Publicado em Geral
Escrito por

SC busca título feminino no Mundial de Futebol Escolar

A equipe feminina de futebol da Escola Lourdes Lago, de Chapecó, conquistou a segunda vitória no Mundial Escolar de Futebol (sub-17), que acontece em Belgrado, na Sérvia. Com gol de Rafa, aos 6 minutos do segundo tempo, e Mariza, aos 32, as representantes brasileiras na competição venceram o time da República Tcheca por 2 a 0.

No domingo, as meninas do "Lurdão" já haviam vencido as representantes da Itália por 3 a 0, na manhã de domingo (7), com gols de Manu, Carol e Joice.

Com o resultado, o time de Chapecó garante vaga para as quartas de final, podendo ainda fechar a fase inicial com a primeira colocação no grupo D, já que ainda enfrenta a equipe da Croácia, às 10  horas da manhã no horário de Brasília, com transmissão pela página da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) no Facebook (www.facebook.com/cbdeorg).

Esta não é a primeira vez a Escola Lourdes Lago participa do Mundial de Futebol Escolar. Na edição anterior, em 2017, foi quarta colocada, na República Tcheca. Nesta 26ª edição, as meninas voltaram a participar, depois de conquistar o Campeonato Brasileiro de Futebol Escolar, em fevereiro deste ano, na cidade de Natal (RN).

O projeto desenvolvido em parceria com a Associação Desportiva Lourdes Lago e Associação Chapecoense de Futebol (Adell/Chapecoense) tem-se destacado no futebol e no futsal dos eventos de base em Santa Catarina, como os Jogos Escolares e o Moleque Bom de Bola, promovidos e realizados pela Fesporte.

No masculino, o representante brasileiro é o Colégio Amorim, de São Paulo, que fez 8 a 1 na equipe da Bulgária e, com quatro pontos, e enfrentam a China, em busca da classificação para a próxima fase.

O Mundial, que teve início no sábado (6), acontece até o próximo e domingo (14), promovido pela Federação Internacional de Desporto Escolar.

  • Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte
Publicado em Geral
Escrito por

Florianópolis sedia 1º Brasileiro de jiu-jtsu paradesporto

Com apoio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Florianópolis sedia o 1º Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Paradesporto nos dias 12 e 13 de julho no Centro de Convenções do Hotel Internacional Canasvieiras. 

Organizado pela Federação Brasileira de Jiu-Jitsu Paradesportivo, a expectativa é que a competição reúna mais de 200 competidores de todo o Brasil com deficiência física, auditiva, intelectual e visual.

O evento está dividido em duas etapas. No primeiro dia (12) será de recepção e credenciamento dos atletas, que farão classificação funcional e posteriormente, à noite, participarão de um jantar de apresentação à imprensa e autoridades. No segundo dia (13) serão realizadas as lutas e depois a cerimônia de premiações. 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Dos Parajasc para o mundo, Aline é homenageada

Por Antonio Prado 

Com a presença dos integrantes do Conselho Estadual de Esporte (Ced) de Santa Catarina e da Fesporte a atleta do paradesporto  Aline Rocha foi homenageada na tarde desta segunda-feira, 1º, no auditório da Fesporte com a medalha do Mérito Esportivo. Natural do Paraná, mas radicada em Campos Novos ainda criança, Aline é pentacampeã da São Silvestre na categoria cadeirantes. Começou a carreira nos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina ( Parajasc) de 2010, evento realizado pela Fesporte em Itajaí.

A medalha do Mérito Esportivo é concedida pelo Ced para atletas catarinenses e formados no estado em reconhecimento às grandes conquistas na carreira esportiva. A cerimônia teve a participação do presidente da Fesporte, Rui Godinho. A medalha para Aline foi idealizada pelo conselheiro Roberto Francisco Wesoski, o Betinho.

No seu discurso a homenageada se disse honrada com a lembrança. “Seu eu conquistei muitas coisas na carreira; se eu conheci o mundo foi por causa do esporte. Foi por causa dos Parajasc, onde tudo começou”, enfatizou emocionada.

Já o presidente da Fesporte, Rui Godinho, disse que estava feliz em poder compartilhar o momento com a atleta. “Sua carreira, suas conquistas, engrandecem o Estado de Santa Catarina. Muito obrigado e parabéns pelo desempenho”, destacou.

Integrantes do Conselho Estadual de Esporte com a homenageada (Foto: Antonio Prado)

O presidente do Ced, Alexandre Beck Monguilhott, destacou que atletas como Aline são exemplos para todos e que a instituição que preside estava honrada em reconhecer a brilhante carreira de Aline.

Fernando Alves, treinador de Aline e técnico da seleção brasileira de corredores de cadeira de rodas agradeceu a homenagem e fez questão de destacar os Parajasc como um dos maiores eventos do mundo. “O Comitê Paralímpico Brasileiro reconhece este evento e Santa Catarina como referência não só para o Brasil, mas para o mundo”, disse.

Carreira de destaque

Além dos títulos da maratona mais importante do país, Aline foi a representante do Brasil nas provas de 1.500m, 5.000m e Maratona (todas na categoria T54) nos Jogos Paralímpicos de Verão Rio 2016. Foi ainda a primeira mulher a representar o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Inverno - Pyeongchang 2018, na Coréia do Sul, e a primeira mulher da America Latina no evento. 

Outro feito inédito da atleta: Aline Rocha foi a primeira atleta brasileira do paradesporto a conquistar uma medalha em copas do mundo de esqui cross-country - Vuokatti 2018, na Finlândia. Tem ainda no currículo o título de melhor atleta paralímpica de esportes na neve no Prêmio Paralímpico 2017 realizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

 

CONFIRA O DEPOIMENTO DELA

Publicado em Geral
Escrito por

Programa de fomento esportivo é tema no Sul do estado

Por Heron Queiroz

Fesporte discute programas de fomento esportivo e plano gestor 2019 em encontros com prefeitos e dirigentes em municípios da região Sul de Santa Catarina.

O diretor de esporte da Fesporte, Valdeci da Silva, e o gerente de esporte de rendimento, Luciano Heck, estiveram no Sul do estado, na quarta-feira (27) em visita a municípios, com a proposta de apresentar aos dirigentes esportivos e prefeitos o novo plano gestor da instituição, que começa a ser aplicado em 2019. Um dos principais pontos do plano é o programa de inclusão social por intermédio fomento de base com incentivo aos projetos sociais desenvolvidos nas escolas e fora delas.

No roteiro estava o município de Siderópolis, onde os dirigentes da Fesporte foram recebidos pelo vice-prefeito, Xande Feltrin, e pelo diretor de esportes, Vinicius Zen Pereira. Em Cocal do Sul, a conversa foi com o prefeito Ademir Magagnin, e em Nova Veneza, com os dirigentes Hériton Sandrini e Roberto Bortoloto. Em Criciúma, foi realizada uma reunião com os dirigentes representantes de todos os municípios da região.

Valdeci da Silva destacou a importância do fomento nas bases. "É importante conhecermos o que está sendo feito em termos de projetos esportivos no estado, principalmente aqueles ligados a instituições educacionais e podermos ter uma participação fundamental nessas ações", disse ele. 

A equipe técnica da Fesporte está desenvolvendo um edital que regulamentará a participação de instituições que queiram inscrever seus projetos. Segundo o diretor da Fesporte ainda não se pode definir uma data de lançamento do edital, mas brevemente estará disponível no site oficial (www.fesporte.sc.gov.br). “A nossa contrapartida pode ser o fornecimento de material esportivo ou capacitação técnica, mas para isso a entidade terá que cumprir alguns parâmetros que ainda serão definidos em edital. Nosso objetivo é possibilitar que mais jovens pratiquem esporte de forma gratuita e com qualidade”, completou da Silva.

Visitas elevam participações nos eventos da Fesporte

As visitas também serviram para incentivar a participação dos municípios nos eventos da Fesporte. E os resultados disso já refletem, por exemplo, nos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), primeiro grande evento do calendário 2019 da Fesporte, que acontece em Gaspar, de 19 a 24 de maio. Na edição passada, o total de municípios participantes foi 217. Neste ano, o número já chega a 230, podendo aumentar, já que as inscrições encerram ao fim desta sexta-feira (29).

Outro objetivo com essas viagens é o contato com representantes da iniciativa privada das regiões visando a uma maior aproximação com a Fesporte. Na metade deste mês, já havia sido feita uma viagem de visitas aos municípios da região do Planalto Catarinense. A ideia é concluir as visitas a toras as regiões até final de maio.

 

 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte participa da Frente Parlamentar do Esporte

Por Antonio Prado

Integrantes da diretoria da Fesporte participaram na noite de terça-feira, 26, na sala de comissões da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), da primeira reunião da Frente Parlamentar do Esporte.  O presidente da Fesporte, Rui Godinho, participou do encontro. 

Com o tema “Alternativas propostas para o aperfeiçoamento do Sistema Esportivo Estadual”, a reunião contou com presença maciça de representantes municipais, de federações, Conselho Estadual de Esporte, Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina, dirigentes esportivos e profissionais de educação física de várias partes do Estado. 

A Frente pretende definir prioridades de ação focadas em resultados efetivos, traçando um cronograma de trabalho com a intenção de incluir temas relacionados ao esporte na pauta da Alesc. 

Dez deputados participaram do encontro em que foram discutidas questões referentes aos recursos próprios para manter as políticas públicas da Fesporte e de sua autonomia financeira, reforma administrativa, implantação do Plano Estadual de Esporte e Lazer (PEEL).

Dirigentes esportivos de todo o Estado participaram do encontro (Foto: Antonio Prado)

Os deputados manifestaram apoio ao desenvolvimento do esporte catarinense, destacando a importância econômica e social para todos os municípios com os eventos promovidos pela Fesporte. O coordenador da Frente, deputado Fernando Krelling (PMDB), disse que a meta é de promover a cada dois meses reuniões para discutir as prioridades do esporte catarinense.

Para o presidente da Fesporte, Rui Godinho, a Frente Parlamentar será importante para a implantação do Plano Estadual de Esporte e Lazer (PEEL), que foi defendido pelos participantes, e até mesmo para a regulamentação de um fundo específico financeiro para estimular as competições da Fesporte.

Manifestaram apoio aos trabalhos da Frente Parlamentar do Esporte os deputados: Fabiano da Luz (PT), Jessé Lopes (PSL), Coronel Mocellin (PSL), Paulinha (PDT), Laércio Schuster (PSB), Luciane Carminatti (PT), Marcius Machado (PR), Ricardo Alba (PSL) e Sergio Motta (PRB).

Publicado em Geral
Escrito por

Nota de Pesar, Jornalista Rafael Henzel

A Fesporte, em nome da comunidade esportiva catarinense, vem a público lamentar o falecimento do jornalista Rafael Henzel. Nosso reconhecimento ao importante porta voz do esporte e solidariedade aos familiares pela súbita e triste perda.

Publicado em Geral
Escrito por

Região Sul define calendário das microrregionais

Por Antonio Prado

Representando a Fesporte, Valdeci da Silva, diretor de esporte, e Luciano Heck, gerente de esporte de rendimento, estiveram nesta quinta-feira, 21, em Araranguá, onde se reuniram com representantes de 15 municípios da região. 

Organizado pelo integrador Educacional Rogério Gonçalves (Chiquinha), o encontro serviu para que os dirigentes municipais definissem o calendário, com suas respectivas sedes, das etapas microrregionais de todos os 10 eventos esportivos da Fesporte para o ano de 2019. A novidade é que depois de quatro anos de ausência os municípios, que fazem parte da regional Sul, voltarão a participar da etapa microrregional dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti). 

Detalhe da reunião em Araranguá (Foto: Divulgação Fesporte)

“A reunião foi bastante positiva, pois ouvimos sugestões e nos foi colocado a realidade dos municípios no quesito de infraestrutura para as ações da Fesporte”, destaca Valdeci. Após o encontro os representantes da Fesporte foram até Ermo conhecer o trabalho que o município desenvolve no Festival Escolar Dança Catarina, ação que já revelou dançarino para  Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, em Joinville.

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte realiza visitas às instituições esportivas filantrópicas

Por Antonio Prado

Quando assumiu a presidência da Fesporte, em janeiro, Rui Godinho disse que uma de suas bandeiras à frente da entidade seria estabelecer parcerias com instituições filantrópicas que trabalham o esporte como fator de inclusão social. E pensando nisso convidou para assumir a diretoria de esporte Valdeci da Silva, um experiente ativista em instituições sociais esportivas de cunho social.

E na semana passada, entre os dias 13 e 17, a ideia da nova gestão da Fesporte começou a tomar forma com uma série de visitas às instituições esportivas na região de Lages e a Fundação Municipal de Esporte de Otacílio Costa. Coube a Valdecir da Silva visitar oito entidades.

Entre as instituições visitadas em Lages, estiveram a Associação Esportiva e Paradesportiva de Lages (ASSESPP), que atende 130 atletas e paratletas e que, ao longo dos anos, já revelou campeão mundial escolar; o núcleo do Programa Lages Leãozinho, que faz parte do Programa Vida Ativa, da Secretaria Municipal de Assistência Social da prefeitura de Lages, e que oferta à população atividades físicas de graça e promovam a convivência social.

 Associação Esportiva e Paradesportiva de Lages atende 130 atletas (Foto: Divulgação)

Posteriormente, foi visitada a Associação Lageana de Voleibol. A entidade atende gratuitamente cerca de 200 pessoas entre crianças e adolescentes na faixa etária de nove a 17 anos de idade. O projeto funciona em três polos: Jones Minoso, Santa Helena e  Colégio Estadual Rosário.

Também esteve no rol de visitas a Associação Serrana de Ciclistas (ASC), entidade de utilidade pública que atualmente dispõe de 18 atletas de BMX que, em parceria com a Fundação Municipal de Lages, disputam eventos como Jasc, Olesc e Joguinhos. A ASC contempla também cerca de 30 crianças que estão na fase de iniciação do ciclismo.

Valdeci esteve também no projeto social Lages Leãozinho que, promovido pela Secretaria Municipal de Assistência Social e realizado pela equipe de Educação Física da Secretaria, visa promover políticas públicas voltadas às crianças por meio do futebol, futsal e balé.  Cerca de 600 pessoas de seis a 17 anos estão inscritas no programa.

 Associação Serrana de Ciclistas (ASC) atende gratuitamente mais de 40 pessoas entre crianças e adolescentes (Foto: Divulgação) 

O diretor de esporte da Fesporte também esteve no Instituto Desportivo e Artes Marciais Guerreiros da Fé - Projeto Leões de Judah. O projeto conta com crianças e adolescentes na faixa etária nove a 17 anos, que além das artes marciais praticam futebol e handebol.

A iniciativa tem como missão: contribuir, por meio do esporte, para a educação e para a integração social, formando cidadãos com princípios e valores capazes de servir como referencial em meio à sociedade. E também evitar que os jovens ingressem no mundo das drogas e da criminalidade.

Por fim, em Lages, teve a visita ao Centro de Educação André Luiz, onde são atendidas cerca de 50 crianças com aulas de judô e capoeira no contraturno escolar. Já em Otacílio Costa foi feita uma visita à Fundação Municipal de Esportes do município.

Projetos na Fundação de Esporte de Otacílio Costa foram visitados (Foto: Divulgação)

“Já estamos preparando um ciclo de visitas às entidades da Grande Florianópolis e, até o fim do ano, queremos ter o maior número de instituições visitadas em diversos pontos do Estado”, destaca Valdeci da Silva. Segundo o dirigente, em todas as visitas, é gerado um relatório técnico destacando as ações desenvolvidas pelo  projeto e as dificuldades de infraestrutura.

 Depois a Fesporte lançará um edital propondo parcerias com as entidades. “A contrapartida da Fesporte poderá ser fornecimento de material esportivo ou capacitação técnica, mas para isso a entidade terá que cumprir alguns parâmetros que ainda serão definidos em edital”, completa Valdeci.

“Nossa ideia é que a Fesporte, em parceria com instituições filantrópicas esportivas, possa possibilitar que mais jovens pratiquem esporte de forma gratuita e com qualidade. Com isso daremos nossa contribuição para que o esporte seja um mecanismo para formar cidadãos. O jovem, às vezes, sozinho não tem suporte para realizar um sonho de criança por meio da prática esportiva, e nós da Fesporte quereremos ser este aporte para concretizar sonhos”, finaliza o diretor de Esporte da Fesporte.

Publicado em Geral
Escrito por

Regulamentos de 2019 são publicados no site da Fesporte

Por Heron Queiroz

Já estão disponíveis no site oficial da Fesporte os regulamentos gerais dos eventos escolares e de rendimento para o ano de 2019. Os regulamentos foram homologados pelo Conselho Estadual de Esporte (CED) em reunião realizada no sábado (16), na cidade de Concórdia, na sede da Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense, durante a realização do Pan-Americano de Handebol.

As principais mudanças aconteceram no regulamento geral das competições de rendimento (Jasc, Olesc e Joguinhos Abertos). Entre elas, a volta da etapa regional, em quatro sedes: Sul, Leste-Norte, Centro-Oeste e Oeste, e não mais a etapa seletiva, como acontecia desde 2017, em 12 sedes. Também foi alterado o prazo de desistência de sediar evento. De 90 dias antes da data da competição, o limite passou a 120 dias.

Outra mudança significativa trata-se da obrigatoriedade de o município que sediar os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) também sediar, no ano seguinte, os Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc). Considerando que já estão definidas as sedes para 2019 e 2020, como base no regulamento anterior, essa determinação entrará em vigor somente nos Jasc de 2021, cujo município-sede realizará os Parajasc de 2022.

Houve ainda uma alteração na redação do Capítulo VI (Do Registro/Inscrição de Atleta, Técnico e Dirigente), a fim de torná-la mais clara quanto aos procedimentos de transferência de atletas e adequada à Lei Estadual 13.622, de 2005. Segundo o consultor jurídico da Fesporte, Renan Pirath, havia falhas na redação que não deixavam claro os procedimentos de transferência de atletas. "Muitos processos chegavam ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/SC) em decorrência de o regulamento carecer de  um pouco mais de clareza. Numa reunião com o CED, em dezembro de 2018, foi definido que a Fesporte reformulasse a redação até o início de 2019", explicou Pirath.

No decorrer desta semana, já deverão estar disponíveis também os regulamentos das competições de participação: Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc) e Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc).

Clique aqui para acessar os regulamentos ou diretamente na página da Fesporte (conforme figura abaixo) e faça o download.

 

OUÇA A MATÉRIA:

Publicado em Geral
Escrito por

Nota de falecimento

É com pesar que a Fesporte comunica o falecimento do profissional de educação física Fábio Luiz Egert, na manhã desta segunda-feira, dia 11, em Florianópolis, vítima de leucemia. Fábio era representante comercial da empresa Rema Arte Esporte, participante de licitações ao fornecimento de medalhas e troféus dos eventos da Fesporte. 

Ele era chefe de gabinete da prefeitura de Antônio Carlos. Deixa a esposa Gisele e a filha Marina. Aos familiares nossas sinceras condolências e nossos profundos sentimentos neste momento de dor e angústia.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte homenageia servidoras no Dia da Mulher

Por Heron Queiroz

A Fesporte deu uma pausa de meia hora  nas atividades desta sexta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, para fazer uma homenagem às servidoras. A instituição que historicamente possuía um quadro funcional de maioria masculina, atualmente conta com a predominância feminina na gestão do esporte catarinense. Segundo o presidente da instituição, Rui Godinho, "a conquista do espaço social pela mulher tem sido fundamental para o desenvolvimento para os mais diversos setores, incluindo o esporte, seja nas competições, seja na ocupação de cargos e funções técnico-administrativa fundamentais à gestão esportiva".

Pagina 9 de 41