Segunda, 19 Abril 2021 18:12

Dança 20 anos foi marcado por mostra, palestras e cursos Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Mostra 20 anos mostrou apresentações que ocorreram ao longo dos anos Mostra 20 anos mostrou apresentações que ocorreram ao longo dos anos Foto: Antonio Prado

Foram três dias de intensa programação para celebrar os 20 anos do Festival Escolar Dança Catarina. Sexta (16), sábado (17) e domingo (18) quem participou de uma programação on-line desfrutou de mostra de dança, com vídeos retrospectivos dos 20 anos do festival, além de duas palestras, quatro cursos e uma mesa redonda. A programação contou com a participação de profissionais destacados entre doutores, mestres e coreógrafos, o que fortaleceu ainda mais a importância do festival.

No campo das palestras, a doutora em dança pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Josiane Franken, proferiu o tema "O Desafio da Composição coreográfica com temas educacionais"; enquanto que Isabel Marques, coreógrafa e mestre em dança pelo Laban Centre, de Londres, versou sobre “Como construir a dança na escola de forma colaborativa". Josiane e Isabel foram bastante elogiadas pelos participantes.

Elogios também foram à tônica dos quatro cursos que estiveram disponíveis na programação. “Pensando e construindo figurinos para a Dança", foi assinado  por José Alfredo Beirão, doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento com especialização em Costumes de Scène pela Escola Superior de Artes e Técnicas da Moda (ESMOD), de Paris; "Emancipação Audiovisual", foi ministrada por Sarah Ferreira, mestre em teatro Udesc, performer, educadora e artista multimídia.

                                            Assista um vídeo retrospectiva dos 20 anos

E para coroar a programação houve ainda o curso de “Trilha Sonora e edição",  proferido por Alexandre Green, músico, produtor e compositor;  e"Iluminação Cênica para a Dança", ministrado por Irani Brunner, iluminador com experiência nos principais teatros do país e em vários países da Europa.

Por fim, a programação fechou no domingo com a mesa redonda  "A Dança na escola como prática pedagógica e o papel do arte-educador", com participação de Ida Mara Freire, mestre, pedagoga, especialista em dança; Carolina Romano de Andrade, doutora e mestre em Artes pela Unicamp, além de Josiane Franken, que havia ministrado curso sobre coreografia no sábado. A mediação foi da professora e coreógrafa Mapi Cravo, coordenadora do Festival Dança Catarina.

Segundo Mapi a celebração pelos 20 anos do festival foi um momento muito especial. “É um evento muito coração. Muito sociedade, muito cidadania da dança. Por esse festival já passaram mais de 500 mil pessoas, muitas delas deram seus primeiros passos no evento e hoje são profissionais de destaque da dança e a participação de grandes nomes nestes três dias debatendo, proferindo cursos participando de mesa redonda, compartilhando seus conhecimentos qualificados é uma prova inconteste da importância deste festival para a sociedade catarinense”.   

Assim como Mapi, o professor e coreógrafo João Biasoto, que também coordena o festival,  sintetiza a importância deste evento da Fesporte. “O Dança Catarina é uma escola para nós coordenadores e para quem passa. É um festival apaixonante. Uma família. Estes 20 anos foram marcantes, mais virão ainda muitos outros anos marcantes”.

Texto: Antonio Prado

Ascom Fesporte 

 

Lido 519 vezes Última modificação em Segunda, 19 Abril 2021 18:33