Terça, 24 Maio 2016 14:51

Dia de preparativos para a abertura dos Parajasc Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)
A terça-feira foi dia de classificação funcional para os atletas A terça-feira foi dia de classificação funcional para os atletas Foto Divulgação/Fesporte

A terça-feira (24) está sendo reservada para os últimos preparativos visando à abertura da etapa estadual da 12ª edição dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) em São Miguel do Oeste, destinados a atletas com deficiência auditiva (DA), física (DF), visual (DV) e intelectual (DI). A abertura será às 19h30 na Praça Walmir Bottaro Daniel (Rua Duque de Caxias, s/n – Centro – São Miguel do Oeste). A competição prossegue até o dia 29. 

Técnicos da Fesporte, com apoio de integrantes da prefeitura local e Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste, organizadores do evento, estão visitando os locais de competição, conferindo os boletins oficias dos jogos e fixando em quadras e ginásios a identificação visual da competição entre outras ações.

Há ainda, nesta terça, as classificações funcionais dos atletas (exames para determinar o grau de deficiência do participante) na Comissão Central Organizadora (CCO), localizada na Fundação de Esportes de São Miguel do Oeste, e ainda, o congresso técnico do atletismo DI e DA programado para às 16 horas no auditório do Colégio La Salle Peperi.

“Nestas horas que antecedem a competição passamos a limpo tudo que foi traçado anteriormente para que nada dê errado”, enfatiza João Cascaes, diretor técnico dos Parajasc. O evento reunirá 1.650 atletas de 46 municípios. A partir desta quarta-feira (25) as competições iniciam. Estão na grade o atletismo, natação, tênis de mesa, xadrez, futsal, ciclismo, goalball, handebol em cadeira de rodas, natação, xadrez, basquete para cadeirantes e para deficientes intelectuais, bocha paralímpica, bocha rafa vollo.

Para Milton Cunha, presidente da Fesporte, os Parajasc são orgulho para Santa Catarina visto que o evento é o mais completo do gênero no país. “Nosso Estado é o único do Brasil a ter uma competição destes moldes, sendo inclusive referência para o Brasil e para o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB)”, destaca o dirigente.

Assessoria de Comunicação Fesporte

Informações à imprensa

(48) 8802- 6938

 

Lido 1824 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.