Quinta, 17 Outubro 2019 01:57

Parajasc: Comerciantes de Caçador comemoram vendas Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Márcia Cavalcante e José Carlos, do Check-In Restaurante elogiam os Parajasc Márcia Cavalcante e José Carlos, do Check-In Restaurante elogiam os Parajasc Foto: Antonio Prado/Fesporte

Comerciantes de Caçador comemoram a movimentação financeira no comércio local durante os cinco dias de competição dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc). O torneio, que começou dia 15 e vai até o sábado, dia 19, é disputado por cerca de 2 mil atletas, que juntamente com treinadores, dirigentes, imprensa e pessoal da organização, envolve quase três mil pessoas.

Os integrantes da Fesporte, organizadora dos Parajasc, juntamente com a prefeitura de Caçador, estimam que devam circular no comércio caçadorense cerca de R$ 3 milhões durante os Jogos.

Time campeão do handebol em cadeira de rodas de Chapecó almoça em restaurante de Caçador (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Para os proprietários do Check-In Restaurante, José Carlos e Márcia Duarte, eventos como os Parajasc são sempre bem vindos. “Com os Parajasc todos são beneficiados. Os atletas, com o esporte, e nós comerciantes com os nossos serviços”, enfatiza José Carlos.  “Os Parajasc promovem a inclusão social, por meio do esporte, e promove também a economia financeira de Caçador e para nós, que investimos na cidade, isso é muito importante”, destaca Márcia Gonçalves Duarte.

Richard Kidermann, diretor comercial dos três principais hotéis da cidade, comemora a lotação máxima dos 800 leitos disponíveis em todos os hotéis no município. “Os Parajasc vieram para salvar o segundo semestre, pois antes, havíamos feito um prognóstico de vendas com o turismo de negócios que não se confirmou. Aí surgiram os Parajasc lotando não somente hotéis, mas também movimentando bares, restaurantes, postos de gasolinas e supermercados”.

                                                                                 Veja o vídeo sobre o comércio de Caçador e os Parajasc

Hemerson Pegoraro, presidente do Clube de Diretores Lojistas de Caçador (CDL), diz: “percebe-se que, o maior movimento ocorre nos hotéis, restaurantes, supermercados e principalmente no comércio local, pois temos diversos segmentos no comércio de Caçador. Desde esportes, calçados, vestuário entre outros itens”. 

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

 

Lido 776 vezes Última modificação em Quinta, 17 Outubro 2019 14:21

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.