×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 320

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 318

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 321

Publicado em Jasc
Escrito por

Ovacionado, Pinguim vence e Blumenau leva o ciclismo

Blumenau - A vitória de Marcelo Moser, o Pinguim, de Blumenau, na última prova do ciclismo dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), neste sábado (30) lembrou a vitória de Airton Senna no Grande Prêmio do Brasil, em 1993. Pinguim cruzou a linha de chegada em primeiro lugar literalmente carregado pelo povo que tomou as ruas do portal da indústria Saxônia. A conquista de Moser coroou Blumenau que terminou em primeiro lugar na classificação geral da modalidade com 63 pontos.

 

Em segundo lugar na classificação geral ficou o município de Brusque, com 57, e Florianópolis, em terceiro lugar, com 46 pontos. Na prova que corou Pinguim, que teve um percurso de 93 quilômetros, o segundo lugar foi de  Caio Godoy, de Criciúma, e o terceiro de Everson de Assis, de Florianópolis. Murilo Fischer, de Brusque, terminou a prova em quarto lugar.

 

“Foi a vitória mais emocionante dos meus 23 anos de carreira”, assegurava o campeão. “Quando entrei nos 300 metros finais e vi o povo me acompanhando até a linha de chegada foi algo incrível. Sem palavras para descrever esse momento”.

 

Pinguim informou que teve uma estratégica especifica para vencer a prova: marcar a equipe de Brusque, principalmente Murilo Fisher,  quatro vezes campeão dos Jasc, e que atualmente compete na Europa, e que já havia vencido a prova do contra-relógio individual. “A tática deu certo. Atacamos ele na parte plana da prova para quando subíssemos o morro estivéssemos mais tranqüilo, e isso foi feito”, respondeu Pinguim.

 

Informações Adicionais

Antonio Prado

(48) 9696-3045

Publicado em Jasc
Escrito por

Com medalhões, Itajaí brilha no tênis de mesa

Blumenau - O tênis de mesa dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), em Blumenau, foi um dos torneios de maior nível técnico da competição. Cerca de 16 atletas que estiveram competindo no ginásio da Sulfabril têm ou já tiveram passagens pela Seleção Brasileira, dois deles disputaram Olimpíadas. Diante de tantas estrelas, Itajaí conquistou o troféu de campeão no masculino e feminino. No masculino, Criciúma ficou com a prata, seguido de Blumenau, em terceiro. No feminino, a segunda colocação ficou com Blumenau e a terceira com Concórdia.

O último dia de disputas do tênis de mesa, neste sábado (30), foi marcado pelas disputas das medalhas de ouro por equipe. Entre os homens, Itajaí, que contava com o mesatenista olímpico Tiago Monteiro, venceu por 3 a2 a Criciúma, uma das surpresas da competição, já que formou uma equipe apenas com pratas da casa. Entre as mulheres, Blumenau surpreendeu e foi medalha de ouro ao vencer Itajaí por 3 a 2, que contava com chinesa Yu Fu. O time blumenauense foi formado pelas ex-campeãs brasileiras e seleção Maíra Ranzeiro e Valesca Maranhão.

Para José Hiran, dirigente de Itajaí, o título foi importante, principalmente porque o nível técnico foi muito elevado. Ligia Silva, que já participou de três Olimpíadas e jogou por Concórdia, disse que gostou muito dos Jasc. “É um evento que cresce a cada ano e este em Blumenau foi muito bom”, disse a atleta olímpica.

Classificação final tênis de mesa

Masculino:

Ouro – Itajaí

Prata – Criciúma

Bronze – Blumenau

4º lugar – Concórdia

5º lugar – Videira

6º lugar – Florianópolis

 

Feminino:

Ouro – Itajaí

Prata – Blumenau

Bronze – Concórdia

4º lugar – Chapecó

5º lugar – Rio do Sul

6º lugar – Criciúma

 

Informações Adicionais

Antonio Prado

 

(48) 9696-3045

Publicado em Jasc
Escrito por

Programação e resultados do último dia dos Jogos Abertos

Último dia dos Jogos Abertos de Santa Catarina. E o sábado, 30, começou com disputas no tênis de mesa masculino e feminino, ciclismo, futebol e futsal masculino. À tarde, seguem as finais do handebol feminino, vôlei masculino e basquete masculino. Itajaí e Blumenau continuam na briga pelo título-geral. Confira a programação completa, que será atualizada com os resultados ao longo do dia.

CLIQUE AQUI
 e confira a programação completa e os resultados parciais de hoje.

Atualizado: 12h07

Publicado em Jasc
Escrito por

Rio do Sul é tetra no vôlei feminino

Blumenau - O time de vôlei feminino de Rio do Sul conquistou na noite desta sexta-feira o título de tetracampeão dos Jogos Abertos de Santa Catarina ao derrotar Chapecó por 3 sets a 0 (25/16, 25/11, 25/19). Mesmo com a pressão da torcida contra, as meninas do Alto Vale fizeram a diferença no jogo e conquistaram o troféu de campeão. Blumenau, sede da competição, ficou com o 3° lugar ao vencer Nova Trento por 3 sets a 2.

Jogando apenas com sete meninas que estão no time que disputa a Superliga, mais três atletas das categorias de base, Rio do Sul comemorou muito o título pelo poder de superação e união do grupo, tendo que variar o esquema tático e na maioria dos jogos, improvisar jogadoras.

A ponta Priscila, capitã do time de Rio do Sul, destacou que o grupo trabalhou firme nos objetivos para os Jogos Abertos, vencendo jogo após jogo e tentando buscar forças para chegar até a final, mesmo com um time mais reduzido no número de atletas do que as equipes adversárias. “Os jogos finais foram difíceis, mas de muita luta. A gente fica feliz por ter conquistado o título e com um time que foi guerreiro até o fim”, avaliou.

Ao final do jogo e da maratona de seis partidas em uma semana nos Jogos Abertos, o técnico Rogério Portela comemorou muito com a equipe a conquista do tetracampeonato.

“É uma vitória que nos enche de orgulho, de todo o esforço concentrado nesta sequência de  jogos em Blumenau. Só tenho que parabenizar todo o time que esteve em quadra pelo desempenho, coragem e sobretudo superação, além de todo o time que disputa a Superliga e, mesmo dividido, esteve sempre junto. Mas em especial mesmo, dedico este tetracampeonato para a nossa torcida, sempre nos dando palavras de incentivo e de apoio”, finalizou o treinador Portela.

Resultado final vôlei feminino

 

Ouro – Rio do Sul

 

Prata – Chapecó

Bronze – Blumenau

4º lugar – Nova Trento

5º lugar – São José

 

6º lugar - Saudades

Publicado em Jasc
Escrito por

Chapecó e Floripa faturam o taekwondo

Blumenau - A modalidade de taekwondo dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) teve seu segundo dia de competição e premiação na noite desta sexta-feira, 29. A premiação geral por equipe no feminino ficou com as seguintes cidades: Chapecó (ouro), Blumenau (prata) e Itajaí (bronze). As medalhas do masculino foram entregues para os municípios de Florianópolis (ouro), Itajaí (prata) e São Bento do Sul (bronze). A modalidade é relativamente nova na competição estadual: acontece há apenas seis anos, das 53 edições dos Jogos.

No feminino categoria 54 kg quem levou medalhas foi: Marcela Cardoso da Cruz (São Bento do Sul-ouro), Vanessa Novéllo (Chapecó-prata) e Ianca Olga de Almeida (Itajaí-bronze). Na categoria 61 kg as premiadas foram: Cristiane B. de Oliveira (Chapecó-ouro), Alessandra Trevisan (Itajaí-prata) e Moriety Moreira (Joinville-bronze). Já na categoria 68 kg a premiação foi para Thaysa Reis (Chapecó-ouro), Natana Caurio (Itajaí-prata) e Patrícia Dias (Balneário Camboriú-bronze).

No masculino categoria 63 kg os atletas que subiram ao pódio foram André Borella (Navegantes-ouro), Jonatan Borges (Florianópolis-prata) e Acione Moreira (Joinville-bronze). Na categoria 72 kg os premiados foram: Breno Pinheiro e Silva (Itajaí-ouro), Romenig Pinto (Jaraguá do Sul-prata) e Diego Vitoriano (Chapecó-bronze). Na categoria 82 kg os classificados foram: Fernando Manresa (Itajaí-ouro), Michel de Campos (São Bento do Sul-prata). Anderson Luiz Vieira (Xaxim) e Gabriel Pereira (Palhoça) subiram ao pódio e receberam a medalha de bronze.

O taekwondo é um esporte de chutes com muita explosão: 70% dos golpes são chutes e 30% são socos. Focar nos socos foi a preferência da atleta Thaysa Reis, ganhadora do ouro na categoria mais pesada do feminino. Para isso, ela teve que engordar quatro quilos. A atleta de 17 anos disse que preferiu desenvolver sua técnica no soco, que é menos utilizado na modalidade. Ela treina desde os quatro e havia conquistado o 3º lugar nos Jasc do ano passado, em sua estreia na competição estadual.

As provas ocorrem em três rounds de dois minutos com uma pontuação de um ponto para o chute no tórax, dois pontos para chute no tórax ou saltando, três pontos para chute na cabeça e quatro pontos para chute na cabeça giratório. Os atletas desse esporte devem utilizar equipamentos de proteção na cabeça, tórax, região genital, pernas, braços e mãos para evitar ferimentos em função dos golpes.

Mais informações:
Ana Paula Flores
Imprensa Jasc
(47) 3326-9626

Publicado em Jasc
Escrito por

Blumenau fica muito perto do 40º título dos Jogos Abertos

Blumenau - A aguardada 40ª estrela de campeão-geral dos Jogos Abertos, que Blumenau espera desde 2007, ficou muito, mas muito perto da cidade do Vale do Itajaí nesta sexta-feira (29), penúltimo dia de disputas dos 53º Jasc.

Com a definição de nove troféus na sexta, Blumenau não só passou na frente pela primeira vez desde o início dos Jogos (logo pela manhã, com o título do Bolão 23 feminino), como abriu uma confortável vantagem de 20 pontos no fechamento do programa. Nas finais de sábado, uma projeção das mais conservadoras estima que Blumenau terminará os Jasc em casa como campeão-geral, com nove a 15 pontos de frente sobre a cidade litorânea.

Porém, Itajaí evitou que o título blumenauense viesse ainda na sexta-feira. E foi com o caneco da natação masculino e, principalmente, com uma vitória espetacular, de virada nos minutos finais, sobre os blumenauenses no futsal masculino, em pleno Galegão com bom público: 2 a 1 e vaga na final para enfrentar Chapecó às 12:30, no mesmo ginásio (as duas equipes também já se garantiram na divisão especial nos Jasc de 2014). Mais cedo, às 11h, Blumenau e Mafra decidem o bronze.

Blumenau está em todas as outras quatro decisões coletivas do último dia: no futebol, enfrenta Florianópolis às 10h, no Caça e Tiro Velha Central. Às 14:30, no Sesi, decide o ouro do handebol feminino contra a velha rival Concórdia, e o vôlei masculino contra Chapecó, no ginásio da Barão. E às 16:15, no último jogo do programa, faz a final do basquete masculino contra Joinville. Itajaí, além de decidir o futsal masculino, tem boas chances no tênis de mesa (masculino e feminino). As duas cidades também devem garimpar pontos no ciclismo, que tem as provas de BMX e de resistência.

 

Os outros troféus da quinta-feira foram para São Ludgero (futsal feminino primeira divisão), Chapecó (tiro armas curtas), Caçador (bocha masculino primeira divisão), Rio do Sul (vôlei feminino), Concórdia (taekwondo feminino), Florianópolis (taekwondo masculino) e Joinville (natação feminino).

Publicado em Jasc
Escrito por

Gol nos segundos finais dá título a São Ludgero no futsal

Blumenau - A pivô Tetê, do futsal feminino de São Ludgero, teve uma noite que toda jogadora queria ter: fazer um gol do título nos últimos segundos da partida. E se esse gol for de letra, melhor ainda. Pois foi assim que São Ludgero sagrou-se campeã dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) na noite desta sexta-feira, 29, no ginásio da Sociedade Vasto Verde sobre o time da casa Blumenau: 1 a 0 . Faltando 37 segundos para terminar a prorrogação o ataque de São Ludgero fez uma rápida triangulação, a bola veio em direção a Tetê que a desviou de calcanhar e fez o gol.

 

O jogo em si foi bastante equilibrado no primeiro tempo, já no segundo Blumenau foi superior perdendo várias oportunidades de gols, principalmente com a central Viviane e a ala Jéssica. “No intervalo a nossa ala, a Ju, me disse que iríamos ganhar com um gol meu, e ela tinha razão, vencemos”, dizia aos prantos a heroína do jogo Tetê .

 

Para o técnico campeão, Luiz Fracaro, era a hora de São Ludgero ser campeão. “Nos trabalhamos muito para vivenciarmos esse momento. Ano passado ficamos em quarto lugar, mas nesse ano chegou a nossa vez”.

 

Informações Adicionais:
Antonio Prado 
Assessoria de Imprensa
Jasc 2013/Fesporte 
(47) - 3326-9636
(48) 9696-3045

Publicado em Jasc
Escrito por

Joinville e Itajaí levam os troféus da natação

Blumenau – A piscina do Sesi fez da natação um dos principais espetáculos da 53ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Com nível técnico elevado, presença de atletas de renome nacional e quebras de recordes em grande quantidade, a modalidade consagrou nesta sexta-feira (29) as equipes de Joinville, no feminino, e Itajaí, no masculino, como as campeãs de 2013. Porém, quem saiu satisfeita da água foi Blumenau, que com dois vices somou pontos necessários para abrir vantagem na classificação geral dos Jogos.

O último dia de disputas na água reservou 10 provas, e mais uma vez o público que encheu as arquibancadas viu Julia Volkmann, de Blumenau, dizimar recordes. Desta vez foi nos 200m Medley, que ela venceu com 2:17:11: sexto ouro em seis provas, todas com direito a recorde dos Jasc. Na última prova, o revezamento 4x100m Medley, Julia e as companheiras ficaram com a prata (o ouro foi para Joinville).

Outros nomes também foram destaques individuais, como o atleta olímpico Daniel Orzechowski, de Joinville, Carolina Bergamaschi, também de Joinville, Djenyfer Arnold, de Florianópolis, e Ricardo Morini, de Itajaí. Porém, no conjunto prevaleceram Joinville no feminino e Itajaí no masculino. Blumenau foi prata em ambos, e Florianópolis (fem) e Criciúma (masc) levaram o bronze. 

Classificação final da natação e resultados do último dia na piscina do Sesi:

800m Livre Feminino
Ouro - Djenyfer Arnold (Fpolis) – 9:02;55 (Recorde)
Prata - Bianca Ewald (Jaraguá do Sul) – 9:18:41
Bronze - Alessandra Pereira (São Bento do Sul) – 9:27:23

100m Livre Masculino
Ouro - Ricardo Morini (Itajaí) – 49:74
Prata - Renato Flores (Itajaí) – 50:16
Bronze - Leonardo Schiling (Criciúma) – 50:22

100m Livre Feminino
Ouro - Carolina Bergamaschi (Joinville) – 55:12 (Recorde),
Prata - Mary Christiane Souza (Itajaí) – 55:74
Bronze - Eloísa Drapzinski (Blumenau) – 57:10

200m Borboleta Masculino
Ouro - Javier Ignácio Gonzalez (Blumenau) – 2:02:19 (recorde)
Prata - Felipe Correa (Joinville) – 2:06:96
Bronze - Davi Scapin Cadore (Itajaí) – 2:07:00

200m Borboleta Feminino
Ouro - Julia Volkmann (Blumenau) – 2:17:11 (Recorde)
Prata - Daniele Rosa (Florianópolis) – 2:24:64
Bronze - Fernanda Drolshagen (Joinville) – 2:27:21

100m Costas Masculino
Ouro - Daniel Orzechowski (Joinville) – 52:90
Prata - Eduardo Junkes (Blumenau) – 55:23
Bronze - Vinicius Kleinert (Itajaí) – 55:43

100m Costas Feminino
Ouro - Isabela Zandavalli (Joinville) – 1:04:70 (Recorde)
Prata - Eloísa Drapzinski (Blumenau) – 1:04:71
Bronze - Isabela Oliveira (Joinville) – 1:04:93

1.500m Livre Masculino
Ouro - Luis Miranda (Indaial) – 16:25:07
Prata - Leonardo Moreira (Blumenau) – 16:30:44
Bronze - Fernando Prochnow (Florianópolis) – 16:34:30

Revezamento 4x100m Medley feminino
Ouro – Joinville - 4:23:13 (Recorde)
Prata - Blumenau - 4:28:46
Bronze – Florianópolis - 4:33:45

Revezamento 4x100m Medley Masculino
Ouro - Joinville (3:42:89)
Prata - Criciúma (3:43:90)
Bronze – Blumenau (3:45:08)

Classificação final natação feminino

Ouro – Joinville – 185 pontos

Prata – Blumenau – 161 pontos

Bronze – Florianópolis – 102 pontos

4º lugar – Jaraguá do Sul – 69 pontos

5º lugar – Criciúma – 65 pontos

6º lugar – São Bento do Sul – 38 pontos

Classificação final natação masculino

Ouro – Itajaí – 147 pontos

Prata – Blumenau – 129 pontos

Bronze – Criciúma – 118 pontos

4º lugar – Joinville – 107 pontos

5º lugar – Florianópolis – 106 pontos

 

6º lugar – Tubarão – 33 pontos

Publicado em Jasc
Escrito por

Blumenau conquista o Bolão 23 feminino e assume a ponta

Blumenau – Comemoração em dose dupla para Blumenau na conquista do Bolão 23 feminino, nesta sexta-feira (29), penúltimo dia dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Além de levar o troféu, os anfitriões dos Jogos assumiram, pela primeira vez, a liderança da classificação geral (até então com Itajaí). No primeiro troféu do dia (serão mais oito), Blumenau passou a somar 196 pontos, contra 194 de Itajaí, que não pontuou no Bolão 23.

 

Na disputa no Caça e Tiro Velha Central, as blumenauenses dominaram a passada final desde o início e apenas administraram para ficar com o ouro. A prata foi com Lages e Timbó levou o bronze. Rio do Sul terminou em quarto, São Miguel do Oeste em quinto e Videira em sexto.

Curiosidades do Bolão 23

*A modalidade inicialmente praticada nas festas das comunidades agrícolas, especialmente nas áreas de colonização germânica, passou a fazer parte do rol de modalidades dos Jasc na edição realizada em Blumenau, em 1962, apenas no masculino. Três anos depois, nos Jasc em Brusque, foram realizadas as primeiras competições entre as mulheres.

*O bolão 23 é jogado com bolas de 23 centímetros de diâmetro e até 11 quilos. Ele é um esporte individual praticado coletivamente, já que os pontos de cada jogador são somados para a equipe.

*Nos Jasc, depois de passar pelos jogos regionais, dez cidades participam da fase estadual. O regulamento admite oito atletas por cidade. Cada um joga vinte bolas por partida. O objetivo é derrubar o maior número possível de pinos por jogada. Existem atualmente no estado mais de 90 clubes de bolão 23.

Mais informações:

Ana Paula Flores

Imprensa Jasc

 

(47) 3326-9636

Publicado em Jasc
Escrito por

Djeniffer Vasques ensina hóquei a crianças

Blumenau - As crianças que estavam nesta sexta-feira, 29, na área de recreação da CCO dos Jogos Abertos de Santa Catarina, em Blumenau, tiveram aulas de Hóquei com uma professora especial. A atleta da seleção brasileira de hóquei sobre grama, Djeniffer Vasques, visitou a CCO e passou a manhã ensinando o jogo para os baixinhos.

Desde agosto deste ano, a atleta, por meio de seu projetoHóquei Cidadania de Guaramirim e a empresa Guarani Sport, lançaram o Hóquei Júnior. O objetivo é a popularização do esporte através das escolas. O kit é formado por material esportivo para treinamento de 40 alunos simultaneamente e capacitação para os professores de Educação Física. A atleta explica que foram dois anos de trabalho. “Auxiliei na criação dos equipamentos específicos para as crianças. Criamos materiais idênticos aos originais, adaptando o peso e tamanho”, comenta.

Ela ainda lembra que o projeto Hóquei Júnior, traz a esperança de que as crianças, ao conhecerem a modalidade, desenvolvam a prática futuramente. “O jogo tem o objetivo do gol e isso atrai qualquer pessoa e chama ainda mais as crianças para o esporte”, enfatiza.

Djeniffer começou a praticar o Hóquei em 2006, ainda na graduação de Educação Física. Já em 2007, participou do Pan Rio 2007. Atuou diversas vezes pela seleção brasileira da modalidade e já é considerada uma das principais jogadoras de Hóquei do Brasil. “Não posso reclamar, muitas portas foram abertas, mas o esporte pela educação e a vontade de que a modalidade se desenvolva são nossos maiores objetivos”, declara. 

Informações Adicionais:
Gisele Vizzotto
Assessoria de Imprensa
Jasc 2013/Fesporte
(47) - 3326-9636

Publicado em Jasc
Escrito por

Confira a programação e resultados do penúltimo dia

Está acabando! A sexta-feira é o penúltimo dia de disputas dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), em Blumenau. E com a disputa pelo título-geral totalmente em aberto entre Itajaí e Blumenau, separadas na classificação geral por apenas 11 pontos. O dia terá a definição de nove troféus e pode até mesmo encaminhar a conquista para uma das duas cidades. Confira a programação completa, que será atualizada com os resultados ao longo do dia.

CLIQUE AQUI e confira a programação completa e os resultados parciais de hoje.

Publicado em Jasc
Escrito por

Jogo eletrizante põe Rio do Sul na final do vôlei feminino

Blumenau - De um lado, a experiente e favorita equipe de Rio do Sul, que disputa a Liga Nacional do vôlei feminino. Do outro, o jovem time de Blumenau. Em disputa a vaga para a final da modalidade contra Chapecó, nesta sexta. Nos dois primeiros sets, deu a lógica, com as riosulenses atropelando e fazendo  25 a 13 e 25 a 18. Parecia que o jogo, nesta quinta-feira, (28), estava ganho e os três a zero seriam questão de tempo.

Mas a partir do terceiro set, entrou em cena a barulhenta torcida blumenauense que lotou o ginásio da Furb e o que parecia impossível para muitos, aconteceu. Os gritos de “eu acredito!” eram o impulso que faltava e o jogo que estava totalmente favorável para Rio do Sul passou a ser equilibrado. Resultado: Blumenau venceu o terceiro set por  26 a 24.

No set seguinte, a torcida passou a gritar mais forte empurrando as blumenauenses a tirarem forças extras. Deu resultado: Blumenau fez 31 a 29 em um set eletrizante com direito a muitos ralis, empatando a partida em 2 a 2.

No set desempate, mesmo com toda pressão acabou valendo a maior experiência de Rio do Sul, que fechou em 15 a 11, concluindo o placar de 3 a 2. “Foi um bom jogo, sem dúvida. Estamos na final, mas não devemos tirar os méritos de Blumenau ,que jogou muito bem. Agora, contra Chapecó, na final vamos ter que trabalhar muito se quisermos ganhar este título”, disse o técnico riosulense Rogério Portela.

 

Nesta sexta, no mesmo ginásio da Furb Blumenau disputa o bronze com Nova Trento, que perdeu a outra semifinal para Chapecó por 3 sets a 0. Na sequência, por volta das 20:00, Rio do Sul busca o tetracampeonato dos Jasc reeditando a decisão do ano passado, em Caçador, contra as meninas de Chapecó. A partida tem entrada gratuita.

Informações Adicionais:
Antonio Prado 
Assessoria de Imprensa
Jasc 2013/Fesporte 
(47) - 3326-9636
(48) 9696-3045

Pagina 54 de 63