Terça, 20 Agosto 2019 00:45

Primeiros troféus da Olesc no Sul são entregues no basquete Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
As vizinhas Florianópolis e São José fizeram um jogo bastante equilibrado com duas equipes que chegarão forte no estadual As vizinhas Florianópolis e São José fizeram um jogo bastante equilibrado com duas equipes que chegarão forte no estadual Foto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

O basquete foi a primeira modalidade premiada na etapa regional da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), em Tubarão, região Sul do estado. Florianópolis conquistou o troféu maior ao vencer São José por 72 a 61 Garopaba também “carimbou o passaporte” com a vitória sobre Içara por 76 a 49.

A equipe da capital mantém a escrita de participar de todas as edições do estadual da Olesc na modalidade. Das participações, conquistou três títulos. O técnico Lucas Boaventura, que participou do primeiro título do basquete de Florianópolis ainda como jogador, vem trabalhando para a conquista do quarto título na competição.

As emoções não ficaram somente dentro de quadra. Os corações bateram forte também em quem está do lado de fora, principalmente quando se trata de uma mãe e um avô que viajam por todos os cantos acompanhando um atleta de Florianópolis, ou de uma namorada que joga handebol pelo município adversário.

João Gabriel Gazzoni, ala da equipe de Florianópolis, conta sempre com os olhos atentos da mãe, Márcia Gazzoni, e do avô, Irineu Farina. Há três anos, eles viajam para todos os lugares aonde o filho vá jogar. Dentro e fora do estado, como em Santa Cruz do Sul (RS), onde puderam acompanhar de perto a conquista do bicampeonato no Sul-Brasileiro de Basquetebol Sub-17. 

Márcia, que garante que estará no estadual de Vieira, não se contenta apenas em assistir às partidas. Ela leva a emoção do jogo aos pais que não podem viajar. É que essa empresária do ramo de autopeças faz transmissões ao vivo de todos os jogos do basquete de Florianópolis. 

João Gabriel tem 16 anos, nasceu em Campo Grande (MS), cidade natal da mãe, e veio para Florianópolis há cerca de 10 anos. Começou a praticar tênis, mas se apaixonou pelo basquete.

 Márcia e Irineu, mãe e avô de João Gabriel, de Florianópolis, transmitem os jogos aos pais que não podem viajar (foto: Heron Queiroz)

E por falar em apaixonar-se, outro coração que bateu forte fora de quadra foi o de Gabriele Reimao. Ela é jogadora de handebol de São José, mas foi ginásio de basquete não apenas para assistir ao time de sua cidade, mas também ao namorado, Eduardo Barcelos, jogador da equipe de Florianópolis, então adversária dos josefenses. Embora com o coração dividido, Gabriele saiu feliz, já que ambas as equipes garantiram vaga para a etapa estadual. O que falta ainda é o handebol de São José conquistar a vaga para que Gabriele possa estar perto do namorado. São José decide a terceira vaga na manhã dessa terça-feira, 20, contra Antônio Carlos.

Apesar de patrocinados pelo mesmo clube, Gabriele joga handebol por São José e Eduardo basquete por Florianópolis. Na hora de torcer, o coração fica dividido(foto: Heron Queiroz)

O basquete foi a primeira modalidade a encerrar na regional Sul. As demais modalidades (handebol, futsal e voleibol, masculinos e femininos) encerram amanhã. 

Saiba quem são os finalistas de cada modalidade. Acesse também nossos boletins (clique aqui) e saiba de todos os resultados, locais de competição, programação e pontuação geral da etapa regional da Olesc em Tubarão.

Futsal feminino

Criciúma e Tubarão decidem o título

Braço do Norte e São José decidem o terceiro lugar

 

Futsal masculino

São José e Criciúma decidem o título

Içara e Paulo Lopes decidem o terceiro lugar

 

Handebol feminino

Florianópolis e Criciúma disputam o título

São José e Antônio Carlos disputam o terceiro lugar

 

Handebol masculino

Içara e Cocal do Sul decidem o título

Florianópolis e Tubarão decidem o terceiro lugar

 

Voleibol feminino

Forquilhinha e São José decidem o título

Criciúma e Florianópolis decidem o terceiro lugar

 

Voleibol masculino 

Florianópolis e Morro da Fumaça decidem o título

Braço do Norte e Santo Amaro da Imperatriz decidem o terceiro lugar

 

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Lido 602 vezes Última modificação em Terça, 20 Agosto 2019 01:38

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.