Quarta, 07 Outubro 2020 20:04

Inventariação ganha dinâmica com atuação de coordenadores Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(1 Voto)
Projeto de inventariação já chegou a quase 100% dos municípios catarinenses Projeto de inventariação já chegou a quase 100% dos municípios catarinenses Fonte: My Maps

Coordenadores de esporte atuarão diretamente nas regiões para verificar instalações esportivas pelo estado e dinamizando a alimentação do sistema digital do projeto de inventariação.

A Inventariação de Instalações Esportivas de Santa Catarina, projeto de mapeamento inédito criado pela Fesporte, já atingiu 99,66% dos municípios catarinenses. Segundo dados da Gerência de Políticas e Projetos Esportivos, que coordena o projeto, já foram cadastrados 2.665 praças esportivas. 

Clique aqui para acessar os formulários de inventariação

Apesar da abrangência do projeto por todo o estado, estima-se que muitos espaços esportivos ainda não foram cadastrados. Isso porque boa parte dos municípios não fez o cadastramento de todas as praças esportivas instaladas em sua área. Entre os principais motivos, destacam-se a dificuldade logística, a impossibilidade de acesso a estruturas privadas e escolas por conta da pandemia e casos de gestores infectados com a covid-19.

Em função disso, para que haja maior eficácia e abrangência nas ações, a Fesporte definiu uma nova estratégia, pela qual os coordenadores esportivos estão in loco para verificação das instalações e alimentação do sistema digital.

Os dados estarão disponíveis no sistema de gestão esportiva que está sendo desenvolvido pela Fesporte e poderão ser acessados pelo público em geral por intermédio do georreferenciamento no Programa My Maps, do Google Maps (clique aqui para acessar).

O inventário permitirá a Fesporte não apenas conhecer as instalações esportivas disponíveis e suas localizações, mas também obter um diagnóstico das condições de cada instalação para a realização de eventos esportivos oficiais e desenvolvimento de ações de políticas públicas ao esporte catarinense.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Lido 246 vezes Última modificação em Quarta, 07 Outubro 2020 23:03

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.