Quinta, 01 Abril 2021 19:35

Projetos esportivos de sucesso em SC: Handebol de Itajaí Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Com participação em eventos da Fesporte atletas foram revelados para seleção brasileira e ligas da Europa Com participação em eventos da Fesporte atletas foram revelados para seleção brasileira e ligas da Europa Foto: Bruno Ruas/CBHb

Destaque na descoberta e desenvolvimento de talentos na modalidade, Itajaí sempre revelou grandes nomes para o handebol brasileiro. Nos últimos anos esta realidade se intensificou principalmente pelo trabalho de base que é desenvolvido na cidade. Um exemplo desta filosofia de atuação é o Projeto Handebol Masculino Itajai/Univali/FMEL, que desde 2003 atua no desenvolvimento da modalidade.

“Para se ter uma ideia, desde 2007, quando foi firmada uma parceria com a Univali, já são mais de 15 atletas que saíram do projeto diretamente para equipes das principais ligas europeias. Mais de 20 atletas do projeto passaram pelas Seleções Brasileiras de Base do Brasil neste período”, relata Gabriel Soares Vieira,  coordenador dos Pólos de Formação  de Atletas, que destaca também que muitos foram revelados pelos eventos da Fesporte, como Joguinhos Abertos de Santa Catarina, Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) e Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc).

 Atualmente quatro atletas com passagens pelo projeto compõem a Seleção Brasileira Adulta que em janeiro disputou o Campeonato Mundial da modalidade no Egito e que em julho próximo representará o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. São eles: Rangel da Rosa (goleiro do Ciudad de Logroño/Espanha), Luciano Silva (armador esquerdo do SL Benfica/Portugal), José Toledo (armador direito do Baia Mare/Romênia) e Arthur Malburg (armador central do Valladolid/Espanha).

 Cristiano Sebben, da seleção brasileira e sendo campeão em evento da Fesporte (Foto: Divulgação)

Além do sucesso no rendimento com atendimento a 80 atletas, o Projeto Handebol Masculino Itajai/Univali/FMEL é elogiado pelo trabalho de base, pois atende cerca de 100 crianças e adolescentes entre oito e 14 anos na iniciação esportiva, por meio de projeto social, divididos nas categorias Infantil (até 14 anos) e Cadete (até 16 anos). Também são atendidas as categorias: Juvenil (até 18 anos), Júnior (até 21 anos) e Adulto. Os ginásios Gabriel Collares e da Univali são os palcos das atividades.

De acordo com Gabriel Vieira, a partir de 2007, o projeto de Itajaí iniciou sua fase de maior destaque no handebol masculino catarinense. Já são 22 títulos entre os quais: 8 títulos de Jasc, 8 títulos de Joguinhos Abertos e 6 de Olesc. Atualmente a FMEL Itajaí é tricampeã dos Joguinhos e bicampeã da Olesc e Jogos Abertos.

A nível nacional o handebol itajaiense também apresenta destaque quando o assunto são conquistas e formação de atletas. Desde 2007 sempre figura entre os quatro primeiros colocados do Campeonato Brasileiro Juvenil (sub18), tendo conquistado o título em quatro oportunidades. A saber: Bicampeão Brasileiro Cadete (sub16), Pentacampeão Brasileiro Júnior (sub21), Campeão Brasileiro Universitário e Campeão Brasileiro Adulto.

Equipe de trabalho experiente e premiada

Hoje o projeto é coordenado por dois grandes nomes da modalidade a nível internacional: Claudia Monteiro e Drean Dutra, que são primos-irmãos. Cláudia atuou na seleção brasileira como atleta, coleciona conquistas Brasil a fora e foi a técnica responsável pela seleção feminina na conquista dos três primeiros títulos mundiais da Confederação Brasileira de Handebol, nos Campeonatos Mundiais de Handebol de Areia.

Handebol de base para crianças e adolescentes (Foto: divulgação)

Drean Dutra fez parte do grupo de atletas que representou o Brasil pela primeira vez em uma edição de Jogos Olímpicos. O grupo pioneiro disputou as Olimpíadas de Barcelona 1992. Decacampeão dos Jasc, entre atleta e técnico. Drean já conquistou quase todas competições a nível nacional: campeonatos brasileiros infantil, cadete, juvenil, júnior, adulto da 1ª divisão, escolar e universitário. O único título que falta na sua coleção é o de campeão da Liga Nacional de Handebol, na última edição o grupo Itajaiense terminou com a 5ª colocação.

Rangel, goleiro formado no projeto. Hoje integra seleção adulta que disputará Tóquio (Foto: divulgação)

Além da formação esportiva de sucesso, o Handebol Masculino de Itajaí também proporciona a formação cidadã e profissional de seus atletas, como destaca o professor Drean Dutra. “Atualmente o maior foco de nosso projeto é transformar o handebol num meio de formação completa para nossos atletas. Estamos com um trabalho social muito forte na iniciação esportiva com apoio do ministério da cidadania através da secretaria especial do esporte. E mantemos o trabalho nas categorias de base, como transição para o atleta chegar até a fase universitária. Onde o projeto já proporcionou a formação profissional de mais de 60 jovens através da parceria com a Univali. Hoje temos 26 atletas realizando formação universitária com bolsa universitária, isso expande muito as oportunidades de vida para os meninos.”, destaca Dutra.

Nota: se você tem um projeto esportivo de sucesso em SC mande sua história pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. contando a relação do projeto com os eventos da Fesporte. Deixe telefone de contato. Sua história pode ser selecionada para ser publicada em nosso site e redes sociais.

Lido 347 vezes Última modificação em Quinta, 01 Abril 2021 21:45

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.