Publicado em Geral
Escrito por

Secretaria de Educação é parceira da Fesporte

Desde que iniciou à frente da Fesporte, em janeiro deste ano, o presidente da instituição, Rui Godinho, disse que sua gestão seria marcada por uma forte parceria com a Secretaria Estadual de Educação (SED) no gerenciamento dos eventos esportivos. Conversas neste sentido foram constantes com o secretário de educação Natalino Uggioni, que sempre se mostrou solícito no processo.

E no dia 8 de abril Rui Godinho e Uggioni, com a presença do governador Carlos Moisés, assinaram oficialmente a parceria entre Fesporte e SED para fomentar o esporte catarinense.

“O secretário Natalino Uggioni está sendo um grande parceiro nesta nova fase da Fesporte. Agora, teremos a etapa estadual dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc), em São Miguel do Oeste, e ele já colocou toda a estrutura SED para a realização dos Jogos”. As escolas estaduais, segundo Godinho, servirão como alojamento aos atletas, e os dias que permanecerem nesta condição serão repostos no calendário escolar sem perda para os alunos.

Segundo o presidente da Fesporte, a parceria com a Educação não se limitará apenas aos alojamentos. A ideia é que recursos disponíveis para Fesporte poderão ser utilizados na educação, seja para compra de material esportivo, ou para formação de professores na área.  No campo da parceria, está prevista a inclusão de novas modalidades esportivas que beneficiarão mais estudantes em Santa Catarina.

Ainda este ano, um projeto será construído pelas equipes técnicas da SED e Fesporte para ser implantado na rede estadual. As unidades escolares que receberão o projeto piloto serão definidas e, posteriormente, as demais escolas podem receber o novo programa.

“Esporte e educação caminharão lado a lado com o objetivo de transformar os eventos esportivos em instrumentos de inclusão social e em laboratório para descobertas de novos talentos. E a Secretaria de Educação, por meio do secretário Natalino Uggioni, terá um importante papel nesse processo”, finalizou o presidente da Fesporte, Rui Godinho.

Texto: Antonio Prado

 

Publicado em Geral
Escrito por

Pódio adaptado é novidade no paradesporto de SC

A Fesporte começa a temporada apresentando novidades em ações de inclusão no paradesporto. O 1º Brasileiro de Jiu-Jitsu Paradesportivo contará com algumas novidades projetadas para o ano.

O presidente da Fesporte, Rui Godinho, recebeu na tarde desta sexta-feira, 17, o organizador do 1º Brasileiro de Jiu-Jitsu Paradesportivo e tricampeão mundial da modalidade, Daniel Borges. Ilustre figura constante nos corredores da sede da Fesporte, em virtude da parceria para a realização do evento, Borges veio ver de perto as novidades que a Fesporte está preparando para os eventos paradesportivos de 2019.

A valorização do momento apoteótico do atleta passa a ter um elemento especial. A diretoria da Fesporte desenvolveu um projeto de pódio adaptado ao paradesporto, visando a uma maior autonomia do atleta na cerimônia de premiação dos eventos paradesportivos. Confeccionado em aço e ferro galvanizados, o pódio ainda conta com piso em chapa xadrez antiderrapante, proporcionando o máximo de segurança ao atleta paradesportivo. Com 1m2 para cada posição, do primeiro ao terceiro, e mais 1m2 para cada rampa, esse protótipo será usado no 1º Brasileiro de Jiu-Jitsu Paradesportivo, em que se poderá observar a necessidade de adequações para então produzir mais conjuntos de pódio como esse.

Segundo Borges, em viagens pelo Brasil e exterior, não viu um pódio com essa qualidade de adaptação ao paradesporto. O presidente Godinho destacou que um dos principais focos da Fesporte nesta gestão é o trabalho pela inclusão, que envolve também ações de acessibilidade.

Godinho ainda aproveitou para apresentar a Borges o material de premiação, com belos troféus, além de vistosas medalhas de 10cm de diâmetro. Mas a novidade que elas trazem é que um dos elementos da cunhagem é a impressão em braille da colocação do ganhador (1º, 2º e 3º).

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Publicado em Geral
Escrito por

Lançado edital para contratação de transporte

A Fesporte lançou na segunda-feira (14) o edital de pregão eletrônico visando à contratação de empresa especializada em serviços de transporte rodoviário municipal e intermunicipal de pessoas em veículos tipo van, micro-ônibus e ônibus, para transporte de passageiros participantes dos eventos do calendário esportivo da instituição.

A abertura da sessão acontece às 13h30min do dia 27 de maio. Para participação a empresa deverá estar cadastrada no Portal de Compras da Secretaria de Estado de Administração (SEA).

O edital PE 012.2019 está disponível no site oficial da Fesporte (clique aqui para acessar o edital).

 

 

Publicado em Geral
Escrito por

‘Temos que fortalecer o esporte como inclusão social’

"Temos que fortalecer o esporte como ferramenta de inclusão social, o esporte na escola, o esporte praticado por entidades filantrópicas que trabalham com crianças carentes, o esporte de base”. Essas são algumas das palavras que estão inseridas nas entrevistas do presidente da Fesporte, Rui  Godinho, desde que assumiu a instituição em janeiro de 2019. 

Essa filosofia de pensamento voltou a estar evidente no encontro entre Godinho e o campeão olímpico da natação César Cielo, nesta sexta-feira, 10, em Itajaí, onde o nadador foi apresentando oficialmente como atleta do Marcílio Dias. Explica-se: Cielo foi contratado pelos itajaienses não somente para competir em 2019, mas também para auxiliar, no município, um projeto social denominado Nadar, que já auxilia em solo itajaiense cerca  de três mil crianças carentes.

Fesporte apoia instituições filantrópicas 

O Projeto Nadar, apoiado por Cielo, tem ressonância na filosofia de trabalho de Rui Godinho à frente da Fesporte. “Para se ter uma ideia, já visitamos mais de 20 instituições filantrópicas em todo o estado, as quais trabalham o esporte como fator de inclusão social, que tiram a criança da ociosidade das ruas, dando oportunidade da prática esportiva e possibilitam a descoberta de futuros campeões e proporcionam cidadania”, enfatiza Rui Godinho.

A ideia, segundo Godinho, é a Fesporte auxiliar estas entidades a continuar fomentando o esporte de inclusão. "Já estamos cadastrando essas instituições para no futuro iniciarmos a parceria. São essas instituições, que vivem quase sem nenhum incentivo, que precisam do apoio do Poder Público”. Para ele, auxiliar megaeventos esportivos consagrados tem até sua importância, mas o Governo Estadual contribuir com instituições sociais esportivas filantrópicas tem um caráter imensurável para a sociedade.

Investir no esporte como inclusão

“Investir no esporte como ferramenta de inclusão social é uma prestação de serviço público do Estado para com o cidadão, que paga seus impostos”, destaca Rui, e segundo ele, esta foi essa a diretriz proposta pelo governador Carlos Moisés, quando pediu que ele assumisse a Fesporte. 

Ao encontrar Cesar Cielo, em Itajaí, Rui Godinho conversou com o campeão a possibilidade de ampliar o Projeto Nadar em Santa Catarina com a parceria do Governo Estadual, ideia que agradou o nadador olímpico. Após participar de sua primeira prova pelo Marcílio Dias, nesta sexta-feira, no Clube Doze, em Florianópolis, Cielo enfatizou: 

“Se unirmos nossas forças, Governo do Estado e Projeto Nadar, Santa Catarina tem tudo para o ser o estado a ter o maior público de nadadores do Brasil. Se unirmos as forças tenho certeza que colheremos bons frutos, seja para o esporte de alto rendimento, seja para a sociedade, formando cidadãos de caráter”, finalizou. 

Texto: Antonio Prado 

 

Publicado em Geral
Escrito por

Nota de pesar

É com pesar que a Fesporte comunica o falecimento do atleta de ciclismo Edson Resende, o Edinho, de São José, ocorrido na manhã desta sexta-feira, 3, na BR 101, em Barreiros. Edinho, como guia do atleta Orides de Lima, treinava na marginal, às proximidades do Trevo de Barreiros, quando foi atropelado por um veículo.

Edinho tem inúmeros títulos pelos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc), evento organizado pela Fesporte. Ele também fazia parte da seleção brasileira de paraciclismo. Em 2016, defendendo o Brasil, Edinho, guiando Luciano da Rosa, obteve títulos importantes como a conquista de todas as etapas da Copa Brasil de Paraciclismo.

 

Publicado em Geral
Escrito por

Governo disponibiliza 2,9 milhões para eventos

Governo disponibiliza 2,9 milhões para eventos da Fesporte 

Uma boa notícia para o esporte catarinense. Os municípios que sediarão eventos da Fesporte – como os Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), por exemplo – poderão receber, com antecedência, os recursos para organizarem e realizarem as competições. Segundo o governador Carlos Moisés, com mais tempo e a verba em caixa, é possível garantir a melhor estrutura para os talentos do esporte brilharem. “Estão disponíveis R$ 2,9 milhões para convênios com os municípios-sede dos eventos esportivos”, destacou o governador.

O presidente da Fesporte, Rui Godinho, destaca que os projetos precisam estar cadastrados no Sistema de Planejamento de Gestão Fiscal do Estado, para a assinatura dos convênios.

“Com esses recursos antecipados os municípios, parceiros da Fesporte nos eventos esportivos, ganham tempo e tranquilidade no gerenciamento e nas ações iniciais no que se refere à organização das competições ao logo de 2019. Esta ação do governador Carlos Moisés mostra que ele pretende dar um novo dinamismo na política esportiva de Santa Catarina, pois há muito tempo não se tinha a garantia de verba antecipada no setor esportivo”, destaca o presidente da Fesporte Rui Godinho.

Texto: Antonio Prado

Publicado em Geral
Escrito por

Rui Godinho representa Governador de SC em posse da FCF

O presidente da Fesporte, Rui Godinho da Mota, esteve presente na Federação Catarinense de Futebol, em Balneário Camboriú, na última sexta (12), representando o governador Carlos Moisés, na assembleia geral ordinária da entidade, que manteve à frente o empresário Rubens Renanto Angelotti, e demais membros da diretoria e do Conselho Fiscal, que tomaram posse para o quadriênio 2019-2023.

Publicado em Geral
Escrito por

Apan chega à elite do vôlei após vice na superliga B

Pela primeira vez, desde a primeira edição da série B da Superliga Masculina de Vôlei, em 2012, uma equipe catarinense chegou à final. Na decisão final contra o Botafogo (RJ), no último domingo (14), a Apan/Blumenau perdeu por 3 a 1 (25/16, 22/25, 26/24 e 25/21) e ficou com o vice-campeonato, posição que garantiu à equipe blumenauense vaga na série A ao passar pela equipe do Anápolis Vôlei, de Goiás, numa das semifinais, com duas vitória: 3 a 1 (18/25, 25/16, 20/25 e 23/25 - em Anápolis) e 3 a 2 (20/25, 25/20, 29/31, 25/22 e 15/11 - em Blumenau).

A bela campanha da equipe de Blumenau, com apenas duas derrotas, ambas para o Botafogo, uma na primeira fase e outra no final, marca a volta de uma equipe catarinense à série A da Superliga Masculina, da qual a última participação de uma equipe catarinense aconteceu na temporada 2012-2013, com o Floripa EC (Super-Imperatriz Vôlei).

A Apan/Blumenau já começa a se preparar para a temporada 2019-2020 da Superliga, que inicia em outubro, e já busca pelo menos mais três reforços para a competição que deve exigir ao menos o triplo do investimento que foi feito na série B.

  • Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte
Publicado em Geral
Escrito por

Futebol feminino do Lurdão é bronze em Belgrado

O desejado título não chegou para as meninas da Escola Lourdes Lago, de Chapecó, mas elas têm ainda um bom motivo para comemorar o terceiro lugar conquistado no último domingo (14), em Belgrado, na Sérvia, já que o bronze já é a melhor classificação de uma equipe brasileira feminina no Campeonato Mundial de Futebol Escolar. A melhor posição até então havia sido da própria Escola Lourdes Lago, um quarto lugar em 2017, na República Tcheca.

Depois de perder para a Alemanha, por 1 a 0, e a classificação para a final, num jogo bastante disputado, na sexta-feira (12), o time do Lurdão voltou a campo no domingo para a decisão do bronze contra a equipe da Áustria. O gol da vitória brasileira foi marcado por Mariza.

A equipe é resultado de um projeto de parceria entre a Associação Desportiva Lourdes Lado e a Associação Chapecoense de Futebol (Adell/Chapecoense); projeto este que tem sido bastante importante para manter a cidade de Chapecó como uma das principais nas modalidades de futebol e futsal nos eventos promovidos pela Fesporte, como Jogos Escolares de Santa Catarina, Joguinhos Abertos, Olimpíada Estudantil Catarinense e Moleque Bom de Bola. A delegação catarinense foi formada pelas atletas Naiane Batista, Caroline dos Santos, Evelin Tositto, Lais Sartori, Patrícia Maldaner, Rafaela Marostica, Brendha dos Santos, Caroline Bedendo, Emanuela Balbinot, Júlia Ferronatto, Camila Rodrigues, Gisseli Calixto, Laura Gieseler, Mariza Silva e Yasmin Cosmann, além do técnico João Romeu e o coordenador Amauri Giordan.

Na categoria masculina do Mundial de Belgrado, o Brasil foi representado pelo Colégio Amorim, que conquistou, pela primeira vez, título de campeão do mundo, ao vencer a Eslováquia por 3 a 0, no evento que reuniu o maior número de nações na história do Mundial de Futebol Escolar promovido pela Federação Internacional de Desporto Escolar, com 24 países no masculino e 16 no feminino.

  • Texto: Heron Queiroz
Publicado em Geral
Escrito por

Lourdes Lago, de SC, segue no Mundial de Futebol Escolar

A equipe de futebol feminino da Escola Lourdes Lago, de Chapecó, classificou-se para a semifinal do Campeonato Mundial de Futebol, ao vencer a equipe da Finlândia por 2 a 0, com gols de Paty e Rafa, na manhã desta quinta-feira (11), em Belgrado, na Sérvia.

O feito não só garantiu ao "Lurdão" vaga na próxima etapa, como eliminou as maiores vencedoras da história da competição.

“O jogo foi bem disputado, as finlandesas eram bem mais altas do que nós, mas viemos com um pouco mais de agilidade e técnica e conseguimos esse resultado e a vaga para a próxima fase”, disse Paty.

No masculino, o outro representante brasileiro, o Colégio Amorim, de São Paulo, também garantiu vaga ao vencer o Catar por 1 a 0, com gol de Riquelme.

Na sexta (12), as duas equipes brasileiras voltam a jogar. As meninas enfrentam as alemãs, às 6h30 pelo horário de Brasília, enquanto que o rapazes terão pela frente os austríacos às 10 horas. Ambas as partidas terão transmissão direta pela página da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) no Facebook.

  • Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte
  • Informações: Airton Lima/CBDE
Publicado em Geral
Escrito por

Fesporte divulga principais ações em 100 dias de governo

Desde que foi criada, em 1993, já passaram pelos eventos da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), mais de 10 milhões de atletas nos eventos esportivos da instituição como Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), Joguinhos Abertos, Jogos Escolares de Santa Catarina, Jogos Paradesportivos, Jogos Abertos da Terceira Idade, entre outros.

"Desde que assumimos a Fesporte não paramos um só minuto de trabalhar pensando numa instituição mais dinâmica, que atenda principalmente os interesses dos atletas e dos municípios, que são os nossos parceiros", enfatiza o presidente da entidade Rui Godinho. Para isso, segundo ele, estão sendo realizados encontros diários na sede da Fesporte com prefeitos,dirigentes municipais e representantes de federações esportivas. "Nosso objetivo é ouvir todos e assimilar as boas ideias e isso tem sido feito, pois em 100 dias do novo governo já fizemos ações de destaque que beneficiarão o esporte catarinense", esclarece Godinho. 

Nos 100 primeiros dias do governador Carlos Moisés, muito se fez no âmbito gerencial da Fesporte, com o intuito de dar um novo dinamismo no esporte de Santa Catarina. Uma das primeiras ações da nova gestão da Fesporte foi introduzir uma filosofia de economia na instituição.

Conclusão do calendário

No período, foram economizados cerca de R$ 39 mil em locações de carros e diárias. Posteriormente houve a conclusão de todo o calendário esportivo da Fesporte, contribuindo para que os municípios parceiros pudessem se organizar de forma antecipada para os eventos da entidade.

No aspecto da inovação, foi implantada a assessoria de comunicação e marketing da Fesporte, já que antes havia apenas o setor de imprensa. E para permitir a inclusão do deficiente visual, criou-se no site a notícia falada, que, por meio do aplicativo SoundCloud, passa a ouvir as principais notícias. O instrumento possibilita também que rádios façam download do áudio para usar em suas programações.

Medalha com sistema braile será uma das inovações da Fesporte (Foto: Antonio Prado)

Já no campo da acessibilidade houve a aquisição de pódio adaptado para os eventos do paradesporto, que envolvem atletas com deficiência e, pensando neste público foi instituído o braile nas medalhas de todos os eventos esportivos.

Esporte como inclusão social

E com a ideia de incrementar ainda mais as ações da Fesporte foi criado um plano de mídia com objetivo de arregimentar empresas privadas como parceiras, que auxiliem na divulgação e no orçamento dos eventos da Fesporte.

Uma das ações de destaque nestes primeiros 100 dias foi a implantação da filosofia do esporte como fator de inclusão social. Para isso integrantes da diretoria de esporte e da gerência de esporte de participação passaram a viajar pelo estado, visitando instituições esportivas filantrópicas que usam a prática esportiva como processo inclusivo com crianças e adolescentes. Fez-se cadastro e relatório técnico das entidades que, no futuro, por meio de edital, serão parceiras da Fesporte na promoção social por meio do esporte.

Parceria com o Comitê Olímpico

No segmento de grandes eventos o Governo Estadual, por meio da Fesporte, firmou parceria com o Comitê Olímpico do Brasil (COB) para a realização da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, a maior competição do gênero do país, que reunirá em Blumenau, em novembro, mais de 5 mil pessoas entre atletas e dirigentes. A ação contará com a parceria da prefeitura de Blumenau.

Já em Florianópolis, com auxílio da Fesporte, será realizado em julho o 1º Campeonato Brasileiro de Parajiujtsu. No segmento escolar, foi instituída a noite de gala do Festival Escolar Dança Catarina, em alusão aos 20 anos do evento, único no mundo a ser organizado e gerenciado por governo estadual.

PAUTA DOS NOVOS PROJETOS

- Atualizar e reposicionar marca Fesporte perante a opinião pública;

- Dar mais visibilidade aos eventos da Fesporte, por meio do setor de marketing;

A Fesporte pretende criar em 2019 um sistema de controle on-line dos jogos (Foto: Antonio Prado)

- Criar um novo site com novas ferramentas on-line, que atenda as necessidades da Fesporte e dos municípios parceiros;

- Promover acessibilidade e democratização de acesso nos locais que congregam os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) e Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc);

- Aprimorar a parceria com instituições filantrópicas que trabalham com projetos sociais esportivos, criando um banco de projetos destinado a doações de material esportivo;

- Institucionalizar o selo Amigos do Esporte a empresas, como forma de imprimir responsabilidade social, condição importante para o abatimento do imposto de renda direcionado a investimentos a projetos sociais;

- Atualizar plano de mídia nos eventos da Fesporte;

Presidente da Fesporte, Rui Godinho (de branco), tem ouvido os dirigentes esportivos (Foto: Antonio Prado)

- Criar sistema de controle on-line dos jogos;

- Reduzir o impacto ambiental dos eventos, criando ações com esse objetivo, como a plantação de árvores, limpeza de locais públicos etc.;

- Implantar parcerias com secretarias estaduais para criação de ações lúdicas e pedagógicas nos eventos da Fesporte;

- Criar TV Escolar Fesporte, em parceria com escolas públicas, com o objetivo de melhorar a comunicação oral e escrita do aluno por meio de um programa de TV esportivo;

- Criar Fundo Fesporte com o objetivo de assegurar recursos para os eventos da Fesporte;

- Construir uma pista sintética de atletismo em Timbó a ser utilizada na etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) e na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude.

  • Texto: Antonio Prado/Ascom/Fesporte
Publicado em Geral
Escrito por

Secretaria de Educação firma parceria com a Fesporte

O governador do Estado, Carlos Moisés, o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, e o presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Rui Godinho da Mota, assinaram nesta segunda-feira, 8,  parceria para fomentar o esporte nas escolas estaduais.

"Agora estamos trabalhando juntos e unindo esforços  para o desenvolvimento de ações conjuntas. Vamos explorar o esporte para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, com foco no trabalho em equipe e na disciplina dos estudantes", destaca o secretário Uggioni.

Para o governador este é o caminho. "O nosso papel é abrir espaço para a conversa dos gestores e o alinhamento de boas práticas conjuntas. O esporte é um grande aliado da educação", afirma.

De acordo com Godinho, recursos disponíveis para Fesporte poderão ser utilizados na educação, seja para compra de material esportivo ou para formação de professores na área. “Estaremos mais perto dos estudantes, apresentando novas modalidades que são menos exploradas. Somos o país do futebol, mas temos outros potenciais esportivos, não apenas dentro de campo”, evidencia.

Ainda este ano, um projeto será construído pelas equipes técnicas da SED e Fesporte para ser implantado na rede estadual. As unidades escolares que receberão o projeto piloto serão definidas e, posteriormente, as demais escolas podem receber o novo programa.

Texto: Edinéia Rauta - Ascom/SED

OUÇA A MATÉTRIA:

Pagina 8 de 41