Publicado em Geral
Escrito por

Maria Luíza , de Jaraguá, conquista Prêmio Brasil Olímpico 2019

Após duas semanas de competições em Blumenau (SC), o Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou nesta quinta-feira, 5 de dezembro, os melhores atletas da edição 2019 dos Jogos Escolares da Juventude. Entre os atletas de 12 a 14 anos, os vencedores são a pernambucana Pamela Nievilly (atletismo) e o piauiense Klerton Zaidan (badminton). Já na categoria de 15 a 17 anos, os eleitos são a catarinense Maria Luíza Elói (vôlei) e o mato-grossense Guilherme Porto (wrestling).

Capitã da equipe do Colégio Evangélico Jaraguá (CEJ), Maria Luíza Elói, a Malu, foi o principal destaque da campanha vitoriosa das catarinenses em Blumenau. Aos 17 anos, a oposta se torna também a primeira atleta de vôlei a conquistar o Prêmio Brasil Olímpico na categoria Jogos Escolares, cuja premiação foi instituída em 2007.

Os quatro atletas receberão seus prêmios no próximo dia 10, em cerimônia realizada na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. A etapa nacional dos Jogos Escolares reuniu este ano 4.998 atletas dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal.

"É muito gratificante receber este prêmio porque trabalhamos o ano inteiro para chegar às competições. Era um dos meus objetivos jogar bem e ser campeã dos Jogos Escolares da Juventude. Esse prêmio é o reconhecimento de todo um trabalho, não só meu, mas de toda a equipe", disse Maria Luíza ao saber que hvia conquistado o prêmio, considerado o oscar do esporte brasileiro.  

Os Jogos Escolares da Juventude foram realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), com o apoio da Prefeitura de Blumenau e do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte).

Publicado em Geral
Escrito por

Excelência Esportiva reconhece melhores atletas de SC em 2019

A noite de gala do esporte catarinense premiou os melhores atletas do estado em 2019 nesta segunda-feira, 2, em Florianópolis. A cerimônia do Prêmio Excelência Esportiva, organizado pela Fundação Catarinense do Esporte (Fesporte), foi realizada no Teatro Pedro Ivo, com a presença do governador Carlos Moisés, do presidente da Fesporte, Rui Godinho, e do ex-tenista e número 1 do mundo Gustavo Kuerten, o Guga. Em quase três horas de solenidade, foram agraciados desportistas e pessoas que contribuíram para o desenvolvimento do esporte catarinense ao longo da história. 

Clique aqui e veja a galeria de fotos do evento

Em seu discurso, Moisés relembrou seus tempos de atletismo e enalteceu o papel dos atletas na formação de uma sociedade mais igualitária. Ele ressaltou a capacidade de formação de caráter do esporte por meio de valores e da ética.

“O Governo quer ser parceiro do atleta. Superar os limites é um desafio que o Esporte impõe. Nas escolas, nós conseguimos descobrir muitos dos futuros atletas. Fico emocionado de vir a esta cerimônia e ver na plateia tantas pessoas que se superam todos os dias. O Esporte não pode nunca ser esquecido. Ele precisa ser fomentado”, falou o governador.

Pouco antes, Guga também lembrou de alguns dos momentos mais marcantes de sua trajetória, quando ainda buscava o estrelato em competições pelo interior do estado e deixou uma mensagem de otimismo para os atletas catarinenses:

 

Guga, Governador e autoridades durtante o evento no Teatro Pedro Ivo (Foto: Júlio Cavalheiro/Secom)

“Vale a pena desafiar a vida. O caminho para o esportista é acreditar no impossível, em algo improvável. Continuem acreditando em seus sonhos. O esporte tem esse poder de mexer o espírito e a alma das pessoas. Cada um que está aqui é um exemplo para a sua comunidade. São muitas horas de trabalho, mas o esporte permite que sejamos melhores a cada dia. Continuem essa caminhada, que ela vale muito a pena”.

Em seu discurso o presidente da Fesporte, Rui Godinho, reforçou que o calendário esportivo da instituição, constituído por 10 eventos, foi cumprido integralmente com sucesso e agradeceu ao apoio do governador Carlos Moisés aos eventos promovidos pela Fesporte.

“O esporte catarinense, de um modo geral, teve uma grande projeção no cenário brasileiro  devido a grandes conquistas dos atletas em competições nacionais em 2019 (Paralimpíadas Escolares 126 medalhas conquistadas por SC e Jogos Escolares da Juventude, 86 medalhas). Queria agradecer aos técnicos e a as entidades esportivos pelo grande empenho em 2019”, disse Godinho.

Veja abaixo a lista dos premiados 

Medalha Rodolfo Sestrem

Sergio Rodrigues Castro (Vôlei de praia)  - Atleta destaque dos Jogos Abertos de SC 2019 

Taís Fabiane Schroeder Eval (Bolão 16) – Atleta revelação dos Jogos Abertos de SC 2019

Medalha Marcílio César Ramos Krieger (homenagem da Justiça Desportiva)

Carlos Eugenio Lopes

Maria Cristina Ferreira Santos 

Comenda do Mérito Desportivo

Alexandre Trevisan Schneider (handebol)

Kasuo  Konishi (judô)

Duciomar Antonio Grando, o Pipoca (judô)

Rui Rizzo (vôlei)

Salésio Kindermann (futebol)

Alvaro Rogerio Muniz (in memoriam)

Clube da Cala e Tiro Dias Velho, de Rio do Sul (entidade esportiva)

Universidade do Oeste de Santa Catarina (entidade patrocinadora)

Troféu Guga Kuerten de Excelência no Esporte

Isaky Anderson Coelho  (jiu-jitsu) – Melhor árbitro paradesportivo

Guilherme Locatelli (basquete) – Árbitro destaque de 2019

Alexandre Mederiso Ghizi (tênis de mesa) – Melhor técnico do Paradesporto

Karina Patricia de Souza (Vôlei) – Melhor técnico

Apae de Caçador – Melhor entidade paradesportiva

Associação Desportiva de Voleibol – Melhor entidade esportiva

Catarina Martins Machado (natação) – Atleta revelação paradesportivo

Calebe Lazarotti (Xadrez) – Atleta revelação

Gabriel Bodin Vieira Santos (Marcilio Dias) – Melhor atleta do futebol profissional

Sylvia Helena Braga (surfe adptado) – Melhor atleta paradesportiva

Gabriela Giraldi (patinação artística) – A melhor atleta

Bruno Becker da Silva (natação) – Melhor atleta paradesportivo

Douglas Brose (caratê) – O melhor atleta

Equipe Paralímpica de Tênis de Mesa DF (Criciúma) – Melhor equipe paradesportiva

Kindermann/Avaí (futebol feminino) – Melhor equipe catarinense

Texto: Leonardo Gorges

Assessoria de Imprensa

Secretaria Executiva de Comunicação - SECom

 

 

 

 

 

 

Publicado em Geral
Escrito por

É neste segunda a Noite de Excelência do Esporte de SC

 A Fesporte, O Conselho Estadual do Esporte, o Tribunal de Justiça Desportiva de SC e a Associação dos Cronistas Esportivos de SC estarão reunidos nesta segunda-feira (02/12) na “Noite da Excelência Esportiva”. A solenidade começará às 19 horas, no Teatro Pedro Ivo (Centro Administrativo/SC-401), com a outorga pelo Conselho da Comenda do Mérito Desportivo aos mais votados em plenária da instituição, entrega do Troféu Gustavo Kuerten aos desportistas de vários segmentos e modalidades que se destacaram em 2019, entrega da medalha Marcílio César Ramos Krieger, homenagem do TJD aos destaques na área jurídico-esportiva, no estado e no país. A Fesporte e a Acesc também farão a entrega da medalha Rodolfo Sestrem aos atletas destaque e revelação dos Jogos Abertos deste ano.  

Concorreram ao Troféu Gustavo Kuerten cinco finalistas em cada categoria, sendo três eleitos em votação popular pela Internet e outros dois indicados pelo Conselho Estadual de Esporte. Os vencedores serão definidos na manhã que antecede a premiação pela Curadoria do Troféu. Neste ano, o prêmio obteve 9.852 votos nos 183 finalistas indicados pelas Federações Esportivas e Entidades do Paradesporto. Estapremiação é uma iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina, por  meio da Fesporte, em parceria com o Instituto Guga Kuerten (IGK). Os concorrentes à Medalha Rodolfo Sestrem foram indicados pelos treinadores das suas respectivas modalidades e os vencedores foram os dois mais votados pelos jornalistas credenciados para a cobertura dos Jogos Abertos.

Comenda do Mérito Esportivo

Alexandre Trevisan Schneider – handebol, Concórdia

Dulcimar Antonio Grando – ex-judoca, Florianópolis

Kasuo Konishi – grande incentivador do judô no estado

Rui Rizzo – ex-atleta e dirigente do vôlei, Blumenau

Salézio Kindermann – incentivador do futebol e do futsal femininos em Caçador

Álvaro Rogério Muniz (in memoriam) -  atleta e treinador de basquetebol

Clube de Caça e Tiro Dias Velho – destaque como entidade esportiva, Rio do Sul

Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC – honraria que prestam apoio contínuo ao esporte

Medalha Marcílio Krieger

Carlos Eugênio Lopes – jurista, atuante na área d direito esportivo desde 1969, Rio de Janeiro

Maria Cristina Ferreira Santos – árbitra de natação e secretária do TJD catarinense

Medalha Rodolfo Sestrem

Atleta destaque – Sérgio Rodrigues Castro (Ceará), vôlei de praia de São José, onze títulos em Jogos Abertos.

Atleta revelação – Taís Fabiane Schroeder Evaldi, bolão 16 de Blumenau, derrubou 964 pinos na competição

Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte

O Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte foi criado por meio do Decreto 1.279 de 16 de abril de 2008, com o objetivo de homenagear atletas, entidades, técnicos e equipes catarinenses que tiveram destaque especial ao longo do ano.

Concorrem ao prêmio cinco finalistas em cada categoria, sendo três eleitos em votação popular pela Internet e outros dois indicados pelo Conselho Estadual de Esporte. Os vencedores serão definidos na manhã que antecede a premiação pela Curadoria do Troféu. Neste ano, o prêmio obteve 9.852 votos nos 183 finalistas indicados pelas Federações Esportivas e Entidades do Paradesporto.

Os destaques do esporte catarinense de 2019 serão conhecidos na noite desta segunda-feira, dia 02 de dezembro, no evento Excelência Esportiva, o qual contempla a cerimônia do Troféu Gustavo Kuerten, em sua 11ª edição. O Evento será realizado no Teatro Pedro Ivo Campos, em Florianópolis, com início às 19h30.

 A premiação é uma iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina, por  meio da Fesporte, em parceria com o Instituto Guga Kuerten (IGK).

Confira os finalistas 2019:

1) O MELHOR ATLETA MASCULINO

DOUGLAS SANTOS BROSE - KARATÊ

MATEUS VOIGHT – BADMINTON

RYAN WESLEY DA COSTA CAETANO - XADREZ

JOÃO VITOR VIEIRA DA SILVA - GINÁSTICA

FELIPE AUGUSTO WERLE – PATINAÇÃO ARTÍSTICA

 

2) A MELHOR ATLETA FEMININO

MICAELA ROSA DE MELLO - ATLETISMO

VALÉRIA KUMIZAKI – KARATÊ

GABRIELLA PEREIRA GIRALDI - PATINAÇÃO ARTÍSTICA

BÁRBARA MICHELINE DO MONTE BARBOSA – FUTEBOL

BEATRIZ LINHARES DA SILVA - GINÁSTICA

 

3) O(A) ATLETA REVELAÇÃO

PAULA BERNARDO CARVALHO - BASQUETEBOL

LETICIA DE ALMEIDA REDONDO KATO – KARATÊ

MAYKE LUANA REDEL – PATINAÇÃO ARTÍSTICA

CALEBE KADLUBISKI LAZZAROTTI - XADREZ

NATÁLIA METZNER - GINÁSTICA RÍTMICA

 

4) MELHOR ATLETA DE FUTEBOL PROFISSIONAL

GABRIEL BORDIN VIEIRA SANTOS (MAGRÃO) – FUTEBOL

CARLOS EDUARDO VIEIRA (EDUARDO) – FUTEBOL

MAIKEL DANIEL COSTA (DANIEL COSTA) - FUTEBOL

DANIEL LOPES DE ANDRADE (DAN DAN) - FUTEBOL

EBERT WILLIAN AMÂNCIO (BETÃO) - FUTEBOL

 

5) A MELHOR ENTIDADE ESPORTIVA

ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA KINDERMANN - FUTEBOL

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE VOLEIBOL – ADV – VOLEIBOL

FEDERAÇÃO DE GINÁSTICA DE SANTA CATARINA - GINÁSTICA

CLUBE RODAS DE OURO DE ITAJAÍ – PATINAÇÃO ARTÍSTICA

CLUBE CONCORDIENSE DE XADREZ – CCX – XADREZ

 

6) MELHOR EQUIPE ESPORTIVA

EQUIPE DE BASQUETE ADULTO FEMININO BLUMENAU - BASQUETEBOL

EQUIPE ADV/MARISOL/SECEL MASCULINA – VOLEIBOL

EQUIPE INFANTIL - AGRD JOINVILLE – GINÁSTICA RÍTMICA

EQUIPE FEMININA DE FUTEBOL - KINDERMANN/AVAÍ – FUTEBOL FEMININO

EQUIPE INFANTIL ADIEE/FME FLORIANÓPOLIS - GINÁSTICA ARTÍSTICA

 

7) O(A) MELHOR TÉCNICO(A)

MARCOS VINICIUS DA SILVA CUNHA - JIU-JITSU

VANDERLEI MACHADO DE OLIVEIRA – KARATÊ

KARINA PATRÍCIA DE SOUZA - VOLEIBOL

VANESSA HAGEMANN – GINÁSTICA RÍTMICA

THAIS EMANUELLI DA SILVA DE BARROS – GINÁSTICA ARTÍSTICA

 

8) O(A) MELHOR ÁRBITRO(A)

GUILHERME LOCATELLI - BASQUETEBOL

CHARLY WENDY STRAUB DERETTI – FUTEBOL

ANELISE C. NEWBERY – TIRO COM ARCO

FELIPE GONZAGA CAVALCANTI – PATINAÇÃO ARTÍSTICA

ELLEN VIVIAN KEGEL - GINÁSTICA

PARADESPORTO

 

1) O MELHOR ATLETA PARADESPORTIVO MASCULINO

CONRADO CONTESSI - TÊNIS DE MESA PARALÍMPICO

BRUNO BECKER DA SILVA – NATAÇÃO PARALÍMPICA

JORGE LUIS CAMARGO FONSECA - PARATLETA DE TRIATHLON

JOCÉLIO DE ASSIS -  HANDEBOL EM CADEIRA DE RODAS

EZEQUIEL DE SOUZA CORREA – LEVANTAMENTO DE PESO PARALÍMPICO

 

2) A MELHOR ATLETA PARADESPORTIVA FEMININA

ANA CAROLINE MANOSSO LIMA -  TIRO COM ARCO PARALÍMPICO

CLAUDIA MARIA DUTKA - HANDEBOL EM CADEIRA DE RODAS

ISABELLE GARCIA VELÁSQUEZ - NATAÇÃO PARALÍMPICA

GÉVELYN CÁSSIA ALMEIDA - ATLETISMO PARALÍMPICO

SYLVIA HELENA BRAGA -  SURF ADAPTADO

 

3) O(A) ATLETA REVELAÇÃO PARADESPORTIVO

GABRIEL DE OLIVEIRA ANTUNES - TÊNIS DE MESA PARALÍMPICO

CATARINA MARTINS MACHADO – NATAÇÃO PARALÍMPICA

MARIA FERNANDA COSTA - TÊNIS DE MESA PARALÍMPICO

SUSANA CRISTINA DA SILVA - HANDEBOL EM CADEIRA DE RODAS

GIULIANO DOS PRAZERES NOGAROLI - NATAÇÃO PARALÍMPICA

4) A MELHOR ENTIDADE PARADESPORTIVA

ASSOCIAÇÃO DOS PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS (APAE)

ASSOCIAÇÃO SURF SEM FRONTEIRAS (ASSF) - SURF

ACESA – ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ESPORTES ADAPTADOS

ASSOCIAÇÃO DE DEFICIENTES DE CRICIÚMA - JEDECRI

ESCOLA ESPECIAL LEANDRO DE AZEVEDO - APAE BIGUAÇU

 

5) MELHOR EQUIPE PARADESPORTIVA

EQUIPE MASCULINA DE FUTSAL DEFICIÊNCIA INTELECTUAL (DI) DE CAÇADOR – FUTSAL DI

EQUIPE PARALÍMPICA DE TÊNIS DE MESA – DF MASCULINA

EQUIPE DE ATLETISMO PARALÍMPICA - DI FEMININA – APESBLU – ATLETISMO PARALÍMPICO

EQUIPE DE ATLETISMO PARALÍMPICO - DF MASCULINA - FMEL ITAJAÍ

EQUIPE DE HANDEBOL EM CADEIRA DE RODAS FALCÕES DO OESTE/PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPECÓ

 

6) O(A) MELHOR TÉCNICO(A) DO PARADESPORTO

ALEXANDRE MEDEIROS GHIZI – TÊNIS DE MESA PARALÍMPICO

ALAN MARTTOS HELBOCK – NATAÇÃO PARALÍMPICA

GÉVELYN CÁSSIA ALMEIDA - ATLETISMO PARALÍMPICO E HANDEBOL EM CADEIRA DE RODAS

CARINE MARLA BOSETTI - FUTSAL DI

JULIO CESAR PISTARINI - NATAÇÃO PARALÍMPICA

 

7) O(A) MELHOR ÁRBITRO(A) DO PARADESPORTO

CLAUDIO PACHECO – ATLETISMO PARALÍMPICO

LUCI DE BARROS – BOCHA PARALÍMPICA

ISAKY ANDERCON COELHO - JIU-JITSU PARADESPORTIVO

Com informações Sites CED e Guga Kuerten

Publicado em Geral
Escrito por

Após 2 blocos de competições, SC está com 38 medalhas

Terminou na noite desta segunda-feira, 25, em Blumenau, com as disputas das finais do atletismo, voleibol, futsal e badminton, o segundo bloco de competições dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ). O Time SC fechou sua participação nos dois blocos com um total de 38 medalhas sendo 13 ouro, 11 de prata e 14 de bronze. No primeiro bloco, realizado entre dia 17 e 20 de novembro, foram disputadas as modalidades de basquete, handebol, judô e luta olímpica.

Agora, a partir desta quarta-feira 27, até sábado, 29, ocorrem as disputas do terceiro e último bloco de competições que envolvem o ciclismo, ginástica rítmica, natação, tênis de mesa, vôlei de praia e xadrez.

Nesta segunda-feira o Time SC foi destaque em todos os seguimentos principalmente no atletismo, pois esteve presente em todos os pódios da competição. Foram 15 medalhas conquistadas na pista sintética de Timbó sendo 3 de ouro, 9 de prata e 3 de bronze. Mas, no acumulado dos três dias de competições do atletismo os catarinenses conquistaram na modalidade um total de 29 medalhas sendo 7 de ouro, 15 de prata e 7 de bronze.

Os catarinenses ainda levaram a medalha de ouro no voleibol masculino 12 a 14 anos e também no feminino 15 a 17 anos, além da medalha de prata no voleibol feminino 12 a 14 anos.

 Bryan Nikson Alves, da Escola Básica Arnaldo Brandão, de Itajaí, bateu o recorde dos 1.000 metros que durava 9 anos (Foto: Antônio Prado/Fesporte)

No atletismo o destaque do dia foi a medalha de ouro 12 a 14 anos de Bryan Nikson Alves, da Escola Básica Arnaldo Brandão, de Itajaí. Com o tempo de 2min38 segundos ele bateu o recorde da prova que já durava nove anos. “Vim para conquistar esta medalha, pois estava treinando todos os dias. Agradeço a Deus e consegui fazer a minha melhor marca. Vamos ver né, quem sabe no futuro eu possa estar em uma olimpíada”, disse o campeão.

Além de Bryan também foram ouro, na categoria 15 a 17 anos, João Victor Dalandrea, da Escola Estadual Paulo Zimmermann, de Rio do Sul, no lançamento do disco, e Larissa da Silva Lúcio, da Escola estadual Abílio César Borges, de Nova Veneza, nos 800 metros.

Confira os demais medalhistas desta segunda-feira

12 14 anos

Prata – Lançamento do disco – Camila Flach (Escola Estadual Humberto Machado/Itapiranga)

Prata – Lançamento do disco  Luan Braz (Educandário/Braço do Norte)

 Prata – 80m com barreiras - Natália Campregher (E.M. Professor Santos Tamaselli/ Schroeder),

Prata Revezamento 4x75 masculino – Ricardo Rasten (E.M. Ribeirão Molha/Jaraguá do Sul), Guilherme  Kroh (E.M. Plácido Xavier Elias (Joinville), Pedro Kohler (Escola Georgina de Carvalho Ramos da Luz/Brusque) e Luis Felipe Voos (Escola Elias Moreira/Joinville)

Prata Revezamento 4x75 feminino – Thaynara Alves (E.M. Oscar Unbehaun/Blumenau), Natália Campregher (E.M. Professor Santos Tamaselli/Schroeder), Louise de Carvalho (Colégio Paulo Freire/São José) e Sybele Royer (E.M. Hermann Guenter/Pomerode)

Bronze – Tetratlo – Branca Elena (Escola Estadual Guilherme Zuege/Joinville

Bronze – 250m – Sybele Royer (Escola Municipal Hermann Guenter/Pomerode)

Escola Barão do Rio Branco, de Blumenau, conquistou a medalha de ouro no voleibol 12 a 14 anos (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

15 a 17 anos

Prata – 110m com barreiras - Gabriel Lucas Quirino (Escola Estadual Santos Dumont/Blumenau)

Prata - Salto triplo - Mariana Müller (Colégio Tupy/Joinville)

Prata – 110m com barreiras –Danielle Fidel Estrais (Escola Estadual Hercílio Deeke/Blumenau)

Prata – 200m – Alana Amorin  (Colégio Rui Barbosa/Rio do Sul) 

Bronze – Revezamento 4x400 misto - Camilly Santos (EEB Maria Amin Ghanem/Joinville), Samuel  Salvadori e Maximínio Júnior (EEB Higino João Pio/Balneário Camboriú) e Danielle Estrais (EEB Hercílio Deeke/Blumenau).

Badminton foi destaque

Na edição 2019 dos JEJ os estudantes do badminton também se destacaram. Ao todo foram cinco medalhas, com destaque para as quatro desta segunda feira, sendo duas de ouro, performance bem superior as três medalhas da edição 2018.

Confira os destaques

Lucas Arten (Escola Estadual Santo Antônio/Mafra) - Ouro na Simples 12-14

Lucas Arten/Vinícius Ribeiro (Escola Estadual Nélson Pedrini/Joaçaba) - Bronze na dupla Masc 12-14

Natália Bortolini Stein (Colégio Aplicação da Uniarp/Caçaodor) - Prata na Simples Feminina 15-17

Natália Bortolini Stein/Sânia Lima (Escola Municipal Nossa Senhora da Paz, de Teresina, Piaui) - Ouro na dupla feminina 15-17

Natália Bortolini Stein/Erick tomachinski (EEB Padre Nóbrega/Luzerna) - Bronze na dupla mista 15-17

O badmiton teve um papel de destaque no Time SC (Foto: Antonio Prado/Fesporte)

Duas medalhas de ouro no voleibol

Santa Catarina brilhou também no voleibol. Na categoria 12 a 14 anos a Escola Barão do Rio Branco, de Blumenau, conquistou a medalha de ouro com a vitória de 3 a 1 sobre o Colégio Marista São Luiz, de Pernambuco, com parciais de 21/25, 25/23, 25/23 e 25/23.

A outra medalha de ouro no voleibol veio na categoria 15 a 17 feminino com o Colégio Evangélico Jaraguá, de Jaraguá do Sul, que venceu a Escola Estadual Deputado Domingos de Figueredo, de Varginha, Minas Gerais, com parciais de  25/16, 19/25, 25/14, 21/25 e 15/10.

O voleibol feminino 12 a 14 anos da Escola Estadual Sara Castelhano Kleinkauf, de Guaraciaba, ficou com a medalha de prata após perder a final por 3 a 1 para o Sistema de Elite de Ensino da Tijuca, Rio de Janeiro, com parciais de 20/25, 25/20, 16/25 e 21/25.

Santa Catarina não conseguiu as duas medalhas de bronze no futsal. A Escola Estadual Vidal Ramos, de Concórdia perdeu de 9 a 8 nos pênaltis do Colégio Santa Madre, do Pará, após o empate em 1 a 1 no tempo normal.

A Escola Estadual João Veras, de Joinville, perdeu de 3 a 2 para a Escola Brejo Santo, do Ceará, na categoria 15 a 17 anos. Mesmo com as derrotas, segundo seus treinadores, o saldo das duas escolas foi positivo na competição, já que ficaram entre as melhores do Brasil.

Os Jogos Escolares da Juventude são uma realização do Comitê Olímpico do Brasil (COB), com o apoio da Prefeitura de Blumenau e do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte).

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

Publicado em Geral
Escrito por

Confira os finalistas 2019 em cada categoria do Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte

Confira os finalistas 2019 em cada categoria do Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte:

 

O Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte foi criado por meio do Decreto 1.279 de 16 de abril de 2008, com o objetivo de homenagear atletas, entidades, técnicos e equipes catarinenses que tiveram destaque especial ao longo do ano.

 

Concorrem ao prêmio cinco finalistas em cada categoria, sendo três eleitos em votação popular pela Internet e outros dois indicados pelo Conselho Estadual de Esporte. Os vencedores serão definidos na manhã que antecede a premiação pela Curadoria do Troféu. Neste ano, o prêmio obteve 9.852 votos nos 183 finalistas indicados pelas Federações Esportivas e Entidades do Paradesporto.

 

Os destaques do esporte catarinense de 2019 serão conhecidos no dia 02 de dezembro, no evento Excelência Esportiva, o qual contempla a cerimônia do Troféu Gustavo Kuerten, em sua 11ª edição. O Evento será realizado no Teatro Pedro Ivo Campos, em Florianópolis, com início às 19h30.

 

A premiação é uma iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina, por  meio da Fesporte, em parceria com o Instituto Guga Kuerten (IGK).

 

Confira os finalistas 2019:

 

1) O MELHOR ATLETA MASCULINO
DOUGLAS SANTOS BROSE - KARATÊ
MATEUS VOIGHT – BADMINTON

RYAN WESLEY DA COSTA CAETANO - XADREZ

JOÃO VITOR VIEIRA DA SILVA - GINÁSTICA

FELIPE AUGUSTO WERLE – PATINAÇÃO ARTÍSTICA

 

2) A MELHOR ATLETA FEMININO
MICAELA ROSA DE MELLO - ATLETISMO
VALÉRIA KUMIZAKI – KARATÊ

GABRIELLA PEREIRA GIRALDI - PATINAÇÃO ARTÍSTICA

BÁRBARA MICHELINE DO MONTE BARBOSA – FUTEBOL

BEATRIZ LINHARES DA SILVA - GINÁSTICA

 

3) O(A) ATLETA REVELAÇÃO
PAULA BERNARDO CARVALHO - BASQUETEBOL
LETICIA DE ALMEIDA REDONDO KATO – KARATÊ

MAYKE LUANA REDEL – PATINAÇÃO ARTÍSTICA

CALEBE KADLUBISKI LAZZAROTTI - XADREZ

NATÁLIA METZNER - GINÁSTICA RÍTMICA

 

4) MELHOR ATLETA DE FUTEBOL PROFISSIONAL
GABRIEL BORDIN VIEIRA SANTOS (MAGRÃO) – FUTEBOL
CARLOS EDUARDO VIEIRA (EDUARDO) – FUTEBOL
MAIKEL DANIEL COSTA (DANIEL COSTA) - FUTEBOL

DANIEL LOPES DE ANDRADE (DAN DAN) - FUTEBOL

EBERT WILLIAN AMÂNCIO (BETÃO) - FUTEBOL

 

5) A MELHOR ENTIDADE ESPORTIVA
ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA KINDERMANN - FUTEBOL
ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE VOLEIBOL – ADV – VOLEIBOL

FEDERAÇÃO DE GINÁSTICA DE SANTA CATARINA - GINÁSTICA

CLUBE RODAS DE OURO DE ITAJAÍ – PATINAÇÃO ARTÍSTICA

CLUBE CONCORDIENSE DE XADREZ – CCX – XADREZ

 

6) MELHOR EQUIPE ESPORTIVA
EQUIPE DE BASQUETE ADULTO FEMININO BLUMENAU - BASQUETEBOL
EQUIPE ADV/MARISOL/SECEL MASCULINA – VOLEIBOL

EQUIPE INFANTIL - AGRD JOINVILLE – GINÁSTICA RÍTMICA

EQUIPE FEMININA DE FUTEBOL - KINDERMANN/AVAÍ – FUTEBOL FEMININO

EQUIPE INFANTIL ADIEE/FME FLORIANÓPOLIS - GINÁSTICA ARTÍSTICA

 

7) O(A) MELHOR TÉCNICO(A)
MARCOS VINICIUS DA SILVA CUNHA - JIU-JITSU
VANDERLEI MACHADO DE OLIVEIRA – KARATÊ

KARINA PATRÍCIA DE SOUZA - VOLEIBOL

VANESSA HAGEMANN – GINÁSTICA RÍTMICA

THAIS EMANUELLI DA SILVA DE BARROS – GINÁSTICA ARTÍSTICA

 

8) O(A) MELHOR ÁRBITRO(A)
GUILHERME LOCATELLI - BASQUETEBOL
CHARLY WENDY STRAUB DERETTI – FUTEBOL

ANELISE C. NEWBERY – TIRO COM ARCO

FELIPE GONZAGA CAVALCANTI – PATINAÇÃO ARTÍSTICA

ELLEN VIVIAN KEGEL - GINÁSTICA

 

PARADESPORTO

1) O MELHOR ATLETA PARADESPORTIVO MASCULINO
CONRADO CONTESSI - TÊNIS DE MESA PARALÍMPICO
BRUNO BECKER DA SILVA – NATAÇÃO PARALÍMPICA

JORGE LUIS CAMARGO FONSECA - PARATLETA DE TRIATHLON

JOCÉLIO DE ASSIS -  HANDEBOL EM CADEIRA DE RODAS

EZEQUIEL DE SOUZA CORREA – LEVANTAMENTO DE PESO PARALÍMPICO

 

2) A MELHOR ATLETA PARADESPORTIVA FEMININA
ANA CAROLINE MANOSSO LIMA -  TIRO COM ARCO PARALÍMPICO
CLAUDIA MARIA DUTKA - HANDEBOL EM CADEIRA DE RODAS
ISABELLE GARCIA VELÁSQUEZ - NATAÇÃO PARALÍMPICA

GÉVELYN CÁSSIA ALMEIDA - ATLETISMO PARALÍMPICO

SYLVIA HELENA BRAGA -  SURF ADAPTADO

 

3) O(A) ATLETA REVELAÇÃO PARADESPORTIVO
GABRIEL DE OLIVEIRA ANTUNES - TÊNIS DE MESA PARALÍMPICO
CATARINA MARTINS MACHADO – NATAÇÃO PARALÍMPICA
MARIA FERNANDA COSTA - TÊNIS DE MESA PARALÍMPICO

SUSANA CRISTINA DA SILVA - HANDEBOL EM CADEIRA DE RODAS

GIULIANO DOS PRAZERES NOGAROLI - NATAÇÃO PARALÍMPICA

 

4) A MELHOR ENTIDADE PARADESPORTIVA
ASSOCIAÇÃO DOS PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS (APAE)
ASSOCIAÇÃO SURF SEM FRONTEIRAS (ASSF) - SURF
ACESA – ASSOCIAÇÃO CATARINENSE DE ESPORTES ADAPTADOS

ASSOCIAÇÃO DE DEFICIENTES DE CRICIÚMA - JEDECRI

ESCOLA ESPECIAL LEANDRO DE AZEVEDO - APAE BIGUAÇU

 

5) MELHOR EQUIPE PARADESPORTIVA
EQUIPE MASCULINA DE FUTSAL DEFICIÊNCIA INTELECTUAL (DI) DE CAÇADOR – FUTSAL DI
EQUIPE PARALÍMPICA DE TÊNIS DE MESA – DF MASCULINA
EQUIPE DE ATLETISMO PARALÍMPICA - DI FEMININA – APESBLU – ATLETISMO PARALÍMPICO

EQUIPE DE ATLETISMO PARALÍMPICO - DF MASCULINA - FMEL ITAJAÍ

EQUIPE DE HANDEBOL EM CADEIRA DE RODAS FALCÕES DO OESTE/PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPECÓ

 

6) O(A) MELHOR TÉCNICO(A) DO PARADESPORTO
ALEXANDRE MEDEIROS GHIZI – TÊNIS DE MESA PARALÍMPICO

ALAN MARTTOS HELBOCK – NATAÇÃO PARALÍMPICA
GÉVELYN CÁSSIA ALMEIDA - ATLETISMO PARALÍMPICO E HANDEBOL EM CADEIRA DE RODAS

CARINE MARLA BOSETTI - FUTSAL DI

JULIO CESAR PISTARINI - NATAÇÃO PARALÍMPICA

 

7) O(A) MELHOR ÁRBITRO(A) DO PARADESPORTO
CLAUDIO PACHECO – ATLETISMO PARALÍMPICO

LUCI DE BARROS – BOCHA PARALÍMPICA

ISAKY ANDERCON COELHO - JIU-JITSU PARADESPORTIVO

 

Outras informações no site www.trofeuguga.sc.gov.br ou pelo telefone (48) 3665-6116.

Publicado em Geral
Escrito por

Encerra amanhã a votação popular de escolha dos finalistas do Troféu Gustavo Kuerten 2019

A votação popular para escolha dos finalistas do Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte de 2019 termina nesta quinta-feira, 21. Os três atletas mais votados pela Internet em cada categoria e outros dois nomes escolhidos pelo Conselho Estadual de Esporte formarão o elenco de cinco finalistas.

Para votar, basta acessar o site www.trofeuguga.sc.gov.br e eleger um dos nomes indicados em cada categoria. No dia 02 de dezembro, a curadoria do Troféu Gustavo Kuerten fará a escolha dos vencedores, que serão revelados na cerimônia de premiação, no mesmo dia, às 19h30, no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis.

 

A premiação é uma iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina, por  meio da Fesporte, em parceria com o Instituto Guga Kuerten (IGK), e tem por objetivo premiar, a título de homenagem e reconhecimento, os destaques esportivos do ano, nas categorias:

 

- atleta masculino;

- atleta feminino;

- atleta paradesportivo masculino;

- atleta paradesportivo feminino;

- atleta de futebol profissional;

- atleta-revelação;

- atleta-revelação paradesportivo;

- entidade esportiva;

- entidade paradesportiva;

- técnico;

- técnico do paradesporto;

- equipe esportiva;

- equipe paradesportiva;

- árbitro;

- árbitro do paradesporto.

 

 Outras informações no site www.trofeuguga.sc.gov.br ou pelo telefone (48) 3665-6116.
Publicado em Geral
Escrito por

Começa votação para finalistas do Troféu Guga Kuerten 2019

Começa nesta terça-feira, 5, a votação popular para escolha dos finalistas do Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte de 2019. Para participar, basta acessar o site www.trofeuguga.sc.gov.br e votar em um dos nomes indicados em cada categoria.

A votação popular vai até o dia 21 de novembro. Os três atletas mais votados pela internet em cada categoria e outros dois nomes escolhidos pelo Conselho Estadual de Esporte (CED) formarão o elenco de cinco finalistas. No dia 2 de dezembro, a Curadoria do Troféu Gustavo Kuerten fará a escolha dos vencedores, que serão revelados na cerimônia de premiação, no mesmo dia, às 19h, no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis.

O Troféu Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte é uma iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina, por  meio da FESPORTE, em parceria com o Instituto Guga Kuerten (IGK), e tem por objetivo premiar, a título de homenagem e reconhecimento, os destaques esportivos do ano, nas categorias:

- atleta masculino;

- atleta feminino;

- atleta paradesportivo masculino;

- atleta paradesportivo feminino;

- atleta de futebol profissional;

- atleta-revelação;

- atleta-revelação paradesportivo;

- entidade esportiva;

- entidade paradesportiva;

- técnico;

- técnico do paradesporto;

- equipe esportiva;

- equipe paradesportiva;

- árbitro;

- árbitro do paradesporto.

 Outras informações no site www.trofeuguga.sc.gov.br ou pelo telefone (48) 3665-6116.

Publicado em Geral
Escrito por

SC conquista 53 medalhas nos Jogos Universtários

A 67ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) chegou ao final neste domingo, 27, em Salvador, BA, com um saldo positivo para Santa Catarina. Nos cinco dias de competição foram conquistados 53 medalhas no total sendo 15 ouro, 19 de prata e 19 bronze.

Neste domingo os catarinenses estiveram em cinco finais nas modalidades coletivas, sendo campeões no voleibol masculino e nas demais foi medalha de prata. Conquistou ainda um bronze no handebol feminino.

A medalha de ouro veio com o voleibol masculino da Unoec, de Chapecó, que enfrentou na final a Uniatenu, do Ceará. Os Chapecoenses fizeram uma partida tranquila fechando o jogo em 3 a 0 com parciais de  25/17, 25/20 e 25/17.

“Essa conquista representa a recompensa de um trabalho de um ano inteiro, treinando dois períodos por dia de segunda a sexta. Não foi fácil chegar até aqui. Somos bicampeões e ano que vem buscaremos mais um título”, dizia ao fim do jogo o chapecoense Pedro, o aniversariante do dia.

No jogo das Leoas da Serra/Uniplac/Lages, pelo futsal feminino, a surpresa esteve em quadra com as lageanas perdendo por 6 a 0 para a Unip, de São Paulo. O time pegou três gols logo no inicio do jogo e ao usar a goleira linha viu placar ser ampliado por meio de inúmeros contra-ataques.

Confira os demais placares das finais

O basquete masculino - Unisociesc, de Joinville 53X 68 Unicesumar, do Paraná.

Handebol masculino da Univali, de Itajaí 21 X23 UNG/SP

Voleibol feminino da Unochapecó/Chapecó 0 X 3 Unifor/CE (Parciais de 18/25, 15/25 e 18/25)

Na disputa do terceiro lugar no handebol feminino as meninas da UnC/Concórdia ficaram com a medalha de bronze ao vencer a Uninassau, de Pernambuco por  34 a 28.

Os Jubs foram organizados pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e a  delegação de Santa Catarina foi gerenciada pelo Governo de Santa Catarina, por intermédio da  Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e Federação Catarinense do Desporto Universitário (FCDU). 

A competição começou dia 22 com a delegação catarinense formada por um contingente de 178 pessoas (141 atletas de oito universidades, 26 técnicos e 11 oficiais).  Santa Catarina participou nas modalidades de atletismo, basquete, basquete 3x3, futsal, handebol, vôlei, jogos eletrônicos, judô, natação e trabalho acadêmico.

A delegação catarinense foi representada pelas seguintes universidades/modalidades:

Atletismo (seleção universitária)

Basquete masculino – Unisociesc (Joinville)  

Basquete  feminino –  Unochapecó (Chapecó) 

Basquete masculino 3x3 - UFSC (Florianópolis)

Basquete feminino 3x3 - Unisociesc  (Jaraguá do Sul)

Futsal masculino – Unochapecó (Chapecó)

Futsal Feminino – Leoas da Serra/Uniplac (Lages)

Handebol masculino – Univalli (Itajaí)

Handebol feminino – UnC (Concórdia)

Voleibol masculino  - Unoesc (Chapecó)

Voleibol feminino – Unochapecó (Chapecó)

Vôlei de praia masculino – Univali (Itajaí)

Vôlei de praia feminino – UFSC (Florianópolis)

Jogos eletrônicos Futebol FIFA – Udesc (Florianópolis)

Jogos eletrônicos LOL – UFSC  (Florianópolis)

Judô masculino  - Unisul (Palhoça)

Judô feminino – Unisul (Palhoça)

Natação masculina – Univali (Itajaí), Unesc (Criciúma), Unisul (Palhoça), Udesc e UFSC (Florianópolis)

Natação feminina – Unisociesc (Joinville), UFSC (Florianópolis, Furb (Blumenau), Unisul (Palhoça)

Trabalho acadêmico – Udesc e UFSC (Florianópolis)

Ao fazer uma análise dos catarinenses na competição o presidente da FCDU Manoel Rebelo se disse satisfeito. “Além da conquista das medalhas, nosso grande feito este ano foi iniciar uma parceria com o governo estadual, por meio da Fesporte. Por isso quereremos agradecer a Feporte pelo apoio ao esporte universitário”, disse Rebelo.

Para Rui Godinho, presidente da Fesporte, apoiar atletas universitários é apoiar cidadania e a educação. “Estes atletas que disputaram os JUBs, na Bahia, estudam em uma faculdade devido ao esporte. Alguns, se não fossem o esporte, não teriam condições de pagar seus estudos. E o esporte proporciona isso. Então, é mais do que justo o governo estadual apoiar estes atletas por meio da FCDU”, finalizou Godinho.

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

Contato: 48 9 9949-5255/ 9 9169-8810

Publicado em Geral
Escrito por

Catarinenses disputam 5 finais neste domingo nos JUBs

Depois de seis dias de competições, os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) chegam ao fim neste domingo, 27, em Salvador, BA com o Time SC tendo muito a comemorar, pois além de chegar ao fim da competição com 47 medalhas tem a oportunidade de ser campeão em cinco modalidades coletivas: no masculino do basquete, handebol e vôlei e no feminino do futsal e do vôlei.

Das seis semifinais disputadas neste sábado Santa Catarina se classificou em cinco, perdendo a vaga somente no handebol feminino.

Confira os resultados dos times catarinenses nas semifinais deste sábado

Basquete masculino – Unisociesc/Joinville 72x71 Uninassau/PE

Futsal feminino – Leoas/Uniplac/Lages 9x2 FMN/Manaus-AM

Handebol feminino – UnC/Concórdia 28x32 Aliança/PI

Handebol masculino – Univali/Itajaí x 26x24 Aliança/PI

Voleibol masculino – Unoesc/Chapecó 3x0 Doctum/ES (25/16,25/15 e 25/20)

Voleibol feminino – Unochapecó/Chapecó 3x1 M. Nassau/AL (25/21, 19/25, 25/21 e 25/21)

Confira as finais deste domingo

Basquete masculino – Unisociesc/Joinville x Unicesumar/PR 15h45

Futsal feminino – Uniplac/Lages X Unip/SP – 9h00 

Handebol masculino – Univali/Itajaí X UNG/SP – 13h30

Voleibol feminino – Unochapecó/Chapecó X Unifor/CE - 9h00

Voleibol masculino – Unoesc/Chapecó X Uniatenu/CE – 11h00

Handebol feminino da UnC/Concórdia disputa o terceiro lugar com a Uninassau/PE.

Os Jubs são organizados pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e a  delegação de Santa Catarina é gerenciada pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e Federação Catarinense do Desporto Universitário (FCDU). A competição termina neste domingo com a definição dos campeões das modalidades coletivas.

 Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

 Assista aos gols das Leoas da Serra/Uniplac nos JUBs na semifinal neste sábado pelos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) em Salvador, BA. 9x2 diante da FMN/Manaus-AM.

Publicado em Geral
Escrito por

Futsal feminino da Uniplac na final dos Jubs 2019

A equipe da Uniplac/Leoas da Serra venceu hoje, nos Jogos Universitários Brasileiros,  a equipe amazonense da Uninassau/Iranduba. Depois de um primeiro tempo tenso, as catarinenses mostraram sua força revertendo o placar para 9 a 2.  

“A falta de concentração foi a responsável pela equipe não realizar um bom primeiro tempo", afirma o técnico Esquerda. "Mas, no segundo tempo o time entrou com outra postura e o resultado aconteceu naturalmente". Segundo Esquerda essa noite de sábado, será para rever o jogo, acertar os erros cometidos para que não se repitam na final.   A final do Jubs 2019, será neste domingo, às 9h30, contra a equipe Unip de São Paulo. A partida terá transmissão ao vivo através do Facebook da CBDU e Fesporte. 

Os Jubs são organizados pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e a  delegação de Santa Catarina é gerenciada pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e Federação Catarinense do Desporto Universitário (FCDU). A competição termina neste domingo com a definição dos campeões das modalidades coletivas.

Texto: Débora Bombilio

Publicado em Geral
Escrito por

SC conquista 8 medalhas no penúltimo dia dos JUBs

No quadro geral, SC já conquistou 47 medalhas sendo 14 de ouro, 15 de prata e 18 de bronze

Este sábado, 26, penúltimo dia de competições dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), em Salvador, Bahia, Santa Catarina conquistou mais 9 medalhas no quadro da competição. Foram 2 de ouro, 6 de prata e 1 de bronze . A natação, como sempre, foi a que deu mais medalhas para o Estado: 6 no total, sendo 2 de ouro, 3 de prata e 1 de bronze.

No quadro geral, somando todas as modalidades, Santa Catarina já conquistou 47 medalhas sendo 14 de ouro, 15 de prata e 18 de bronze.

Neste sábado, 26, a natação masculina catarinense conquistou o vice-campeonato com a Unisul, de Palhoça, e no feminino, a Furb, de Blumenau, fechou a sua participação em terceiro lugar.

O vôlei de praia masculino foi prata com Roger Maheus Almeida e Tony Júnior, da Unsisul de Balneário Camboriú e Biguaçu. Perderam por 2 a 1 para a dupla Lucas Amorim e Felipe Alves, da Upis, de Brasília com parciais de 21/19, 21/16 e 15/12.

“Eu não esperava ganhar uma medalha de ouro, pois vim para os JUBs para aprender com outras pessoas  e compartilhar conhecimentos  e ver como funciona o esporte universitário na pratica  e o evento me proporcionou essa nova aprendizagem, esse  novo compartilhamento de ideias e saberes”.  

As palavras são de Ricardo Teixeira Quinaud, doutorando em Educação Física do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da UFSC, de Florianópolis, e campeão dos JUBs acadêmico com o trabalho “Identidade do Estudante-Atleta no Brasil: Influência dos contextos acadêmico e esportivo”.

O basquete feminino 3x3m ficou com a prata ao ser derrotado por 10 a 7 para a Univeritas/RJ.

Confira as medalhas catarinenses deste sábado

Ouro na natação, nos 50m borboleta com Fernanda Delgado, da  UFSC, de Florianópolis

Ouro na natação nos 50m borboleta com Léo Schilling, da Unesc, de Criciúma

Prata na natação nos 50m borboleta com André Marques de Oliveira, Unisul Palhoça 

Prata na natação nos 100m livres com André Marques de Oliveira, Univali, Palhoça

Prata na natação nos 200m costas com Júlia Volkmann, Furb, Blumenau 

Prata LOL (Jogos Eletrônicos), UFSC, Florianópolis

Prata no vôlei de praia masculino com Roger Maheus Almeida e Tony Júnior, da Unsisul de Balneário Camboriú e Biguaçu.

Prata no basquete 3x3 feminino com Unisociesc, de Jaraguá do Sul

Bronze no revezamento 4x100 feminino da Furb, de Blumenau

Os Jubs são organizados pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e a  delegação de Santa Catarina é gerenciada pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e Federação Catarinense do Desporto Universitário (FCDU). A competição termina neste domingo com a definição dos campeões das modalidades coletivas.

 Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

 

Publicado em Geral
Escrito por

Coletivas nas semifinais e mais 9 medalhas na sexta-feira

A sexta-feira, 25, foi bastante positiva para Santa Catarina nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) em Salvador (BA). Na natação das 14 provas da etapa Santa Catarina disputou 12 e conquistou 7 medalhas. Foram 01 de ouro (Caroline Bergamasch/Unisociesc/Joinville) nos 50m peito), 01 de prata (revezamento 4x200 livre masculino da Unisul com Júlio, Matheus, Tito e Euller) e 5 bronzes (Fernanda Delgado-UFSC nos 50m livre, Leonardo Schiling-UNESC nos 50m livre, Amanda Schumacher-UNISOCIESC nos 200m borboleta, Julia Volkmann-FURB nos 100m costas e o revezamento 4x200 livre feminino da FURB com Renata, Rebeca, Daiane e Júlia).

Natação acumula em duas etapas até o momento um total de 14 medalhas, sendo 01 ouro, 3 pratas e 10 bronze.

O judô masculino da Unisul Palhoça terminou a modalidade nesta sexta-feira sendo medalha de bronze por equipe e terceiro lugar na classificação geral. Além da natação a outra medalha de ouro do dia veio no trabalho acadêmico. O saldo da sexta-feira foram 2 medalhas de ouro, 1 de prata e 6 de bronze. 

No total, somando todas as modalidades, Santa Catarina já dispõe de  36 medalhas, sendo 11 de ouro, 10 de prata e 15 de bronze.

Nas modalidades coletivas desta sexta-feira Santa Catarina obteve oito classificações à semifinais, e em outras, como o basquete 3x3, os catarinenses estão na briga pelo título.

Confira os resultados desta sexta-feira e a situação das modalidades.

Acadêmico - Masculino -  Ricardo Teixeira Quinaud UFSC, de Florianópolis - Medalha de ouro com o trabalho “Identidade do Estudante-Atleta no Brasil: Influência dos contextos acadêmico e esportivo” 

Acadêmico - feminino,  Ana Cristina Flach, Udesc, Florianópolis - Medalha de bronze com o trabalho "Rotina de Estudos de atletas-estudantes: associação com os estágios de formação esportiva e a carga horária semanal de treinamento"

Basquete masculino – Unisociesc (Joinville) 62  x  49 Univeritas ( RJ) - Classificado para a semifinal

Basquete  feminino  –  Unochapecó (Chapecó) 46  x 76 Unip SP – Não conseguiu classificação

Basquete masculino 3x3 – UFSC 11  x 10 Celso Lisboa ( RJ) – Na briga pelo título neste sábado

Basquete feminino 3 x3 - Unisociesc  (Jaraguá do Sul) 11x 3  Unifor (CE) e 8x1 na UFPE (PE) - Na briga pelo título neste sábado

Futsal masculino – Unochapecó (Chapecó) 1 x 4 Faculdade Faipe (MT) – Não conseguiu classificação

Futsal Feminino – Leoas da Serra/Uniplac (Lages) 9 x 0 Cenesup ( PB) - Classificado para a semifinal.

Futebol eletrônico feminino Udesc 1 x 5 UFC (AC) – Não conseguiu classificação

Futebol eletrônico masculino UDESC 2x5 UFMT (MT) – Não conseguiu classificação

Jogos Eletrônicos – LOL  UFSC 1x0 UnB (DF) -  Classificado para a semifinal

Handebol masculino – Univalli (Itajaí) 33 x 15  BA Classificado para a semifinal)

Handebol feminino – UnC (Concórdia) 62 x 21  RR - Classificada para a semifinal

Voleibol masculino  - Unoesc (Chapecó) 3 x 0 Unicesumar  PR (parciais de 25/16, 25/23 e 25/15 – Classificado para  semifinal

Voleibol feminino – Unochapecó (Chapecó) 3 x 0 UPIS  DF (parciais de 25/19, 25/13 e 25/ 21) – Classificado para  semifinal

Vôlei de praia feminino – UFSC (Florianópolis) – Não conseguiu classificação

Vôlei de praia masculino – Univali (Itajaí) 2x0 Uniateneu (CE) – Classificado para  semifinal

Lol da UFSC venceu UNB por 1 x0 e se classificou em primeiro e está na briga pelo título.

Os  JUBS são organizados pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e a  delegação de Santa Catarina é gerenciada pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e Federação Catarinense do Desporto Universitário (FCDU).

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

 

Pagina 4 de 41