Sexta, 19 Fevereiro 2021 20:24

Fesporte discute sobre o Plano Estadual de Esporte e Lazer Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Representantes da Fesporte em discussão do Plano Estadual de Esporte Representantes da Fesporte em discussão do Plano Estadual de Esporte Foto: Antonio Prado

Em uma reunião na sede da Fesporte, nesta sexta-feira, 19, em Florianópolis, foi dada a largada para a retomada das discussões para a implantação do Plano Estadual de Esporte e Lazer (PEEL) de Santa Catarina. O plano, que foi elaborado em 2014 pelo Governo de Santa Catarina com a assessoria do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM) e retomado em 2017, rege todas as políticas públicas do governo estadual no setor esportivo. 

O PEEL, de cunho decenal, é o resultado de inúmeros estudos e debates em fóruns e ações conjuntas entre as estâncias públicas e a sociedade civil que começaram em 2012, que incluíram instituições como Fesporte, Conselho Estadual de Esporte e Tribunal de Justiça Desportiva entre outros. Mas para o plano vigorar precisa virar lei.

  No vídeo o presidente da Fesporte, Kelvin Soares, e Marcelo Moraes, representante do IBAM, falam da importância do PEEL

Para o presidente da Fesporte, Kelvin Soares, que solicitou a reunião, é hora de sensibilizar toda a classe política – Governo e Legislativo – para que de fato o documento saia do papel e se torne lei. “O PEEL interessa a todos, principalmente aos gestores estaduais, que é o nosso caso da Fesporte, e os gestores municipais porque  cria diretrizes de gestão, objetivos e metas  para o esporte catarinense para os próximos 10 anos”, destaca Soares.

Para Marcelo Moraes, representante do IBAM, essa reunião marca a retomada de algo muito importante para a sociedade catarinense, pois o PEEL, segundo ele,  “ao virar lei, se torna política de estado para o esporte e não apenas política de governo”.

Texto: Antonio Prado

Ascom/Fesporte

 

Lido 853 vezes Última modificação em Terça, 23 Fevereiro 2021 21:04

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.