Quinta, 07 Dezembro 2017 20:45

Catarinenses conquistam primeiras medalhas na Bolívia Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(2 votos)
Nathan Filgueiras, do Colégio Sagrada Família, de Blumenau, briga por medalhas nesta sexta-feira Nathan Filgueiras, do Colégio Sagrada Família, de Blumenau, briga por medalhas nesta sexta-feira Jorge Abrego/Jogos Sul-americanos Escolares

Nesta quarta-feira, as estrelas catarinenses de 12 a 14 anos conquistaram as primeiras medalhas individuais dos Jogos Sul-americanos Escolares, na Bolívia. Ao todo, 45 catarinenses fazem parte da delegação que representa o Brasil em 10 modalidades da competição continental em Cochabamba. 

No atletismo o Brasil já garantiu sete medalhas: duas de ouro, três de prata e duas de bronze. Dessas sete, três conquistadas por atletas de Santa Catarina. Daniel Raduenz (Colégio Almirante Barroso - Pomerode) levou o ouro no arremesso de peso e a prata no lançamento de martelo. A terceira medalha catarinense saiu com Rodrigo da Silva Trenhago (Jacob Gisi - Chapecó), que ficou com a prata no arremesso de peso. Com o ouro de Daniel e a prata de Rodrigo, a dupla repetiu a dobradinha catarinense nos Jogos Escolares da Juventude, em Curitiba, no mês de outubro. 

Daniel Raduenz volta às pistas nesta sexta-feira (8) para competir no lançamento de dardo. Favorito, o catarinense quebrou o recorde brasileiro escolar na disputa nacional, no último mês de outubro. Expectativas ainda para a realização da prova de 80m com barreiras, que contará com a presença de Gabriela Genevro, representante do Colégio Dom Bosco, de Chapecó. A prova estava marcada para esta quinta, mas a chuva atrasou a realização de algumas provas do atletismo. 

No xadrez, Nathan Felipe Filgueiras (Colégio Sagrada Família - Blumenau), e Maria Eduarda Gomes (Escola Joaquim D’agostini - Lacerdópolis), atualmente ocupam a terceira colocação geral do xadrez misto, e brigam por medalhas até esta sexta-feira.

Modalidades Coletivas

Nas modalidades coletivas, três escolas de Santa Catarina ainda brigam por medalhas. No futsal, domínio tanto no masculino quanto no feminino.

As meninas do Colégio Rogacionista, de Criciúma, venceram os dois jogos da fase de grupos e se classificaram para a semifinal em primeiro lugar do Grupo B. Na terça, 11x1 sobre o Paraguai. Na segunda rodada, 13x0 sobre o Chile. Na semifinal, o duelo será contra o Uruguai, às 11h da manhã desta sexta-feira. Se vencer, o Brasil fará a final no sábado, às 16h, com o vencedor de Colômbia x Paraguai.

No masculino, o time do Colégio Recriarte, de Camboriú, também se classificou em primeiro na fase de grupos. Três jogos, três vitórias (9x0 contra o Chile, 7x0 contra Suriname e 2x1 contra a Argentina). Na semifinal, o time catarinense vai enfrentar o Paraguai, a partir das 12h desta sexta-feira (8). Em caso de vitória, a briga pela medalha de ouro será às 16h de sábado (9).

No vôlei, chances de medalha apenas no feminino, com o time da Escola Rodrigues Alves, de Saudades. A equipe brasileira disputará a semifinal às 10h deste sábado, e aguarda o perdedor de Colômbia e Peru. Se passar pra final, o time de Saudades briga pelo ouro às 11h30 de sábado (9).

Time do colégio Erwin Prade (Timbó) em ação pelos Jogos Sul-americanos Escolares, na Bolívia. Foto: Jorge Abreda

O time de vôlei masculino do Colégio Erwin Prade (Timbó) se despede de Cochabamba sem medalhas. As duas derrotas na fase de grupos contra Bolívia e Colômbia impediram a classificação do time brasileiro. 

Nas demais equipes brasileiras dos Jogos Sul-americanos escolares, sucesso no handebol e derrotas no basquete. Os times de handebol masculino (Colégio Ábaco - SP) e feminino (Escola Estadual 13 de Maio - MT) se classificaram invictos, e são favoritos na briga pelo ouro. No basquete, os times masculino (Santa Mônica Centro Educacional - RJ) e feminino (Colégio Santa Doroteia - DFl)  terminaram a fase de grupos com uma vitória e duas derrotas.

Os jogos Sul-americanos escolares vão até sábado (9) em Cochabamba, na Bolívia, quando conheceremos os medalhistas das modalidades coletivas. 

 

Texto: Nicolas Quadro

Assessoria de Comunicação - Fesporte 

Renan Koerich

Antonio Prado

Heron Queiroz

Zenilda Stein

Nicolas Quadro

Lido 865 vezes Última modificação em Quinta, 07 Dezembro 2017 21:15

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.