Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte realiza visitas às instituições esportivas filantrópicas

Por Antonio Prado

Quando assumiu a presidência da Fesporte, em janeiro, Rui Godinho disse que uma de suas bandeiras à frente da entidade seria estabelecer parcerias com instituições filantrópicas que trabalham o esporte como fator de inclusão social. E pensando nisso convidou para assumir a diretoria de esporte Valdeci da Silva, um experiente ativista em instituições sociais esportivas de cunho social.

E na semana passada, entre os dias 13 e 17, a ideia da nova gestão da Fesporte começou a tomar forma com uma série de visitas às instituições esportivas na região de Lages e a Fundação Municipal de Esporte de Otacílio Costa. Coube a Valdecir da Silva visitar oito entidades.

Entre as instituições visitadas em Lages, estiveram a Associação Esportiva e Paradesportiva de Lages (ASSESPP), que atende 130 atletas e paratletas e que, ao longo dos anos, já revelou campeão mundial escolar; o núcleo do Programa Lages Leãozinho, que faz parte do Programa Vida Ativa, da Secretaria Municipal de Assistência Social da prefeitura de Lages, e que oferta à população atividades físicas de graça e promovam a convivência social.

 Associação Esportiva e Paradesportiva de Lages atende 130 atletas (Foto: Divulgação)

Posteriormente, foi visitada a Associação Lageana de Voleibol. A entidade atende gratuitamente cerca de 200 pessoas entre crianças e adolescentes na faixa etária de nove a 17 anos de idade. O projeto funciona em três polos: Jones Minoso, Santa Helena e  Colégio Estadual Rosário.

Também esteve no rol de visitas a Associação Serrana de Ciclistas (ASC), entidade de utilidade pública que atualmente dispõe de 18 atletas de BMX que, em parceria com a Fundação Municipal de Lages, disputam eventos como Jasc, Olesc e Joguinhos. A ASC contempla também cerca de 30 crianças que estão na fase de iniciação do ciclismo.

Valdeci esteve também no projeto social Lages Leãozinho que, promovido pela Secretaria Municipal de Assistência Social e realizado pela equipe de Educação Física da Secretaria, visa promover políticas públicas voltadas às crianças por meio do futebol, futsal e balé.  Cerca de 600 pessoas de seis a 17 anos estão inscritas no programa.

 Associação Serrana de Ciclistas (ASC) atende gratuitamente mais de 40 pessoas entre crianças e adolescentes (Foto: Divulgação) 

O diretor de esporte da Fesporte também esteve no Instituto Desportivo e Artes Marciais Guerreiros da Fé - Projeto Leões de Judah. O projeto conta com crianças e adolescentes na faixa etária nove a 17 anos, que além das artes marciais praticam futebol e handebol.

A iniciativa tem como missão: contribuir, por meio do esporte, para a educação e para a integração social, formando cidadãos com princípios e valores capazes de servir como referencial em meio à sociedade. E também evitar que os jovens ingressem no mundo das drogas e da criminalidade.

Por fim, em Lages, teve a visita ao Centro de Educação André Luiz, onde são atendidas cerca de 50 crianças com aulas de judô e capoeira no contraturno escolar. Já em Otacílio Costa foi feita uma visita à Fundação Municipal de Esportes do município.

Projetos na Fundação de Esporte de Otacílio Costa foram visitados (Foto: Divulgação)

“Já estamos preparando um ciclo de visitas às entidades da Grande Florianópolis e, até o fim do ano, queremos ter o maior número de instituições visitadas em diversos pontos do Estado”, destaca Valdeci da Silva. Segundo o dirigente, em todas as visitas, é gerado um relatório técnico destacando as ações desenvolvidas pelo  projeto e as dificuldades de infraestrutura.

 Depois a Fesporte lançará um edital propondo parcerias com as entidades. “A contrapartida da Fesporte poderá ser fornecimento de material esportivo ou capacitação técnica, mas para isso a entidade terá que cumprir alguns parâmetros que ainda serão definidos em edital”, completa Valdeci.

“Nossa ideia é que a Fesporte, em parceria com instituições filantrópicas esportivas, possa possibilitar que mais jovens pratiquem esporte de forma gratuita e com qualidade. Com isso daremos nossa contribuição para que o esporte seja um mecanismo para formar cidadãos. O jovem, às vezes, sozinho não tem suporte para realizar um sonho de criança por meio da prática esportiva, e nós da Fesporte quereremos ser este aporte para concretizar sonhos”, finaliza o diretor de Esporte da Fesporte.

Publicado em Geral
Escrito por

Regulamentos de 2019 são publicados no site da Fesporte

Por Heron Queiroz

Já estão disponíveis no site oficial da Fesporte os regulamentos gerais dos eventos escolares e de rendimento para o ano de 2019. Os regulamentos foram homologados pelo Conselho Estadual de Esporte (CED) em reunião realizada no sábado (16), na cidade de Concórdia, na sede da Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense, durante a realização do Pan-Americano de Handebol.

As principais mudanças aconteceram no regulamento geral das competições de rendimento (Jasc, Olesc e Joguinhos Abertos). Entre elas, a volta da etapa regional, em quatro sedes: Sul, Leste-Norte, Centro-Oeste e Oeste, e não mais a etapa seletiva, como acontecia desde 2017, em 12 sedes. Também foi alterado o prazo de desistência de sediar evento. De 90 dias antes da data da competição, o limite passou a 120 dias.

Outra mudança significativa trata-se da obrigatoriedade de o município que sediar os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) também sediar, no ano seguinte, os Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc). Considerando que já estão definidas as sedes para 2019 e 2020, como base no regulamento anterior, essa determinação entrará em vigor somente nos Jasc de 2021, cujo município-sede realizará os Parajasc de 2022.

Houve ainda uma alteração na redação do Capítulo VI (Do Registro/Inscrição de Atleta, Técnico e Dirigente), a fim de torná-la mais clara quanto aos procedimentos de transferência de atletas e adequada à Lei Estadual 13.622, de 2005. Segundo o consultor jurídico da Fesporte, Renan Pirath, havia falhas na redação que não deixavam claro os procedimentos de transferência de atletas. "Muitos processos chegavam ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/SC) em decorrência de o regulamento carecer de  um pouco mais de clareza. Numa reunião com o CED, em dezembro de 2018, foi definido que a Fesporte reformulasse a redação até o início de 2019", explicou Pirath.

No decorrer desta semana, já deverão estar disponíveis também os regulamentos das competições de participação: Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc) e Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc).

Clique aqui para acessar os regulamentos ou diretamente na página da Fesporte (conforme figura abaixo) e faça o download.

 

OUÇA A MATÉRIA:

Publicado em Geral
Escrito por

Nota de falecimento

É com pesar que a Fesporte comunica o falecimento do profissional de educação física Fábio Luiz Egert, na manhã desta segunda-feira, dia 11, em Florianópolis, vítima de leucemia. Fábio era representante comercial da empresa Rema Arte Esporte, participante de licitações ao fornecimento de medalhas e troféus dos eventos da Fesporte. 

Ele era chefe de gabinete da prefeitura de Antônio Carlos. Deixa a esposa Gisele e a filha Marina. Aos familiares nossas sinceras condolências e nossos profundos sentimentos neste momento de dor e angústia.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte homenageia servidoras no Dia da Mulher

Por Heron Queiroz

A Fesporte deu uma pausa de meia hora  nas atividades desta sexta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, para fazer uma homenagem às servidoras. A instituição que historicamente possuía um quadro funcional de maioria masculina, atualmente conta com a predominância feminina na gestão do esporte catarinense. Segundo o presidente da instituição, Rui Godinho, "a conquista do espaço social pela mulher tem sido fundamental para o desenvolvimento para os mais diversos setores, incluindo o esporte, seja nas competições, seja na ocupação de cargos e funções técnico-administrativa fundamentais à gestão esportiva".

Publicado em Geral
Escrito por

Ascom inova com conteúdo de inclusão para deficientes

          Por Júlio Castro

O respeito às diferenças, combinado com a responsabilidade e compromisso com a comunicação, deu origem ao projeto de inclusão voltado ao atendimento às pessoas com necessidades especiais. A Assessoria de Comunicação e Marketing (Ascom) da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) já desenvolve uma estratégia que beneficia, inicialmente, os deficientes visuais. 

Desde a primeira semana de março, as matérias institucionais publicadas no site oficial da Fesporte, as ditas “matérias faladas”, já contam com sonorização.  O texto produzido pela equipe de jornalistas da Ascom é publicado e, em seu rodapé, uma mídia de áudio é adicionada com a narração com o mesmo conteúdo escrito. A reprodução é por meio de um aplicativo (SoundCloud) que permite visualizar o tempo de reprodução bem como compartilhá-lo instantaneamente em redes sociais (Facebook, Twitter) e até mesmo enviá-lo por e-mail. 

O conteúdo também pode ser baixado (download) na mesma plataforma a qual foi publicado. Trata-se de uma alternativa importante que permite às emissoras de rádio, dependendo da importância e conteúdo da informação, reproduzir o arquivo na grade diária de suas programações esportivas.  “Fizemos uma pesquisa em todos os sites das secretarias de governo e não encontramos algo semelhante. Qualificamos a iniciativa de inovadora e, principalmente, extremamente respeitosa às pessoas com necessidades especiais”, afirma o presidente da Fesporte Rui Godinho. 

A primeira iniciativa voltada ao atendimento de pessoas com deficiências visuais (DV) faz parte de um grande projeto que será implantado em 2019 durante as ações esportivas previstas no calendário da Fesporte. Nos Jogos Abertos Paradesportivos (Parajasc), que tem a participação de atletas com inúmeras deficiências, a equipe Ascom deverá implantar outros métodos de comunicação. 

Produções em vídeo, por exemplo, vão dispor de legenda integral no rodapé da mídia ou descrição na linguagem de libras para atender as necessidades dos surdos. Outra inovação para 2019 será a aplicação, no sistema de escrita em Braille, da identificação dos troféus e medalhas distribuídas em todas as competições. O modelo permitirá gravar, em relevo, a colocação obtida por cada atleta.  

 Ouça a matéria:

Publicado em Geral
Escrito por

Conheça Ana Rosa a campeã mundial de powerlifting

Por Antonio Prado

Com a bagagem de ser seis vezes campeã mundial de powerlifting e estar no hall da fama da modalidade, a blumenaunse  Ana Rosa Castellain  deu depoimento à TV Fesporte em que fala da carreira e de sua participação  em 12 edições dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) representando municípios como Jaraguá do  Sul e Blumenau nas provas de heptatlo do atletismo.

No powerlifting  Ana Rosa, que é formada em educação física, possui 36 medalhas em competições mundiais. A modalidade  é um esporte de força, cujo objetivo do atleta é levantar o maior peso possível em cada um dos movimentos pelos quais este desporto é composto; o movimento de agachamento, supino e o peso morto. Ana já bateu oito vezes o recorde mundial. Na competição já chegou a levantar  531 quilos em 2017, em Minsk, na Bielorrussia, recorde também brasileiro.  

Publicado em Geral
Escrito por

Escola Lourdes Lago é bi no Brasileiro de Futebol Escolar

Por Heron Queiroz

O campeoníssimo time de futebol feminino da Escola de Educação Básica Lourdes Lago, de Chapecó, começou 2019 com mais uma conquista. No forte calor da manhã de quarta-feira (27), em Maceió (AL), as meninas do "Lurdão" (como é carinhosamente chamado  o colégio) conquistaram o Campeonato Brasileiro de Futebol Escolar Feminino, ao vencer o Colégio QI, da Paraíba, por 1 a 0, no estádio Nelson Peixoto Feijó.

Invicta e com 36 gols marcados e apenas um sofrido, a EEB Lourdes Lago chegou ao título com um  elenco mantido pelo projeto de parceria entre Associação Desportiva Lourdes Lago e a Associação Chapecoense de Futebol (Adell/Chapecoense). A delegação catarinense foi formada pelas atletas Naiane Batista, Caroline dos Santos, Evelin Tositto, Lais Sartori, Patrícia Maldaner, Rafaela Marostica, Brendha dos Santos, Caroline Bedendo, Emanuela Balbinot, Júlia Ferronatto, Camila Rodrigues, Gisseli Calixto, Laura Gieseler, Mariza Silva e Yasmin Cosmann, além do técnico João Romeu e o coordenador Amauri Giordan.

O evento, organizado pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE) é realizado a cada dois anos. Com o título, o time de Chapecó garante o direito, pela segunda vez, de representar o Brasil, no mundial da categoria, que acontece, desta vez, de 6 a 14 de abril, em Belgrado, na Sérvia. Em 2017, a Escola Lourdes Lago também foi campeã do Brasileiro, realizado em Natal (RN), e obteve o direito de competir no mundial, realizado na República Tcheca, em 2018, ficando em quarto lugar. No mesmo ano, o projeto Adell/Chapecoense trouxe de Israel o título do Campeonato Escolar Mundial de Futsal.

A Escola Lourdes Lago, da rede pública estadual, tem-se mostrado uma das grandes forças nas modalidades de futebol e futsal dos eventos de base promovidos e realizados pela Fesporte, como o Moleque Bom de Bola e Jogos Escolares de Santa Catarina. "Essa participação serve também de preparação para os Joguinhos Abertos de Santa Catarina e para o primeiro Campeonato Brasileiro Sub-18, que está programado para acontecer de julho a agosto deste ano", comentou o coordenador Amauri Giordan.

Fonte: Adell

Ouça a matéria:

Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte define regionais da Olesc, Joguinhos e Jasc

Por Antonio Prado

Fruto de um grande debate entre os representantes municipais, a Fesporte já definiu nove das 12 cidades-sede das etapas regionais, classificatórias da Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc), Joguinhos Abertos de Santa Catarina e Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Nestas etapas são definidas as equipes das modalidades coletivas classificadas para a etapa estadual.

Falta ainda a definição das sedes das regionais Leste-Norte e Centro-Oeste da Olesc e a regional Oeste dos Joguinhos. “Desde que assumimos, no início do ano, nos comprometemos em honrar a realização do calendário da Fesporte e acreditamos que dentro de 10 a 15 dias estaremos com toda a nossa programação regional destes eventos concluída”, avisa o presidente da Fesporte Rui Godinho.

O calendário ficou assim definido

Olesc

Regional Sul – 15 a 21 de agosto, em Tubarão

Regional Leste-Norte – 22 a 28 de agosto (sede a definir)

Regional Centro-Oeste -  15 a 21 de agosto (sede a definir)

Regional Oeste – 22 a 28 de agosto, em Xaxim

Joguinhos

Regional Sul – 13 a 19 de junho, em Sombrio

Regional Leste-Norte – 13 a 19 de junho, em Blumenau

Regional Centro-Oeste – 27 de junho a 3 de julho, em Fraiburgo

Regional Oeste – 27 de junho a 3 de julho (sede a definir)

Jasc

Regional Sul – 3 a 9 de outubro, em Criciúma

Regional Leste-Norte – 3 a 9 de outubro, em Rio Negrinho

Regional Centro-Oeste – 26 de setembro a 2 de outubro, em Curitibanos

Regional Oeste – 26 de setembro a 2 de outubro, em Seara.

Ouça a matéria:

Publicado em Geral
Escrito por

Militares paraolímpicos participam de festival esportivo

Atletas paraolímpicos militares vão se reunir no próximo dia 23, em Blumenau, para a disputa do 1º Festival Militar Paralímpico. Com parceria da Fesporte, Prefeitura de Blumenau por meio da Secretaria Municipal de Educação e Fundação Municipal de Esporte e o apoio da Associação do Paradesporto de Blumenau, 23º Batalhão de Infantaria e 10º Batalhão de Polícia Militar, o evento esportivo é promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). A abertura acontece no sábado, dia 23, às 7h30, no 10º Batalhão de Polícia Militar de Blumenau.

                O festival foi criado com o intuito de apresentar e aproximar o esporte paralímpico da população de militares com deficiência, o festival terá cinco modalidades apresentadas em duas regiões de Blumenau. O Clube Náutico América receberá a vivência do para-remo e a Universidade Regional de Blumenau (Furb) sediará o atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha e tênis de mesa. A programação ainda contará com uma apresentação do Programa Militar Paralímpico e um almoço. Além disso, os participantes, que possuem deficiência física, visual e intelectual, receberão aulas teóricas das modalidades.

A secretária de Educação, Patrícia Lueders, valorizou a realização do evento. “O município de Blumenau se sente lisonjeado por sediar o 1º Festival Militar Paralímpico. O evento tem o objetivo de oportunizar a ex-militares e ex-agentes de segurança com deficiência que retornem a praticar esporte. Isso é inclusão não somente para eles, mas para toda a sociedade, pois todos acabam sendo envolvidos. Isso mostra também a seriedade que o município de Blumenau obtém com os paratletas e com o Programa do Paradesporto”.

Ainda neste ano, serão realizadas outras três edições do Festival Militar Paralímpico pelo Brasil, em junho, setembro e dezembro.

Fonte: Assessoria de Comunicação Comitê Paralímpico Brasileiro

 

Publicado em Geral
Escrito por

Gerente de planejamento, Camile busca inovação

Por Antonio Prado

“Vim para a Fesporte porque acredito no projeto inovador do presidente da instituição Rui Godinho”. A frase proferida por Camile Pacheco, gerente de planejamento e controle, sintetiza o pensamento de aprimoramento e aperfeiçoamento inseridos na política de trabalho dos novos gestores da Fesporte.

Formada em Direto e com 38 anos de idade, Camile advém da iniciativa privada com experiência no campo do planejamento de empresas familiares. “Trabalhar na Fesporte é algo novo para mim, mas me sinto feliz em poder participar desta iniciativa de transformação da entidade proposta pelos novos gestores”, relata.

Camile diz que está começando a entender toda a dinâmica organizacional da Fesporte e percebe toda grandeza da instituição. “A casa tem poucos servidores e percebo que eles conseguem gerenciar eventos de qualidade e nossa função aqui é melhorar ainda mais o que está sendo feito e inovar com outras ações que virão e mostrar para a sociedade de forma mais efetiva o que esta sendo feito pelo o esporte catarinense”, conclui.

 

Pagina 8 de 39