Publicado em Geral
Escrito por

Regulamento de taekwondo em análise para Jasc e Joguinhos

Por Heron Queiroz

O presidente da Federação Catarinense de Taekwondo (FCTKD), Allan Siqueira, e o diretor técnico, Erickson Busatto, estiveram na tarde desta segunda-feira, 18, na Fesporte, para os ajustes nos regulamentos técnicos da modalidade para 2019. O ciclo de reuniões com federações esportivas que integram os eventos da Fesporte é feito a cada ano, mas, para o taekwondo, há uma novidade: a modalidade passou a integrar oficialmente o quadro dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, já que, em dezembro de 2018, obteve a homologação pelo Conselho Estadual de Esporte (CED).

Depois de quatro anos sendo disputado como modalidade de apresentação e provisória, o taekwondo entrou definitivamente para os Joguinhos Abertos, a exemplo do que aconteceu em 2009, quando passou a integrar os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Segundo o presidente da Allan Siqueira, o projeto agora é buscar a inclusão também na Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc).

As modalidades de lutas esportivas vão ganhando espaço nos eventos da Fesporte. O CED está analisando o processo de inclusão do muay thai como modalidade de apresentação nos Jasc 2019, evento que também terá o boxe em caráter de exibição.

Confira no vídeo o depoimento do presidente da FCTKD Allan Siqueira.

 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Calendário anual Fesporte é lançado em versão interativa

Por Júlio Castro

O mais completo e interativo calendário de ações esportivas da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) em 2019 já está no ar. Elaborado pela equipe de assessoria de comunicação (Ascom), em parceria com os técnicos de todos os segmentos do universo esportivo promovido pela Fesporte, o documento foi composto e adaptado, utilizando-se de um aplicativo gratuito disponibilizado na Internet, o “Google Agenda”.

 

Tudo que diz respeito à movimentação das 12 principais competições do calendário anual da Fesporte pode ser visualizado publicamente no site da Fesporte a partir de dispositivos móveis e fixos.  O aplicativo possibilita, ainda, baixar todo seu conteúdo para os dispositivos móveis (smartphones, tablets) e fixos (desktop/computadores de mesa e notebooks) nas plataformas Android e iOS.

Ao baixar o conteúdo, o usuário poderá também ser notificado, com a antecedência que desejar, dos prazos para confirmar participação em competições, inscrição de atletas, entre outros “alertas” que facilitarão os procedimentos obrigatórios para o perfeito trânsito no fornecimento de informações às respectivas gerências técnicas da Fesporte.

Sua forma interativa possibilita, ao clicar sobre os eventos, abertura de uma espécie de “janela” contendo informações adicionais, como prazos, períodos, locais dos eventos e comunicações importantes do dia a dia de cada competição. Na mesma plataforma, o usuário pode visualizar as competições individualizadas, suas informações e movimentações, mês a mês.

A iniciativa da construção da plataforma partiu da necessidade de facilitar os processos e interagir com os gestores públicos das centenas de cidades que anualmente são representados nas competições promovidas e executadas pela Fesporte. Eventualmente o calendário poderá sofrer alterações que serão ministradas, oficialmente, pelos técnicos ou responsáveis pelas respectivas competições. 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Auditório da Fesporte recebe assembleia anual da Afesc

Por Júlio Pereira

 

         A Associação das Federações Esportivas de Santa Catarina (Afesc) realizou sua assembleia anual de prestação de contas, no auditório da Fesporte.  A mesa foi composta pelo presidente d Fesporte Rui Godinho, o presidente do Conselho Estadual de Esporte (CED)  Alexandre Monguilhott e o presidente da Afesc Frederico Leite.

         Rui Godinho aproveitou para falar a respeito do estreitamento entre a Fesporte e as federações, com objetivo de ajudar a identificar os gargalos financeiros do esporte no Estado. "A nova gestão da entidade visará à informatização da Fesporte e a valorização dos atletas e técnicos, por meio do setor marketing, dando visibilidade a eles para angariar novas parcerias", completou Godinho.

        Também participou da reunião, sendo amplamente ouvida pelos presentes, a nova gerente de planejamento e controle da Fesporte Camile Pacheco. “Foi uma oportunidade importante. Ouvimos e vamos continuar ouvindo os representes de federações. A Fesporte será parceira para superar alguns gargalos dessa relação que é sempre próxima”, afirmou Camile.

  Frederico Leite comentou também da maior aproximação entre federações esportivas catarinense e a Fesporte, dando importâncias a esse novo ciclo e colocando a Afesc à disposição para que os objetivos propostos na oportuna reunião, sejam alcançados.

         A Afesc é composta por federações que administram suas modalidades esportivas e são denominadas de entidades regionais de administração do desporto. As federações integram o sistema esportivo catarinense que ainda é composto pela Fesporte, o órgão executor das ações esportivas que levam a marca do governo de Santa Catarina; o Conselho Estadual de Esportes (CED-SC), colegiado responsável pela elaboração da regulamentação das competições e o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SC), que tem atribuição jurídica disciplinar desportiva em Santa Catarina.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Reuniões com federações ajustam regulamentos técnicos

Por Heron Queiroz

A partir desta segunda-feira, 11, até o dia 22 de fevereiro a Fesporte realiza uma série de encontros com as federações esportivas de Santa Catarina. Os encontros, que já são comuns no início de cada ano esportivo, permitem discutir propostas e promover ajustes nos regulamentos técnicos, cadernos de encargos e resoluções dos eventos da Fesporte.

A primeira reunião aconteceu com representantes da Federação Catarinense de Jiu-Jitsu (FCJJ), modalidade que entrou para os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em 2018, como modalidade de apresentação, e cumpre em 2019 o primeiro dos dois anos de modalidade provisória. Só então poderá ter homologação do Conselho Estadual de Esporte (CED) como modalidade permanente.

O presidente da FCJJ, Paulo Henrique Duarte, destacou a importância de inclusão da modalidade nos Jasc. "Com a modalidade na grade dos Jasc, nos aproximamos do poder público. Isso valoriza o atleta e aquece o mercado de trabalho para o nosso profissional, já que o evento leva a modalidade a todas as regiões, criando a expectativa de aumento do número de praticantes e de filiados à federação", disse Duarte.

O primeiro dia de reuniões também contou com a participação do presidente da Federação Catarinense de Punhobol, Carlos Hexsel. Estão previstas 23 reuniões nos nove dias de discussões e possíveis ajustes técnicos. Depois disso, os regulamentos para o anos de 2019 estarão disponíveis no site oficial da Fesporte.

 

Confira a programação

 

Dia 12

13h30 - ciclismo

15h - badminton

16h30 - triatlo

 

Dia 13

13h30 - handebol

15h - handebol em cadeira de rodas

16h30 - basquete em cadeira de rodas

 

Dia 14

13h30 - bocha paralímpica

15h - ginástica artística e ginástica rítmica

16h30 - golbol

 

Dia 18

13h30 - taekwondo

15h - futsal

16h30 - bocha e bolão

 

Dia 19

13h30 - remo

15h - judô

16h30 - caratê

 

Dia 20

13h30 - atletismo

15h - tênis 

16h30 - natação

 

Dia 21

13h30 - basquete

15h - luta olímpica 

16h30 - tiro

 

Dia 22

13h30 - tênis e mesa

15h - xadrez 

16h30 - voleibol

Publicado em Geral
Escrito por

Jacobowsky quer baixo custo operacional em prol do esporte

Por Júlio Castro

        Diante do desafio de diminuir os custos operacionais, canalizando as economias para investir no esporte, o novo comandante da Gerência de Apoio Operacional (Geapo) da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), o blumenauense Carlos Eduardo Jacobowsky, 37 anos, quer marcar sua gestão em defesa da excelência econômica. Carlos Eduardo deu inicio a sua vida esportiva aos oito anos. 

        Dedicou parte dela à preparação física de atletas profissionais de renome internacional, especialmente aos praticantes das artes marciais. Deu início à vida acadêmica frequentando o curso de Educação Física, porém atualmente dedica-se a faculdade de Ciências Contábeis. Atleta escolar na infância, hoje é graduado em faixa preta de Jiu-jitsu 2º Dan. 

        Ao assumir a Geapo, tendo ao seu comando inúmero profissionais na área de recursos humanos e técnicos, entre terceirizados e efetivos do Estado, vê a oportunidade como um grande desafio. “Estou tomando conhecimento do funcionamento do setor e vamos atuar com muito zelo daquilo que é público, especialmente no que trata de recursos”, comenta Carlos Eduardo. 

        Ele defende a adoção criteriosa de compartilhamento de equipamentos oferecidos pela Fesporte à sociedade. Material esportivo é um exemplo. “Concluí que a cada final de mandato existe uma grande defasagem desse tipo de material”, comenta. O novo gerente da Geapo aposta na tecnologia da informação e comunicação como forma de dar maior visibilidade à Fesporte perante a comunidade esportiva catarinense. 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte e Unifique se unem em Parceria Público-Privada (PPP)

Por Júlio Castro

     Parceira desde 2017 no fornecimento de serviços de Internet, a Unifique deve voltar a atuar em cooperação com a Fesporte em 2019. No encontro com o diretor de esportes Valdeci da Silva e o gerente de apoio operacional Carlos Eduardo Jacobowski, o diretor de mercado da Unifique Jair Francisco ratificou o interesse da empresa em dar continuidade à parceria. 

     Nos últimos dois anos, Fesporte & Unifique vem consolidando o projeto de Parceria Público-Privada (PPP) previsto na gestão pública e que deverá servir de modelo para ser implementado em outros setores que possibilitem dar maior visibilidade aos 11 grandes eventos previstos no calendário anual da Fesporte.

     Os serviços de fornecimento de Internet com qualidade e velocidade de banda larga (fibra) nos ambientes dessas competições se revestem de grande importância, seja pela instantaneidade das informações a serem fornecidas via departamento de comunicação da Fesporte, quanto pelas ações de marketing. 

     A diretoria, a gerência de comunicação e o setor jurídico da Fundação voltam a se reunir nos próximos dias para alinhar as ações junto ao departamento operacional e de marketing da Unifique. Na pauta a formalização de um termo de compromisso a fim de dar, perante a legislação,  legalidade ao acordo e concretizar a vitoriosa parceria.  

     A Unifique é a maior empresa de fornecimento de serviços de Internet em Santa Catarina.  Tem sua matriz em Timbó, no médio vale do Itajaí, cidade que em 2019 juntar-se-á a Indaial e Pomerode para sediar os 59ºs Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). 

     Além dos Jasc, a empresa deverá atuar nos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), Jogos Escolares (Jesc) nas faixas dos 12 aos 14 e dos 15 aos 17 anos, Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc), Festival Escolar Dança Catarina, entre outros. 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Nota de Pesar

A Fesporte externa profundos sentimentos de pesar aos familiares e amigos dos jovens atletas que perderam a vida no trágico incêndio ocorrido na madrugada de sexta-feira (08) nas dependências do Centro de Treinamentos do Flamengo, no Rio de Janeiro.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Suelen Lara: “Integrar para o desenvolvimento do esporte”

Por Júlio Castro

      Uma administração integrada às entidades ou órgãos que possibilitem melhorias para a atuação da Fesporte no seu vasto campo de atuação no Estado. É o que defende a assistente da diretoria Suelen Lara, 35 anos.  Convicta naquilo que acredita ser o melhor para a comunidade esportiva, Suelen pretende agir com responsabilidade e interação junto as secretarias ou órgãos de governo que, de alguma forma, possuem condições de contribuir com o desenvolvimento do esporte em Santa Catarina.

 

     Trabalhando muito próximo ao presidente Rui Godinho, a acadêmica de gestão pública vislumbra concretizar ações junto aos governos Estadual e Federal na captação de recursos por meio da elaboração de projetos pontuais. “Existem legislações que permitem captar recursos de diferentes fontes para uso ao fomento e a promoção do esporte”, define Suelen, acrescentando que muito se pode fazer para incorporar a iniciativa privada aos projetos.

 

     A articuladora também atua sob um viés ideológico, ou seja, a defesa do que é certo por meio da moralização dos processos. A ideologia, segundo ela, tem as características da campanha ordeira, de lealdade, bem como dos bons princípios que resultaram na vitória dos seus pares nas últimas eleições para o governo de Santa Catarina. “Estamos na Fesporte e vamos resguardar, com todas nossas forças e muito trabalho, a confiança a que nos foi depositada com total transparência e honestidade em todos nossos atos”, defende Suelen Lara.

Publicado em Geral
Escrito por

Estrangeiros terão que comprovar dois anos em SC

 

O Conselho Estadual de Esporte (CED-SC) decidiu que, a partir deste ano, a participação do atleta “não catarinense” nas competições da Fesporte estará condicionada a comprovação de dois anos de domicílio no Estado. A decisão atende a uma lei instituída pelo deputado estadual Antônio Aguiar, em vigor desde janeiro do ano passado, mas que ainda não estava em prática dado ao direito adquirido de alguns atletas enquadrados no dispositivo.

            A votação que determinou a restrição foi por oito votos a favor, quatro contra duas abstenções na plenária do CED-SC ocorrida no último domingo, em Lages. A restrição aos “estrangeiros” faz parte da redação final do regulamento geral das competições da Fesporte. O atleta terá que comprovar residência em Santa Catarina por dois anos, com registro em uma entidade de administração de esporte (federação/associação) no Estado. Atualmente, a maior incidência de não catarinenses se dá durante a disputa dos Jogos Abertos de Santa Catarina.

Outra decisão na plenária do CED-SC dá conta da obrigatoriedade do município sede dos Jogos Abertos a realizar, no ano seguinte, os Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina, os Parajasc. A reunião contou com a presença do presidente da Fesporte Rui Godinho, que passa a integrar o colegiado na condição de membro nato do poder legislativo do esporte catarinense.

 

Texto: Júlio Castro, com colaboração do jornalista e conselheiro do CED-SC Mário Madaglia.

Publicado em Geral
Escrito por

Regionais voltam às disputas de rendimento da Fesporte

 Por Júlio Castro

As competições de rendimento promovidas e executadas pela Fesporte, em parceria com os municípios, voltam a contar com o novo modelo de disputas classificatórias. Aprovado no final do ano passado e homologado, com redação final, no último final de semana pelo Conselho Estadual de Esportes (CED-SC), o regulamento geral das competições volta a contar, em seu escopo, com as etapas regionais.

Na nova formatação, os critérios classificatórios das modalidades coletivas dos Jogos Abertos (Jasc), Joguinhos Abertos e a Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) terão as disputas em etapas microrregionais e regionais até o ingresso na fase Estadual.

A mudança permitirá disputas em 12 etapas microrregionais com participação de todos os municípios catarinenses. Ao final da competição, classificam-se para a etapa regional o primeiro, segundo e terceiro colocados de cada microrregional; mais uma vaga para cada duas etapas microrregionais com maior número de participantes e a cidade-sede, totalizando 12 municípios por modalidade.

Na etapa regional, com a participação de 48 municípios, vão se classificar para o Estadual o primeiro, segundo e terceiro colocados que, juntos ao primeiro, segundo e terceiro colocados do ano anterior e a cidade-sede, vão totalizar 16 equipes ou municípios de cada modalidade (coletivas). A exceção fica por conta das modalidades individuais: vão direto para a etapa Estadual sem a necessidade de passagem pelos micros e regionais.

 

 Número de jogos nos micros poderá superar 3 mil

 

Conforme levantamento preliminar da área técnica da Fesporte, o total de jogos nas modalidades coletivas, excetuando-se a bocha e os bolões durante a disputa dos microrregionais, poderão chegar a 3.168. O cálculo é baseado na disputa das modalidades de quadra (basquete, handebol, futsal e voleibol) nos dois naipes. Por modalidade serão 264 jogos que, multiplicados pelos 12 microrregionais, alcançar-se-á a soma de 3.168 confrontos. Não estão incluídos no balanço geral as disputas do bolão 16 e 23 e a bocha que, pelo grande número de praticantes, estão sujeitos a classificatórias.

O cálculo também considera a participação do futebol que está presente no regulamento geral apenas nos micros dos Jogos Abertos (feminino) e dos Joguinhos (masculino e feminino). A previsão é de que as competições de rendimento, em suas etapas micro, regional e estadual reúnam aproximadamente, entre atletas, dirigentes, técnicos e equipes de apoio em todas as modalidades, cerca de 120 mil participantes.

 

Confira a divisão, por microrregional, dos municípios participantes dos Jasc, Joguinhos e Olesc

 

1ª Etapa Microrregional:

São Miguel do Oeste, Bandeirante, Barra Bonita, Belmonte, Descanso, Guaraciaba e Paraíso, Maravilha, Bom Jesus do Oeste, Flor do Sertão, Iraceminha, Modelo, Pinhalzinho, Romelândia, Saltinho, Saudades, Santa Terezinha do Progresso, São Miguel da Boa Vista, Serra Alta, Sul Brasil e Tigrinhos, Dionísio Cerqueira, Anchieta, Guarujá do Sul, Palma Sola, Princesa e São José do Cedro, Itapiranga, Iporã do Oeste, Santa Helena, São João do Oeste e Tunápolis.

 

2ª Etapa Microrregional:

São Lourenço D’Oeste, Campo Erê, São Bernardino, Coronel Martins, Galvão; Jupiá e Novo Horizonte, Chapecó, Águas Frias, Caxambu do Sul, Cordilheira Alta, Coronel Freitas, Guatambu, Nova Erechim, Nova Itaberaba, Planalto Alegre, Palmitos, Águas de Chapecó, Caibí, Cunha Porã, Cunhataí, Mondai, Riqueza e São Carlos, Quilombo, Formosa do Sul, Irati, Jardinópolis, Santiago do Sul e União do Oeste.

 

3ª Etapa Microrregional:

 Xanxerê, Abelardo Luz, Bom Jesus, Entre Rios, Faxinal do Guedes, Ipuaçu, Lajeado Grande, Marema, Ouro Verde, Passos Maia, Ponte Serrada, São Domingos, Vargeão e Xaxim, Concórdia, Alto Bela Vista, Ipira, Irani, Peritiba, Piratuba e Presidente Castelo Branco, Seara, Arvoredo, Arabutã, Ipumirim, Lindóia do Sul, Itá, Paial e Xavantina.

 

4ª Etapa Microrregional:

Joaçaba, Água Doce, Capinzal, Catanduvas, Erval Velho, Herval d’Oeste, Ibicaré, Jaborá, Lacerdópolis, Luzerna, Ouro, Treze Tílias e Vargem Bonita, Videira, Arroio Trinta, Fraiburgo, Iomerê, Pinheiro Preto, Salto Veloso e Tangará, Caçador, Calmon, Lebon Régis, Macieira, Matos Costa, Rio das Antas e Timbó Grande.

 

5ª Etapa Microrregional:

Campos Novos, Abdon Batista, Brunópolis, Celso Ramos, Ibiam, Monte Carlo, Vargem e Zortéa, Curitibanos, Frei Rogério, Ponte Alta do Norte, Santa Cecília e São Cristóvão do Sul, Lages, Anita Garibaldi, Bocaina do Sul, Campo Belo do Sul, Capão Alto, Cerro Negro, Correia Pinto, Otacílio Costa, Painel, Palmeira, Ponte Alta e São José do Cerrito.

 

6ª Etapa Microrregional:

a) Rio do Sul, Agrolândia, Agronômica, Braço do Trombudo, Laurentino, Rio do Oeste eTrombudo Central, Ituporanga, Alfredo Wagner, Atalanta, Aurora, Chapadão do Lageado, Imbuia, Leoberto Leal, Petrolândia e Vidal Ramos, Ibirama, Apiúna, Dona Emma, José Boiteux, Lontras, Presidente Getúlio, Presidente Nereu, Vitor Meireles e Witmarsum, Taió, Mirim Doce, Pouso Redondo, Rio do Campo, Salete e Santa Terezinha.

 

7ª Etapa Microrregional:

Blumenau, Gaspar, Ilhota, Luiz Alves e Pomerode, Timbó, Ascurra, Benedito Novo, Indaial, Doutor Pedrinho, Rio dos Cedros e Rodeio.

 

8ª Etapa Microrregional:

Joinville, Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Garuva, Itapoá, São Francisco do Sul e São João do Itaperiú, Jaraguá do Sul, Corupá, Guaramirim, Massaranduba e Schroeder, Mafra, Campo Alegre, Itaiópolis, Monte Castelo, Papanduva, Rio Negrinho e São Bento do Sul, Canoinhas, Bela Vista do Toldo, Irineópolis, Major Vieira, Porto União e Três Barras.

 

9ª Etapa Microrregional:

Brusque, Botuverá, Canelinha, Guabiruba, Major Gercino, Nova Trento, São João Batista e Tijucas, Itajaí, Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Itapema, Navegantes, Penha e Porto Belo.

 

10ª Etapa Microrregional:

São José, Águas Mornas, Angelina, Anitápolis, Antônio Carlos, Biguaçu, Florianópolis, Governador Celso Ramos, Palhoça, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz, São Bonifácio e São Pedro de Alcântara, Laguna, Garopaba, Imaruí, Imbituba, Paulo Lopes e Pescaria Brava.

 

11ª Etapa Microrregional:

Tubarão, Capivari de Baixo, Gravatal, Jaguaruna, Pedras Grandes, Sangão e Treze de Maio, São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, Rio Rufino, Urubici e Urupema, Braço do Norte, Armazém, Grão Pará, Rio Fortuna, Santa Rosa de Lima, São Ludgero e São Martinho.

 

12ª Etapa Microrregional:

Balneário Rincão, Criciúma, Cocal do Sul, Forquilhinha, Içara, Lauro Müller, Morro da Fumaça, Nova Veneza, Orleans, Siderópolis, Treviso e Urussanga, Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Ermo, Jacinto Machado, Maracajá, Meleiro, Morro Grande, Passo de Torres, Praia Grande, Santa Rosa do Sul, São João do Sul, Sombrio, Timbé do Sul e Turvo.

 

 

 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Blumenau devolve troféu transitório dos Jasc à Fesporte

 

Depois de quatro meses de posse, Blumenau devolveu à Fesporte o troféu transitório obtido pelo título geral da última edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) disputados no ano passado, em Caçador. A devolução foi feita pelo presidente da Fundação Municipal de Desportos (FMD) Egídio Beckhauser ao presidente da Fesporte Rui Godinho na manhã de quarta-feira (30), na sede da Fundação, em Blumenau.

 

A relíquia constitui-se no objeto mais cobiçado pelos municípios participantes dos Jasc. Instituído em 2017, o troféu possui 90 centímetros de altura por 40 de diâmetro e pesa 22 quilos.  Foi confeccionado em aço de carbono recortado e revestido em níquel e croma, com acabamento de banho dourado. Na sua base estão gravados os nomes de todos os municípios que conquistaram o título geral dos Jasc nos últimos 58 anos.

 

 

 

Pagina 9 de 39