Sexta, 01 Maio 2020 20:00

Bolão catarinense perde Celso de Sá Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Celso Sá ergue troféu de vice-campeão do bolão 23 nos Jasc 2019 Celso Sá ergue troféu de vice-campeão do bolão 23 nos Jasc 2019 Foto: Divulgação

A Fesporte e toda a comunidade esportiva catarinense lamentam o falecimento do técnico e atleta de bolão 23 de Chapecó Celso de Sá, nesta sexta-feira (1º). Vitimado de câncer, aos 57 anos de idade, deixa esposa e três filhos. 

Celso era apaixonado por esporte, em especial pelo bolão 23, modalidade que começou a praticar em 1993, em Xanxerê, sua cidade natal. Em 2003, mudou-se para Chapecó, município que defendeu nos Jogos Abertos ajudando a conquistar seis títulos na modalidade, dentre os quais o de 2016, primeiro ano atuando também como técnico. Além dos títulos nos Jasc, Celso somava ainda cinco títulos pelo Brasileiro de Clubes e sete estaduais.

Aposentado da Celesc e proprietário da Iron Academia, Sá foi um importante nome na história do esporte de Chapecó e do estado de Santa Catarina.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Lido 857 vezes Última modificação em Sexta, 01 Maio 2020 21:56

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.