Prado

Chegou ao final a 11ª edição dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) para estudantes de 15 a 17 anos, e o grito de “é campeão!” ecoou pelas praças esportivas de São Miguel do Oeste. Foram oito finais nas modalidades coletivas, considerando os gêneros masculino e feminino de cada modalidade: basquete, futsal, handebol e vôlei. As competições coletivas foram realizadas desde terça-feira (18). Antes disso, nos dias 15 e 16, ocorreram as modalidades individuai: atletismo, badminton, ciclismo, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez.

Algumas modalidades individuais, por questões de infraestrutura, serão disputadas em datas específicas e locais diferentes. A ginástica rítmica, por exemplo, ocorrerá dia 7 de julho dentro da programação do campeonato estadual de ginástica em Brusque. 

Nos dias 5 a 7 de julho, a natação será realizada paralela aos Joguinhos Abertos de Santa Catarina no Complexo Aquático da Unisul, em Palhoça. Já o torneio do judô está previsto para ocorrer entre os dias 19 a 21 de setembro na etapa estadual da Olesc em Videira.A luta olímpica dos Jesc 15 a 17 anos será realizada dia 28 de setembro em Blumenau. 

A etapa estadual dos Jesc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, com realização da Fesporte, em parceria com o Município de São Miguel do Oeste.

Os campeões de todas as modalidades dos Jesc disputarão a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), que acontece em novembro, pela primeira vez em Santa Catarina, em Blumenau.

Confira os resultados das finais por modalidade. Clique aqui para acessar os boletins com todos os resultados.

Basquete masculino: IEE classificado

Colégio Evangélico Jaraguá (Jaraguá do Sul) 40 X 55 IEE (Florianopolis)

Basquete feminino: EEB Valdete Piazzera classificada

Colégio Satc (Criciúma) 33 X 34 EEB Valdete Piazzera (Jaraguá do Sul) 

Futsal masculino: EEB João Martins Veras classificada

EEB João Martins Veras (Joinville) 5 X 0 Col. Evangélico Jaraguá (Jaraguá do Sul)

Futsal feminino: EEB Lourdes Lago classificada

EEB Rudolfo Meyer (Joinville) X EEB Lourdes Lago (Chapecó)

Handebol masculino: EEB Laércio C. de Andrada classificada

Colégio Salesiano (Itajaí) 7 X 20 EEB Laércio C. de Andrada (São José)

Handebol feminino: EEB João Goulart classificada

EEB Vidal Ramos JR. (Concórdia) 17 X 19 EEB João Goulart (Balneário Camboriú)

Vôlei masculino: EEB João Goulart classificada

EEB João Goulart (Baln. Camboriú) 2 X 0 EEB Anísio V. de Freitas (S. Amaro da Imperatriz)

(parciais: duplo 25/23) 

Vôlei feminino: Colégio Evangélico Jaraguá classificado

EEB Sara C. Kleinkauf (Guaraciaba) 1 X 2 Colégio Evangélico Jaraguá (Jaraguá do Sul)

(parciais: 25/23; 10/25; 13/15)

 

 

Texto: Antônio Prado e Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

 

“Vai, vai! Marca, marca! Aeee!” As palavras saem em forma de grito. E na quadra o incentivo se transforma em pontos. E os pontos em vitória. O autor dos gritos, das palavras ou incentivo, como queiram, é o técnico Deivid Bazzi, da Escola Estadual Neuza Massolini, de Xaxim, que de fora da quadra comandou seu time na vitória de 51 a 48 sobre o Sesi, de Joinville, na manhã desta sexta-feira, 21, pelas quartas de final do basquete masculino dos Jogos Escolares de Santa Catarina 15 a 17 anos, em São Miguel do Oeste.

A vitória, a terceira na competição, valeu vaga para a semifinal, que ocorre no final da tarde desta sexta-feira. Os Jesc são uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de São Miguel do Oeste.

Não. Não foi uma vitória fácil. Joinville vendeu caro a derrota. A princípio a vitória de Xaxim parecia fácil, já que nos dois primeiros períodos, sempre esteve à frente com folga no placar. Mas depois, os joinvilenses se encheram de brio e foram para o tudo ou nada. Deu o nada para Joinville, e com requinte de crueldade personificada em duas prorrogações de cinco minutos, após empate no tempo normal. Na primeira prorrogação 34 a 34 e na segunda 39 a 39.

Técnico Deivid Bazz, de Xaxim, comanda o time fora da quadra (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Quando o equilíbrio entre as duas escolas surgiu em quadra entrou em cena o armador de Xaxim Willian Binda, que em dois tiros de três pontos chamou a responsabilidade pra si. Nos segundos finais, quando o placar apontava 48 a 48, as três bolas de lance livre convertidas pelo ala Leonardo Graciolli, deu fim o martírio do técnico Deivid e do time todo de Xaxim. Ufa!

A vitória de Xaxim teve um significado especial, já que venceu um gigante no esporte, que é Joinville. Outro ponto a destacar foi a posição do treinador Deivid durante o jogo, já que, por ainda estar cursando o sétimo período de educação física na Unoesc ainda não tem registro no CREF, condição obrigatória para que o treinador possa instruir o time dentro da quadra.

Diante da condição restou a Deivid instruir seus meninos de fora da quadra através da rede de proteção. “Vai, vai! Marca, marca! Aeee!”. Os garotos de Xaxim foram. Marcaram e venceram. “Aeee! Explodiram em alegria. 

Texto: Antonio Prado

                                              Confira as reações do técnico Deivid durante o jogo

Esta sexta-feira, 21, promete fortes emoções nas quadras de São Miguel do Oeste. É que no final da tarde serão conhecidas as escolas semifinalistas da etapa estadual da 11ª edição dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) para estudantes de 15 a 17 anos das chamadas modalidades coletivas: futsal, basquete, voleibol e handebol no masculino e feminino. 

Pela manhã ocorrem as quartas de final, o chamado mata-mata, ou seja, quem vencer segue com o sonho de disputar a final, conquistar o título e garantir uma vaga na seleção de Santa Catarina que disputará a etapa nacional da competição, os Jogos Escolares da Juventude, que ocorrerão em novembro em Blumenau.

A segunda etapa dos Jesc começou domingo, dia 16, com a participação de mais de 1.500 estudantes. A primeira etapa, com as modalidades individuais, atletismo, badminton, ciclismo, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez, foram disputadas entre os dias 15 e 16.

Algumas modalidades individuais, por questões de infraestrutura, serão disputadas em datas específicas e locais diferentes. A ginástica rítmica, por exemplo, ocorrerá dia 7 de julho dentro da programação do campeonato estadual de ginástica em Brusque.

Entre os dias 5 a 7 de julho a natação será realizada paralela aos Joguinhos Abertos de Santa Catarina no Complexo Aquático da Unisul, em Palhoça.

Já o torneio do judô está previsto para ocorrer entre os dias 19 a 21 de setembro na etapa estadual da Olesc em Videira.

A luta olímpica dos Jesc 15 a 17 anos será realizada dia 28 de setembro em Blumenau.

Texto: Antonio Prado

 

Uma história de nove anos de participação nos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc)  marcam a trajetória do basquete feminino do Colégio La Salle Peperi, de São Miguel do Oeste, que disputa mais uma edição da competição, agora em casa. A equipe que é tetracampeã estadual dos Jesc 15 a 17 anos e joga em busca do ouro nesta 11ª edição da competição.

Em 2015 o Colégio La Salle Peperi conquistou o título de campeão brasileiro na etapa nacional, em Fortaleza. No ano de 2018, as meninas foram vice-campeãs na disputa em Brasília/DF.

O técnico Anderson Dalla Costa (Dinho), que treina a modalidade desde seu início, em 2010, afirma que a equipe deste ano está preparada para ficar entre as três melhores dos jogos, e que vai brigar pelo título de campeã.

Em seu primeiro jogo, nesta edição da competição em São Miguel do Oeste, contra a EEB Pedro Maciel, de Chapecó, o time do La Salle Peperi venceu com a diferença de 17 pontos. Nesta quarta, jogou com a EEB Neusa Massolini, de Xaxim e venceu por 93 a 3.

Texto: Carla Karla Miotto Utzig

 

Luísa Matsuo (Florianópolis) e Jéssica Maier (Timbó), na ginástica e Sérgio Galdino (Armazém), no atletismo participaram de olimpíadas; Anny de Bassi (Balneário Camboriú), campeã sul-americana, além de André Santos (Florianópolis), no futebol. Todos eles viajaram pelo mundo representando o Brasil com a seleção brasileira de suas respectivas modalidades, mas começaram a carreira nos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc). Em vídeo enviado aos atletas que disputam os Jesc 15 a 17 anos, em São Miguel do Oeste, eles falam da importância da competição em suas vidas.

 

A TV Fesporte entrevistou o ex-atleta da marcha atlética Sérgio Galdino, que nasceu em Armazém, SC, e está participando na organização dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) 15 a 17 anos em São Miguel do Oeste. Atualmente ele é integrante da Fesporte e conta como os Jesc foram importantes para ele chegar à três olimpíadas: Barcelona 1992, Atlanta 1996 e Atenas. #Jesc2019 #Fesporte

                                 Clique no vídeo para ver a entrevista

Pagina 1 de 200