Publicado em Jasc
Escrito por

Blumenau é tetra no vôlei masculino

Blumenau conquistou o quarto título seguido no voleibol masculino dos Jogos Abertos de Santa Catarina, os Jasc, no Ginásio de Esportes AA Mueller, em Timbó, na noite desta quarta-feira (6). Agora, somam-se 22 títulos na história da competição. Até que Chapecó tentou colocar água no chope da terra da Oktoberfest, mas os blumenauenses resistiram e fecharam o jogo em 3 a 1.

O time do Vale abriu 2 sets a 0 (parciais de 25/20 e 25/22). A equipe do Oeste reagiu no terceiro set, desestabilizou os blumenauenses e venceu por 25 a 20. Manteve-se o tempo todo à rente no quarto set, chegando a abrir 22 a 17, mas a experiente equipe de Blumenau tomou as rédeas do jogo e virou o set em 25 a 23.

A vitória garantiu mais 13 pontos para Blumenau, que agora soma 131 no quadro geral de pontuação. Em segundo aparece Itajaí, com 101 pontos. São José, que mais cedo, na disputa do bronze, aplicou 3 sets a 0 em Balneário Camboriú (25/19, 25/23, 25/22) e garantiu o terceiro lugar no pódio e na classificação geral, com 63 pontos. Florianópolis aparece logo atrás, com 59, seguido de Chapecó, com 51.

Os resultados e programação dos Jogos Abertos de Santa Catarina podem ser acompanhados pelos boletins publicados diariamente no site oficial da Fesporte (clique aqui para acessar). Os Jasc são promovidos pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizados por intermédio da Fesporte, em parceria com os Municípios de Indaial, Timbó e Pomerode.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Gerações se encontram no vitorioso bolão de Blumenau

Blumenau conquistou, na tarde desta quarta-feira (6), na Sociedade Recreativa Progresso, em Indaial, o nono título do bolão 16 na história dos Jogos Abertos de Santa Catarina, os Jasc.  As blumenauenses somaram 1334 pinos. Em segundo, ficou a equipe de Itajaí, com 1334, em terceiro Indaial, com 1307, e Pomerode, com 1285, na quarta posição.

A modalidade de entrou para o quadro de competições em 1974. E um dos segredos do trabalho desenvolvido pela Sociedade Desportiva Vasto Verde, de Blumenau, é aliar a experiência e juventude. Não é à toa que a equipe conta com uma atleta que já participou de 47 edições dos Jogos Abertos, sendo 23 no bolão, e outra que está em sua primeira edição.

Marga Gartner Boing é daquelas pessoas que nasceu para viver o esporte. Aos 13 anos, em 1970, fez sua primeira participação nos Jasc, em Concórdia, na modalidade de voleibol. Foi no esporte que conheceu o grande amor, que seria seu marido, o atleta de lançamento de dardo e ex-jogador do Paysandu de Brusque, Agostinho Boing. Em 1985, ambos passaram a praticar bolão 16, ainda em Brusque, cidade natal do casal. Mas foi em 90 que se transferiram para Blumenau. Agostinho foi treinador do bolão 23 feminino, levando a equipe ao vice-campeonato mundial, na Alemanha.

Entre as de mais tempo de atuação está ainda Elisete Grahl, que joga bolão nos Jasc desde a edição de 1977, em Florianópolis, ou seja, 40 edições do bolão dos Jasc, a mais experiente do grupo na modalidade. Por outro lado, debutando na competição, está Pietra Tigre, com 16 anos. “Ela [Marga] é um exemplo, porque me ajuda bastante e me ensina. Esse é um esporte que não é muito conhecido, mas nos faz ganhar medalhas para Blumenau. Espero poder crescer ainda mais como atleta”, disse Pietra.

O confronto final envolveu as duas equipes consideradas as melhores do país. Blumenau e Itajaí dividem os títulos nacionais, tanto no feminino quanto no masculino. O destaque da decisão foi Fernanda Fraga, que derrubou 253 pinos; e na competição foi Taís Fabiane, que somou 964 pinos, uma média de 241 por partida.

Fernanda Fraga derrubou maior número de pinos na decisão: 253                                                                                                              Foto: Heron Queiroz

Os resultados e programação dos Jogos Abertos de Santa Catarina podem ser acompanhados pelos boletins publicados diariamente no site oficial da Fesporte (clique aqui para acessar). Os Jasc são promovidos pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizados por intermédio da Fesporte, em parceria com os Municípios de Indaial, Timbó e Pomerode.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Blumenau conquista o 10º título do basquete feminino

Um, dois, três, quatro... Dezoito pontos! E assim Kawanni Firmino foi construindo o placar de 70 a 37 para Blumenau na final do basquete feminino contra Itajaí na tarde desta quarta-feira, 6, no ginásio Mauricio Germer em Timbó. Foi o 10º título consecutivo de Blumenau nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

“Ser cestinha da partida é uma consequência. O time jogou certinho, a bola sobrou e graças a Deus eu consegui finalizar bem. E o título é o que é mais importante”. Foi desta forma, que Kawanni resumiu sua performance na partida.

Quem também estava radiante com a vitória era a armadora Bruninha. “É um trabalho de muitos anos com o professor Camargo. É um trabalho do ano inteiro. É uma competição que temos muita dedicação e conquistar um feito histórico com essas meninas é uma realização pra mim”, finalizou a campeã.

A etapa estadual dos 59º Jogos Abertos de SC é promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó, Indaial e Pomerode.

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Ouro leva Rio do Sul ao troféu de ciclismo

Rio do Sul conquistou o troféu do ciclismo dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc)  no critério de desempate. Superou Brusque, segundo colocado. O primeiro lugar de Muriel Lohn, na prova de downhill, deu ao município do Alto Vale a vantagem no regulamento, e o título. Após empate em 62 pontos na somatória de seis etapas, o lugar mais alto no pódio da prova disputada nesta quarta-feira (dia 6) garantiu a conquista. 

Muriel estava eufórico com a dupla conquista, após ganhar sua primeira medalha nos Jogos Abertos de Santa Catarina. “Esse ouro tem um motivo a mais por ter dado o troféu de campeão geral a Rio do Sul”, avaliou, eufórico, logo após a vitória no Parque de Eventos de Pomerode. Na segunda colocação cruzou a linha de chegada Lucas Oeschler, de Jaraguá do Sul, com Bernardo Neves Cruz , de Brusque, em terceiro.

A etapa estadual dos 59º Jogos Abertos de SC é promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó, Indaial e Pomerode.

Texto Olavo Moraes

Publicado em Jasc
Escrito por

Aos 51 anos, Ceará leva São José ao título

Aos 51 anos, o vigor físico impressiona. E o fôlego, de causar inveja. Nascido Sérgio Castro, Ceará é o jogador mais longevo do vôlei de praia nacional. Nesta quarta-feira, 6, ao lado de Tiagão, a dupla  de São José, conquistou o tricampeonato dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), ao superar Balneário Camboriú na decisão. Para Ceará, o 14º título. E a marca histórica ampliada, a lenda da modalidade disputou, e venceu, todas as edições desde a introdução da modalidade nos Jasc. Entre as mulheres, troféu para Balneário Camboriú.

Qual a fórmula da longevidade? Ceará tem a resposta na ponta da língua: “A receita para seguir vencendo é a combinação entre idade, experiência e o Tiagão, mais novo, que segura a onda comigo”, revela Ceará. “Cuidar da saúde, não exagerar em nada. Treinar com foco e objetivo. Pensando sempre na vitória”, completa o cinquentão mais jovem do vôlei de praia nacional.

E a resistência da dupla campeã foi levada ao limite. Vindos da repescagem, Ceará e Tiagão tiveram que vencer três jogos, na sequência, para chegar ao título. Foram oito sets no total. Primeiro, a vitória na chave dos perdedores sobre Itapema, por 2 a 0, para em seguida, conforme o regulamento, vencer duas vezes Balneário Camboriú – que havia garantido vaga na final por melhor desempenho na fase classificatória. 

“Ganhar em uma chave de repescagem é mais difícil, a gente disputa mais jogos, fica mais cansado, emocionalmente mais estressado A gente joga com tudo que tem, com o coração, com a alma. O corpo está um bagaço. É espetacular...”, avalia Tiagão, de 36 anos.

“Essa vitória foi a mais especial de todas. Porque, a cada ano que passa, está chegando uma garotada muito boa, muito forte. Fazendo a gente subir o nível do jogo”, finaliza Tiagão. 

 

VÔLEI DE PRAIA MASCULINO

Repescagem

Itapema 1 x 2 São José (17/21, 21/17, 11/15)

Final

1º jogo – São José 2 x 0 Balneário Camboriú (21/14 e 21/14)

2º jogo – São José 2 x 1 Balneário Camboriú (21/17, 16/21 e 15/12)

 

Classificação final

1º) São José

2º) Balneário Camboriú

3º) Itapema

4º) Jaraguá do Sul

5º) Blumenau

6º) Timbó

A etapa estadual dos 59º Jogos Abertos de SC é promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó, Indaial e Pomerode.

Texto: Olavo Moraes

Publicado em Jasc
Escrito por

Balneário Camboriú é penta no Vôlei de Praia

São 13 títulos individuais nos Jogos Abertos de Santa Catarina, e a conquista do penta para Balneário Camboriú. Josi comandou a conquista do troféu do vôlei de praia feminino, na manhã ensolarada nas quadras do Parque Central de Timbó. A conquista, em parceria com Leize, foi garantida em dois sets, parciais de 21/16 e 21/19. No masculino, troféu para São José.

Atleta de carreira internacional consolidada, Josi exaltou o espírito de equipe para chegar ao título: “Jogar os Jasc é sempre muito especial, porque jogo ao lado de uma pessoa que admiro muito. Quando a gente joga em dupla, é fundamental ”. Emocionada, engrandeceu o espírito da amizade e reforçou o laço entre as duas. 

“Quero fazer um agradecimento especial para Leize, que, além de parceira dentro das quadras é parceira da vida também, e é isso que fica no esporte. A amizade que o esporte deixa, não só os títulos”, revelou Josi, com os olhos embargados.

Leize falou das dificuldades no duelo decisivo. “A gente já esperava um jogo difícil, as condições da competição colocaram as duplas em um perfil de jogo diferente, com o piso muito duro”. E falou da superação. “A gente entrou muito otimista. Jogando juntas, temos confiança, trabalhamos muito para buscar essa vitória”, apontou Leize, que alcançou o sexto título em parceria com Josi.

VÔLEI DE PRAIA FEMININO

Repescagem

Navegantes 2 x 0 Timbó (24/22 e 21/19)

Blumenau 2 x 0 Navegantes (21/9 e 21/13)

Final

Balneário Camboriú 2 x 0 Blumenau (21/16, 21/19)

Classificação final

1º) Balneário Camboriú

2º) Blumenau

3º) Navegantes

4º) Timbó

5º) Brusque

6º) Jaraguá do Sul

A etapa estadual dos 59º Jogos Abertos de SC é promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó, Indaial e Pomerode.

Texto: Olavo Moraes

Publicado em Jasc
Escrito por

Nota Oficial

Fesporte lança nota oficial acerca da suspensão da modalidade de futebol feminino, por parte da Comissão Disciplinar do evento, nesta quarta-feira (6).

Confira a nota.

Publicado em Jasc
Escrito por

Ciclismo feminino é de Floripa

Com o ouro de Tamires Radatz, hoje (dia 4), na prova do Contra-Relógio Individual, Florianópolis conquistou o título do ciclismo feminino dos 59º Jogos Abertos de Santa Catarina. Em segundo lugar finalizou o município de São José, à frente de Itapema, em terceiro na classificação geral. 

O torneio masculino encerra nesta quarta-feira, com a disputa da prova de Downhill. Brusque lidera a classificação, com 55 pontos, contra 50 de Joinville e 46 de Rio do Sul.

O cenário bucólico da região da rodovia SC 418 de Timbó foi palco da vitória de Tamires Radatz na prova de 20 quilômetros de percurso. A representante da Capital foi a única a percorrer a distância em menos de meia hora. Fez 29min06seg, 54 segundos de vantagem sobre Karol Meyer, de Itapema. O bronze ficou com Dauana Nodari, de Joaçaba, e tempo de 30min22seg.

Vitória de Gabriel Silva entre os homens

Entre os homens, o melhor do Contra-Relógio Individual foi Gabriel Silva, de Chapecó. Para garantir a medalha de ouro, o atleta do Oeste de Santa Catarina percorreu os 20 quilômetros da prova em 30min33seg. A prata foi para André Gohr, de Brusque, com 31min02seg, e o bronze para Luiz Basso, de Chapecó, e tempo de 21min12seg.

A etapa estadual dos 59º Jogos Abertos de SC é promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó, Indaial e Pomerode.

Texto: Olavo Moraes

 

CICLISMO FEMININO

Classificação final 

1º – Florianópolis, com 46 pontos

2º - São José, com 35 pontos

3º - Itapema, com 31 pontos

4º - Rio do Sul, com 25 pontos

5º - Blumenau, com 14 pontos

Publicado em Jasc
Escrito por

Judô distribui as primeiras medalhas dos Jasc

Começaram as emoções do judô nesta terça-feira , 5, nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) no ginásio de esporte Albany em indaial. Ao todo foram oito finais, que fecharam o primeiro dia.

Uma das lutas mais aguardadas foi o confronto na categoria pesado entre João Paulo Gonçalves, de Itajaí, que recentemente foi campeão nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), na Bahia, e  André Luiz Furtado, de Itapema.

Mas, na hora do ‘vamos ver’ João precisou de apenas seis segundos para aplicar um ippon, o chamado golpe vencedor (aplicou estrangulamento no adversário). Por fim, sem segurar as lágrimas, o campeão desabafou. “Semana passada eu estava na Bahia e acabei tendo uma fratura no braço e em uma semana consegui me recuperar e ganhar esta medalha de ouro. Não tenho palavras para descrever o que eu estou sentindo”, disse o campeão.

Presente à cerimônia, o presidente da Fesporte, Rui Godinho, elogiou o dia de competições dos Jasc. “Estive, durante o dia, em várias praças esportivas e observei jogos de excelente qualidade técnica e no judô não foi diferente. Vi grandes lutas com grandes campeões”, finalizou o dirigente.

Nesta quarta-feira, 6, o judô prossegue com as lutas dos pesos leve, meio leve, ligeiro e absoluto e por fim, na quinta-feira, 7 a modalidade se encerra com as disputas por equipe.

Confira os demais campeões desta terça-feira 

Masculino

Meio Médio – Marlon Costa (Videira)

Médio – Marcelo Filho (Santo Amaro da Imperatriz)

Meio Pesado – Marcelo da Silva (Tubarão)

Pesado – João Gonçalves (Itajaí)

Feminino

Meio Médio – Ariana Alberti (Itajaí) 

Médio – Amanda Costa (Itajaí)

Meio pesado – Nathália Parisoto – (São José)

Pesado – Anny Ribeiro (Santo Amaro da Imperatriz)

A etapa estadual dos Jasc, realizados de 1 a 10 de novembro em Timbó, Indaial e Pomerode, é uma realização do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras dos municípios-sede.

 

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Caçador vai à final com time da Série A

Com destaque para a participação da equipe que defende o Avaí/Kindermann no Campeonato Brasileiro da Série A, Caçador encara Criciúma na decisão do troféu do futebol feminino.  A final acontece nesta quarta-feira, dia 6, no gramado do Estádio da Associação Floresta, em Pomerode. Na disputa pelo terceiro lugar, duelam São José e Chapecó. 

Nem a ausência de Bárbara, goleira da Seleção Brasileira que faz um tour internacional na China, atrapalhou a vitória de Caçador sobre Chapecó. As atuais campeãs dos Jogos Abertos de Santa Catarina não encontraram dificuldade para vencer as representantes do Oeste do Estado por 2 a 0.

Na outra semifinal, um confronto equilibrado. Foi preciso disputa de pênaltis para apontar o finalista, após empate sem gols. Com pontaria mais apurada, Criciúma derrotou São José por 3 a 1, para garantir vaga na decisão. Derrotada, a equipe da Grande Florianópolis enfrenta Chapecó em busca da terceira colocação no torneio de futebol feminino.

A etapa estadual dos 59º Jogos Abertos de SC é promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó, Indaial e Pomerode.

Texto: Olavo Moraes

 

FUTEBOL FEMININO

Estádio Sociedade Esportiva Floresta

Semifinais

São José 0 x 0 Criciúma (Criciúma venceu nos pênaltis por 3 a 1)

Caçador 2 x 0 Chapecó

 

Quarta-feira, dia 6

16h, decisão do bronze, São José x Chapecó

17h15min, decisão do ouro, Criciúma x Caçador

Publicado em Jasc
Escrito por

Gil comanda a classificação de Itajaí para a final de basquete

Itajaí, pela primeira vez no basquete feminino dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), chegou à final da modalidade. A equipe garantiu a vaga ao vencer Florianópolis, 63 a 50, na tarde desta terça-feira (5), no ginásio de esportes da Escola Maurício Germer, em Timbó. As itajaienses terão pela frente nada menos que a equipe eneacampeã da competição, Blumenau, que passou fácil por São José, pelo placar de 91 a 38. 

A vitória do time “peixeiro” foi comandada pela ala-armadora Gilmara Amaral. Gil, como é conhecida a jogadora do Salesiano, de Itajaí, conhece bem o time adversário, não só pelos constantes confrontos entre as duas equipes, a exemplo do estadual de basquete, mas por já ter atuado em Blumenau também.

Paulista, da cidade de Porto Feliz, aos 40 anos ainda joga fácil e chama a responsabilidade do jogo. Sua carreira esportiva começou por conta de problemas respiratórios na infância. Foi orientada pelo médico à pratica esportiva, em especial, natação, mas o custo da modalidade era um obstáculo. Foi então que ela descobriu o basquetebol e fez dele não só sua cura, mas um de seus projetos de vida.

Da pequena Porto Feliz, onde começou a prática do basquete, Gil passou à categoria adulta em Americana em 1994, atuando até 1999, quando veio para Santa Catarina para jogar em Joinville e estudar. Hoje, além do basquete, ela se dedica como nutricionista clínica. Foi neste ano que teve sua primeira participação numa edição dos Jasc. Em 2000, voltou para São Paulo, e depois torna a atuar em Santa Catarina, por Blumenau, conquistando títulos nos Jasc em 2003 e 2004, e por Florianópolis, em 2006 e 2007.

Em 2013, Gil foi para Portugal, onde conquistou o título nacional pelo União Esportiva, além de ser campeã mundial máster pela Seleção Brasileira, na Grécia. No mesmo ano, voltou ao Brasil, para viver em Itajaí, cidade que, desde então, tem defendido nos Jasc. 

Dona de uma rotina intensa, Gilmara concilia o trabalho de nutrição clínica com a dedicação ao esporte. Ela se ocupa diariamente com treinos, sendo duas horas com a parte física e três com a técnica. Quando a data de qualquer evento se aproxima, entram também os treinos táticos.

Gilmara Amaral quer repetir a boa atuação diante de Blumenau na decisão do título, que acontece nesta quarta-feira (5), a partir das 15h30min. Mais cedo, às 14h, Florianópolis e São José decidem o terceiro lugar.

Os resultados e programação dos Jogos Abertos de Santa Catarina podem ser acompanhados pelos boletins publicados diariamente no site oficial da Fesporte (clique aqui para acessar). Os Jasc são promovidos pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizados por intermédio da Fesporte, em parceria com os Municípios de Indaial, Timbó e Pomerode.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Após quatro dias, Itajaí lidera os Jasc com 62 pontos

A 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) chegou ao seu quarto  dia de competição, nesta quarta-feira, com Itajaí liderando a classificação geral com 62 pontos, seguido de Blumenau, com 57, e Chapecó, em terceiro lugar, com 42 pontos.

Os itajaienses somam, até o momento, cinco troféus. Foram campeões no masculino do bolão 16, ginástica artística e natação. Já no feminino levaram o troféu da ginástica artística e o taekwondo. Confira a tabela de pontuação.

QUADRO DE PONTOS (parcial, 12 modalidades encerradas):

1º Itajaí 62

2º Blumenau 57

3º Chapecó 42

4º Florianópolis 37

5º São José 31

6º Tubarão 30

7º Timbó 26

8º Joinville 18

9º Jaraguá do Sul 13

10º São Bento do Sul 11

QUADRO DE MEDALHAS (até às 22:17):

1º Itajaí 30 ouros, 16 pratas, 16 bronzes (62 no total)

2º Blumenau 10 ouros, 13 pratas, 24 bronzes (47)

3º Tubarão 10 ouros, 9 pratas, 11 bronzes (30)

4º Joinville 10 ouros, 9 pratas, 8 bronzes (27)

5º Florianópolis 9 ouros, 11 pratas, 11 bronzes (31)

QUADRO DE TROFÉUS (com 13 modalidades encerradas):

1º Itajaí 5 troféus de campeão, 1 de vice;

2º Florianópolis 2 troféus de campeão, 2 de 3º lugar;

3º Blumenau 1 troféu de campeão, 3 de vice, 3 de 3º;

4º Chapecó 1 troféu de campeão, 2 de vice, 2 de 3º;

5º Tubarão 1 troféu de campeão, 2 de vice;

6º Timbó 1 troféu de campeão, 1 de vice, 1 de 3º;

7º São José 1 troféu de campeão, 1 de vice;

8º Joinville 1 troféu de campeão.

 

 

 

 

 

 

 

Pagina 3 de 62