Domingo, 03 Dezembro 2017 22:38

Segmentos DI e DA concluídos no atletismo Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(2 votos)
Timbó teve ouro e prata no DA Timbó teve ouro e prata no DA Foto: Heron Queiroz/Fesporte

As provas para deficientes intelectuais e auditivos (DI e DA) dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) foram concluídas na tarde deste domingo, 3. Foram 20 provas por segmento, sendo oito delas ocorridas neste domingo. 

No seguimento DI masculino Jaraguá do Sul somou 84 pontos e ocupou a primeira posição no pódio. Presidente Getúlio foi segundo, com 65 pontos, e o terceiro foi Concórdia, com 31. No feminino, o pódio foi formado por Joinville com 70 pontos, Blumenau com 66 e Concórdia com 44.

No segmento DA feminino, São Miguel do Oeste conquistou o primeiro lugar, com 56 pontos. O segundo lugar foi dividido entre Timbó e Navegantes, ambos com 26 pontos. No masculino, Timbó ficou com 55 pontos, Videira com 45 e Criciúma com 34.

O sempre emocionante paradesporto

Eventos paradesportivos são normalmente recheados de emoções, mas a principal emoção ficou por conta do atleta Armilton Kist, de Concórdia, portador de síndrome de Down. Ele tomou o microfone e fez um discurso comovente, dedicando suas medalhas, ouro no dardo e prata no disco, à professora  da Escola Recanto Azul (Apae), Maristela Heiner, que faleceu de infarto em abril deste ano e ao amigo Célio Balssan, que jogava boca DI.

Armilton Kist (à esquerda) comoveu o público na pista da Unesc                                         (Foto: Heron Queiroz/Fesporte)

 

Delegação de um homem só

Com a conquista de três provas de pista, 1.500m, 800m e 400m rasos, Diogo Trindade somou 30 pontos. Sozinho, atingiu a quarta colocação para o município de São José no segmento de deficiência auditiva. Natural de Palhoça, Diogo já foi morador rua. Dedicado ao atletismo, ele desenvolve um projeto envolvendo 80 crianças. Além disso, também trabalha em academias. Em 2016, Diogo e Ana Claudia Jesus venceram a etapa de Florianópolis da Global Energy Race, conquista que os credenciou a representar o Brasil em Pequim (China), em setembro deste ano.

Diogo Trindade (à direita) somou sozinho 30 pontos por São José                                          (Foto: Heron Queiroz/Fesporte)

 

 

Ela só queria perder peso e se tornou uma grande campeã

Em sua primeira participação numa edição dos Parajasc, Amanda Caroline Schuck conquistou bronze no arremesso do peso e ouro no lançamento do disco. Há oito meses treinando, a concordiense de 18 anos começou a praticar esporte por indicação de sua nutricionista. Treinando de duas a três horas por dia, ela perdeu 20kg. Amanda apaixonou-se pelo esporte e quer continuar treinando em busca de realizar o sonho de representar o Brasil nas Paralimpíadas. “Não desista de seus sonhos. Vá sempre além. Mesmo com derrota, na frente haverá coisa melhor”, disse ela dirigindo-se a todos os atletas pela ocasião deste 3 de novembro: Dia Internacional da Pessoa com Deficiência.

 Amanda começou a praticar esporte por indicação da nutricionista                                  (Foto: Heron Queiroz/Fesporte)

 

 

Segunda-feira, 4, iniciam-se as competições entre os deficientes físicos e visuais (DF e DV) no atletismo dos Parajasc. A modalidade encerra na terça-feira, 5. 

Os Parajasc são promovidos pelo Governo do Estado, por intermédio da Fesporte, em parceria com a 20ª Agência de Desenvolvimento Regional e com a Prefeitura de Criciúma.

 

Texto: Heron Queiroz

(48) 3665-6126 / 99635-9617

 

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Nicolas Quadro

 

Tels: (48) 36656126, 36656127, 36656128

Cel: (48) 988027742

 

www.fesporte.sc.gov.br

https://www.facebook.com/fesporte

Lido 209 vezes Última modificação em Quarta, 06 Dezembro 2017 00:25

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.