso de martelo contou com quebra de recorde

Ana Lays conquista ouro

Duas quebras de recordes em uma mesma competição e por uma mesma atleta. Assim foi o arremesso de martelo no atletismo dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. A atleta Ana Lays Bayer, de Joinville, bateu sua própria marca, obtida em 2016, de 56m55, em dois lançamentos, atingindo 56m98 e 59m35, melhorando consideravelmente sua marca.
A atleta que é a atual campeã brasileira da modalidade, retornou nessa semana do Peru, onde representou o país no Panamericano. Na competição ela ficou com a quarta colocação. Agora, Ana Lays se preparará para o brasileiro sub 23 e sonha com as Olímpíadas 2020.

Melhores atletas são premiados

Melhores do atletismo


Dois atletas foram eleitos pela Comissão Organizadora do Atletismo nos Joguinhos Abertos como os melhores da competição. No feminino o destaque ficou para Micaela Melo, atleta do São José, que conquistou o ouro no 100 metros com barreira e no 400 metros com barreira. No masculino o título de melhor atleta ficou com Carlos Augusto Tenfen, de Joinville, que foi ouro nos 800m, 1500m e nos revezamentos 4x100 e 4x400.

“O treinamento e a dedicação foram fortes aliados na busca por essas medalhas. O momento é de agradecer” afirmou Micaela.

Homenagem nos 30 anos dos Joguinhos Abertos
Durante a competição do atletismo também foram homenageados algumas lendas do esporte na competição, nesses trinta anos de existência. Um deles foi o caçadorense, prata da casa, detentor do recorde nos 5 e nos 10 mil metros, Laurindo Nunes Neto. Os títulos foram obtidos em 2011 e ainda não foram batidos.

Homenageados nos 30 anos dos Joguinhos

Outra homenagem foi para a atual treinadora do Concórdia, Tânia Maria da Silva . Ela foi a primeira medalhista de ouro dos joguinhos nas modalidades de 100m, salto em distância e revezamento 4x100, representando a cidade de Concórdia. 30 anos depois, ela subiu ao pódio com suas atletas, recebendo medalhas em diversas modalidades.

"Um orgulho muito grande fazer parte dessa história e uma honra ter sido lembrada e homenageada, tanto tempo depois” afirmou.
Outra lenda viva que recebeu uma homenagem foi o treinador Vilmar Vailatti, que participou das 30 edições dos joguinhos como treinador, formando grandes atletas, em especial no salto em altura. Nesta edição saiu com duas medalhistas, um ouro e uma prata, ambas no salto em altura.

Lido 1108 vezes Última modificação em Sexta, 28 Julho 2017 18:17

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.