Prado

Com a participação de representantes de federações esportivas de Santa Catarina, foi assinado nesta sexta, feira, 14, na sede da Fesporte, em Florianópolis, um acordo de cooperação entre Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD/SC), Fesporte e federações esportivas.O documento permitirá que o TJD/SC atue na prestação de tutela jurisdicional desportiva junto às modalidades cujas federações aderirem ao convênio, nos primeiro e segundo graus de jurisdição. 

Estiveram na cerimônia Kelvin Soares, presidente da Fesporte, Vinícius Bion, presidente do TJD/SC, Michele de Souza, presidente do Conselho Estadual de Esporte (CED) e Fred Leite,  presidente da Associação das Federações Esportivas de Santa Catarina (Afesc).

Antes do ato de assinatura, Bion destacou a parceria entre as instituições esportivas para o fortalecimento do esporte catarinense e para o retorno das competições em época de pandemia. “Sabemos das dificuldades que todos estamos passando com competições paralisadas e da luta incansável de todos os atores para o retorno com segurança. E essa retomada passa por este acordo que estamos firmando hoje que terá validade até  31 de dezembro 2022, quando termina o atual mandato da gestão do TJD”.

Dirigentes assinaram o acordo de cooperação (Foto: Antonio Prado)

Kelvin Soares enfatizou a força do esporte catarinense como referência para o Brasil. “O sistema esportivo do nosso Estado é o melhor do país. Estou visitando as estruturas esportivas dos municípios e percebendo a boa qualidade delas. Isso é fruto do trabalho de todos: dos municípios, das federações, das instituições como Fesporte, TJD, CED e dos nossos eventos esportivos como Jasc, Joguinhos, Olesc, entre outros”.  

Kelvin lembrou ainda todo o trabalho feito e o esforço para o retorno seguro das atividades esportivas personificados pela Portaria 441/21 – assinada pela Secretaria de Estado da Saúde e Fesporte – que orienta a retomada das competições, treinamentos esportivos e práticas esportivas em época da pandemia da Covid 19.

Por fim, agradeceu a parceria existente entre a Fesporte e as instituições do sistema esportivo catarinense, destacando que o auxilio mútuo entre as entidades tem que ser constante no dia a dia.

Michele de Souza, por sua vez, enfatizou que assinatura do acordo de cooperação tem um simbolismo importante. “Esta assinatura simboliza muito o que queremos: a retomada. Diante das dificuldades estamos aprendendo a buscar alternativas para um retorno seguro”, finalizou.

                                           Presidente da Fesporte, Kelvin Soares, e Vinícius Bion, do TJD, avaliam a reunião

 

                                       Fred Leite (Afesc) e Michele de Souza (CED) comentam o encontro

 

Texto: Antonio Prado

Ascom Fesporte

Como ocorre toda quinta-feira, hoje a Fesporte dá continuidade com sua série de reportagens sobre projetos esportivos de sucesso em Santa Catarina. O destaque desta vez é o Projeto “Esporte em Movimento”, de Salto Veloso, que já revelou atletas para a seleção brasileira de futsal

Muitos dos municípios catarinenses têm enraizado em sua cultura a prática esportiva. Isso explica por que Santa Catarinense é uma das potências do Brasil no esporte escolar e de base. Um exemplo desta realidade é o município de Salto Veloso, localizado na microrregião do Alto Vale do Rio do Peixe, Meio Oeste Catarinense, com pouco mais de quatro mil habitantes.

Desde 2000, Salto Veloso realiza um projeto esportivo denominado “Esporte em Movimento”, que contempla gratuitamente cerca de 470 pessoas entre crianças, adolescentes, adultos e terceira idade com futsal, futebol de campo, voleibol, taekwondo, bocha e bolão. 

As modalidades são distribuídas nas categorias fraldinha, infantil, infanto-juvenil, juvenil e adulto e terceira idade e realizadas de duas a três vezes por semana. O ponto central das atividades é o ginásio municipal. As aulas são ministradas pelos professores Alex Sandro Nogueira, Paulo Gonçalves, Pedro Zamboni e Dalvan Vedana.

Segundo Anderson Leobet, secretário de esportes de Salto Veloso, o projeto começou com força e entusiasmo, mas depois houve uma paralisação das atividades. Em 2008 ocorreu a retomada com o apoio da prefeitura local e do empresário Adir Comunello, filho da cidade e dono da marca Magnus, que patrocina a equipe multicampeã  Magnus Futsal, de Sorocaba, SP. 

 

                                     Dimas, da Seleção Brasileira, foi revelado no projeto de Salto Veloso (Arquivo pessoal)

Ainda a partir de 2008 o projeto começou a ganhar visibilidade com a participação de Falcão, um dos maiores atletas de futsal de todos os tempos, após pedido de Comunello, que detém os direitos de imagem do atleta. Falcão passou a visitar Salto Veloso e o projeto embalou de vez.

Anderson Leobet explica que nas aulas são utilizadas obrigatoriamente uniformes e os participantes passam por um trabalho metodológico focado nos aspectos físico, técnico e educacional. “Existe também uma forte parceria com as escolas do município onde os alunos do projeto estudam no sentido de cobrar dos alunos dedicação, responsabilidade e compromisso com o processo educacional.”, enfatiza o dirigente. Está, portanto, explicado o sucesso da iniciativa.

Tanta dedicação e engajamento do projeto com a comunidade local – descendentes de italianos – foi capaz de revelar atletas para a seleção Brasileira de futsal do quilate de Dimas e Diego, além de outros para equipes internacionais como Éderson. Soma-se a eles outras revelações como Joel e Matias. Todos têm algo em comum: destacaram-se em eventos da Fesporte como Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), Olesc, Joguinhos, Moleque Bom de Bola, entre outros.

                                       Taekwondo está entre as modalidades ofertadas (Arquivo pessoal)

Hoje, Dimas, que ingressou no projeto aos 11 anos de idade, joga no Olímpius Roma, da Itália, e tem no currículo 50 convocações pela seleção brasileira, pela qual tem 42 gols assinalados. Diego, que também tem passagens pela Amarelinha, joga atualmente na equipe  Kairat Almaty, do Cazaquistão.

Éderson, antes de parar precocemente devido a uma contusão no tornozelo esquerdo, desfilou seu talento pelas quadras de times da Itália, Portugal, Ucrânia  e Kuwait. Joel, atualmente joga no Pescara, da Itália. Já Matias faz gol hoje defendendo as cores do Fontoura Xavier, do Rio Grande do Sul. 

Enfim, quem visita a Capital Catarinense do Hambúrguer, Salto Veloso, que fica a 434 quilômetros de Florianópolis, vai conhecer, além de seus encantos - belíssimas cascatas de cachoeiras e trilhas,  cantinas de vinhos, cultura italiana -  um projeto esportivo de sucesso: Esporte em Movimento.

 

                                      O futebol está contemplado no Projeto Esporte em Movimento (Arquivo pessoal)

"Salto Veloso, minha cidade natal, está no meu coração. Tenho grande admiração pelo projeto Esporte em Movimento, pois representa todo o esforço feito por nós para engrandecer o esporte do Brasil. Hoje [com o time Magnus Futsal] somos a melhor equipe de futsal do mundo e temos orgulho de Salto Veloso pelo que faz em prol das crianças da minha terra”, destaca o empresário Adir Comunello.

“Esse projeto é espetacular, pois além de contribuir com o esporte saúde de nossas crianças leva o nome do nosso município para o mundo”, finaliza Anderson Leobet. Sim. Adir e Anderson estão cobertos de razão. Santa Catarina agradece.

Principais conquistas

Campeão regional Bolão Feminino regional Jasc – 2003

Vice-campeão estadual do Moleque Bom de Bola - 2005

Campeão regional de bocha – Jasc -  2017

Campeão dos Jogos Abertos da Terceira Idade – Jasti -2015

 Campeão estadual bocha masculino -2018

Texto: Antonio Prado

Ascom/Fesporte

 

                                       Ao lado o jogador Falcão, apoiador do projeto

O presidente da Fundação Municipal de Esporte de Timbó, Márcio Elisio, esteve na tarde desta terça-feira, 11, na sede da Fesporte, em Florianópolis. Em mãos um ofício com pedido formal ao presidente da instituição, Kelvin Soares, para que o município do Vale do Itajaí seja a sede da etapa estadual  da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa (Jasc), a serem realizados no período de 24 a 30 de novembro.

Agora o pedido será avaliado pela Fesporte com a posterior visita técnica aos locais de competição.

Timbó sediou a última edição dos Jasc, em 2019, juntamente com Indaial e Pomerode. Em 2020 não houve a competição por conta da pandemia da Covid 19, fator alegado por Jaraguá do Sul para desistir do evento em 2021.

Segundo Márcio Elisio a realização dos Jasc, em Timbó, este ano, foi um pedido do prefeito Jorge Kruger. “Temos toda uma infraestrutura pronta desde 2019 e nos colocamos à disposição da Fesporte para a realização do evento, afinal, o esporte catarinense tem toda uma cadeia produtiva, que já ficou bastante prejudicada com a paralisação no ano passado devido a pandemia e não podemos correr o risco de ficar mais uma vez sem os Jasc”.

 

 

Na próxima sexta-feira, 14, às 14h, no auditório da Fesporte, representantes das entidades de administração do desporto sediadas em Santa Catarina serão recebidas pelo Presidente da Fesporte, Kelvin Soares, e do Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD/SC), Vinícius Bion, para formalizar a assinatura do Acordo de Cooperação. 

O documento permitirá que o TJD/SC atue na prestação de tutela jurisdicional desportiva junto às modalidades cujas federações aderirem ao convênio, nos primeiro e segundo graus de jurisdição.

“A estrutura esportiva de Santa Catarina é elogiada no Brasil pela grande parceria entre as instituições.  E isso pode ser observado no campo jurídico ou no administrativo e esse evento é uma prova disso. Quem ganha com isso é o esporte catarinense”, destaca Kelvin Soares.

 

O amor de mãe pode ser traduzido em uma palavra: doação. A mesma doação constrói grandes atletas e concretiza objetivos aos amantes e praticantes de esporte. Ser mãe e atleta significa superação em dobro. Ser mãe de atleta é abdicar um pouco de si para ver sua maior criação brilhar. 

Por isso, neste Dia das Mães a Fesporte parabeniza a todas as mães, na certeza que elas são seres iluminadas, afinal mãe é aquela que está sempre de plantão por nós. Que no abraço faz o medo passar. Que pega na mão e  mostra o caminho.

Parabéns Mamãe!

Daia Gamboa, atletismo, e a filha Clara 

 

 Mariana Miyamoto, ginástica, e a mãe Márcia

Anny de Bassi, atletismo, e a mãe Marilza

 

 Branca e Adryan, atletismo, com a mãe Edirléia

 

Olha só o vídeo que a Fesporte preparou para o Dia das Mães!

Desde que assumiu a presidência da Fesporte, em fevereiro, Kelvin Soares fez diversas visitas a municípios catarinenses

O presidente da Fesporte, Kelvin Soares, durante esta semana, está fazendo uma série de visitas aos municípios do Norte e Oeste catarinense. Em seu itinerário estão inclusos os municípios de Caçador, Campo Alegre, Iomerê, Macieira, Mafra, Major Vieira, Matos Costa, Rio das Antas, Rio Negrinho, Salto Veloso e São Bento do Sul.

Nos encontros com os dirigentes e prefeitos, Kelvin Soares está conhecendo as infraestruturas esportivas de cada município, além de apresentar os novos projetos da Fesporte e esclarecer dúvidas referentes à retomada esportiva de acordo com a Portaria 441,  assinada pela Secretaria de Estado da Saúde e Fesporte. Parcerias futuras entre Fesporte e municípios também estiveram na pauta dos encontros.

Entre os novos projetos da Fesporte - tema presente nas reuniões - está o Programa de Iniciação Desportiva (PID), que oferecerá, de forma gratuita, esportes coletivos e individuais, de raquetes e de lutas para um público alvo de um milhão de crianças em diversos núcleos espalhados pelo Estado. E também o Mexa-se, que ainda está em fase de desenvolvimento.

Texto: Letícia Martendal (estagiária)

Ascom Fesporte

Pagina 1 de 261