×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 318

Publicado em Geral
Escrito por

Desportistas sugerem mudanças em calendário esportivo

Seara - Importar ou não atletas de fora para as competições esportivas em Santa Catarina? Eliminar um dos eventos que envolvem basicamente a mesma faixa etária, entre Olesc, Joguinhos ou Jesc 15-17 anos, visando a enxugar o calendário de eventos esportivos. Implantar duas divisões em mais modalidades para contemplar os municípios pequenos. Estas foram algumas das propostas dos participantes surgidas durante o encontro promovido nesta quarta-feira (1) em Seara pela Fesporte, Conselho Estadual de Esportes (CED) e Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/SC) com os dirigentes esportivos dos 50 municípios da região Oeste de Santa Catarina.

Baixe aqui o boletim do congresso técnico com a programação

“Foi um encontro altamente positivo”, disse Marcelo Kowalski, presidente da Fesporte. “Depois de 10 anos estamos ouvindo novamente os municípios. E isso é importante para saber qual o formato ideal que querem para nossas competições esportivas”, disse o dirigente. Entre os presentes esteve a prefeita de Seara, Lacir Grigor, que agradeceu a presença de todos, dizendo-se confiante de que seu município realizará uma grande etapa regional Oeste dos Jasc, de 10 a 15 de outubro. 

Durante o encontro foi discutido o calendário de eventos da Fesporte, com os técnicos da entidade detalhando cada evento, e também o detalhamento do sistema esportivo de Santa Catarina, que envolve além da Fesporte o CED e o TJD.

Maior participação dos municípios pequenos

Na plenária várias propostas surgiram com o objetivo de melhorar o calendário esportivo da Fesporte. Representantes de municípios pequenos defenderam a criação de duas divisões nas principais modalidades nos eventos de rendimento, alegando que isso contemplaria as cidades de menor porte. Também foi defendida a possível extinção de um evento, podendo ser a Olesc, Joguinhos ou Jesc, já que segundo alguns dos dirigentes os eventos abrangem uma mesma faixa etária de idade (entre 15 a 17 anos). Outra saída, segundo alguns participantes, seria o município limitar a participação do atleta por até dois eventos para que a vida estudantil do atleta não fosse tão afetada.

Integrantes da Fesporte detalharam todas as ações esportivas da instituição (Foto: Antonio Prado)

Entretanto, o ponto de maior polêmica foi a discussão do Projeto de Lei, que tramita na Assembleia Legislativa, que limita a importação de atletas para os eventos esportivos em Santa Catarina. O texto do projeto diz que o atleta de ponta, para participar de um evento esportivo no Estado, precisa ser residente ou residir há cinco anos em Santa Catarina. A maioria criticou o projeto, defendendo que atletas de ponta vindos de fora agregam valor técnico às competições.

Durante a reunião os dirigentes receberam formulários para sistematizar suas propostas que serão encaminhadas à Fesporte. O objetivo também é a criação de um inventário da situação atual das estruturas esportivas municipais, o que vai facilitar um futuro trabalho de qualificação em todas as regiões. Todas as discussões e sugestões serão analisadas por uma equipe técnica da Fesporte para a viabilidade de serem colocadas em práticas nas ações esportivas da instituição. 

Na parte da tarde os dirigentes participaram do congresso técnico da etapa Oeste dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) para o sorteio das chaves do futsal, futebol, vôlei, handebol, basquete, bocha e bolão 23. A etapa Oeste dos Jasc será em Seara de 10 a 15 de outubro envolvendo 37 municípios. O campeão o vice de cada modalidade estarão classificados à etapa estadual dos Jasc, que será de 15 a 25 de novembro, em Itajaí. 

Encontro é elogiado

No período da tarde os desportistas participaram do congresso técnico da etapa regional Oeste dos Jasc (Foto: Antonio Prado)

O encontro entre as instituições e os dirigentes da região Oeste de Santa Catarina foi bastante elogiado pelos participantes. Geovani Geroto, professor de educação física em Xavantina, disse que a reunião foi positiva, pois as pessoas presentes puderam contribuir com suas sugestões para melhorar a estrutura esportiva de Santa Catarina. Seguindo o mesmo raciocínio Cláudio Dissoloti, da Secretaria de Esportes de Chapecó, disse que o encontro foi importante, pois culminará com a construção de um documento de propostas que norteará as ações esportivas da Fesporte.

Nesta quinta-feira, dia 2, Joaçaba será sede do encontro entre os dirigentes da região Centro-Oeste. A reunião começa às 9 horas, no auditório Sociedade Esportiva Perdigão (Rodovia do Ovo, Km 15) e por fim, sexta-feira, dia 3, a reunião acontece em Pomerode, às 9 horas, no Teatro Municipal (Rua Hermann Weege, 111), com esportistas da região Leste-Norte. 

Mais Informações:

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Publicado em Geral
Escrito por

Dirigentes discutem, em São Ludgero, o esporte de SC

São Ludgero - Na manhã desta terça-feira (30) dirigentes da região Sul discutiram, em São Ludgero, o atual modelo do sistema esportivo de Santa Catarina. O encontro foi organizado pela Fesporte em conjunto com o Conselho Estadual de Esporte e Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina. Na pauta, além da descrição do sistema esportivo do Estado, os dirigentes deram propostas para melhorar a realização dos eventos da Fesporte. 

Baixe aqui o boletim do congresso técnico com a programação

Nesta quarta-feira (1º) será a vez de Seara sediar o encontro, que acontece a partir das 9 horas no auditório João Furlanetto (Avenida Beira-Rio, 05 – anexo à Secretaria de Educação). Depois os dirigentes se encontrarão em Joaçaba, quinta-feira, dia 2, às 9 horas, no auditório  Sociedade Esportiva Perdigão (Rodovia do Ovo, Km 15) e por fim, sexta-feira, dia 3, o encontro acontece em Pomerode, às 9 horas, no Teatro Municipal (Rua Hermann Weege, 111).

O encontro em São Ludgero contou com a presença de autoridades, entre os quais Marcelo Kowalski, presidente da Fesporte, Alexandre Monguillot, presidente do Conselho Estadual do Esporte, e do prefeito de São Ludgero, Volnei Weber, além de Luciano Hostins, procurador do Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina. Kowalski destacou que pretende, com os encontros, deixar um legado ao esporte catarinense por meio das sugestões dos dirigentes. “É importante ouvir vocês (os municípios) para que possamos ter um diagnóstico das necessidades e o que precisa ser feito para o esporte de Santa Catarina”, destacou.

Congresso técnico da etapa Sul dos Jasc

Várias propostas foram sugeridas para os eventos organizados pela Fesporte, como a possibilidade de mais vagas para escolas públicas em eventos escolares, buscar mais alternativas para a maior participação dos municípios pequenos nos eventos da Fesporte, organizar as regionais dos eventos esportivos com mais modalidades, entre outras sugestões.

Logo após as discussões os dirigentes participaram do congresso técnico da etapa Sul dos Jasc, que será de 10 a 15 de outubro em São Ludegero (Foto: Antonio Prado)

Durante a reunião os dirigentes receberam formulários para sistematizar suas propostas que serão encaminhadas à Fesporte. O objetivo também é a criação de um inventário da situação atual das estruturas esportivas municipais, o que vai facilitar um futuro trabalho de qualificação em todas as regiões. Todas as discussões e sugestões serão analisadas por uma equipe técnica da Fesporte para a viabilidade de serem colocadas em práticas nas ações esportivas da instituição. 

Na parte da tarde os dirigentes participaram do congresso técnico da etapa Sul dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) para o sorteio das chaves do futsal, futebol, vôlei, handebol, basquete e bocha. A etapa Sul dos Jasc, em São Ludegero, será de 10 a 15 de outubro e envolverá 25 municípios. O campeão o vice de cada modalidade estarão classificados à etapa estadual dos Jasc, que será de 15 a 25 de novembro, em Itajaí. 

Para Franklin Gonçalves, diretor de esportes de Anitápolis, encontros como estes são muito importantes. “O ato de escutar todas as partes é democracia. Aqui surgiram boas sugestões e esperamos que sejam aplicadas”. Já Euclides Jerônimo Ribeiro, professor em Criciúma, foi enfático: “Este trabalho é de grande valia, deveríamos ter mais um dia para as discussões e assim teríamos mais propostas”.

Mais Informações:

Antonio Prado

(48) 9696-3045

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte, CED, TJD e municípios discutem o esporte catarinense

Florianópolis – A partir desta terça-feira (30) a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Conselho Estadual do Esporte (CED), Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de Santa Catarina e municípios começam a discutir os rumos do esporte catarinense para os próximos anos. Os encontros ocorrerão de 30 de setembro a 3 de outubro e reunirão dirigentes esportivos municipais, atletas e autoridades para discutir o momento e os próximos passos do desporto catarinense.

São Ludgero será o primeiro município a sediar o encontro, às 9 horas no auditório do Samae (Avenida Monsehor Frederico Tombroc, 115). Depois o roteiro abrange os municípios de Seara Joaçaba e Pomerode (veja os locais abaixo).

Esses encontros são um objetivo do presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, desde que assumiu o comando da Fundação, em julho. E aproveitarão as datas dos congressos técnicos das etapas regionais dos 54º Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) para ir a todas as regiões do Estado. E não só os dirigentes e interessados das cidades-sede estão sendo convidados. A ideia é reunir o máximo de representantes de cada região aproveitando o fator da proximidade geográfica.

Também será possível, através de um questionário, fazer uma espécie de inventário da situação atual das estruturas esportivas municipais, o que vai facilitar um futuro trabalho de qualificação em todas as regiões.

Ouvindo as sugestões dos municípios

“Tenho dito que os municípios são os principais clientes dessa engrenagem do esporte de Santa Catarina que envolve a Fesporte, o CED e o TJD. Dessa forma penso que é nossa obrigação ir até eles e ouvir as sugestões, as críticas e as demandas de cada um para que, com a participação efetiva de todas as partes, possamos ter um caminho sólido para o esporte catarinense seguir crescendo”, destacou o presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski.

Alexandre Monguillot, presidente do Conselho Estadual do Esporte, avalia a iniciativa como uma aproximação necessária com quem faz o esporte na ponta, no caso os municípios. “É importante que possamos ouvir as demandas, pois a intenção sempre é acertar, mas muitas vezes achamos que o caminho é um, mas nos municípios a necessidade é um pouco diferente. Ao alinhar essas expectativas, quem ganha é o esporte catarinense”, explicou o presidente do CED.

Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva, Aldo Abrahão Massih Junior destaca a oportunidade técnica dessa ida até as esferas municipais, onde nem sempre é possível fazer a capacitação necessária para os julgamentos. “Há uma estrutura muito grande de tribunais desportivos em eventos microrregionais, por exemplo, e nem sempre eles podem vir até o TJD, ou vice-versa, para esse alinhamento que se faz necessário. Então a oportunidade que se abre com esses encontros é fantástica”, disse Aldo.

Confira as datas das reuniões:

Dia 30 de setembro – São Ludgero

9h – Auditório do Samae (Avenida Monsenhor Frederico Tombrock, 115)

Dia 1º de outubro – Seara

9h – Auditório João Furlanetto (Avenida Beira-Rio, 05 – anexo à Secretaria de Educação)

Dia 2 de outubro – Joaçaba

9h – Sociedade Esportiva Perdigão (Rodovia do Ovo, Km 15)

Dia 3 de outubro – Pomerode

9h – Teatro Municipal (Rua Hermann Weege, 111)

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

Antonio Prado

(48) 9696-3045

 

Publicado em Geral
Escrito por

São Miguel do Oeste quer receber dois estaduais em 2015

Criciúma - O presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, recebeu nesta quinta-feira (25), na CCO da 14ª edição da Olesc, em Criciúma, a visita de dirigentes esportivos da cidade de São Miguel do Oeste. Em pauta, a solicitação para que o município do extremo-oeste catarinense receba competições do calendário da Fesporte do próximo ano.

Na conversa com o presidente da Fesporte, ficou encaminhado que São Miguel do Oeste sediará dois estaduais em 2015: os 11º Jogos Abertos Paradesportivos (Parajasc), em maio, e os Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) de 15 a 17 anos, provavelmente no mês de agosto. Vale lembrar que a homologação das sedes para o próximo ano vai ocorrer na reunião plenária do Conselho Estadual do Esporte, marcada para durante os 54º Jasc, em novembro, na cidade de Itajaí.

Stefan Jean Wathier, gerente de esportes de base e rendimento da Fundação Municipal de Desportos de São Miguel do Oeste, saiu satisfeito do encontro, pois a intenção era levar para o extremo-oeste o maior número possível de eventos. "Nossa cidade tem um histórico recente de bons eventos, temos convicção de que podemos fazer bons jogos. Além disso, eventos esportivos desse porte são uma excelente forma de divulgar as qualidades do município e da região, sem falar no aporte financeiro que geram", enumerou Stefan.

Também presente ao encontro, Roberto Carlos Marangoni, integrador esportivo da 1ª Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), em São Miguel do Oeste, lembrou ainda que a cidade tem uma estrutura esportiva praticamente pronta, fruto dos investimentos feitos nos últimos anos, inclusive em eventos recentes da Fesporte, como os prórios Parajasc, em 2011, e os Jesc 12-14 anos, no ano passado. "Tenho certeza que a cidade fará grandes eventos mais uma vez", ressaltou Marangoni.

O presidente da Fesporte destacou que iniciativas como a de São Miguel do Oeste comprovam que um número cada vez maior de municípios percebeu nos eventos esportivos uma parceria extremamente rentável em todos os aspectos. "É salutar que eventos de grande porte, como esses que São Miguel solicitou, possam ser espalhados pelo maior número de cidades possível, pois isso oportunizará uma maior estruturação esportiva em todas as regiões do Estado", disse Kowalski, que ainda confidenciou aos dirigentes que, mesmo ainda em setembro, o calendário de 2015 a ser enviado ao CED para homologação está praticamente fechado.

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte, CED e TJD vão se reunir com os municípios

Florianópolis – Ouvir as demandas dos municípios para, em conjunto, traçar os rumos do esporte catarinense para os próximos anos. Com esta proposta, a Fesporte, o Conselho Estadual do Esporte e o Tribunal de Justiça Desportiva vão promover, de 30 de setembro a 3 de outubro, uma série de reuniões com dirigentes esportivos municipais, atletas e demais autoridades para discutir o momento e os próximos passos do desporto catarinense.

Esses encontros são um objetivo do presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, desde que assumiu o comando da Fundação, em julho. E aproveitarão as datas dos congressos técnicos das etapas regionais dos 54º Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC) para ir a todas as regiões do Estado. O roteiro começa dia 30 por São Ludgero e nos três dias seguintes passará por Seara, Joaçaba e Pomerode (veja os locais abaixo). E não só os dirigentes e interessados das cidades-sede estão sendo convidados. A ideia é reunir o máximo de representantes de cada região aproveitando o fator da proximidade geográfica.

Também será possível, através de um questionário, fazer uma espécie de inventário da situação atual das estruturas esportivas municipais, o que vai facilitar um futuro trabalho de qualificação em todas as regiões.

“Tenho dito que os municípios são os principais clientes dessa engrenagem do esporte de Santa Catarina que envolve a Fesporte, o CED e o TJD. Dessa forma penso que é nossa obrigação ir até eles e ouvir as sugestões, as críticas e as demandas de cada um para que, com a participação efetiva de todas as partes, possamos ter um caminho sólido para o esporte catarinense seguir crescendo”, destacou o presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski.

Alexandre Monguillot, presidente do Conselho Estadual do Esporte, avalia a iniciativa como uma aproximação necessária com quem faz o esporte na ponta, no caso os municípios. “É importante que possamos ouvir as demandas, pois a intenção sempre é acertar, mas muitas vezes achamos que o caminho é um, mas nos municípios a necessidade é um pouco diferente. Ao alinhar essas expectativas, quem ganha é o esporte catarinense”, explicou o presidente do CED.

Presidente do Tribunal de Justiça Desportiva, Aldo Abrahão Massih Junior destaca a oportunidade técnica dessa ida até as esferas municipais, onde nem sempre é possível fazer a capacitação necessária para os julgamentos. “Há uma estrutura muito grande de tribunais desportivos em eventos microrregionais, por exemplo, e nem sempre eles podem vir até o TJD, ou vice-versa, para esse alinhamento que se faz necessário. Então a oportunidade que se abre com esses encontros é fantástica”, disse Aldo.

Confira as datas das reuniões:

Dia 30 de setembro – São Ludgero

9h – Auditório do Samae (Avenida Monsenhor Frederico Tombrock, 115)

Dia 1º de outubro – Seara

9h – Auditório João Furlanetto (Avenida Beira-Rio, 05 – anexo à Secretaria de Educação)

Dia 2 de outubro – Joaçaba

9h – Sociedade Esportiva Perdigão (Rodovia do Ovo, Km 15)

Dia 3 de outubro – Pomerode

9h – Teatro Municipal (Rua Hermann Weege, 111)

Mais informações:

Rodrigo Braga

Ass. Comunicação Fesporte

48 8802-7742

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte parabeniza pelo Dia Estadual do Paradesporto

Florianópolis - A Fesporte, através do presidente Marcelo Kowalski e sua equipe, parabeniza a todos os paratletas catarinenses e demais envolvidos pela passagem do Dia Estadual do Paradesporto, comemorado nesta segunda-feira, dia 22 de setembro.

"O paradesporto está enraizado em Santa Catarina através de competições como o Parajasc e o Parajesc e esta base já revelou inúmeros paratletas de destaque nacional e internacional. Mais importante do que isso, porém, vem proporcionando maior inclusão a estas pessoas pelo caminho do esporte", lembrou o presidente Marcelo Kowalski.

O Dia Estadual do Paradesporto foi criado através da Lei Nº 16.322, sancionada em 20 de janeiro desse ano pelo governador Raimundo Colombo.

Publicado em Geral
Escrito por

Nota de falecimento

Florianópolis - A Fesporte, em nome do presidente Marcelo Kowalski e de toda a equipe, lamenta o falecimento da Sra. Rosane Borsatti, esposa de nosso fundador e ex-presidente Adalir Pecos Borsatti, ocorrido na noite desta quinta-feira (4), em Florianópolis. Dona Rosane lutava há três anos para tratar um câncer no ovário.

Informamos ainda que o velório está sendo realizado no Cemitério do Itacurubi, na Capital, ate as 13 horas desta sexta-feira. Logo após haverá cerimônia no Crematório de Balneário Camboriú.

À família, nosso sincero desejo de conforto nesta hora difícil.

Marcelo Kowalski e Equipe Fesporte

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte parabeniza todos os profissionais da Ed. Física

Florianópolis - Hoje, 1º de Setembro, a Fesporte, na pessoa do presidente Marcelo Kowalski, parabeniza todos os profissionais da Educação Física pela passagem do seu dia. Sem a parceria essencial de vocês, nosso trabalho em mais de 250 eventos anuais pelo esporte catarinense, seria muito mais difícil. Parabéns!

Publicado em Geral
Escrito por

Presidente da Fesporte prestigia lançamento dos Joescri

Criciúma - O presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, prestigiou na última quinta-feira (28) a apresentação do projeto dos I Jogos Escolares de Criciúma (Joescri). O evento é uma promoção da prefeitura local, através da Fundação Municipal de Esportes e da Secretaria de Educação.

A competição ocorrerá de 10 a 18 de outubro e contará com a participação de 1,8 mil alunos inscritos, representando 34 escolas das redes municipal, estadual e particular. Os campeões nas doze modalidades incluídas aos Joescri, conforme explica o diretor de Projetos Comunitários da FME, Jorge Davi, assegura participação na fase microrregional dos Jogos Escolares de Santa Catarina (JESC). Em relação à fase municipal dos JESC, que ocorre todo ano, o número recorde de inscritos é a principal novidade. “Faremos do Joescri um evento com o tamanho e a grandeza que Criciúma e os criciumenses merecem. Buscaremos cada vez mais trazer as escolas e envolver os pais”, prevê Davi.

O presidente da Fesporte lembrou como é interessante envolver as crianças nas atividades esportivas. “Na escola as crianças têm os primeiros contatos com o esporte e Criciúma sai, com este gesto, vai se consolidar como referência na formação de talentos para o cenário catarinense e nacional”, exaltou Kowalski.

O viés do esporte como fator de inclusão social e cidadania recebeu destaque no pronunciamento do prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo. “Cada criança que tiramos da rua, damos a oportunidade para se tornar um cidadão do bem, no futuro serão médicos, professores, trabalhadores que terão em sua formação a “bagagem” de participar destes eventos esportivos, que lhes fornecem valores importantes como companheirismo, espírito de equipe, respeito, disciplina e outros predicados fundamentais para homens e mulheres de destaque na sociedade”, enalteceu.

Modalidades dos Joescri:

Atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez

Publicado em Geral
Escrito por

Jovem campeão mundial de jiu-jitsu visita a Fesporte

Florianópolis - Campeão Mundial de Jiu-Jitsu aos 16 anos. Este é Yuri Silveira, que nesta quarta-feira (20) veio à sede da Fesporte agradecer o apoio dado pela entidade para que ele pudesse disputar o Campeonato mundial Juvenil, no último final de semana, em São Paulo. E, claro, trouxe junto a medalha de ouro que ele trouxe de lá.

Yuri pratica o Jiu-Jitsu há 5 anos, e desde então coleciona medalhas. A trajetória até a conquista do ouro no Mundial Juvenil, categoria peso galo, não foi fácil para o garoto faixa azul. A mãe, Helijane da Silveira, relata as dificuldades conhecidas por boa parte dos pais de atletas para levarem os filhos até o alto do pódio. Ela conseguiu junto à Fesporte o custeio das passagens aéreas. "Foi fundamental esse apoio, sem ele o Yuri hoje não seria campeão mundial na categoria dele", disse a mãe.

Yuri e a mãe foram recebidos no gabinete da Fesporte pelo presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, e ao chefe de gabinete, Adriano da Rosa Santos. A eles, contou que o próximo desafio é a disputa do Campeonato Sul-Americano, em novembro, novamente em São Paulo.

Publicado em Geral
Escrito por

Organizadores da Copa Kids agradecem apoio da Fesporte

Florianópolis - O presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski, recebeu nesta quarta-feira (20) a visita dos organizadores da 3ª Copa Kids Série Ouro 2014, torneio de futsal que recebeu o apoio da Fesporte nesse ano e que reuniu 1.577 crianças de 7 aos 18 anos, formando 98 equipes dos municípios de Joinville, Porto Belo, Camboriú, Balneário Camboriú, Jaraguá do Sul, Barra do Sul, São Francisco do Sul, Itajaí e Schroeder.

Marcelo Kowalski recebeu do diretor da Eventos Produções Ltda, organizadora da Copa Kids, Ivonir Schliewert, o Troféu Amigo da Copa Kids, segundo ele um reconhecimento a pessoas ou entidades que de alguma forma contribuíram para o desenvolvimento do projeto. "Estas pessoas passam a ser padrinhos do nosso evento", disse Ivonir.

O presidente da Fesporte, que fez carreira vitoriosa no futsal catarinense, ressaltou que projetos como esse merecem apoio, pelo resultado final em prol do desenvolvimento do esporte entre as crianças catarinenses. "Esta também é uma função da Fesporte, apoiar quem de alguma forma ajuda a fomentar o esporte de base no nosso Estado", disse.

Em pouco mais de cinco meses de disputas, a 3ª Copa Kids teve mais de 650 jogos em diversas categorias, do Sub-7 ao Sub-18, e foram marcados 2.210 gols.

Publicado em Geral
Escrito por

Esportistas se mobilizam para doar sangue nesta quarta

Florianópolis - Chegou o dia de doar sangue. Atletas e dirigentes esportivos, por iniciativa da Associação das Federações Esportivas de Santa Catarina (AFESC), se encontram nesta quarta-feira (20), às 9h30, nos hemocentros espalhados pelo Estado, para participar da campanha “Esportista Solidário”.

A iniciativa tem por objetivo contribuir para o aumento do estoque dos bancos de sangue garantindo, assim, a tranquilidade dos hemocentros responsáveis pelo fornecimento e reposição de sangue aos pacientes necessitados.

“Quando o assunto é saúde, devemos nos preocupar coletivamente. O esportista traduz a imagem de uma pessoa ativa e saudável. Temos que aproveitar o potencial de nossos atletas não somente pelo seu talento, mas também pelo seu espírito solidário que lhe é peculiar”, apela o presidente da AFESC Frederico Leite.  

A adesão à campanha vai mobilizar representantes de inúmeras federações e entidades de promoção e prática esportiva, entre as quais os servidores da Fundação Catarinense de Esporte, a Fesporte. Judocas, surfistas, caratecas, ginastas e atletas de modalidades individuais e coletivas estão convocados a participar da ação.

Para o presidente da Fesporte Marcelo Kowalski a iniciativa da AFESC é bastante elogiável. “Doar sangue significa salvar vidas. O esporte é fator de integração social e quando há uma integração por meio do esporte ele fica mais significativo. O ato de dar sangue, de certa forma, também representa um ato de integração entre as pessoas, por isso doar sangue é tão importante”, enfatiza Kowalski.

 Faça sua escolha e entre pela porta da frente no “Clube dos Esportistas Solidários”. Reflita: Sua doação vai salvar vidas!  

 Abaixo a relação dos locais para a doação:

 HEMOSC Fpolis:

Av. Othon Gama D'Eça, 756

Praça Dom Pedro I

Centro - Fpolis - 88015-240

Fones: 048 32519713 // 32519712

Contato: Assistentes sociais Rosane ou Roseli do Setor de Captação

HEMOSC Lages:

Rua Felipe Schmidt, 33

Centro - Lages - 88501-310

Fone: 049 32223922

Contato: Assistente social Carmen do Setor de Captação

HEMOSC Joaçaba:

Av. XV de Novembro, 49

Centro - Joaçaba - 89600-000

Fone: 49 35222811

Contato: Comunicadora social Mônica do Setor de Captação

HEMOSC Chapecó:

Rua São Leopoldo, 391 D

Bairro Esplanada - Chapecó - 89812-265

Fone: 49 3329 0550

Contato: Assistente social Eliana do Setor de Captação

HEMOSC Criciúma:

Av. Centenário, 1700

Santa Bárbara - Criciúma - 88804-001

Fone: 048 34336611

Contato: Assistente social Simone do Setor de Captação

HEMOSC Joinville:

Av. Getulio Vargas, 198

Anexo ao Hospital Municipal de São José - Joinville - 89202-200

Fone: 047 34331378

Contato: Assistente social Marlene do Setor de Captação

HEMOSC Blumenau:

Rua Theodoro Holtrup, s/n

Vila Nova - Blumenau - 89035-300

Fone: 047 32229800

Contato: Pedagogas Thayse ou Crislaine do Setor de Captação

Unidade de Coleta de Tubarão:

Rua Rui Barbosa, 339 

Anexo a Gerência de Saúde

Tubarão

Fone: 048 34336611 

Contato: enfermeira Luzia do Setor de Coleta

Unidade Coleta Jaraguá do Sul:

Rua Dr. Waldemiro Mazurechen, 80 - Anexo ao Hospital São José

Jaraguá do Sul - 89251-830

Fone: 047 30550454

Contato: enfermeira Claudete do Setor de Coleta

Unidade de Coleta de Canoinhas:

Rua João da Cruz Krailing, 1050

Centro - Canoinhas - 89460-000

Fone: 047 36226900

Contato: enfermeira Barbara do Setor de Coleta

Júlio Castro

Assessoria de Comunicação - Federações Esportivas de Santa Catarina

 

 

 

Pagina 36 de 43