Publicado em Jasc
Escrito por

Governo do Estado anuncia São José como sede dos Jasc

O Governo do Estado de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, anuncia que São José será a cidade sede da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Em entrevista coletiva, na manhã desta terça-feira, o presidente da Fesporte, Kelvin Soares, explicou os motivos da escolha e detalhou questões relacionadas aos protocolos sanitários que precisam ser cumpridos para realização dos jogos.

"Estamos construindo protocolos que garantem a retomada segura das atividades e acredito que estamos no caminho certo de buscar esse equilíbrio. O esporte é muito importante para a saúde física e mental e certamente a realização dos Jasc é um passo importante", afirma o governador Carlos Moisés.

Santa Catarina foi pioneira na questão do regramento para práticas esportivas, sendo referência no país, em relação as medidas sanitárias e de retomada das atividades em meio a pandemia do Coronavírus. O anúncio antecipado leva em consideração as questões operacionais necessárias para a realização dos jogos e que precisam ser encaminhadas ao longo do ano, sempre analisando vários cenários. 

O processo de retomada dos esportes em Santa Catarina tem o acompanhamento da Fesporte e da Secretaria da Saúde do estado, sempre alinhado com as melhores práticas definidas pelo Governo do Estado levando em consideração as análises de risco.

Ainda nesta semana, em reunião com a Secretaria da Saúde, Santur e o Governo do Estado, serão tomadas medidas relacionadas a realização de eventos teste tendo em vista a retomada das atividades, sempre obedecendo aos protocolos.

“Não temos a garantia que os jogos irão acontecer. Trabalhamos com vários cenários. A certeza é que, se realizado, deverá ser uma edição diferente. Provavelmente sem público e obedecendo a portaria 441, cuidadosamente preparada em conjunto com a Secretaria da Saúde”, destacou Kelvin.

O anúncio repercutiu positivamente no meio esportivo, um dos setores econômicos mais afetados pela pandemia. Federações e entidades esportivas aos poucos estão retomando suas atividades de forma regrada e obedecendo a portaria 441 de 27/04/2021. O bom andamento dos eventos regrados pelas portarias do Governo do Estado servirão como balizador para a evolução gradativa desta retomada. Afinal, estamos vivendo um momento completamente atípico, em relação aos outros anos.

O Governo do Estado convida a população a conhecer a portaria que regula a retomada dos esportes em Santa Catarina. Ela está publicada no site da Fesporte(fesporte.sc.gov.br).

Durante o mês de junho será veiculada uma campanha publicitária com a intenção de dar maior divulgação a esta portaria.

Publicado em Jasc
Escrito por

Etapa estadual dos Jasc 2021 será em São José

A Fesporte definiu na tarde desta segunda-feira, 31, de forma oficial, a sede da etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). A decisão saiu durante a reunião ordinária do Conselho Estadual de Esporte. O evento, em sua 60ª edição, está programado para 24 a 30 de novembro.

Nesta terça-feira, dia 1º , o presidente da Fesporte, Kelvin Soares, fará uma entrevista coletiva com a imprensa em que abordará todas as questões relacionadas a realização dos Jasc. O encontro será às 11h no auditório da instituição em Florianópolis (Rua José Ricardo Nunes, 79, bairro Capoeiras).

Serviço

O quê? Coletiva de imprensa sobre os Jasc 2021

Onde? Auditório da Fesporte, Florianópolis (Rua José Ricardo Nunes, 79, bairro Capoeiras).

Quando? 1/6/21

Hora: 11h00

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Timbó candidata-se oficialmente para sediar os Jasc 2021

O presidente da Fundação Municipal de Esporte de Timbó, Márcio Elisio, esteve na tarde desta terça-feira, 11, na sede da Fesporte, em Florianópolis. Em mãos um ofício com pedido formal ao presidente da instituição, Kelvin Soares, para que o município do Vale do Itajaí seja a sede da etapa estadual  da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa (Jasc), a serem realizados no período de 24 a 30 de novembro.

Agora o pedido será avaliado pela Fesporte com a posterior visita técnica aos locais de competição.

Timbó sediou a última edição dos Jasc, em 2019, juntamente com Indaial e Pomerode. Em 2020 não houve a competição por conta da pandemia da Covid 19, fator alegado por Jaraguá do Sul para desistir do evento em 2021.

Segundo Márcio Elisio a realização dos Jasc, em Timbó, este ano, foi um pedido do prefeito Jorge Kruger. “Temos toda uma infraestrutura pronta desde 2019 e nos colocamos à disposição da Fesporte para a realização do evento, afinal, o esporte catarinense tem toda uma cadeia produtiva, que já ficou bastante prejudicada com a paralisação no ano passado devido a pandemia e não podemos correr o risco de ficar mais uma vez sem os Jasc”.

 

 

Publicado em Jasc
Escrito por

São José e Florianópolis se candidatam para sediar Jasc 2021

Tão logo Jaraguá do Sul desistiu oficialmente de sediar a etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) 2021, os municípios de São José e Florianópolis protocolaram na tarde desta terça-feira, 16, na Fesporte, pedidos para sediar o evento. “Agradeço aos municípios e a sensibilidade de seus dirigentes de serem parceiros da Fesporte neste momento”, agradeceu Kelvin Soares, presidente da Fesporte, que informou anda o interesse de Timbó.

O próximo passo da Fesporte é analisar toda a infraestrutura dos municípios postulantes a sede e após organizar com a cidade escolhida uma estratégia de segurança sanitária para os participantes.

Os Jasc em 2021 estará em sua 60ª edição. O evento é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com o município sede.

Texto: Antonio Prado

Ascom Fesporte

 

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Por pandemia, Jaraguá do Sul desiste dos Jasc 2021

Fesporte já busca alternativas para outras sedes da competição

Agora é oficial. Jaraguá do Sul desistiu de sediar a etapa estadual da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) 2021 prevista para ocorrer de 27 de outubro a 5 de novembro. A desistência foi confirmada por meio de um oficio  assinado pelo prefeito Antídio Aleixo Lunelli e a secretária de Cultura, Esporte e Lazer Natália Lúcia Petry.

No documento, a gestão municipal cita a questão da pandemia de Covid-19, ressaltando que o momento é de incertezas que envolvem, inclusive, o risco de vida. “Neste cenário, a gestão municipal de Jaraguá do Sul não se sente em condições de preparar-se para tamanha responsabilidade em receber adequadamente o evento e declina da sede em 2021”, diz parte do texto.

Para o presidente da Fesporte, Kelvin Soares, é compreensível que as decisões do prefeito Antídio sejam pautadas pelas restrições impostas pela pandemia na comunidade jaraguaense, mas, a Fesporte buscará outras alternativas para a realização do evento em outra sede.

“Com a desistência de Jaraguá iniciamos um novo processo para que tenhamos uma nova sede para o maior o evento poliesportivo no nosso Estado. Agradeço a compreensão da comunidade esportiva e da nossa imprensa e em breve teremos novidades que serão comunicadas a todos”, disse Kelvin.

Natália Lúcia Petry lembrou que inúmeras melhorias que estavam previstas na estrutura esportiva deixaram de ser a prioridade orçamentária do município e do Estado por conta da pandemia e reforçou ao presidente o fato de que há uma realidade de lotação máxima em diversos hospitais catarinenses, sendo que a taxa de ocupação de leitos das unidades de terapia intensiva (UTIs) apresenta recorde tanto da rede pública quanto da rede privada. “O Estado de Santa Catarina sofre com a situação de calamidade que traz consequências graves na economia nos mais diferentes setores. Os orçamentos municipais seguem voltados à saúde e desenvolvimento econômico da comunidade, tentando reverter este quadro crítico atual”, pondera.

Kelvin Soares, fala da desistência de Jaraguá do Sul de sediar a etapa estadual dos Jasc 2021

 

O ofício menciona, ainda, a questão das escolas que estão comprometidas com o retorno do ensino presencial, com metas criteriosas a serem atingidas até ofinal do ano e não dispondo de datas para reservar em seu calendário a acomodação dos milhares de atletas, técnicos e dirigentes participantes. “O número de salas para alojamentos que seriam suficientes em situação normal, neste momento não supririam as necessidades respeitando-se os limites de ocupação”.

A administração reforça que durante a competição, estaríamos envolvidos com inúmeros protocolos sanitários, em alojamentos e locais de competição, e isso depende de orçamento elevado (material e pessoal), assegurando a proteção de todos os participantes.

“Cabe refletirmos que o objetivo do evento no que se refere a desenvolver o intercâmbio esportivo entre os municípios catarinenses, proporcionar boas relações entre dirigentes, técnicos e atletas, estabelecer inter-relações entre os esportistas e o Poder Público, perde completamente o ¨clima¨ festivo e a comunidade jaraguaense não receberia calorosamente o evento num período em que a situação de saúde e financeira das famílias sofre perdas e dificuldades, portanto com prioridades em outros fins”, menciona Natália, lamentando tomar esta decisão.

Eis o ofício na íntegra

 Ofício 046/2021/Gabpref

Jaraguá do Sul, 10 de março de 2021

Ao Senhor

Kelvin Soares

Presidente da Fundação Catarinense de Esporte – Fesporte

Florianópolis, SC

Assunto: Jasc 2021

Senhor presidente

A prefeitura de Jaraguá do Sul, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporrte e Lazer vem ponderar sobre a 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina, a realizar-se neste ano de 2021.

Em decorrência da pandemia da Covid-19, estamos vivendo sérios momentos de incertezas, que envolvem questões de risco de vida de um número expressivo de cidadãos.

Enfrentando lotação máxima em diversos hospitais catarinenses e a taxa de ocupação de leitos das unidades de terapia intensiva (UTI) apresenta recorde tanto da rede pública quanto da rede privada, o Estado de Santa Catarina sofre com a situação de calamidade que traz conseqüências graves na economia e nos mais diferentes setores. Os orçamentos municipais seguem voltados à saúde e desenvolvimento econômico da comunidade, tentando reverter este quatro crítico atual.

Neste cenário, a gestão municipal de Jaraguá do Sul não se sente em condições de preparar-se para tamanha responsabilidade em receber adequadamente o evento supracitado e declina da sede em 2021.

São inúmeras as melhorias que estavam previstas na estrutura esportiva que, por conta da pandemia instaurada, deixaram de ser a prioridade orçamentária do Município e o do Estado.

Nossas escolas estão comprometidas com o retorno do ensino presencial, com metas criteriosas a serem atingidas até o final do ano e não dispõe de datas para reservar em seu calendário para acomodarem os milhares de atletas, técnicos e dirigentes participantes. O número de salas para alojamentos que seriam suficientes em situação normal, neste momento não supririam as necessidades respeitando-se os limites de ocupação.

Durante a competição, estaríamos envolvidos com inúmeros protocolos sanitários, em alojamentos e locais de competição, que dependem de orçamento elevando (material e pessoal de limpeza) voltado a cumpri-los adequadamente, assegurando a proteção de todos os participantes. 

Por fim, cabe refletirmos que o objetivo do evento no que se refere a desenvolver o intercâmbio esportivo entre os municípios catarinenses, proporcionar boas relações entre dirigentes, técnicos e atletas, estabelecer inter-relações entre os esportistas e o Poder Público, perde completamente o “clima” festivo e a comunidade jaraguense não receberia calorosamente o evento num período em que a situação de saúde e financeira das famílias sofre perdas e dificuldades, portanto, com prioridades em outros fins.

Lamentamos tomar tão sofrida decisão, salientando que estamos à disposição para mais esclarecimentos e na luta por dias melhores,  mantendo nossas atividades de acordo com o possível momentaneamente.

Respeitosamente

Antído Aleixo – Prefeito de Jaraguá do Sul

Natalia Lúcia Petry – Séc. de Cultura, Esporte e Lazer

Texto: Antonio Prado

Ascom Fesporte

Com Informações Ascom prefeitura Jaraguá do Sul

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Fesporte tem máquina usada na 1ª edição dos Jasc em 1960

Desde 2018 a Fesporte tem em seu acervo um item histórico do esporte estadual: uma máquina datilográfica usada na primeira edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) realizada entre os dias 7 a 8 de agosto de 1960.

A relíquia, uma Remington 11, pertencia a Dulce Vargas, de Tijucas. Por meio de seu irmão, do atletismo de Blumenau, Laércio Vargas, ela emprestou a máquina para a Liga Atlética Blumenauense para datilografar as carteirinhas dos atletas e também auxiliar nos trabalhos da Comissão Central Organizadora (CCO) dos Jasc de 1960. 

Em 2018 a máquina foi doada por Hercílio Vargas, filho de Laércio Vargas (falecido em 1979), ao jornalista Antonio Prado, da Assessoria de Comunicação da Fesporte. Este, por sua vez, doou a máquina para a Fesporte, que deverá estar no acervo do futuro museu do esporte.

No vídeo abaixo Hercílio Vargas mostra a máquina datilográfica pela primeira vez ao jornalista Antonio Prado no dia 25 de novembro de 2014 durante a realização 54ª edição dos Jasc em Itajaí. (Acervo do vídeo: Site Memória Esportiva de SC)

Texto: Antonio Prado

Ascom Fesporte

  

Publicado em Jasc
Escrito por

Pelé 80 anos: Rei do Futebol participou dos Jasc 1996

Nesta sexta-feira, dia 23 de outubro, é o aniversário de Edson Arantes do Nascimento,  o Pelé: 80 anos. E nesta data a Fesporte faz uma homenagem ao Rei do Futebol lembrando do dia em que ele participou da abertura da 36ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em São Bento do Sul, evento da Fesporte. 

Era  o dia 31 de outubro, uma quinta-feira, e um público de cinco mil pessoas no pavilhão da Promosul aplaudiu de pé o Atleta do Século, que na ocasião era ministro extraordinário do esporte no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso.

O ex-jogador se emocionou com o carinho dos catarinenses e disse que o fato lembrou à época em que era atleta. Por fim, ficou admirado pela grandeza dos Jasc e destacou: “Santa Catarina é um exemplo para o país no esporte amador”.

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Conheça todas as logomarcas dos Jasc desde a 1ª edição

 

Nesta terça-feira, 13, a Fesporte brinda aos amantes do esporte com fotos e vídeos de todos os cartazes das edições dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) ao longo dos anos desde a primeira edição, em 1960, em Brusque, até 2019 realizados em Timbó, Pomerode e Indaial. São mais de 50 anos de história do evento esportivo mais importante de Santa Catarina.

A título de curiosidade a primeira edição dos Jasc foi realizada de 7 a 12 de agosto em Brusque. O maior jornal catarinense da época, O Estado, publicou apenas duas pequenas notas sobre o evento. A primeira saiu 'escondida' na coluna de remo, vela e natação, assinada por Rui Lobo. O segundo registro foi só após o final da competição com o resultado final dos Jasc. 

Clique aqui e veja os cartazes dos Jasc

Abaixo vídeo com os cartazes até 2018

 

 

Abaixo a logomarca 2019 dos Jasc

Publicado em Jasc
Escrito por

Nota Oficial sobre Jogos Abertos

A Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), em reunião com membros do Conselho Estadual de Esporte (CED) e do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de Santa Catarina (TJD/SC),

Considerando o respeito aos municípios catarinenses em relação a tempo, organização e recursos, e de forma que nenhum deles se sinta lesado;

Considerando todo o trabalho realizado pela Fesporte para viabilizar a realização de eventos esportivos em Santa Catarina, elaborando, no decorrer de sete meses de pandemia de covid-19 até aqui, seis calendários de eventos, além das adaptações de regulamentos e diversas reuniões com órgãos sanitários, esportivos e representantes de Municípios;

Considerando o momento ainda instável nas ações de contenção do novo coronavírus, quando já atingimos o mês de outubro, e a inviabilidade técnica;

Resolve cancelar a edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina no ano de 2020 e encaminhar para a Casa Civil de Santa Catarina proposta de projeto de lei para aplicação do orçamento que seria destinado ao evento como auxílio emergencial a atletas catarinenses, tendo como base de critério para tal o PL nº 2.824/2020.

A Fesporte ainda esclarece:

Que todos os procedimentos necessários para tentar viabilizar as competições foram tomados até o último instante, de forma que pudesse assegurar ao máximo a manutenção de auxílios por meio de bolsas e os empregos na área esportiva.

Que jamais houve tantos motivos para cancelamento de uma edição dos Jasc, uma vez que a pandemia é uma situação agravada não apenas num município ou numa região do estado, mas em todo o território estadual, assim como no país e no mundo inteiro;

Que, apesar de não haverem sido realizadas competições, o ano de 2020 foi bastante produtivo em termos de gestão esportiva, a exemplo das seguintes ações:

Um sistema de gestão esportiva em desenvolvimento dividido em três partes: i) cadastro; ii) gestão de eventos (súmulas, boletins, regulamentos); iii) gestão interna (otimização de ferramentas, como site oficial e programas administrativos);

O programa de inventariação de instalações esportivas e georreferenciamento, que permitirá ações mais eficazes de políticas públicas do estado e orientar entidades esportivas acerca das praças existentes, condições e localizações;

Realização de repasse de recursos visando a melhorias de estrutura em instalações esportivas, aquisição de veículos e de equipamentos para prática de esportes e atividades físicas, entre outros, e entrega materiais esportivos, por meio do Fundo Social;

Apoio e parceria na realização de cursos on-line na área do esporte, visando à formação e qualificação de profissionais da área do esporte.

A Fesporte chegou a lançar um manual para retomada das competições, todavia entende que o momento ainda carece de cautela, minimizando os riscos não apenas para os esportistas, mas para toda a sociedade catarinense. A instituição mantém-se ainda na luta pelas questões do esporte e na defesa dos interesses do esporte catarinense, a exemplo do auxílio emergencial que certamente contribuirá sobremaneira para a manutenção dos atletas e técnicos.

Florianópolis, 30 de setembro de 2020

 

 

 

Rui Godinho da Mota

Presidente da Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Fesporte e municípios definem sedes dos Jogos Abertos de SC

No final da tarde desta segunda-feira, 28, integrantes da Fesporte se reuniram em Florianópolis com dirigentes de Rio do Sul e Balneário Camboriú, municípios-sede da etapa estadual da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Por conta da covid-19, o evento este ano será realizado em três blocos e obedecendo todos os protocolos de segurança, entre os quais testes rápidos, ações estabelecidas pela Portaria nº 703 da Secretaria Estadual de Saúde, que define critérios para a retomada dos eventos e competições esportivas organizados pela iniciativa privada e pela Fesporte.

Na reunião ficou decido que o bloco 1 da etapa estadual será realizado entre os dias 20 e 22 de novembro, em Rio do Sul, com o futebol, futsal, vôlei, bolão 23, ciclismo, tiro, bocha, tênis e Punhobol.

Já o bloco 2 está previsto a ser realizado entre os dias 25 e 28 de novembro, em Timbó, com o atletismo, basquete, bolão 16 e xadrez. Segundo Luciano Heck, gerente de esporte de rendimento da Fesporte, ainda estão sendo realizados ajustes com dirigentes timboenses para o fechamento da programação oficial do segundo bloco.

Entretanto, o Bloco 3 terá como sede Balneário Camboriú, que terá entre os dias 3 a 6 de dezembro as competições de triatlon, vôlei de praia, jiu-jítsuo, judô, caratê, taekwondo, handebol e tênis de mesa. 

Participaram da reunião pela Fesporte, Marcelo Brigadeiro, diretor de Esporte, e Luciano Heck, gerente de rendimento; e por Rio do Sul, Serginho Schlemper, superintende da Fundação Municipal de Desporto, além de Mário Tetto, superintendente Fundação de Esporte de Balneário Camboriú.  

Os dirigentes municipais saíram da reunião bastante satisfeitos. Eis a impressões.

“Vai ser uma grande honra para nós receber um bloco de competições. Balneário Camboriú se sente preparado e bastante feliz em fazer este trabalho em parceria com Rio do Sul, Timbó e Fesporte”.

Mário Tetto – Superintendente Fundação de Esporte de Balneário Camboriú 

“Depois de vinte e cinco anos Rio do Sul vai voltar a sediar um evento tão importante como os Jogos Abertos de Santa Catarina e ainda mais significativo por ser a 60ª edição. Então ficamos muitos felizes e temos a certeza que faremos um grande evento, pois já temos experiência em organizar grandes eventos com a Fesporte como a Olesc, em 2017, Jasti, em 2018, e Joguinhos em 2019”.

Serginho Schlemper - Superintende da Fundação Municipal de Desporto de Rio do Sul

 “A reunião foi muito produtiva, pois definimos as modalidades a serem realizadas em cada município e os detalhes técnicos de cada competição. Temos certeza que teremos uma grande edição dos Jasc, e a comunidade esportiva ficará bastante satisfeita”.

Marcelo Brigadeiro – Diretor de Esporte da Fesporte

Confira o vídeo com os dirigentes avaliando a reunião

 

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Prorrogado para dia 21 o prazo para inclusão de atletas à micro dos Jasc

Atendendo a um pedido dos dirigentes municipais, a Fesporte prorrogou para até o dia 21, na próxima segunda-feira, o fim do prazo de desistência de participação (municio ou modalidade) e inclusão de atleta para as etapas microrregionais da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa  Catarina (Jasc) que ocorrem entre os dias 25 de setembro e 11 de outubro em diversos municípios catarinenses.

Antes, o fim do prazo era dia 17. A decisão de uma nova data foi determinada na tarde desta terça-feira, 15, durante uma reunião entre o presidente da Fesporte, Rui Godinho, e a área técnica da instituição em Florianópolis. 

Os formulários serão encaminhados para a Fesporte por meio de um link que serão disponibilizados pelos coordenadores esportivos aos representantes municipais. Nas microrregionais serão disputadas as modalidades coletivas como futsal, handebol, basquete, voleibol, além de bocha e bolão. Campeão e vice de cada modalidade se classificam para a etapa regional dos Jasc a serem realizadas entre os dias 29 de outubro a 8 de novembro.

Texto: Antonio Prado

Publicado em Jasc
Escrito por

Prazo para inclusão de atletas à micro dos Jasc é até dia 17

Os dirigentes esportivos devem ficar atentos ao calendário da 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Na próxima quinta-feira dia 17, é o fim do prazo de desistência de participação (municio ou modalidade) e inclusão de atleta para as etapas microrregionais dos Jasc que ocorrem entre os dias 25 de setembro e 11 de outubro em diversos municípios catarinenses.

Os formulários serão encaminhados para a Fesporte por meio de um link que serão disponibilizados pelos coordenadores esportivos aos representantes municipais. Nas microrregionais são disputadas as modalidades coletivas como futsal, handebol, basquete, voleibol, além de bocha e bolão. Campeão e vice de cada modalidade se classificam para a etapa regional dos Jasc a serem realizadas entre os dias 29 de outubro a 8 de novembro.

 

Pagina 1 de 63