Sábado, 23 Novembro 2019 18:45

Atleta mais completo dos Jogos Escolares é de Santa Catarina Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(4 votos)
Ricardo Pansteein, de Jaraguá do Sul: ouro no do tetralo e atleta mais completo Ricardo Pansteein, de Jaraguá do Sul: ouro no do tetralo e atleta mais completo Foto: Antonio Prado/Fesporte

Treinos e mais treinos. Quase que três horas por dia todos os dias. Rotina puxada. Entre um treino e outro o treinador Cléberson Jorge o incentiva dizendo que o tempo era bom. Dava para ser campeão brasileiro. Os dias foram se passando e a pista de atletismo Murilo Barreto, em Jaraguá do Sul, era o lugar em que o jovem Ricardo Pansteein, da Escola Municipal Ribeirão Molha, pavimentava o sonho de ser campeão dos Jogos Escolares da Juventude, na prova do tetralo, que reúne salto em distância, 100 metros com barreiras, 600 metros e arremesso do peso.

Ao chegar em Blumenau, dia 21, para se juntar a outros atletas, Ricardo estava ansioso. À noite, no hotel, não conseguia dormir direito. Só pensava na prova. E ela veio neste sábado na nova pista sintética de Timbó.

E quando começaram as disputas Ricardo foi o mais regular entre todas as quatro provas e levou o ouro. Entravava para a história duas vezes. A primeira por ser oficialmente o primeiro medalhista de ouro na pista, que havia acabado de ser inaugurada. A segunda...? Acabara de se tornar o atleta mais completo do atletismo 12 14  anos dos Jogos Escolares da Juventude.

Ricardo Pansteein, da Escola Municipal Ribeirão Molha, de Jaraguá do Sul, salta para a medalha de ouro (Foto: Antonio Prado)

“Eu dormi sonhando com este primeiro lugar. Estava ansioso, mas também confiante, porque nos meus treinos eu tinha melhores marcas”, disse o campeão ao sair do pódio com a medalha de ouro no peito e enrolado com a bandeira de Santa Catarina.

Nada mal para um garoto que começou no atletismo há pouco mais de dois anos e em pouco tempo se torna o atleta mais completo do Brasil em sua categoria escolar. Em conversas com jornalistas disse que sonhava em um dia defender o Brasil em uma olimpíada. E se o enredo, no futuro, imitar o presente, esse garoto pode ir longe, pois nos Jogos Escolares ele provou que o sonho  pode se transformar em realidade. E que a realidade começa com um desejo emoldurado na disciplina e treinamento: o desejo de ser campeão.

Ricardo exibe com orgulho a medalha de ouro (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) com apoio da Prefeitura Municipal de Blumenau e do Governo do Estado de Santa Catarina por intermédio da Fesporte

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

Lido 2652 vezes Última modificação em Sábado, 23 Novembro 2019 19:40

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.