Publicado em Jasc
Escrito por

Fesporte tem máquina usada na 1ª edição dos Jasc em 1960

Desde 2018 a Fesporte tem em seu acervo um item histórico do esporte estadual: uma máquina datilográfica usada na primeira edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) realizada entre os dias 7 a 8 de agosto de 1960.

A relíquia, uma Remington 11, pertencia a Dulce Vargas, de Tijucas. Por meio de seu irmão, do atletismo de Blumenau, Laércio Vargas, ela emprestou a máquina para a Liga Atlética Blumenauense para datilografar as carteirinhas dos atletas e também auxiliar nos trabalhos da Comissão Central Organizadora (CCO) dos Jasc de 1960. 

Em 2018 a máquina foi doada por Hercílio Vargas, filho de Laércio Vargas (falecido em 1979), ao jornalista Antonio Prado, da Assessoria de Comunicação da Fesporte. Este, por sua vez, doou a máquina para a Fesporte, que deverá estar no acervo do futuro museu do esporte.

No vídeo abaixo Hercílio Vargas mostra a máquina datilográfica pela primeira vez ao jornalista Antonio Prado no dia 25 de novembro de 2014 durante a realização 54ª edição dos Jasc em Itajaí. (Acervo do vídeo: Site Memória Esportiva de SC)

Texto: Antonio Prado

Ascom Fesporte

  

Publicado em Jasc
Escrito por

Pelé 80 anos: Rei do Futebol participou dos Jasc 1996

Nesta sexta-feira, dia 23 de outubro, é o aniversário de Edson Arantes do Nascimento,  o Pelé: 80 anos. E nesta data a Fesporte faz uma homenagem ao Rei do Futebol lembrando do dia em que ele participou da abertura da 36ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em São Bento do Sul, evento da Fesporte. 

Era  o dia 31 de outubro, uma quinta-feira, e um público de cinco mil pessoas no pavilhão da Promosul aplaudiu de pé o Atleta do Século, que na ocasião era ministro extraordinário do esporte no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso.

O ex-jogador se emocionou com o carinho dos catarinenses e disse que o fato lembrou à época em que era atleta. Por fim, ficou admirado pela grandeza dos Jasc e destacou: “Santa Catarina é um exemplo para o país no esporte amador”.

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Conheça todas as logomarcas dos Jasc desde a 1ª edição

 

Nesta terça-feira, 13, a Fesporte brinda aos amantes do esporte com fotos e vídeos de todos os cartazes das edições dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) ao longo dos anos desde a primeira edição, em 1960, em Brusque, até 2019 realizados em Timbó, Pomerode e Indaial. São mais de 50 anos de história do evento esportivo mais importante de Santa Catarina.

A título de curiosidade a primeira edição dos Jasc foi realizada de 7 a 12 de agosto em Brusque. O maior jornal catarinense da época, O Estado, publicou apenas duas pequenas notas sobre o evento. A primeira saiu 'escondida' na coluna de remo, vela e natação, assinada por Rui Lobo. O segundo registro foi só após o final da competição com o resultado final dos Jasc. 

Clique aqui e veja os cartazes dos Jasc

Abaixo vídeo com os cartazes até 2018

 

 

Abaixo a logomarca 2019 dos Jasc

Publicado em Jasc
Escrito por

Nota Oficial sobre Jogos Abertos

A Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), em reunião com membros do Conselho Estadual de Esporte (CED) e do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de Santa Catarina (TJD/SC),

Considerando o respeito aos municípios catarinenses em relação a tempo, organização e recursos, e de forma que nenhum deles se sinta lesado;

Considerando todo o trabalho realizado pela Fesporte para viabilizar a realização de eventos esportivos em Santa Catarina, elaborando, no decorrer de sete meses de pandemia de covid-19 até aqui, seis calendários de eventos, além das adaptações de regulamentos e diversas reuniões com órgãos sanitários, esportivos e representantes de Municípios;

Considerando o momento ainda instável nas ações de contenção do novo coronavírus, quando já atingimos o mês de outubro, e a inviabilidade técnica;

Resolve cancelar a edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina no ano de 2020 e encaminhar para a Casa Civil de Santa Catarina proposta de projeto de lei para aplicação do orçamento que seria destinado ao evento como auxílio emergencial a atletas catarinenses, tendo como base de critério para tal o PL nº 2.824/2020.

A Fesporte ainda esclarece:

Que todos os procedimentos necessários para tentar viabilizar as competições foram tomados até o último instante, de forma que pudesse assegurar ao máximo a manutenção de auxílios por meio de bolsas e os empregos na área esportiva.

Que jamais houve tantos motivos para cancelamento de uma edição dos Jasc, uma vez que a pandemia é uma situação agravada não apenas num município ou numa região do estado, mas em todo o território estadual, assim como no país e no mundo inteiro;

Que, apesar de não haverem sido realizadas competições, o ano de 2020 foi bastante produtivo em termos de gestão esportiva, a exemplo das seguintes ações:

Um sistema de gestão esportiva em desenvolvimento dividido em três partes: i) cadastro; ii) gestão de eventos (súmulas, boletins, regulamentos); iii) gestão interna (otimização de ferramentas, como site oficial e programas administrativos);

O programa de inventariação de instalações esportivas e georreferenciamento, que permitirá ações mais eficazes de políticas públicas do estado e orientar entidades esportivas acerca das praças existentes, condições e localizações;

Realização de repasse de recursos visando a melhorias de estrutura em instalações esportivas, aquisição de veículos e de equipamentos para prática de esportes e atividades físicas, entre outros, e entrega materiais esportivos, por meio do Fundo Social;

Apoio e parceria na realização de cursos on-line na área do esporte, visando à formação e qualificação de profissionais da área do esporte.

A Fesporte chegou a lançar um manual para retomada das competições, todavia entende que o momento ainda carece de cautela, minimizando os riscos não apenas para os esportistas, mas para toda a sociedade catarinense. A instituição mantém-se ainda na luta pelas questões do esporte e na defesa dos interesses do esporte catarinense, a exemplo do auxílio emergencial que certamente contribuirá sobremaneira para a manutenção dos atletas e técnicos.

Florianópolis, 30 de setembro de 2020

 

 

 

Rui Godinho da Mota

Presidente da Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Fesporte e municípios definem sedes dos Jogos Abertos de SC

No final da tarde desta segunda-feira, 28, integrantes da Fesporte se reuniram em Florianópolis com dirigentes de Rio do Sul e Balneário Camboriú, municípios-sede da etapa estadual da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Por conta da covid-19, o evento este ano será realizado em três blocos e obedecendo todos os protocolos de segurança, entre os quais testes rápidos, ações estabelecidas pela Portaria nº 703 da Secretaria Estadual de Saúde, que define critérios para a retomada dos eventos e competições esportivas organizados pela iniciativa privada e pela Fesporte.

Na reunião ficou decido que o bloco 1 da etapa estadual será realizado entre os dias 20 e 22 de novembro, em Rio do Sul, com o futebol, futsal, vôlei, bolão 23, ciclismo, tiro, bocha, tênis e Punhobol.

Já o bloco 2 está previsto a ser realizado entre os dias 25 e 28 de novembro, em Timbó, com o atletismo, basquete, bolão 16 e xadrez. Segundo Luciano Heck, gerente de esporte de rendimento da Fesporte, ainda estão sendo realizados ajustes com dirigentes timboenses para o fechamento da programação oficial do segundo bloco.

Entretanto, o Bloco 3 terá como sede Balneário Camboriú, que terá entre os dias 3 a 6 de dezembro as competições de triatlon, vôlei de praia, jiu-jítsuo, judô, caratê, taekwondo, handebol e tênis de mesa. 

Participaram da reunião pela Fesporte, Marcelo Brigadeiro, diretor de Esporte, e Luciano Heck, gerente de rendimento; e por Rio do Sul, Serginho Schlemper, superintende da Fundação Municipal de Desporto, além de Mário Tetto, superintendente Fundação de Esporte de Balneário Camboriú.  

Os dirigentes municipais saíram da reunião bastante satisfeitos. Eis a impressões.

“Vai ser uma grande honra para nós receber um bloco de competições. Balneário Camboriú se sente preparado e bastante feliz em fazer este trabalho em parceria com Rio do Sul, Timbó e Fesporte”.

Mário Tetto – Superintendente Fundação de Esporte de Balneário Camboriú 

“Depois de vinte e cinco anos Rio do Sul vai voltar a sediar um evento tão importante como os Jogos Abertos de Santa Catarina e ainda mais significativo por ser a 60ª edição. Então ficamos muitos felizes e temos a certeza que faremos um grande evento, pois já temos experiência em organizar grandes eventos com a Fesporte como a Olesc, em 2017, Jasti, em 2018, e Joguinhos em 2019”.

Serginho Schlemper - Superintende da Fundação Municipal de Desporto de Rio do Sul

 “A reunião foi muito produtiva, pois definimos as modalidades a serem realizadas em cada município e os detalhes técnicos de cada competição. Temos certeza que teremos uma grande edição dos Jasc, e a comunidade esportiva ficará bastante satisfeita”.

Marcelo Brigadeiro – Diretor de Esporte da Fesporte

Confira o vídeo com os dirigentes avaliando a reunião

 

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Prorrogado para dia 21 o prazo para inclusão de atletas à micro dos Jasc

Atendendo a um pedido dos dirigentes municipais, a Fesporte prorrogou para até o dia 21, na próxima segunda-feira, o fim do prazo de desistência de participação (municio ou modalidade) e inclusão de atleta para as etapas microrregionais da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa  Catarina (Jasc) que ocorrem entre os dias 25 de setembro e 11 de outubro em diversos municípios catarinenses.

Antes, o fim do prazo era dia 17. A decisão de uma nova data foi determinada na tarde desta terça-feira, 15, durante uma reunião entre o presidente da Fesporte, Rui Godinho, e a área técnica da instituição em Florianópolis. 

Os formulários serão encaminhados para a Fesporte por meio de um link que serão disponibilizados pelos coordenadores esportivos aos representantes municipais. Nas microrregionais serão disputadas as modalidades coletivas como futsal, handebol, basquete, voleibol, além de bocha e bolão. Campeão e vice de cada modalidade se classificam para a etapa regional dos Jasc a serem realizadas entre os dias 29 de outubro a 8 de novembro.

Texto: Antonio Prado

Publicado em Jasc
Escrito por

Prazo para inclusão de atletas à micro dos Jasc é até dia 17

Os dirigentes esportivos devem ficar atentos ao calendário da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Na próxima quinta-feira dia 17, é o fim do prazo de desistência de participação (municio ou modalidade) e inclusão de atleta para as etapas microrregionais dos Jasc que ocorrem entre os dias 25 de setembro e 11 de outubro em diversos municípios catarinenses.

Os formulários serão encaminhados para a Fesporte por meio de um link que serão disponibilizados pelos coordenadores esportivos aos representantes municipais. Nas microrregionais são disputadas as modalidades coletivas como futsal, handebol, basquete, voleibol, além de bocha e bolão. Campeão e vice de cada modalidade se classificam para a etapa regional dos Jasc a serem realizadas entre os dias 29 de outubro a 8 de novembro.

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Fesporte divulga calendário dos Jasc 2020

A Fesporte divulgou, nesta quinta-feira (3), o calendário de eventos 2020. Em função das medidas de restrição no combate ao avanço do coronavírus, as competições referentes aos eventos esportivos da Fesporte mantiveram-se suspensas. Na última terça-feira (2), porém, o presidente Rui Godinho anunciou a realização da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) ainda em 2020, as sedes (Brusque, Timbó e Rio do Sul) e as medidas sanitárias.

Segundo a diretoria de esporte da Fesporte, os Jasc serão realizados em dois blocos neste ano: o primeiro em meados de novembro (19 a 24) e o segundo no início de dezembro (30/11 a 5/12). A equipe técnica da Fesporte está preparando o cronograma que definirá as competições de cada bloco.

As propostas de sedes regionais também estão sendo analisadas, sobretudo no que se refere às questões de infraestrutura e segurança no combate à covid-19. Equipes farão vistorias nos espaços físicos observando além dos aspectos da competição, também as questões sanitárias.

O mês de setembro se reserva aos prazos de inscrição (até dia 11) e de desistência e inclusão de atleta (17), bem como ao início dos eventos da etapa microrregional (25). Em outubro, encerra-se o período de realização da etapa microrregional (11), prazo de desistência e inclusão de atleta para a etapa regional, congressos técnicos da etapa regional (21 e 22) e realização das competições nas regiões Oeste e Centro-Oeste (29/10 a 1/11).

Novembro traz o período de realização dos jogos nas regiões Leste-Norte e Sul (5 a 8), o fim do prazo para desistência ou inclusão de atleta para a etapa estadual (11), o congresso técnico (16), o primeiro bloco dos Jasc (19 a 24) e o início do segundo bloco (30), que se encerra em 5 de dezembro.


Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Jasc serão realizados em novembro em sedes múltiplas

A etapa estadual dos Jogos Abertos será realizada de 17 a 23 de novembro em sedes múltiplas, tendo Brusque, cidade-berço do evento ,como principal sede desta sexagésima edição. Balneário Camboriú e Rio do Sul também sediarão competições. Florianópolis, Blumenau e Timbó, cada cidade receberá uma modalidade.

A Fesporte definiu data e sedes para a realização dos 60os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), em 2020. A edição terá as competições descentralizadas, tendo como sedes os municípios de Brusque, Balneário Camboriú e Rio do Sul. Modalidades também serão disputadas em Florianópolis, Blumenau e Timbó. O evento acontecerá em novembro, do dia 17 ao 23. A confirmação foi feita pelo presidente da Fesporte, Rui Godinho da Mota, na tarde de terça-feira (1º), em uma videoconferência com representantes de federações esportivas.

Com a descentralização, Brusque, cidade-berço dos Jogos Abertos, sediará o maior número de modalidades. Serão dez: natação, futsal, voleibol, basquete, tênis de mesa, bolão 16, bolão 23, ciclismo, xadrez e bocha. A cidade deverá contar ainda com a instalação da Comissão Central Organizadora (CCO). Balneário Camboriú será sede de oito modalidades: triatlo, vôlei de praia, jiu jítsu, caratê, judô, taekwondo, handebol e ginástica rítmica. Rio do Sul ficará com quatro: tiro, tênis, futebol e punhobol. Em Florianópolis, acontecerá o remo; em Blumenau, a ginástica artística e, em Timbó, o atletismo.

Para comportar as competições em apenas sete dias, o evento contará não somente com a descentralização da sede, mas também, como já havia anunciado Godinho desde o início da pandemia, com a redução do número de atletas, de forma que as fases de disputa de cada modalidade sejam mais curtas.

Outro procedimento necessário para essa edição será a ausência de público, em respeito às determinação de contenção do avanço do coronavírus. Além disso, a Fesporte elaborou um protocolo sanitário junto às federações esportivas, com base nas determinações dos órgãos de saúde.  Os atletas serão submetidos ao teste tipo RT-PCR, que deverá ser realizado pelos respectivos municípios a que representam. Os testes deverão ser feitos ainda no município de origem, e os resultados emitidos com 72 horas de antecedência do embarque para os Jasc.

“O grande problema é a viagem do vírus de uma comunidade à outra. Então a ideia é garantir que o atleta já saia de seu município saudável, sem risco de acabar contaminando outros locais”, destacou Godinho, que salientou ainda que, em casos positivos, não há alternativa senão o WO (derrota por ausência), nos esportes individuais. Já nos coletivos, haverá afastamento de jogadores que testarem positivo.

A Fesporte também definiu o calendário de ações e eventos referentes aos Jasc. O cadastramento dos municípios que disputarão os Jasc deverá ser feito no período de 11 a 17 de setembro.  No mês de outubro, acontecerão as competições da etapa regional, além da estadual, que ocorrerá em novembro. O Calendário detalhado será publicado pela Fesporte.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Jasc 2021 será em Jaraguá do Sul

O presidente da Fesporte, Rui Godinho, esteve nesta semana, em Jaraguá do Sul, conversando com dirigentes municipais locais e confirmou a realização da etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) 2021 para o município do norte catarinense. A decisão foi em caráter excepcional, já que por conta da pandemia da Covid-19, a edição dos Jasc 2020, programada para o final do ano, em Jaraguá, foi prejudicada. 

Assim, diante das incertezas devido a pandemia elaborou-se uma edição de Jasc 2020 mais alternativa, com menos modalidades, sem público, com ajustes de horários, jogos com transmissão ao vivo e com todos os protocolos de segurança contra a Covid-19. “Nosso objetivo é trazer as pessoas para mais perto do esporte e manter essa chama acesa”, destaca Rui.

Entretanto, a realização da etapa estadual dos Jasc 2020 ainda dependerá da autorização do Governo Estadual e do aval das autoridades sanitárias. E foi justamente diante desta excepcionalidade que os dirigentes jaraguenses solicitaram à Fesporte, por meio de oficio, o pedido para que o município sediasse o evento em 2021.

Na reunião em Jaraguá do Sul Rui Godinho informou que para a edição do ano que vem o governo estadual, por meio da Fesporte, construirá um estande de tiro olímpico, no valor de R$ 800 mil por meio de repasse via emenda parlamentar.

 

 

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Felipe Wu, medalhista olímpico do tiro, elogia os Jasc

O medalhista olímpico de tiro, Felipe Wu, participa dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) desde 2009. Nesta rápida entrevista realizada nos Jasc 2018, em Caçador, ele fala de sua participação no evento. Felipe Wu estreou como atleta de Joinville sendo apenas o 18º na pistola a ar 10 metros. 

O primeiro titulo veio em 2011, também por Joinville, repetindo a dose em 2012. Depois foi campeão em 2013, 2014, 2015 e 2017. Em 2018, nos Jasc de Caçador, foi medalha de prata na prova de armas curtas, pois vindo de um mundial na Coreia, não teve tempo de disputar sua especialidade: a pistola a ar 10 metros.

Ele entrou para a história ao conquistar a medalha de prata nas olimpíadas Rio 2016. O Brasil não subia ao pódio na modalidade desde a olimpíada da Antuérpia, em 1920.

Confira abaixo o vídeo

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Jiu-jítsu pode ter seletiva para os Jasc em setembro

A Federação Catarinense de Jiu-Jitsu (FCJJ) está organizando a seletiva da modalidade para os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Apesar da pandemia da covid-19, os organizadores contam com a possibilidade de realização da seletiva nos dias 26 e 27 de setembro, no Centro Multiuso de São José.

A modalidade, que cumpre seu último ano em caráter provisório nos Jasc, teve, assim como outras modalidades, adaptações nas regras de classificação para o evento, uma vez que o número de competidores, por categoria, foi reduzido para 16, conforme determinação da Fesporte, em decorrência do novo coronavírus. As disputas envolverão atletas das faixas azul à preta.

Segundo o presidente da FCJJ, Paulo Henrique Duarte, todas as medidas de prevenção da doença e de segurança dos atletas, técnicos, árbitros e demais envolvidos serão tomadas. Para cadastrarem-se na competição, os municípios deverão realizar testes rápidos, que deverão se repetir na semana do evento. Para Duarte, o Centro Multiuso é um dos mais adequados para a competição, por se arejado e bastante amplo, o que permitirá manter o afastamento recomendado.

O espaço será restrito aos credenciados, e não haverá presença de público no local. Os confrontos serão transmitidos ao vivo via internet.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Pagina 1 de 63