Publicado em Jasc
Escrito por

Punhobol, esporte germânico é destaque nos Jogos

Introduzido no país nas primeiras décadas do século 20 por imigrantes germânicos, o punhobol é um dos esportes mais populares no Vale do Itajaí. Berço da modalidade em Santa Catarina, a região, que recebe os 59 Jogos Abertos recupera e valoriza a história com a disputa da competição em Pomerode, uma das três sedes do evento – também realizado em Timbó e Indaial.

Bicampeão mundial, o Brasil é berço de talento no esporte

Neste cenário, destaque para a Região Sul, que realiza os campeonatos estaduais e o brasileiro Final Six, campeonato que reúne os seis melhores do país e aponta o campeão nacional. Em Santa Catarina, São Bento do Sul, Blumenau e Florianópolis são as maiores forças do esporte. A disputa pelo troféu dos 59 Jasc está programada para este domingo, as 15h40min, no gramado do Parque de Eventos de Pomerode. 

Ontem, em disputa acirrada, os anfitriões de Timbó venceram Lontras por 2 sets a 1, em Parciais de 11/9, 14/15 e 11/8. Em outros jogos do dia, Florianópolis venceu duas vezes para garantir vaga na semifinal, e espera o vencedor de Rio Negrinho x Pomerode, enquanto São Bento do Sul espera o vencedor de Blumenau x Caçador. Os jogos semifinais começam a partir das 10h.

Regras

Fotos: Maurício Vieira

Em uma quadra dividida ao meio por uma linha – a 2 m de altura para homens e 1,90 m para mulheres – por rede, fita, ou corda, colocam-se à frente duas equipes de cinco jogadores. Cada equipe tem por objetivo rebater a bola sobre a rede de maneira a impedir, ou dificultar a devolução pelo adversário. Cada erro de uma equipe contabiliza ponto positivo para o rival. Vence quem conquistar maior número de séries (sets), que podem ser disputadas em melhor de três ou de cinco: em jogo por tempo, vence quem obtém o maior número de pontos.

Quadra

A quadra é um retângulo de 50 metros de comprimento por 20 metros de largura. O chão deve ser composto por um gramado horizontal plano. É dividida por uma linha central em dois campos de 25 metros, um para cada equipe. Paralelo à linha central, e a 3 metros, marca-se uma linha de saque em cada campo. 

Bola

A bola de punhobol é oca, uniformemente esférica e completamente pressurizada. Sua cor básica é a branca, com no máximo 20% de área colorida dividida em vários pontos da superfície. Peso: 350 a 380 gramas. Circunferência: 65 a 68 cm. Pressão de ar: 0,55 a 0,75 bar.

Equipe

Cada time tem cinco jogadores e três reservas. Os oito jogadores podem ser trocados livremente, sem limites de substituições. Somente podem ser efetuadas pela equipe que vai dar o saque, depois de concluída uma jogada. 

Duração

O jogo termina quando uma equipe vence a maioria dos sets disputados (2 ou 3 sets, em um jogo de 3 ou 5 sets). Um set é vencido logo que uma equipe obtém 11 pontos com diferença mínima de 2 pontos. Caso contrário, joga-se até que haja uma diferença de 2 pontos. O set, entretanto, termina quando uma equipe atinge 15 pontos.

O jogo

Todos os pontos começam com saque. Diferente do vôlei, a equipe que errou é quem saca o próximo ponto. Qualquer jogador pode sacar. Tocar na rede, nos postes e jogar a bola fora da quadra equivale a erro. O jogador que rebater a bola tem que fazer isso com os punhos ou o braço, apenas uma vez. Quando bate com o punho, as pontas dos dedos devem estar tocando a palma da mão. Quando bate com o braço a mão deve estar aberta. A bola só pode ser rebatida ao todo três vezes, e só pode quicar no campo uma única vez entre cada rebatida. A bola deve passar sobre a fita. Se o jogador tocar a fita, é ponto para o rival. No entanto, ele pode passar por baixo dela até o outro campo, desde que não interfira na jogada do rival.

Texto: Olavo Moraes

Publicado em Jasc
Escrito por

Pscheidt vence cross country e conquista sua segunda medalha

O dia começou com muita adrenalina em meio a belas paisagens em Indaial, no Vale do Itajaí. Foi a vez da prova de cross country - corrida de mountain bike em terreno acidentado- na 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Dos 150 participantes, o primeiro a cruzar a linha de chegada foi Ricardo Pscheidt, representando Joinville. João Lucas Zardo (São Bento do Sul) e Daniel Zoia (Brusque) completaram o pódio na manhã deste sábado, 2. 

Pscheidt, três vezes campeão brasileiro, conquistou sua 11 ª medalha de ouro nesta prova nos Jasc. O atleta experiente liderou a prova durante todo o percurso. Essa foi a segunda vez que o catarinense, natural de São Bento do Sul, subiu ao pódio nesta edição dos Jogos Abertos. Na sexta-feira, 1°, ele garantiu a medalha de prata na categoria marathon. 

Pscheidt concluiu as seis voltas da prova, que somam mais de 25 quilômetros, em um hora e 42 minutos. O campeão elogiou o nível dos atletas na competição e a pista do Parque Jorge Hardt, em Indaial. 

“Como sempre, tivemos um altíssimo nível na prova, todo mundo chega muito preparado. É um título muito importante para qualquer atleta e essa pista é a essência do cross country. É muito completa, com subidas, descidas, single tracks e partes técnicas. Estou muito tempo me dedicando ao esporte, a gente ama o que faz e o cross country tá na veia”, disse o catarinense, que já participou de 20 edições dos Jasc.

Uma das novidades da pista foi um rock garden, obstáculo de pedras, feito para a competição. Além de subidas e descidas, os atletas precisaram enfrentar a mudança do tempo na manhã deste sábado. A prova começou sob chuva, mas na metade da corrida o sol e calor acompanharam os competidores, o que exigiu preparo e técnica dos ciclistas com terreno escorregadio.  

Resultado da prova Cross Country dos Jasc 2019

1º Ricardo Pscheidt (Joinville) – 1h42min48

2º João Lucas Zardo (São Bento do Sul) – 1h43min48

3º lugar Daniel Zoia (Brusque) – 1h44min00

Texto: Karine Wenzel

Publicado em Jasc
Escrito por

Inclusão, diversidade e história marcam a abertura dos Jasc

Um evento multicultural e cheio de manifestações artísticas. Assim foi a abertura oficial da 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), na noite desta sexta-feira (1º), em Timbó. Cerca de três mil pessoas lotaram o Pavilhão de Eventos Henry Paul para acompanhar o evento, que teve como tema a inclusão, diversidade e história dos três municípios-sede dos Jasc 2019: Timbó, Indaial e Pomerode. Os jogos começaram nesta sexta-feira e seguem até dia 10.

Na edição deste ano, cerca de 4,8 mil atletas, de 120 municípios, disputam 26 modalidades esportivas. O chefe da Casa Civil, Douglas Borba, acompanhou a solenidade e declarou aberta a competição.

“A frase perfeita para definir o Jasc é a de alimentar sonhos. E isso é motivar que cada catarinense corra atrás de seus objetivos. Outra que também pode ser usada é superação, afinal 11 anos depois as três cidades estão dando exemplo de reconstrução, atitude e coragem”, afirmou.

Essa é a terceira vez que essas três cidades recebem os Jasc. A primeira foi em 2004, a segunda em 2008. Porém, neste ano, por causa das fortes chuvas, a competição precisou ser cancelada no segundo dia. O presidente da Fesporte, Rui Godinho, também reforçou que a superação é um dos diferenciais dessa edição. “Tenho certeza que será um grande evento, já que as cidades se uniram para realizar mais uma vez uma grande competição. Desejo aos atletas muito empenho, para que também possam fazer parte da história dos Jasc”.

A cerimônia de abertura foi marcada por apresentações, que fizeram referências à herança cultural da região do Médio Vale, passando pelos primeiros habitantes indígenas até as danças típicas alemãs e italianas. Nesta edição, os atletas José Alessandro Bagio (marcha atlética), Monica Bogo (Bolão 16), Jéssica Mayer (ginástica rítmica), Jocemar Kreitlow (tiro carabina) e Alessandra Picagevicz (marcha atlética) foram os protagonistas em um dos momentos mais esperados do evento. Eles acenderam juntos a pira dos Jasc 2019. Logo em seguida, a atleta de Bolão 23 Michele Erdmann fez o juramento.

Nos discursos os prefeitos de Indaial, André Moser; de Timbó, Ércio Kriek, de Pomerode e Jorge Kruger, de Timbó, deram as boas vindas aos atletas e exaltaram a força do esporte como elemento transformador na sociedade.

Competições começaram nesta sexta-feira

As competições começaram na manhã desta sexta-feira, quando saiu a primeira medalha da etapa estadual dos Jasc. A nadadora Amanda Schumacher de Oliveira, de Joinville, cravou 5min8s9 e venceu a prova dos 400 metros medley.

Neste primeiro dia de evento, foram mais de 100 confrontos em diversas modalidades. Ao todo, a competição conta com 26 modalidades: atletismo, basquete, bocha, bolão 16, bolão 23, ciclismo, caratê, futebol, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, punhobol, remo, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiros, triatlo, vôlei, vôlei de praia e xadrez e ainda jitsuo (provisória). Na programação haverá também a exibição do boxe.

Os Jasc, em sua etapa estadual, são uma realização do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Indaial, Pomerode e Timbó.

Texto: Karine Wenzel

Publicado em Jasc
Escrito por

Maninho e Tânia Neguebon levam ouro no Ciclismo Marathon

Campeão entre os homens, Gustavo Freitas, o Maninho, tem longa história no ciclismo de Santa Catarina. O representante de Içara disputa os Jogos Abertos desde 1991, quando ainda não havia a disputa da categoria marathon. Como treinador de Içara nos Joguinhos, Maninho, de 43 anos, soma 14 medalhas de ouro. 

O experiente Ricardo Pscheidt, de Joinville, garantiu a medalha de prata na prova, que teve percurso de 50 quilômetros em 1.080 metros de subida no Morro Azul, em Timbó. Com o bronze, finalizou Jair dos Santos, de Rio do Sul.

No feminino, vitória de Tânia Neguerbon, de São José. Campeã do Brasil Ride, a atleta, que compete por São José, foi a primeira a cruzar a linha de chegada após os 32,5 quilômetros de percurso. Aos 33 anos, a ciclista conquistou sua segunda medalha nos Jasc. Ano passado, em Caçador, ficou com a medalha de prata.

Em Timbó, Tamires Radatz, de Florianópolis, conquistou a medalha de prata. Ana Panini, de Blumenau, ficou com a medalha de bronze. Hoje é dia de disputa das provas de cross country, na Rodovia SC 416, em Timbó.

Marathon (XCM)

Masculino, 50 km

Ouro: Gustavo Freitas – Içara

Prata: Ricardo Pscheidt – Joinville

Bronze: Jair Fernando dos Santos – Rio do Sul

 Feminino, 32,5 km

Ouro: Tânia Clair Pickler  Neguerbon – São José

Prata: Tamires Fanny Radatz – Florianópolis

Bronze: Ana Luísa Kork Panini – Blumenau

Texto: Olavo Moraes

Publicado em Jasc
Escrito por

Primeira medalha dos Jasc vem da natação com Schumacher

Passava um pouco das 9h30 desta sexta-feira, 1º, na piscina da Pame,em Indaial, quando o sistema de som anunciou a primeira medalha da etapa estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). Amanda Schumacher de Oliveira, de Joinville, cravou 5min8s9 e venceu a prova dos 400 metros medley. 

“É muito gratificante ser a primeira medalhista da competição e ajudar o nosso município na arrancada de pontuação. Isso traz confiança para o grupo inteiro né. Fiquei feliz, pois foi o meu melhor tempo da vida. É uma prova desgastante, mas ao mesmo tempo satisfatória em saber que todo o esforço valeu a pena”, ressaltou a campeã.

Já entre os homens o primeiro medalhista de ouro, na mesma prova, foi Leonir Dias Marino, de Tubarão, que venceu com o tempo de 4min31s35. “Foi uma prova muito dura e vencer é sempre bom para quebrar o gelo. Tem que ser uma prova bem distribuída para chegar no final com um pouco de gás. Encaixei bem os estilos costa e peito, que são essenciais para esta prova e graças a Deus consegui um resultado excelente”.

Leonir disse que comemorava o feito visto que veio crescendo na prova gradativamente a cada ano. “Em 2017 fui terceiro nesta prova. Em 2018 fiquei em segundo e este ano fui campeão. Trabalhei muito para este resultado”, comemorou o campeão.

A natação, que começou nesta sexta-feira, termina neste sábado, 2. Florianópolis é a atual campeã no masculino e Joinville no feminino. A etapa estadual dos Jasc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Timbó, Indaial e Pomerode.

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte 

 

Publicado em Jasc
Escrito por

História, inclusão e diversidade serão tema de abertura

A quinta-feira 31, em Timbó, Pomerode e Inadaial foi dia dos últimos ajustes para o início da etapa estadual da 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). No Pavilhão de Eventos Henry Paul, em Timbó, por exemplo, a movimentação foi intensa com os cerca de 300 bailarinos da Fundação Municipal de Esporte de Timbó realizando o último ensaio para a cerimônia de abertura, que ocorre nesta sexta-feira, 1º , às 20 horas, no mesmo local.

Inclusão, diversidade e história dos três municípios-sede serão os temas centrais da cerimônia, que convergirão para o slogan dos Jogos: “Tudo começa com um sonho”. Para a professora Simone Sebold de Souza, responsável pela festa da cerimônia, quem for ao pavilhão de eventos de Timbó verá uma festa que contará a história de Timbó, Indaial e Pomerode passando pelos primeiros habitantes indígenas e também pelas colonizações alemã e italiana, típicas dos três municípios.

Apesar da abertura ser às 20 horas, já no início da manhã tem inicio as competições. Estão previstos 80 jogos na primeira rodada que inclui as modalidades de basquete, bocha, bolão 16, bolão 23, futebol, futsal, handebol, punhobol, tênis, tênis de mesa e voleibol. Também estreiam no primeiro dia as modalidades de ciclismo, com a prova de maraton e natação.

Os Jasc, em sua etapa estadual, são uma realização do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte em parceria com as prefeituras de Indaial, Pomerode e Timbó.

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

 

Publicado em Jasc
Escrito por

Cerca de 4.800 atletas disputarão a 59ª edição dos Jasc 2919

A expectativa é total para a comunidade esportiva catarinense para o início da etapa estadual da 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) a ser realizada entre os dias 1º e 10 de novembro nas cidades de Timbó, Indaial e Pomerode.

Durante os dez dias de competição serão cerca de 4.800 atletas disputando 26 modalidades esportivas: atletismo, basquete, bocha, bolão 16, bolão 23, ciclismo, caratê, futebol, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, punhobol, remo, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiros, triatlo, vôlei, vôlei de praia e xadrez e ainda jitsuo (provisória). Na programação haverá também a exibição do boxe.

Os Jasc são a maior competição de esporte amador do Estado e uma das mais importantes e antigas do país. Ao longo de mais de 50 anos de existência a competição já revelou inúmeros talentos como Gustavo Kuerten, o Guga (tênis), Luisa Matsuo (ginástica rítmica),Tiago Splitter (basquete), Ana Moser e Nathália Zílio (vôlei) Fabiana Beltrame (remo), Fernando Scherer, o Xuxa (natação), entre outros e ainda continuam a revelar nos últimos anos como as velocistas Tamires de Liz e Ana Cláudia Lemos, no atletismo, ambas atletas olímpicas.

Em mais de cinco décadas de Jogos Abertos de Santa Catarina, o que começou como uma confraternização de pessoas, em 1960, se transformou hoje em um megaevento, que envolve diretamente cerca de 2.500 profissionais na organização do evento e atrai a mídia do Estado todo.

Para o presidente da Fesporte, Rui Godinho da Mota, vivenciar os Jasc, seja como atleta, dirigente, organizador ou colaborador, é experimentar o universo esportivo em sua plenitude. É ser ator de uma competição consagrada como uma das melhores do Brasil, palco de atletas olímpicos, da seleção brasileira e anônimos.

 “Os Jasc são a oportunidade de vermos e praticar não somente bons jogos em quadra, mas vermos e experimentar o esporte como elemento da manutenção para uma vida saudável.  É vivência, por meio do esporte, de valores necessários para o convívio em sociedade como a tolerância, a inclusão e o respeito”, destaca o presidente da Fesporte.

A cerimônia de abertura está programada para o dia 1º novembro às 20 horas no Pavilhão de Eventos Henry Paul, em Timbó (Rua: Juluis Scheidmantel, s/n – Centro).

A etapa estadual dos Jasc é uma promoção do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Indaial, Timbó e Pomerode. A estimativa dos organizadores é que o evento gere no comércio local das três cidades cerca de 15 milhões de reais. 

Texto: Antonio Prado/Ascom Fesporte

 

Publicado em Jasc
Escrito por

CT dos Jasc define chaveamento de modalidades

Há dez dias do início da 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), o congresso técnico, realizado na tarde desta terça-feira (22), em Pomerode, definiu o chaveamento das modalidades de basquete, bocha, bolão 16, bolão 23, futebol, futsal, handebol, punhobol, tênis, voleibol e vôlei de praia.

Cerca de uma centena pessoas, entre dirigentes de municípios participantes, profissionais de imprensa e integrantes da Comissão Central Organizadora (CCO) estiveram presentes ao Teatro Municipal de Pomerode para acompanhar o sorteio de chaves. Demais dirigentes, técnicos, atletas e público em geral puderam acompanhar ao vivo pela página da Fesporte no Facebook.

Os Jasc iniciam em 1º de novembro e seguem até o dia 10 do mesmo mês, envolvendo 5.100 atletas de 121 municípios, mesmo número de 2018, que estabeleceu recorde de municípios participantes. Considerando a participação desde a etapa microrregional, foram registrados 13.509 atletas de 202 municípios de todo o estado.

São 46 troféus de campeão em disputa, nas 24 modalidades que compõem o quadro, além do jiu-jitsu, em seu primeiro ano de caráter provisório, e do muaythai, que cumpre um ano de apresentação. O boxe é uma novidade na programação dos Jasc, mas apenas como modalidade de exibição. Ao todo, são 39 locais de competição distribuídos nos três municípios-sede: Indaial, Timbó e Pomerode, além de Jaraguá do Sul, onde ocorre o atletismo; em Blumenau, a ginástica artística; a prova de BMX, no ciclismo, em Rio do Sul; e o remo, em Rio dos Cedros.

Quanto à pista de atletismo, que está sendo construída em Timbó para atender aos Jogos Escolares da Juventude, e que, a princípio, também atenderia aos Jasc, o presidente da Fundação Municipal de Timbó, Márcio Elísio, justificou que, em função de entraves no processo licitatório, principalmente em relação a recursos, causaram atraso nas obras da pista, que já está em processo de colocação do piso sintético. 

“Não nos faltou boa vontade nem disposição, mas fomos pegos por questões burocráticas. Não tivemos alternativa, senão recorrer ao município de Jaraguá do Sul. Estamos tristes, porque sonhamos com esta pista já nos Jasc. Receberemos críticas, é normal, mas não vamos abrir mão das premissas legais, e principalmente que nós recebamos um equipamento de qualidade”, explicou Elísio. 

O diretor de esporte da Fesporte, Valdeci da Silva, destacou o trabalho da equipe da Fesporte. “Eu vi o trabalho abnegado dessas pessoas. Quem está de fora não tem a real noção do que eles fazem. Passam mais de 200 dias, longe da família, fazendo o esporte acontecer. É algo tremendamente emocionante. Não tenho como expressar tamanha gratidão. Como Estado e como Fesporte, alinhados com os municípios, faremos um grande evento”, disse da Silva.

O resultado do congresso técnico será publicado em boletim, que ficará disponível no site oficial da Fesporte (acesse aqui). Segundo o coordenador técnico, até quinta-feira (24), será dado encaminhamento do boletim do congresso técnico a todos os dirigentes. Os Jasc são promovidos pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizados por intermédio da Fesporte, em parceria como as prefeituras dos municípios-sede.

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Cronograma atualizados dos Jasc 2019

A Fesporte divulga o CRONOGRAMA ATUALIZADO para a 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina - Jasc. estas alterações se deram devido a algumas solicitações das cidades sede, federações esportivas e também de municípios no que tange a datas de realização das modalidades e locais de competição, as devidas mudanças estão na cor vermelha.

 CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR O CRONOGRAMA

Publicado em Jasc
Escrito por

Fesporte altera regulamento técnico dos Jasc

O regulamento técnico dos eventos de rendimento da Fesporte de 2019 sofreu alterações. A medida foi tomada a pedido da gerência de esporte de rendimento e encaminhada à diretoria de esportes, à consultoria jurídica e à presidência para as medidas legais, com base nas justificativas apresentadas.

Três matérias ganharam nova redação a fim de corrigir falhas e dar viabilidade às competições de 2019, em especial aos Jogos Abertos de Santa Catarina, os Jasc, que serão realizados em Indaial, Timbó e Pomerode, de 1º a 10 de novembro.

Das justificativas apresentadas, a primeira reporta-se a um erro material no artigo que trata da idade mínima para os atletas do triatlo. Historicamente, a competição é aberta a atletas que completem 15 (quinze) anos no ano do evento. Em decorrência de um erro de digitação, o limite para participação foi de atletas nascidos até 2002, item este que sofreu alteração para 2004.

Outra correção foi feita no que diz respeito às modalidades de lutas, já que a previsão sempre foi de que o atleta deve ser registrado em uma entidade de administração esportiva da modalidade no Estado de Santa Catarina, a qual possua o certificado de registro de Entidade Esportiva (CRED) expedido pelo Conselho Estadual de Desportos (CED). Percebeu-se, contudo, que tal hipótese afronta a previsão da Lei nº 13.622/2005, que permite que atletas federados em outros estados compitam nos eventos da Fesporte.

A terceira e última mudança aconteceu no que tange à modalidade de tiro, uma vez que nenhum dos três municípios-sede têm capacidade para realizar a prova nos termos do previsto pelo regulamento. Segundo informações da Federação Esportiva de Tiro e Caça de Santa Catarina, não há espaço viável na região que comporte quatro pedanas (estandes). Para viabilizar a realização da competição, a matéria sofreu adequação para duas pedanas. 

As alterações já foram homologadas e a atual versão do regulamento está disponível no site oficial da Fesporte, por meio da Resolução 08 (clique aqui para acessar).

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Publicado em Jasc
Escrito por

Aberto credenciamento de imprensa para os Jasc 2019

A Fesporte começa nesta segunda-feira (14) a fazer o credenciamento dos profissionais de comunicação que pretendem trabalhar na 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), de 1 a 10 de novembro, nas cidades de Indaial, Timbó e Pomerode.

O prazo limite para fazer o credenciamento no site é 28 de outubro, às 18h. Os pedidos de credenciamento após o prazo determinado estão sujeitos a não serem aceitos.

Preferencialmente, as equipes deverão ser credenciadas pela produção ou chefe de equipe.

Clique aqui para acessar o formulário

Dúvidas:
ASCOM (48) 98802-7742 | O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

T
exto: Júlio Wojcikiewicz

Publicado em Jasc
Escrito por

BC é campeã da Leste-Norte e Rio Negrinho é terceiro

Balneário Camboriú conquistou o título da região Leste-Norte dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). A delegação da capital turística catarinense, que somava 23 pontos até o penúltimo dia, assumiu a primeira colocação no quadro geral de premiação, ao conquistar o título no futsal feminino e o terceiro lugar na bocha feminina, totalizando 49 pontos no quadro geral.

Balneário conquistou dois ouros e três bronzes. Já a delegação de Jaraguá do Sul conquistou   um ouro, duas pratas e um bronze, além de um quarto e um quinto lugar, chegando ao segundo lugar, com 39 pontos. E os anfitriões realizaram um feito inédito pra o município de Rio Negrinho, conquistando o terceiro lugar, com 34 pontos, conquistando um ouro, duas pratas e também um quarto e um quinto lugar.

Rio Negrinho sediou as competições regionais dos Jasc de 4 a 8 de outubro. Vinte e seis municípios da região Leste-Norte disputaram 11 títulos e 33 vagas para o estadual, que acontece de 1º a 10 de novembro, em Indaial, Timbó e Pomerode.

Confira os classificados por modalidade por ordem de colocação

Basquete masculino: Blumenau, São Francisco do Sul e Jaraguá do Sul

Bocha masculina: São João Batista, Rio Negrinho e Balneário Camboriú

Bocha feminina: Brusque, Jaraguá do Sul e Balneário Camboriú

Bolão 23 masculino: Rio Negrinho, Blumenau e Itaiópolis

Bolão 23 feminino: Timbó, Rio Negrinho, São Bento do Sul

Futsal masculino: Joinville, Itajaí e São Francisco do Sul

Futsal feminino: Balneário Camboriú, Monte Castelo e Blumenau

Handebol masculino: São Bento do Sul, Brusque e São João Batista

Handebol feminino: Balneário Camboriú, Joinville e São Bento do Sul

Voleibol masculino: Itajaí, Jaraguá do Sul e Brusque

Voleibol feminino: Jaraguá do Sul, Itapema e Balneário Camboriú

Os boletins com todos os resultados e programação estão disponíveis no site da Fesporte (clique aqui para acessar). Os Jasc são promovidos pelo Governo de Santa Catarina – @governosc – e realizados por intermédio da Fesporte, em parceria com os municípios-sede. 

Texto: Heron Queiroz/Ascom/Fesporte

Pagina 5 de 62