Segunda, 15 Junho 2020 20:05

Bolsa-atleta auxilia Gabriel na ginástica olímpica Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)
Gabriel Ramos, 13 anos, de São Bento do Sul: destaque na ginástica olímpica Gabriel Ramos, 13 anos, de São Bento do Sul: destaque na ginástica olímpica Arquivo pessoal

Gabriel Luan Vieira Ramos,13 anos, ginasta da Associação de Ginástica Olímpica/Fundação Municipal de Esportes de São Bento do Sul. Apesar da pouca idade Gabriel já tem performance de destaque como o tricampeonato da Olesc, campeão dos Joguinhos Abertos, estes por equipes, além medalha de ouro do campeonato estadual no individual geral.

Assim como os milhares de atletas no Brasil luta para se manter em forma em época de Covid-19. Nestes tempos de pandemia o ginásio deu lugar a casa para a prática dos exercícios. A dificuldade pela falta de competição é amenizada pelo auxílio do Programa Bolsa-Atleta patrocinado pela prefeitura de São Bento do Sul. 

O auxílio da bolsa-atleta tem ajudado financeiramente em casa, pois complementa os R$ 750,00 recebidos pela da mãe (auxiliar de serviços gerais), mais o valor recebido pelo pai (auxiliar de operação) que está afastado do trabalho por problemas de saúde por tempo inderteminado. 

A família conta com seis pessoas sendo umas delas com problemas especiais. Assim, o auxílio da bolsa-atleta colabora muito pelas dificuldades que Gabriel e sua família enfrentam nesse momento pandemia do COVID-19.

Sendo destaque no aparelho cavalo com alças, Gabriel tem como treinador o armênio Vachagan Ter Meliksetyan, mais conhecido com Vatik, que já foi tricampeão olímpico e bicampeão mundial de ginástica artística pela antiga União Soviética. 

Gabriel Ramos começou na ginástica olímpica aos 06 anos e em pouco tempo foi escolhido pelo seu treinador para integrar a equipe masculina de ginástica de São Bento do Sul. A partir do convite o garoto dedicou boa parte de seu tempo aos treinos, até conquistar sua primeira medalha no campeonato estadual aos sete anos de idade. Pouco tempo depois já era destaque em competições importantes sendo medalha de ouro na Olesc, Joguinhos e campeonato estadual.

Antes da pandemia a rotina de Gabriel era as quatro horas de estudo pela manhã no oitavo ano da Escola Municipal Dalmir Pedro Cubas e à tarde mais quatro hora de treinamento na Fundação Municipal de Esportes de São Bento do Sul. E quando se aproximava as competições os treinamentos se intensificavam nos finais de semana.

Agora o ginasta são-bentense se prepara para iniciar os treinamento pelo projeto Fique em casa, da Federação de Ginástica de Santa Catarina.  “Aproveito este espaço para agradecer todo o apoio que a prefeitura de São Bento do Sul tem me dado por meio da Fundação Desporto em me conceder o auxílio da bolsa-atleta, ao meio treinador e também quero agradecer o apoio da   Associação de Ginástica Olímpica de São Bento do Sul”, finaliza Gabriel.

Texto: Antonio Prado

Lido 481 vezes Última modificação em Segunda, 15 Junho 2020 20:35

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.