Neste sábado (2), acontecem as seletivas Estaduais Paralimpíadas Escolares e a Fesporte será parceira do CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro). E para este evento estão inscritos 275 atletas, contando com 124 organizadores (staffs) e a participação de 23 municípios catarinenses. No primeiro dia começam as competições às 8 horas com provas até às 11h30min, com as competições de atletismo e bocha paralímpica na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). À tarde continuam as provas de atletismo e bocha, e acontecem também as provas de natação na Elase.

A Fesporte terá a responsabilidade no transporte dos atletas, alimentação e alojamento. Para o deslocamento de todos os envolvidos serão utilizados 13 ônibus e cinco microônibus. Serão servidas 2.400 refeições, entre café da manhã, almoço, jantar e lanches para viagem.

Meeting Paralímpico - Já do domingo (3) acontece o Meeting Paralímpico Loterias Caixa, também na Universidade Federal de Santa Catarina, com três modalidades. São 390 inscritos nas provas de atletismo e 24 nas partidas de bocha na Universidade Federal de Santa Catarina, além de 51 nadadores no Clube Elase, totalizando 465 atletas.

A capital catarinense já recebeu etapas anteriores do evento, mas, de forma inédita, sediará o novo formato. Em 2024, além de atletismo, natação e halterofilismo no alto rendimento, presentes no Meeting desde 2021, a competição também passou a reunir provas para categorias de base organizadas pela Diretoria de Desenvolvimento Esportivo do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Essas disputas valem como Seletivas para as Paralimpíadas Escolares, Paralimpíadas Universitárias, Paralimpíadas Milares e Intercentros.

 

Na tarde desta sexta-feira (1º), a Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) realizou uma reunião significativa no auditório da sua sede, contando com a presença de dirigentes de diversos municípios que fazem parte do sistema esportivo estadual. O encontro teve como principal objetivo o aperfeiçoamento no processo de convênios e esclarecimentos sobre a obtenção de recursos por parte dos municípios para a realização de eventos esportivos.

A Fesporte, em seu calendário, promove 11 programas esportivos que recebem apoio financeiro para sediar suas etapas, além de campeonatos estaduais, busca através desta reunião, fortalecer e simplificar os processos necessários para que os municípios possam se beneficiar de tais recursos. A inclusão das cidades sede das etapas regionais no apoio financeiro deste ano foi um dos destaques, visando garantir que os preparativos para os jogos transcorram isentos.

Durante o evento, Ricardo Luchi, gerente de Planejamento da Fesporte juntamente com sua equipe, falou sobre as 'Transferências Voluntárias Especiais' (TEVs), enfatizando a importância dessa aproximação com os municípios para evitar problemas nos repasses financeiros. A presença da Coordenadora Técnica dos Núcleos de Gestão de Convênios da Casa Civil, Zadir Ferreira, e sua equipe, reforçou o compromisso do Governo estadual em apoiar e facilitar a gestão de eventos esportivos nos municípios.

Este encontro marca um passo importante para a padronização e esclarecimento de dúvidas que podem ser comuns entre os municípios, garantindo que os recursos sejam aplicados de maneira eficaz e que os eventos esportivos programados possam ser realizados com sucesso, contribuindo para o desenvolvimento do esporte em todo o Estado.

A Fesporte reafirma seu compromisso em promover o esporte como ferramenta de inclusão social e desenvolvimento humano, trabalhando em conjunto com os municípios para superar desafios e maximizar o potencial esportivo catarinense.

 

O presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Paulão, esteve na nesta segunda-feira (5) na cidade de Blumenau e prestigiar a entrega à população do CIE Gerold Wagner. A cerimônia contou com a presença do ministro dos Esportes André Fufuca, no primeiro CIE - Centro de Iniciação ao Esporte - de Santa Catarina. 

O espaço será usado pelos estudantes da EBM Paulina Wagner e também terá o uso compartilhado para atividades da Secretaria de Esportes e da Secretaria da Inclusão e Pessoa com Deficiência. O ginásio poliesportivo poderá atender 19 modalidades esportivas e terá capacidade para 195 pessoas na arquibancada. Além disso, o espaço conta com vestiários, chuveiros, enfermaria, banheiros, sala de professores, administração, depósito e copa e também um espaço para implantação de uma academia.

"Profissional do Esporte que fui e, hoje à frente da Fesporte, presenciar a entrega desta estrutura ao município de Blumenau, é algo que não tem preço. Estou aqui, representando o governador Jorginho Mello, que sempre me solicita mais investimento em equipamentos e em esportes mais perto da comunidade. Sem deixar de lado as capacitações e a melhoria das estruturas, para que os professores de educação física consigam render e passar esses valores tão importantes que o esporte nos traz. Parabéns à todos por este grande investimento", destacou o presidente da Fesporte, Paulão. 

 

A equipe da Fesporte esteve na cidade de Caçador, nesta segunda-feira, 29, para avaliar os locais de competições e de hospedagem visando receber a etapa Estadual dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina de 2024. “Colocamos mais uma vez o nosso município à disposição para sediar a competição, recebendo agora essa visita da Fesporte. Através destas competições estamos movimentando a economia local e da região, proporcionando trocas de experiências esportivas inesquecíveis em Caçador”, afirmou o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Jonatas Maia.

“Fomos recebidos pelo prefeito Alencar Mendes, junto com o secretário de Cultura e Esporte de Caçador, Jonatas Maia, onde nos apresentaram bons locais de competição. A cidade já foi sede de várias etapas de competições como Olesc, Joguinhos, Jogos Abertos, e, por isso, sabíamos das condições para receber os jogos deste ano. Agora estamos concluindo o relatório a ser apresentado ao presidente Paulão para, depois, ser definida a cidade-sede: Criciúma ou Caçador”, explicou o gerente de Esporte de Rendimento da Fesporte, Dárcio de Saules.

A cidade de Caçador vem sendo palco de inúmeros competições esportivas, como por exemplo os Jogos Abertos de Santa Catarina em 2018; Olesc em 2021 e o Campeonato Sul-Americano de Powerlifting & Bench Press (modalidade de levantamento de peso), em 2022. “O esporte sempre foi uma das nossas prioridades, pois através dele proporcionamos qualidade de vida, saúde, lazer e desenvolvimento econômico. Que possamos firmar mais essa grande parceria com a Fesporte”, finalizou o prefeito, Alencar Mendes.

Uma comitiva da Fesporte esteve em Criciúma, nesta quinta-feira, 25, para reunião com o prefeito Clésio Salvaro junto com o secretário-geral do município, Arleu da Silveira e demais lideranças. O objetivo foi o alinhamento visando os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti). O diretor de Políticas e Projetos Esportivos, Jorge Davi da Silva, esteve à frente do grupo, acompanhado pelo diretor de Esportes, Luciano Heck, gerente de Esporte de Rendimento, Dárcio de Saules, e do gerente de Esporte de Participação, Willian Santos. 

O 15º Jasti é promovido pela Fesporte e será realizado este ano na cidade entre os dias 2 e 5 de maio. Além disso, outros assuntos estiveram na pauta, como um estudo de viabilidades para a realização dos 36º Joguinhos Abertos de Santa Catarina, onde Criciúma e também Caçador se candidataram como cidades-sede. Após a reunião, os participantes do encontro realizaram as vistorias nos locais de competição, visando tanto do Jasti quanto do Joguinhos Abertos.

 

O presidente da Fesporte, Paulão, esteve nesta quinta-feira (11) na sede do Comitê Paralímpico Brasileiro com o objetivo de obter mais uma parceria inédita para o estado de Santa Catarina. Junto com o presidente do CPB, Mizael Conrado, foi firmado o Termo de Cooperação visando o desenvolvimento dos esportes para pessoas com deficiência. Este acordo dará condições mais adequadas para que o paratleta possa desenvolver suas potencialidades, não só no campo técnico esportivo, bem como o empoderamento de sua cidadania. 

Para o presidente Paulão, este ato significará um novo marco no esporte catarinense. "O governador de Santa Catarina, Jorginho Mello, pede para que sejam feitas ações diferenciadas. Desta maneira, ampliamos nossas ações e buscamos novas parcerias, primeiramente com o Comitê Olímpico Brasileiro – COB e agora com o Comitê Paralímpico Brasileiro - CPB. Para fomentar este trabalho, é preciso que haja um forte investimento na área da educação, e nós da Fesporte seguimos junto com  nosso secretário estadual de Educação Aristides Cimadon e com a secretária-adjunta Patrícia Lueders, investindo no paradesporto nas escolas e em ações que possam transformar Santa Catarina numa grande potência educacional e esportiva".

O presidente do CPB, Mizael Conrado, acredita no potencial esportivo catarinense e destacou: "É com grande alegria para o Comitê Paralímpico Brasileiro firmar este Termo de Cooperação com este estado que muito admiro. Tenho certeza que ele irá contribuir muito para o aperfeiçoamento das políticas públicas de Santa Catarina, especialmente no atendimento de pessoas com deficiência no esporte. E para dar a importância merecida às pessoas com deficiência é importante criar instrumentos, tanto para inclusão na sociedade como no resgate da sua autoestima. Tenho certeza que este Termo de Cooperação e as ações que serão desenvolvidas a partir desta parceria contribuirão demais para que as crianças e os indivíduos com deficiência se tornem cidadãos", afirmou. 

O encontro também serviu para concentrar esforços no planejamento e estruturação da capacitação dos profissionais, além de estudos visando a criação de um centro de referência regional de treinamento para iniciação e alto rendimento. Um dos objetivos será o desenvolvimento de ações para inclusão das pessoas com deficiência no esporte, bem como aprimoramento das atividades paradesportivas aos atletas já praticantes.

 Da esquerda para direita: Ramon Pereira (dir. Esportivo do CPB) , Jonas Freire (dir. Esportes de Alto Rendimento CPB), Paulão (pres. Fesporte), Mizael Conrado (pres. CPB), e Yohansson Nascimento (vice-pres. CPB)

Pagina 1 de 8