Quinta, 12 Novembro 2020 17:54

Fesporte atuará sob nova divisão esportiva com 6 regiões e 18 micros Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Nova divisão trará regiões unificadas da área escolar e de rendimento Nova divisão trará regiões unificadas da área escolar e de rendimento Foto: Antonio Prado

O mês de novembro ficará eternizado na história como o marco inicial da nova divisão esportiva que contempla alguns dos eventos mais importantes do calendário da Fesporte. Na última reunião do Conselho Estadual de Esporte (CED) uma nova formatação foi aprovada para as disputas Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) 12 a 14 anos e 15 a 17, Campeonato Catarinense Escolar de Futebol (Moleque Bom de Bola), Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), Joguinhos Abertos de Santa Catarina e Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

Agora estes eventos serão disputados em seis regiões esportivas e não mais quatro. Além das tradicionais Oeste, Leste-Norte e Sul, que estavam na formatação anterior, mais três regiões foram agregadas: Extremo-Oeste, Centro e Planalto Vale.

Antes as fases classificatórias iniciais de disputa estavam divididas em 12 etapas microrregionais. Agora serão 18, que serão organizadas pelo coordenador esportivo educacional da CRE (Coordenadoria Regional de Educação) de cada micro. A etapa microrregional é classificatória para a etapa regional, que classifica para a etapa estadual de cada evento. 

Para Marcelo Scharf, gerente de esporte de rendimento da Fesporte, a nova divisão esportiva já era um sonho antigo da instituição, já que trará muitos benefícios no gerenciamento dos eventos da Fesporte. “Antes havia uma divisão esportiva geográfica especifica para os esportes de rendimento e outra para a área escolar. Agora, com este novo formato, unificamos, de forma mais didática, as regiões esportivas dos dois segmentos, facilitando o melhor entendimento de todos os atores envolvidos nas competições”.

Scharf destaca ainda que a nova divisão encurtará a distância entre os municípios e aproximará as microrregiões. “Essa nova proposta vai  trazer também economia na realização dos eventos e impactará positivamente nas questões de logísticas. Com isso todos ganham. Ganha o esporte catarinense”, concluiu.

Confiram como ficou a nova divisão

Região Extremo-Oeste

48 municípios

Micros: 1, 2 e 3

Abrangência: CRE: São Miguel do Oeste, Itapiranga (Micro 1), Dionísio Cerqueira, São Lourenço do Oeste (2), Maravilha e Palmitos (3).

Região Oeste

57 municípios

Micros: 4, 5 e 6

Abrangência: CRE: Quilombro, Chapecó (Micro 4), Xanxerê, Seara (5), Concórdia e Joaçaba (6)

Região Centro

40 municípios

Micros: 7,8 e 9

Abrangência: CRE: Campos Novos, Curitibanos (Micro 7), Videira, Caçador (8), Canoinhas e Mafra (9)

Região Planalto Vale

49 municípios

Micros: 10, 11 e 12

Abrangência: CRE: São Joaquim, Lages (Micro 10), Taió, Ibirama (11), Rio do Sul e Ituporanga (12)

Região Leste-Norte

42 municípios

Micros: 13, 14 e 15

Abrangência: CRE: Brusque, Blumenau (Micro 13), Timbó, Jaraguá do Sul (14), Joinville e Itajaí (15)

Região Sul

60 municípios

Micros: 16, 17 e 18

Abrangência: CRE: Grande Florianópolis, Laguna (Micro 16), Tubarão, Braço do Norte (17), Criciúma e Araranguá (18)   

Texto: Antonio Prado

Ascom Fesporte

Lido 489 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.